Jump to content


Search the Community

Showing results for tags 'games'.

  • Search By Tags

    Type tags separated by commas.
  • Search By Author

Content Type


Forums

  • Base
    • Brazilian TV News
    • Retro TV
    • International TV
    • Entertainment
  • Geral
    • General Area
    • Music
    • Politics
  • Parceiros do Eplay
    • Não deixe de visitá-los!
  • Feedback
    • Compra de pontos
    • Site Questions
    • Archive

Find results in...

Find results that contain...


Date Created

  • Start

    End


Last Updated

  • Start

    End


Filter by number of...

Joined

  • Start

    End


Group


Website URL


Twitter


Instagram


Spotify


Snapchat


Last.fm


TVShow Time


Banco de Séries


Filmow


Skype


Localização


Interesses

Found 17 results

  1. Quatro das principais organizações de esportes eletrônicos do Brasil, B4, Los Grandes, LOUD e paiN Gaming se uniram na criação da Liga W1N, uma liga que terá competições em múltiplas modalidades, mas que iniciará com campeonato de Free Fire de emulador com premiação de R$ 150 mil já a partir desta semana. Liga W1N com B4, Los Grandes, LOUD e paiN — Foto: Reprodução O torneio de emulador, cuja primeira edição começará já nesta sexta-feira, terá 18 times disputando o título. Noise (LOUD), Dollars (Los Grandes), Bastardos (B4) e Faz o P (paiN) estão confirmadas. Outras equipes, como Deuses (GOD Unidas), Dragões (Black Dragons), K9 e Medellin, também foram convidadas. A lista completa de participantes ainda não foi anunciada. A criação da liga acontece após uma série de rusgas de potências do Free Fire com a NFA, empresa que organiza as principais competições de emulador do Brasil. Em abril, a paiN tirou a Faz o P da Liga NFA após uma polêmica envolvendo o jogador Jonathan "Rekkon", inscrito pelo Crias (Fluxo) na competição. Em julho, a LOUD desistiu da Copa NFA por divergências quanto à participação do atleta Arthur "Thurzin", integrante da Noise. Segundo os envolvidos na criação da Liga W1N, a competição de Free Fire de emulador é apenas a primeira a ser realizada pelo quarteto. Os 18 times serão divididos em três grupos, com seis membros em cada. A cada dia de competição, totalmente online, membros de duas chaves se enfrentarão em seis quedas, nos mapas Bermuda, Purgatório, Kalahari e no recém-lançado Alpine. A fase de grupos está marcada para acontecer nos dias 12, 13, 14, 19, 20 e 21 de agosto. As finais serão disputadas nos dias 27 e 28, com as quatro melhores equipes de cada uma das chaves, totalizando 12 participantes. Os jogos serão transmitidos na Twitch e no YouTube a partir das 18 horas (no horário de Brasília). A premiação total será de R$ 150 mil, sendo R$ 70 mil destinados para o campeão. https://ge.globo.com/esports/noticia/2022/08/10/b4-los-grandes-loud-e-pain-criam-a-w1n-liga-multigaming-de-esports.ghtml
  2. A Capcom aproveitou o último dia do torneio EVO 2022 para revelar mais duas personagens que se juntarão a ‘Street Fighter 6’ – o muito aguardado novo título de uma das mais celebradas séries de jogos de luta de sempre. As personagens em questão são Kimberly e Juri. Enquanto Juri é uma conhecida dos jogadores de ‘Street Fighter’, Kimberly é uma lutadora completamente nova e que, a julgar pelo trailer que foi partilhado pela Capcom (abaixo), conta com o entusiasmo e os movimentos certos para a tornar uma lutadora a considerar. Recordar que tanto Juri como Kimberly surgem na fuga de informação que revelou todos os lutadores que estarão presentes em ‘Street Fighter 6’, pelo que é possível que haja alguma verdade nesta lista. ‘Street Fighter 6’ tem lançamento marcado para 2023 e, entretanto, pode ver na galeria acima as imagens destas duas novas personagens. https://noticiasdfentorno.com/street-fighter-6-foram-reveladas-mais-duas-lutadoras/
  3. Vamos voltar no tempo, mais uma vez. Desta vez, vamos para 1998, época na qual o mundo dos games estava acalorado. Os consoles atuais recebiam grandes novidades, quase todos os meses, enquanto rumores sobre a nova geração, que seria iniciada com o Dreamcast, mas que já contavam com informações do então vindouro PlayStation 2. Além disso, a geração de 16-bits, já veterana, ainda insistia em lançar coisas interessantes. Assim, podemos afirmar que 1998 foi o melhor ano da história dos videogames, certo? Mesmo que você discorde, não há como negar que o ano foi especial, e revolucionou, para melhor, o mundo dos games. Foram inúmeros lançamentos inesquecíveis, uma geração anterior que ainda queimava boa lenha e a esperança por um novo século que poderia oferecer experiências ainda melhores. Vamos, assim, relembrar motivos que fizeram do ano de 1998, que embora não tenha sido dos melhores no futebol, foi inesquecível para quem viveu aqueles dias, e já amava os videogames naquela época. Os melhores jogos de todos os tempos de 1998 1998 foi um ano no qual grandes games foram lançados. Jogos inesquecíveis, que são lembrados até hoje. Começando por Resident Evil 2, considerado por muitos como o melhor da trilogia original. O ano ainda teria vários jogos considerados hits tanto de PlayStation quanto de Nintendo 64: Tekken 3, Banjo-Kazooie, Crash Bandicoot: Warped, Turok 2, Need for Speed III, Parasite Eve e Xenogears são alguns destes exemplos. Além disso, até o Saturn, que já vivia seus últimos dias e estava pronto para dar lugar ao Dreamcast, apresentou jogos de qualidade. Panzer Dragoon Saga, Burning Rangers, Bomberman Wars e bons ports de games de luta, como Street Fighter Alpha 2, Vampire Savior: The Lord of Vampire e The King of Fighter ’97 faziam o console se despedir com muita qualidade em seu acervo. No mundo dos portáteis, o Game Boy ganharia cores, e com isso, diversos jogos interessantes. The Legend of Zelda: Link’s Awakening DX trazia novamente a grande aventura portátil de Link, agora com cores e dungeons exclusivas para o jogo, focada em elementos que exploravam o novo hardware. Wario Land II também divertia, com o anti-herói e suas confusões. E até o clássico Pokémon ganhou uma nova versão, com Pikachu de protagonista e aventura levemente adaptada para se encaixar ao anime que fazia sucesso naqueles dias. Mas o que realmente impressionou, em 1998, foi a quantidade de “melhores jogos de todos os tempos” lançados naqueles dias. Jogos que estão no topo dos melhores de muita gente. Como Metal Gear Solid, primeiro grande sucesso de Hideo Kojima, que trazia atmosfera cinematográfica, um enredo cativante e um jeito único de se jogar, baseado na espionagem. O game trouxe algo de novo ao mundo dos games e, desde então, a ambientação cinematográfica em jogos só evoluiu. The Legend of Zelda: Ocarina of Time também marcou para sempre o mundo dos games. A aventura de Link, que na época era marcada por vários atrasos e expectativas, apresentou uma jornada épica, que marcava a estreia da série no mundo tridimensional. As três dimensões ajudaram a construir um mundo vivo, detalhado e com muitas oportunidades, exploradas de maneira genial com conceitos de tempo e com um gameplay extremamente competente, que inclusive serviu para introduzir o prático sistema de mira em inimigos, essencial em jogos 3D. Half-Life trouxe não só um excelente FPS, como ajudou a consolidar o gênero, trazendo boas ideias e gerando, mesmo que de forma indireta, um fenômeno que dura até hoje: Counter-Strike. O jogo fez muito sucesso, rendeu uma continuação e um terceiro episódio é lenda urbana até hoje, mesmo com sinais claros de que a Valve não tem o menor interesse em desenvolver o tão desejado Half-Life 3. E a qualidade de 1998 ainda tinha mais para oferecer. Starcraft criou mais um grande sucesso, jogado até hoje. Sonic Adventure marcava a estreia do Dreamcast no Japão, e levava o azulão para o mundo tridimensional em uma ótima aventura. Xenogears e Parasite Eve foram mais dois dos excelentes RPGs da Square na época, no que pode ser definido como o melhor momento da história do estúdio. E até jogos mais casuais, como Mario Party, agradavam por sua qualidade. Expectativas por um novo momento O “hype” da época era puxado pelo Dreamcast Além dos grandes games, as expectativas também estavam altas demais com as próximas novidades. A mais próxima era o Dreamcast, que marcaria a cartada final da SEGA no mundo dos consoles. O videogame, que prometia muito, realmente se mostrou muito poderoso, com uma parceria interessante com a Microsoft, ideias legais como o VMU, o memory card com visor que oferecia informações úteis na telinha do controle, e uma boa leva de jogos iniciais. Muito já se falava também do PlayStation 2. As revistas de games, a principal fonte de informação na época, cuidavam do “hype”. Eram capas dedicadas ao console, matérias com informações técnicas, explicando as possibilidades do novo videogame e, claro, os jogos que chegariam nesta primeira leva. Sem trailers, restava aos gamers da época imaginarem os jogos com as poucas fotos em baixa resolução que estampavam Ação Games, Super Game Power e a Gamers. A Gamers e suas matérias completas, até demais. Em tom menor, se falava também do novo console da Nintendo, além de uma possível investida da Microsoft. Como GameCube e o primeiro Xbox chegariam apenas em 2001, seus rumores estampariam as revistas meses mais tarde, mas já era possível, aqui e ali, ver algo relacionado ao futuro dos games, que já contava com uma promessa: os jogos seriam online no século XXI. Os grandes jogos de 1998 fizeram o gamer projetar um futuro melhor. Afinal, se o Nintendo 64 ofereceu um mundo tão vivo como o de Ocarina of Time, imagine o PlayStation 2? Se o PlayStation original apresentou Metal Gear Solid, o futuro poderia nos apresentar games cada vez mais conectados aos filmes? E se Half-Life evoluiu o FPS já naquela época, qual seria o limite para o gênero? 1998 fez o fã de videogame sonhar mais alto, e imaginar que o céu era o limite. Um ano inesquecível Também lembrei de você, Mega Man. Além do que falei aqui, com certeza todos aqueles que já jogavam videogame tem algum momento especial na memória com o ano de 1998. Afinal, jogos que foram lançados antes, como Donkey Kong Country 3, GoldenEye 007, Final Fantasy VII ou Gran Turismo ainda eram jogados, em tempos nos quais jogos tinham uma vida útil muito maior do que os “três meses” do hype dos lançamentos atuais. Foi, assim, um ano que marcou tanto pela qualidade dos seus lançamentos, quanto pela expectativa por um futuro melhor. Em 2004 e novamente em 2008, a indústria repetiu dois anos de excelência, trazendo mais uma vez grandes games. Mas, a verdade é que, muitos daqueles sonhos imaginados em 1998 se tornaram realidade hoje, enquanto alguns problemas também surgiram, o que é normal para uma indústria em evolução. Mas, com certeza, a qualidade de lançamentos daquele ano marcou positivamente aquela geração. Nunca houve tantos jogos bons para se jogar ao mesmo tempo, que se somavam a jogos tão bons quanto, lançados anos antes. Todo mês as revistas de games estampavam clássicos definitivos em suas capas, e mais do que nunca, apresentavam uma das épocas mais divertidas e interessantes para se jogar videogame. Qual foi o seu game preferido de 1998? https://www.arkade.com.br/teria-sido-1998-o-melhor-ano-da-historia-dos-videogames/
  4. ‘Grand Theft Auto 6’ incluirá uma protagonista feminina jogável pela primeira vez. A personagem será uma mulher latina que faz parte de um par de personagens principais em uma história influenciada por Bonnie e Clyde. No verão de 2020, depois que um policial matou George Floyd, a Rockstar Games silenciosamente engavetou um modo de jogo que planejava lançar para seu jogo Grand Theft Auto Online. Chamado de Cops 'n' Crooks, o modo foi uma reviravolta no jogo, onde os jogadores se organizam em equipes de mocinhos e bandidos, mas parecia especialmente insensível durante o acerto de contas global sobre a violência policial. Executivos seniores da empresa, preocupados com a forma como a narrativa poderia ser interpretada durante um período de ceticismo e desconfiança em relação à polícia americana, a deixaram de lado. Eles ainda não fizeram planos para trazê-lo de volta, de acordo com pessoas envolvidas com o desenvolvimento. Esta foi uma das várias ações politicamente sensíveis que a Rockstar, uma divisão da Take-Two Interactive Software Inc., tomou nos últimos anos. A empresa removeu piadas transfóbicas do lançamento de console mais recente de Grand Theft Auto V e reduziu significativamente sua diferença salarial entre gêneros. O próximo jogo da Rockstar, Grand Theft Auto VI, incluirá uma protagonista feminina jogável pela primeira vez, de acordo com pessoas envolvidas com o jogo. A mulher, que é latina, será uma das duas personagens principais de uma história influenciada pelos ladrões de banco Bonnie e Clyde, disseram as pessoas. Os desenvolvedores também estão sendo cautelosos para não fazer piadas sobre grupos marginalizados, disseram as fontes, em contraste com os jogos anteriores. Movimentos como esses já pareciam impensáveis para uma empresa cuja franquia mais vendida é uma representação satírica da América que envolve interpretar gângsteres que matam civis e onde as mulheres são retratadas principalmente como objetos sexuais. Grand Theft Auto V foi uma paródia niilista que insultava tudo, desde apresentadores de rádio de direita até políticos liberais. Dentro da empresa, o tom não era muito diferente. Os funcionários da Rockstar descreveram uma cultura no local de trabalho cheia de bebidas, brigas e excursões a clubes de strip. A empresa foi um símbolo inicial de um problema de longas horas no escritório em todo o setor, conhecido como crunch, em que se esperava que os funcionários ficassem em suas mesas muitas noites e fins de semana para manter um jogo dentro do cronograma. Essa estratégia foi bem sucedida financeiramente e transformou Grand Theft Auto V no segundo jogo mais vendido de todos os tempos, com 165 milhões de cópias vendidas. Também levou a esgotamento, desgaste e uma controvérsia pública em 2018 que levou centenas de funcionários da Rockstar a falar sobre o difícil ambiente de trabalho. Desde esse clamor, a Rockstar tentou se reinventar como um local de trabalho mais progressista e compassivo, de acordo com entrevistas com mais de 20 pessoas que trabalham lá ou saíram recentemente, todas as quais pediram anonimato porque não estavam autorizadas a falar publicamente. Um funcionário o descreveu como “um clube de meninos transformado em uma empresa real”. Um porta-voz da Rockstar se recusou a comentar. Uma Rockstar mais gentil ainda pode produzir o calibre de jogo pelo qual o estúdio se tornou conhecido? Alguns funcionários não têm certeza. A moral em toda a empresa está mais alta do que nunca, de acordo com muitos funcionários. Mas o desenvolvimento de Grand Theft Auto VI foi mais lento do que os fãs impacientes e até mesmo os funcionários de longa data esperavam. Muito disso tem a ver com a pandemia, mas o atraso também se deve a algumas das mudanças que a empresa implementou para melhorar as condições de trabalho, como a reestruturação do departamento de design e o compromisso de manter as horas extras sob controle. Alguns trabalhadores dizem que ainda estão tentando descobrir como fazer jogos nesta nova iteração da Rockstar e se perguntam até como um jogo Grand Theft Auto se parece no ambiente de hoje. Além disso, vários funcionários da Rockstar apontaram que você não pode realmente satirizar a América de hoje – já é uma sátira de si mesma. Entre o novo mandato da empresa e a saída de Dan Houser em 2019, que liderou a direção criativa em muitos jogos anteriores da Rockstar, todos os sinais sugerem que Grand Theft Auto VI será muito diferente de seu antecessor. A Rockstar Games foi fundada em 1998 por um punhado de criadores de jogos britânicos como uma subsidiária da Take-Two. Com Grand Theft Auto III de 2001 e suas sequências, a empresa revolucionou os videogames de mundo aberto e cresceu para empregar milhares de pessoas, com escritórios na Califórnia, Nova York, em todo o Reino Unido e além. Os produtos Grand Theft Auto representaram 31% da receita total de US$ 3,5 bilhões da Take-Two no ano fiscal de 2022, de acordo com registros da empresa. O estúdio foi construído em uma cultura de semanas de trabalho de sete dias, disse Jamie King, um fundador que saiu depois de oito anos. Mas, ele disse, esse tipo de cultura é “insustentável”. Jogos como Red Dead Redemption e Max Payne 3 exigiam o que alguns funcionários chamavam de “marchas da morte” – meses de jornadas obrigatórias de 14 horas e fins de semana que afetaram a vida dos funcionários, a saúde mental e às vezes os casamentos. Em outubro de 2018, pouco antes do lançamento de Red Dead Redemption 2, Houser, um dos fundadores da Rockstar, disse que sua equipe estava trabalhando “100 horas por semana” para terminar o jogo. Os comentários, que Houser mais tarde voltou atrás, foram o ponto de inflexão para muitos funcionários. Reclamações semelhantes se espalharam pela indústria nos últimos anos. Desenvolvedores de jogos que trabalham na Activision Blizzard Inc., Riot Games e Ubisoft Entertainment SA criticaram seus empregadores por questões que vão de discriminação sexual a excesso de trabalho. A Activision Blizzard está sendo processada pelo estado da Califórnia por alegações de assédio sexual e discriminação. Embora essas empresas tenham reconhecido seus problemas e prometido mudar, nenhuma fez tanto em resposta a uma revolta dos trabalhadores quanto a Rockstar, de acordo com pessoas de toda a empresa. A transformação da Rockstarinclui mudanças na programação, conversão de contratados em funcionários em tempo integral e a demissão de vários gerentes que os funcionários consideravam abusivos ou difíceis de trabalhar. Quando a pandemia começou, os trabalhadores receberam pacotes de cuidados, máscaras de pano e bônus surpresa. Durante os protestos pela morte de George Floyd, um homem negro assassinado por policiais, a empresa disse que igualaria as doações para instituições de caridade Black Lives Matter. Os funcionários receberam novos benefícios de saúde mental e licença. Uma nova política chamada “horário flexível” permite que os funcionários tirem uma folga imediatamente para cada hora extra que trabalharem. E nos últimos quatro anos, a administração prometeu que não serão necessárias horas extras excessivas para Grand Theft Auto VI, um dos jogos mais esperados por fãs e investidores do planeta. Aderir a essa promessa já provocou mudanças no jogo. Os planos originais para o título, que tem o codinome Project Americas, eram que ele fosse mais vasto do que qualquer jogo de Grand Theft Auto até hoje. Os primeiros projetos exigiam a inclusão de territórios modelados a partir de grandes áreas da América do Norte e do Sul, de acordo com pessoas familiarizadas com os planos. Mas a empresa se rendeu a essas ambições e reduziu o mapa principal a uma versão fictícia de Miami e seus arredores. O plano da Rockstar agora é atualizar continuamente o jogo ao longo do tempo, adicionando novas missões e cidades regularmente, o que a liderança espera que leve a menos problemas durante os meses finais do jogo. Ainda assim, o mundo do jogo continua grande, com mais locais internos do que os jogos anteriores do Grand Theft Auto, impactando a linha do tempo. Para ajudar a evitar horas extras, a Rockstar também adicionou mais produtores para acompanhar os cronogramas, um movimento que foi principalmente positivo, disseram os desenvolvedores, mas que também causou gargalos. Alguns funcionários disseram que se viram esperando para se comunicar por meio de intermediários ou que parecia que várias pessoas estavam no comando, deixando-os sem saber quem deveria fazer a ligação final. A Rockstar implantou uma nova estrutura de gerenciamento após a saída do ex-diretor de design Imran Sarwar, que foi acusado por vários funcionários de bullying e abuso verbal. Sua posição foi preenchida por três outros diretores, criando o que várias pessoas descreveram como uma situação de “cozinheiros demais”, onde as decisões de design são frequentemente deixadas em fluxo ou contraditórias. Alguns aspectos centrais do jogo, como o combate, ainda estavam passando por mudanças, mesmo que os desenvolvedores esperassem que fossem bloqueados, disseram os funcionários. Sarwar não respondeu a um pedido de comentário. Analistas do setor antecipam que o próximo Grand Theft Auto será lançado em algum momento do ano fiscal de 2024 da Take-Two, que vai de abril de 2023 a março de 2024, mas os desenvolvedores estão céticos. O jogo está em desenvolvimento de alguma forma desde 2014. Embora existam cronogramas vagos, as pessoas entrevistadas para este artigo disseram que não sabiam de nenhuma data de lançamento firme e que esperavam que o jogo demorasse pelo menos dois anos. No início deste ano, um grupo de designers deixou o escritório da Rockstar em Edimburgo, dizendo aos colegas que estavam cansados da falta de progresso. Muitos outros, no entanto, dizem que estão satisfeitos em trabalhar em uma empresa onde há pouca pressão para lançar um novo jogo. Grand Theft Auto V, lançado em 2013, é a propriedade de entretenimento mais lucrativa de todos os tempos graças ao seu componente multiplayer, Grand Theft Auto Online. Esse sucesso financeiro sem precedentes deu à Rockstar margem de manobra para fazer mudanças radicais e tomar seu tempo no próximo projeto. E, como um membro da equipe apontou, revisar a cultura da Rockstar pode ajudar na retenção e no recrutamento, além de levar a jogos que são “melhores para todos que trabalham neles” e, presumivelmente, para as pessoas que os jogam também. https://www.bloomberg.com/news/articles/2022-07-27/gta-6-release-date-rockstar-cleans-up-image-after-employee-backlash#xj4y7vzkg
  5. O CBLOL 2022 está bombando nas redes sociais e se consagrou a liga mais popular do mundo no primeiro semestre de 2022 no Twitter. A rede social teve mais de 1,5 bilhões de tweets sobre o mundo dos jogos no geral, e na categoria de torneio de esports, o campeonato de LoL brasileiro dominou. Além do CBLOL na primeira colocação, o top 5 das ligas mais populares no Twitter também conta com a liga de Apex (2° colocação), LCK (3° colocação), COD League (4° colocação) e Overwatch League (5° colocação). (Reprodução/Twitter Gaming) O Brasil também marcou forte presença em outras medições realizadas pela plataforma. Dos 10 jogadores de esports mais falados do mundo, três são brasileiros: FalleN, Nobru e fnx. A LOUD manteve o seu posto de organização mais comentada do mundo no Twitter, em um top 10 que também conta com a paiN Gaming, Los Grandes e FURIA. Felipe Neto aparece na sétima colocação dos criadores de conteúdo (sobre jogos) mais falados do mundo. Tais números colocam o Brasil como o sexto país que mais fala sobre jogos no Twitter, atrás do Japão, Estados Unidos, Coreia do Sul, Tailândia e Indonésia. https://maisesports.com.br/cblol-2022-foi-liga-mais-popular-do-mundo-1-semestre-twitter/
  6. No trailer é possível ver trechos de cinematics, alguns easter eggs envolvendo LoR, cena de Light Novel do LoL, Akali Guardiã Estelar in-game e mais.
  7. O CBLOL 2022 2° split segue cheio de surpresas e ainda nem chegou na metade da Fase de Grupos. O caçador Ranger, atualmente reserva da FURIA, e Wos, ex-Liberty e até então sem time, serão os novos reforços do Flamengo Los Grandes para o restante do campeonato. A informação foi dada pelo jornalista Luís Santana, do MGG Brasil. Os dois jogadores substituirão os sul-coreanos Geum Go (jungler) e Kuri (support), que, de acordo com a reportagem, já estão desligados da organização. Os reforços chegam para tentar fazer o Flamengo Los Grandes emplacar no CBLOL 2022; até o momento, a equipe segue com apenas três vitórias no CBLOL, estando na sétima colocação. Com as mudanças, o time do Flamengo Los Grandes passará a ser totalmente brasileiro, o que deverá melhorar a comunicação durante os jogos. A reportagem ainda cita que, como os sul-coreanos já foram desligados, o FLA deverá jogar com jogadores Academy na quinta semana do torneio. Apesar de nenhuma das partes terem comentado sobre o rumor, o caçador Ranger já publicou que tem um anúncio importante para fazer nesta quinta-feira (7) às 17:30 em sua stream. Os próximos jogos do Flamengo serão contra a paiN Gaming (9 de julho) e LOUD (10 de julho). Confira a cobertura completa do CBLOL 2022 com calendário de jogos, resultados, tabela, estatísticas das partidas e outras informações aqui no Mais Esports. https://maisesports.com.br/cblol-2022-ranger-e-wos-serao-os-reforcos-do-flamengo-los-grandes-diz-site/
  8. Gaules, Nobru e Cherrygumms estão entre as personalidades indicadas; confira outros nomes dos esports que estão entre os finalistas O The Esports Awards, a maior premiação dos esportes eletrônicos do mundo, revelou nesta quinta-feira (30) a primeira leva de finalistas nas categorias de entretenimento para a edição de 2022. Entre os escolhidos, destacam-se os brasileiros Alexandre "Gaules" Borba, Bruno "Nobru" Goes e Nicolle "Cherrygumms" Merhy. Os três foram indicados na categoria Personalidade do Ano e estarão disputando a premiação contra nomes como Oleksandr "s1mple" Kostyliev e Lee "Faker" Sang-hyeok, astros do Counter-Strike: Global Offensive (CS:GO) e do League of Legends, respectivamente. Gaules também é um dos finalistas na categoria de Streamer do Ano ao lado de celebridades como Timothy "TimTheTatman" John Betar e Rachell "Valkyrae" Hofstetter. Além disso, LOUD e Tribo Gaules aparecem na lista de indicados entre os maiores grupos de criação de conteúdo do ano. A cerimônia de premiação acontecerá no Resorts World Las Vegas, nos Estados Unidos, no dia 13 de dezembro. Gaules é um dos brasileiros indicados ao The Esports Awards 2022 — Foto: Divulgação/Gaules Indicado em duas categorias, Gaules é ex-jogador e treinador profissional de CS, e atualmente conseguiu grande notoriedade como um dos maiores streamers do mundo com as transmissões de torneios do FPS. Disputando como personalidade do ano, Cherrygumms é conhecida por ser CEO e dona da organização Black Dragons, além de uma das maiores referências femininas no cenário de esports mundial. Depois, temos Nobru, campeão mundial de Free Fire e fundador da organização Fluxo. Ele parece novamente representando o Battle Royale da Garena e busca mais uma premiação após vencer como personalidade do ano de 2021. Nicolle "Cherrygumms" é CEO da Black Dragons e ex-atleta de R6; ela concorre como personalidade de esports — Foto: Reprodução/Instagram nicollemerhy LOUD e Tribo Gaules fecham os representantes brasileiros na categoria de entretenimento entre os times que têm como principal foco a criação de conteúdo em geral. Ainda restam outros finalistas para serem anunciados pelo The Esports Awards, como nas categorias de indústria e criativas. Veja, a seguir, todos os nomes que foram anunciados como finalistas nas categorias de entretenimento: Grupo de criação de conteúdo do ano 100 Thieves FaZe Clan LOUD One True King G4TV Tribo Gaules OfflineTV Full Squad Gaming Team Summertime S8ul Esports Criador de conteúdo de esports do ano HECZ SunlessKhan Ashley Kang ZooMaa ImperialHal BananaSlamJamma Hungrybox Launders IWDominate Séries de esports do ano The Story Of... (theScore esports) The Process T1 THE LOCKER ROOM G2 Voicecomms The Eavesdrop Podcast Backstory Road to The International Players Jogo de esports do ano League of Legends VALORANT CS:GO Rocket League Dota 2 Free Fire Apex Legends Rainbow Six Siege Fortnite Jogo mobile do ano PUBG MOBILE League of Legends: Wild Rift Free Fire Pokémon Unite Arena of Valor Mobile Legends: Bang Bang Call of Duty: Mobile Brawl Stars Personalidade dos esports do ano s1mple Sjokz ocelote Gaules Mortal Faker Nadeshot Goldenboy HECZ Cherrygumms MoistCr1TiKaL Nobru Streamer do ano Ibai Gaules Valkyrae Asmongold tarik Kameto loltyler1 TimTheTatman Dr Disrespect QTCinderella TheGrefg NICKMERCS Com informações de The Esports Awards https://www.techtudo.com.br/noticias/2022/06/the-esports-awards-2022-tem-brasileiros-na-disputa-veja-os-indicados.ghtml
  9. BLANK divulgou recenetemente artefatos da 3.0 para o elemento "Dendro" (Natureza), e Proeficiência Elemental. tradução: Também foi divulgado duas skins novas para: Diluc e Fischl. fonte: Tighnariloverr Além disso, tivemos a divulgação de 3 personagens novos da versão 3.0, sendo eles: Tighnari (Dendro) Habilidades: Dori (Electro) Habilidades: Collei (Dendro) Habilidades:
  10. A National Basketball Association (NBA) e a National Basketball Players Association (NBPA) fecharam uma parceria com a Niantic, desenvolvedora de Pokémon Go, para lançar um jogo móvel de realidade aumentada (AR) oficialmente licenciado. NBA All-World promete um “metaverso do mundo real” no qual os dados de geolocalização do usuário são usados para encontrar, desafiar e recrutar jogadores atuais da NBA para sua equipe. O jogo também explora os elementos de moda e estilo de vida da liga, com jogadores capazes de equipar os jogadores de suas equipes com roupas personalizadas da NBA. “A NBA All-World representa o primeiro da indústria em jogos esportivos, como um jogo AR original do mundo real que atrairá tanto os fãs casuais quanto os principais da NBA”, disse Marcus Matthews, produtor sênior da Niantic. “Estamos criando e projetando um jogo que capacita os jogadores a representar de onde são e mostrar a cultura de seu bairro.” Matt Holt, chefe de produtos de consumo da NBA, acrescentou: “Por meio de nossa parceria com a Niantic, a NBA All-World oferecerá aos fãs de todo o mundo a oportunidade de mergulhar totalmente na energia e emoção da NBA. “Evidente no próprio nome do jogo, estamos ansiosos para nos envolver com nossos fãs ao redor do mundo por meio dessa experiência cativante.” https://www.sportspromedia.com/news/nba-all-world-niantic-nbpa-ar-mobile-game-metaverse/
  11. Confiável insider da indústria, Tom Henderson afirma que a Electronic Arts está pronta para revelar FIFA 23, um novo Need for Speed e Skate 4 nas próximas semanas. Em relatório do Exputer, Henderson acrescenta as supostas datas desses jogos. ATUALIZAÇÃO: Fontes me trouxeram as potenciais datas desses três jogos: Need for Speed – 4 de novembro de 2022 FIFA 23 – 30 de setembro de 2022 Skate 4 – A ser anunciada (possivelmente em 2023) Espera-se que ligas femininas sejam incorporadas ao FIFA 23, na intenção de torná-lo um “título unificado”. As Copas do Mundo masculinas e femininas chegarão ao jogo, com a adição de cross-play para tornar essa experiência unificada uma realidade. Surgiram especulações de que FIFA 23 seria um título free-to-play, mas não deve ser o caso, visto que já foi descrito como “um jogo premium com preço total“. Vale lembrar que, diante do rompimento com a EA após quase três décadas, a FIFA já está em busca de uma nova parceria, assegurando que continuará desenvolvendo jogos de futebol a partir de 2024. Em nota oficial (via Eurogamer), é dito que trata-se do início de uma nova era do futebol digital. “Posso assegurar que o único jogo autêntico e real que tem o nome FIFA será o melhor disponível para fãs de futebol.” Declarou Gianni Infantino, presidente da FIFA. “O nome FIFA é o único título original e global. FIFA 23, FIFA 24, FIFA 25 e FIFA 26 e por aí adiante, a única constante é o nome FIFA e permanecerá para sempre e permanecerá assim, sendo o melhor.” Será a primeira vez onde a organização trabalhará com outros estúdios e editoras para entregar algum título inédito de futebol. A EA continuará sua franquia, agora sob título de EA Sports FC. https://ovicio.com.br/supostas-datas-de-fifa-23-e-novo-need-for-speed-sao-reveladas/
  12. A Valve anunciou nesta segunda-feira (27) que mais que dobrou o volume de produção do console portátil Steam Deck. O gadget –que permite jogar os games da plataforma Steam– está disponível para compra mediante o cadastro em uma lista de espera. Porém, o aparelho ainda não está disponível para reserva no Brasil. Para o próximo trimestre, a empresa afirma que começou a notificar por e-mail os usuários da lista de espera e promete enviar o dobro do número de Steam Decks todas as semanas. Conforme apontou o The Verge, os interessados que receberem o e-mail têm 72 horas para finalizar o pedido. Caso percam o prazo, é necessário entrar em contato com o suporte da Steam, pois a empresa ainda oferece um período de carência de “alguns dias”. Steam Deck Disponível em três versões –de 64 GB, 256 GB e 512 GB, o dispositivo da Valve tem preços a partir de US$ 399. A tela LCD IPS é de 7 polegadas, com resolução de 1280 x 800 pixels (proporção 16:10). O aparelho roda processadores Zen 2 e arquitetura RDNA 2 e conta com botões e gatilhos parecidos como de outros videogames, além de dois touchpads. Os jogos do Steam precisam atender alguns requisitos para rodar no console portátil, como ter a resolução padrão do Steam Deck ou ser compatível com o sistema Proton, por exemplo. Entre os jogos recém-aprovados para rodar no dispositivo estão o Apex Legends, God of War, Star Wars – The Skywalker Saga, Doom Eternal, Jurassic World – Evolution 2, No Man’s Sky, entre outros. Atualmente, o Steam Deck está disponível para reservas nos Estados Unidos, Canadá, União Europeia e Reino Unido, com a promessa de que mais regiões receberão o console em breve. http://gizmodo.uol.com.br/steam-deck-cai-no-gosto-popular-e-valve-dobra-a-producao-de-consoles/
  13. Rakan & Xayah Guardiões Estelares (Redimidos) (spotlight das skins abaixo) também com a versão corrompida (e original do LoL) Xayah & Rakan Guardiões Estelares (spotlight das skins abaixo) Seraphine Guardiã Estelar (spotlight da skin abaixo) Orianna Guardiã Estelar (spotlight da skin abaixo) Senna Guardiã Estelar (spotlight da skin abaixo) Elas vem junto com duas skins originais do LoL, elas sendo: Ahri Guardiã Estelar (spotlight da skin abaixo) Miss Fortune Guardiã Estelar (spotlight da skin abaixo) Também foi anunciada uma skin avulsa: Karma Astromante (spotlight da skin abaixo) Junto com as skins, terá o lançamento de "Kassadin, o Andarilho do Vazio". (spotlight do campeão e sua skin abaixo)
  14. TV Globohá 6 horas Vamos brincar, comunidade? E aí, qual personagem de A Favorita te convidaria para um jantar? Gostou do convite? 👀 Aqui a colinha com os nomes dos personagens: 1 - Dodi/ 2 - Alícia/ 3 - Lara/ 4 - Irene/ 5 - Flora/ 6 - Maíra/ 7 - Zé Bob/ 8 - Donatela/ 9 - Orlandinho/ 0 - Céu
  15. Em celebração aos dez anos da franquia, Dragon’s Dogma II foi anunciado oficialmente pela Capcom. Não sabemos muitos detalhes, apenas que a RE Engine está sendo utilizada pela equipe de desenvolvimento. O jogo original, para quem não sabe, chegou para PlayStation 3 e Xbox 360 em 2012. Dragon’s Dogma se tornou um enorme sucesso de crítica e público, especialmente por entregar um mundo aberto emocionante e um novo sistema de cooperação chamado “Pawn”. Com os pawns, você podia invocar os personagens de seus amigos e de pessoas ao redor do mundo para compartilhar experiências, combate e informações do mundo. No jogo, era possível carregar até três companheiros na sua aventura, e sempre voltavam com alguma novidade. O jogo também estabeleceu um sistema de classes inovador, além de entregar um combate inspirado em Shadow of the Colossus e em jogos Hack n’ Slash como Devil May Cry. Dragon’s Dogma 2 terá versões para PlayStation 5, Xbox Series e PC. https://ovicio.com.br/dragons-dogma-ii-e-anunciado-oficialmente/
×
×
  • Create New...

Important Information

By using this site, you agree to our Terms of Use.