Jump to content


Amor Perfeito termina melhor do que começou


Marquinhos C.

Recommended Posts

Amor Perfeito termina melhor do que começou

Último capítulo da novela das seis foi exibido nesta sexta-feira (22)

 

Amor Perfeito chegou ao fim nesta sexta-feira (22) muito melhor do que começou. A novela cresceu consideravelmente após a correria das primeiras semanas e a insistência, por vários capítulos, nos embates entre Gilda (Mariana Ximenes) e Marê (Camila Queiroz). A exploração das tramas paralelas e a inclusão de Marcelino (Levi Asaf) no eixo central impulsionaram a narrativa nos últimos meses.

A pressa é inimiga da perfeição

amor-perfeito-mariana-ximenes-1024x576.p
Mariana Ximenes como Gilda em Amor Perfeito (João Miguel Júnior / Globo)

A trama de Duca Rachid, Júlio Fischer e Elisio Lopes Jr desperdiçou viradas e ganchos em seu início. Acontecimentos importantes como a paixão de Marê e Orlando (Diogo Almeida), a resistência de Leonel (Paulo Gorgulho) ao romance da filha, a morte do empresário, a prisão da herdeira após uma armação de Gilda, o nascimento de Marcelino e o afastamento dele e da mãe foram condensados em poucas sequências.

 

A sensação é de que, assim como a antecessora Mar do Sertão (2022), Amor Perfeito “economizava emoção” – uma busca, talvez, pelo ritmo próximo aos das séries, contrariando um dos princípios do folhetim, de explorar ao máximo todas as possibilidades que o gênero oferece.

 

A virada de fase seguiu o mesmo caminho. Marê derrubou Gilda rápido demais. Outras histórias, como a de Elza (Raquel Karro) e Odilon (Bruno Quixotte), vítimas de Turíbio (Glicério Rosário), se desenrolaram com tanta pressa que mal houve tempo para se afeiçoar aos personagens. Quando os autores enfim “tiraram o pé do acelerador”, o enredo sucumbiu ao ramerrame entre enteada e madrasta…

Acertos

amor-perfeito-ana-cecilia-costa-e-zeze-p
Ana Cecília Costa (Verônica) e Zezé Polessa (Cândida) em Amor Perfeito (Manoella Mello / Globo)

O incômodo com o enredo de Amor Perfeito se dissipou do meio para o final. Lucília (Kênia Bárbara) contribuiu para tal. A prima de Orlando morreu após passar de aliada a inimiga de Gilda. Na sequência, a união do médico e de Marê em um plano contra a vilã, a partir de uma jogada da própria, a da adoção de Marcelino e consequente pressão pelo casamento com Orlando.

 

A esta altura, as paralelas ganharam força. Verônica (Ana Cecília Costa) rompeu com o amante e se acertou com Érico (Carmo Dalla Vecchia) – e aqui lamento a investida da Globo, que já havia prejudicado Vai na Fé, contra o romance do advogado com outro homem. Júlio (Daniel Rangel) descobriu o laço de sangue com Anselmo (Paulo Betti), o que acarretou no rompimento do prefeito e de Cândida (Zezé Polessa).

 

Ainda, Frei João (Allan Souza Lima) e o confronto entre a vocação religiosa e o amor por Darlene (Carol Castro), Popô (Mestre Ivamar) e Celeste (Cyda Moreno) e os prazeres de um romance na terceira idade, Lívia (Lucy Ramos) e os conflitos relacionados à gravidez psicológica e ao filho adotivo e a força feminina, exaltada especialmente pela guinada política de Cândida. Por fim, já nos momentos finais, a volta de Leonel.

Saldo final

amor-perfeito-carol-badra-1024x576.png
Carol Badra como Ione em Amor Perfeito (Manoella Mello / Globo)

Cabe destacar também as presenças de Tonico Pereira (Frei Leão), Antônio Pitanga (Frei Vitório), Maria Gal (Neiva), Carol Badra (Ione) e Gustavo Arthidoro (Ademar). Entre os novatos, menções a Paulo Mendes (Luís), egresso de Os Outros, e Bárbara Sut (Sônia). Já Juliana Alves (Wanda), Isabel Fillardis (Aparecida) e João Fernandes (Justino) mereciam melhores oportunidades.

 

Amor Perfeito chega ao último capítulo com méritos. Além de angariar a melhor média de audiência entre as inéditas desde Éramos Seis (2019), 19,5 pontos, a novela soube usar os elementos dos quais dispunha para entregar um roteiro melhor trabalhado, e mais interessante, do que o apresentado inicialmente. O último capítulo, com os desfechos bem encaminhados, sem pressa, atesta o acerto.

 

amor-perfeito-camila-queiroz-e-levi-asaf
DUHSECCO.COM.BR

Amor Perfeito chegou ao fim nesta sexta-feira (22); tramas paralelas e inclusão de Marcelino (Levi Asaf) no eixo central elevaram narrativa

 

Link to comment
Share on other sites

  • Replies 1
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

Popular Days

Top Posters In This Topic

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now
×
×
  • Create New...

Important Information

By using this site, you agree to our Terms of Use.

Por favor, desabilite seu bloqueador de anúncios para continuar navegando.

 

Você pode se tornar um Membro VIP ou Assinante para se livrar dos anúncios. Clique aqui para saber mais.

Ok