Jump to content
×
×
  • Create New...


  • CINCO VEZES QUE A GLOBO FEZ REMAKE DE NOVELAS DE OUTRAS EMISSORAS

     

     

    Algumas novelas fizeram tanto sucesso fora dos domínios globais que até a própria líder de audiência se rendeu a elas. Desde tramas da Rede Tupi, SBT e até a extinta Rede Manchete, vamos conhecer as cinco vezes que a Rede Globo fez remakes de tramas de outras emissoras.

     

    PANTANAL (Pantanal, Rede Manchete, 1990)

     

    Uma das mais famosas pedras no sapato da emissora carioca, a novela Pantanal, de Benedito Ruy Barbosa vai ganhar remake no horário nobre em 2021. O anúncio oficial foi feito durante reportagem especial no Fantástico.]

     

    Caso não haja imprevistos, a nova versão de Pantanal deve estrear em setembro de 2021, sob a direção de Rogério Gomes.

     

    5ZY3V1s.jpg

    Pantanal - TV Manchete (1990) - Créditos: Divulgação

     

    Pantanal é o maior sucesso da história da Rede Manchete e ameaçou a liderança da Globo por diversas vezes. Benedito levou o projeto da novela à Manchete após recusa da própria Globo se recusar a produzi-la, alegando que a produção teria um alto custo.

     

     

    ÉRAMOS SEIS (Éramos Seis, SBT, 1994)

     

    A obra Éramos Seis, da escritora Maria José Dupré, já inspirou diversas obras na televisão brasileira. Em 1958 foi adaptada pela primeira vez como telenovela pela RecordTV, escrita e dirigida por Ciro Bassini e trazendo Gessy Fonseca como protagonista.

     

    qiVLuaH.jpg

    Éramos Seis - Record (1958) - Créditos: Reprodução

     

    Em 1967 a Rede Tupi realizou a segunda versão, escrita por Pola Civelli e dirigida por Hélio Souto, ainda na época das novelas ao vivo, trazendo no papel principal a atriz Cleyde Yáconis.

     

    9n6NmDn.jpg

    Éramos Seis -  TV Tupi (1967) - Créditos: Reprodução

     

    Em 1977 a Tupi realizou outra versão da novela, sendo escrita por Silvio de Abreu e Rubens Ewald Filho, protagonizada por Nicette Bruno. 

     

    FdRkSWN.jpg

    Éramos Seis - TV Tupi (1977) - Créditos: Reprodução

     

    Em 1994 foi adaptada pela quarta vez pelo SBT, trazendo novamente o texto de Sílvio de Abreu e Rubens Ewald Filho. Essa versão contou com Irene Ravache como protagonista.

     

    Em julho de 2017, a Rede Globo adquiriu os direitos autorais de uma nova adaptação de Éramos Seis. A base dos roteiros foram os próprios textos escritos por Silvio de Abreu no SBT, ja que agora o autor é diretor de teledramaturgia da casa.

     

    O CRAVO E A ROSA (O Machão, Rede Tupi, 1974)

     

    Que O Cravo e a Rosa é baseada na obra A Megera Domada, de William Shakespeare, todos nós sabemos. Agora que a novela é remake de O Machão, de Ivani Ribeiro, poucos sabem. A trama, foi um sucesso nos anos 70 na Rede Tupi e também era um remake de outra novela da Ivani Ribeiro - A Indomável, de 1965.

     

    7vm4A0J.jpg

    O Machão - TV Tupi (1977) - Créditos: Divulgação

     

    Sucesso em todas as versões, a trama conta a história do rude e determinado Julião Petruchio que, à beira de perder sua fazenda, aceita se casar com uma rica herdeira paulista na década de 1920. 

     

    A novela de Walcyr Carrasco fez tanto sucesso que foi prolongada por mais de 100 capítulos logo após a estreia, ultrapassando os 200 capítulos finais.

     

    a8VPqWJ.jpg

    O Cravo e a Rosa - TV Globo (2000) - Créditos: Divulgação

     

    SONHO MEU (A Pequena Órfã e Ídolo de Pano, 1968 e 1974)

     

    A novela Sonho Meu, de Marcílio Moraes, fez bastante sucesso na tela da Rede Globo em 1993.

     

    nBP8yAo.jpg

    Sonho Meu - TV Globo (1993) - Créditos: Divulgação

     

    Para sua concepção, o autor inspirou-se em duas outras novelas do autor Teixeira Filho: A Pequena Órfã, extinta TV Excelsior, de 1968 e Ídolo de Pano, da também extinta TV Tupi, de 1974.

     

    MsIZixF.jpg

    Ídolo de Pano - TV Tupi (1974) - Créditos: Divulgação

     

    De A Pequena Órfã, o autor pegou o trecho sobre a amizade entre uma garotinha de um orfanato e um bondoso velhinho e de Ídolo de Pano ele se inspirou na disputa de dois irmãos pelo amor da mesma mulher.

     

    Curiosamente, em 2005, foi a vez da Record adaptá-la, dentro da novela Prova de Amor, de Tiago Santiago.

     

    A VIAGEM (A Viagem, TV Tupi, 1975)

     

    W7fMUyI.jpg

    A Viagem - TV Globo (1994) - Créditos: Divulgação

     

    Uma das novelas mais famosas de Ivani Ribeiro na Rede Globo é um remake de uma novela de mesmo título da própria autora. A Viagem foi transmitida originalmente entre 1975 e 1976 pela TV Tupi.

     

    bxFpBh8.jpg

    A Viagem - TV Tupi (1975) - Créditos: Reprodução

     

    Para escrever A Viagem, Ivani Ribeiro inspirou-se nos livros Nosso Lar e E a vida continua, que foram psicografados pelo médium brasileiro Chico Xavier, com autoria atribuída ao espírito André Luiz.

     

    8WO2sxJ.jpg

    Ivani Ribeiro - Créditos: Divulgação

     

    • Like 13

    User Feedback

    Recommended Comments

    O Cravo e A Rosa maravilhosa, o de Éramos Seis pelo que vi parece que ficou bom também.

    Por essa lista se Pantanal flopar vai ser o primeiro flop de um remake de uma novela de outra emissora né ? Porque todas essas foram bem. :clo11:

    Tomara que conduzam bem o remake.

    Link to comment
    Share on other sites
    4 horas atrás, Cristofer disse:

    Tem também O profeta e Mulheres de areia 

     

    1 hora atrás, Omar disse:

    Sem falar em Mulheres de Areia, O Profeta, A Padroeira, A Gata comeu etc 

     

    Vdd gente, tinha muitas da Ivani Ribeiro (praticamente todas que ela fez na Globo) kkk

    Link to comment
    Share on other sites


    Guest
    Add a comment...

    ×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

      Only 75 emoji are allowed.

    ×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

    ×   Your previous content has been restored.   Clear editor

    ×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


  • Recently Browsing   0 members

    No registered users viewing this page.





Important Information

By using this site, you agree to our Terms of Use.