Ir para conteúdo
  • Cadastre-se


Action

TELETON 2003: Silvio e Hebe esticam ao máximo o programa, mas não atinge a meta e SS fica indignado

Entre para seguir isso  

Mensagens recomendadas

Action    7.880

Domingo, 5 de outubro de 2003, 02h57 

Teleton arrecada R$ 13,5 mi e centro será no RJ

Apesar das doações de grandes quantias por parte de empresas e do público, o Teleton exibido desde sexta à noite no SBT não atingiu a meta, que era de R$ 15 milhões, mas chegou em uma marca considerável, e festejada pela equipe, de R$ 13,5 milhões.
Silvio Santos, que coordenou a última etapa da programação especial, ressaltou que só pedia para as pessoas doarem R$ 5 porque se 3 milhões de pessoas doassem, a meta seria atingida. "É um movimento da sociedade. Não quero que ninguém se sacrifique, mas que as pessoas saibam da importância de se ajudar ao próximo", disse o apresentador.´

O "Homem do Baú" também não poupou críticas às empresas de comunicação do Brasil. "No Chile todas as emissoras de TV, rádio e jornais se únem em torno do mesmo objetivo. Aqui, as emissoras ficam com medo de ceder seus artistas para uma campanha como essa. É muito triste tudo isso", desabafou. "A campanha não é do SBT, eu apenas cedo a emissora para que esse projeto seja realizado e a quantia necessária arrecadada. Se todo mundo se unisse em um só objetivo, tudo seria mais fácil".

O diretor-presidente voluntário da AACD, Alex Chafic Maluf, anunciou ao final, que o próximo centro de reabilitação da entidade será construído no Estado do Rio de Janeiro.

A luta continua
Por volta da meia-noite, Silvio já apontava que a meta não seria atingida. Hebe e Fábio Jr pediram para que continuassem no ar até que os R$ 15 milhões fossem arrecadados. "Não é quero ir para casa, só acho muito deselegante ficar insistindo para que as pessoas doem depois de tanto tempo que estamos no ar. Vamos até a 1h. Depois disso, paramos. De qualquer maneira, a quantia que já temos é maravilhosa. Poderemos ajudar muitas pessoas com esse dinheiro. Obrigado a quem ajudou por mais esse ano".

Silvio se despediu do público avisando que as pessoas ainda podem fazer suas doações durante a próxima semana, até o dia 15 de outubro pelo telefone 0500 12345 05 ou pelo site http://teleton.terra.com.br/. "Se Deus quiser, a gente atinge nosso objetivo", agradeceu.

A maratona dos artistas
Hebe Camargo e Silvio Santos se dedicaram integralmente ao Teleton. Os apresentadores apareciam de quando em quando no palco para fazer subir a arrecadação e manter o público ligado.

Ivete Sangalo cantou seus novos sucessos e doou uma blusa para leilão. Teen Balada, Daniela Cicarelli e Cazé apresentaram o quadro de bate-papo com adolescentes portadores de deficiência. Maurício Manieri, Supla, Camila Titinger e Sorriso Maroto também compareceram para prestigiar o projeto.

Pela ala infantil, a apresentadora Cinthya Raquel (ex-Castelo Rá-Tim-Bum) recebeu Dani Boy, Galera do Balão, Trem da Alegria, grupo Dó Ré Mi e quadros de circo. O Rouge fez uma apresentação especial ao lado de Luiza Possi e também disputou uma prova com os meninos do KLB e Vavá.

Ratinho levou ao palco muitas atrações, entre elas Daniela Mercury, Elba Ramalho, Fabio Jr., Luka, Alcione, Sergio Reis, Luciana Melo, Roberta Miranda, Adryana e a Rapaziada, Os Travessos, Moacir Franco, Rick e Renner, Cristian e Ralph e Edson e Hudson.

Hebe Camargo não poupou elogios à Record, que permitiu a participação de Adriane Galisteu, Claudete Troiano e Milton Neves. Adriane, aliás, arrancou vários elogios da loira. "Adriane está até com o dedo doendo de fazer doações e pedir para que os amigos façam também", revelou.

Silvio Santos trouxe o Show do Milhão Especial, com a presença do presidente da Petrobrás, José Eduardo Dutra, e convidados como Ziraldo, Deborah Colker, Daniele Hipolyto, Cacá Bueno, Klever Kolberg, Teuda Bara,Carmen Luz, Meg Mourão, Rico de Souza, Guy Marcovaldi, Sergio Mamberti e Vovô Ilo Ayo.

Daniel fez falta
Hebe Camargo é a madrinha do Teleton e abraça essa causa com total empolgação. No entanto, a estrela ficou sem seu par para ajudar na busca da meta. Daniel, o padrinho do projeto, estava no Japão fazendo shows e não pôde comparecer.

Pelo telefone, Daniel conversou com Hebe e Ivete Sangalo. "Sinto não poder estar aí com vocês, mas tenho viajado muito fazendo shows. Espero que as pessoas possam colaborar com o Teleton e com as crianças que precisam tanto de sua ajuda", pediu o cantor.

Grandes empresas e grandes gestos
A média de telefonemas chegou a 350 mil por hora enquanto Silvio Santos e Hebe Camargo estavam no palco. O evento recebeu doações como as da Unilever (R$ 820 mil), do Banco Bradesco (R$ 750 mil), da Siemens (R$ 500 mil) e da Petrobras (R$ 190 mil). A Votorantim entregou no finalzinho do programa, um cheque de R$ 1,1 milhão.

Mas não é só grandes empresas que fazem grandes gestos. O menino Felipe Ventura, 12 - famoso por recolher moedas todos os anos para doar ao programa - subiu ao palco arrastando uma mala recheada com R$ 2.150,00. 

 

Silvio e a Hebe tiraram um verdadeiro leite de pedra nessa edição. SS entrou no palco pouco depois das 22h e só haviam arrecadado R$6 milhões. A meta foi atingida no Hebe Especial exibido dia 13 de outubro:

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Sam    11.420

E se passaram 13 anos e até hoje o Teleton ainda não é um evento nacional, acho que o SS nunca vai conseguir isso.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Action    7.880
5 horas atrás, Sam disse:

E se passaram 13 anos e até hoje o Teleton ainda não é um evento nacional, acho que o SS nunca vai conseguir isso.

Pois é. O pensamento de que o Teleton é um formato do SBT é muito equivocado.

Se amanhã a Globo ou a Record oferecerem uma estrutura maior que a do SBT pra AACD, ela pode muito bem levar o projeto pra lá 

E essa era a intenção, uma emissora por ano realizando a campanha. Pena.

  • Curti 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Sam    11.420
1 hora atrás, Action disse:

Pois é. O pensamento de que o Teleton é um formato do SBT é muito equivocado.

Se amanhã a Globo ou a Record oferecerem uma estrutura maior que a do SBT pra AACD, ela pode muito bem levar o projeto pra lá 

E essa era a intenção, uma emissora por ano realizando a campanha. Pena.

Problema é que antigamente usavam os programas do SBT pra divulgar a maratona, mas hoje em dia não tem mais isso, hoje o programa é inteiramente da AACD.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
Entre para seguir isso  


×

Informação Importante

Para navegar no fórum, você precisa aceitar nossos Termos de Uso

×