Jump to content


Search the Community

Showing results for tags 'novela'.

  • Search By Tags

    Type tags separated by commas.
  • Search By Author

Content Type


Forums

  • TV
    • TV News
    • A Fazenda 13
    • Retro TV
    • International TV
    • On Air
  • Entertainment
    • Séries e Streaming
    • Movies
    • Music
    • Esportes
  • Geral
    • General Area
    • Coronavirus
    • Tecnologia
    • Politics
  • Parceiros do Eplay
    • Não deixe de visitá-los!
  • Feedback
    • Compra de pontos
    • Site Questions
    • Archive
  • Funhouse EPlay's Geral
  • VegClub's Geral
  • EPlay+'s Geral

Find results in...

Find results that contain...


Date Created

  • Start

    End


Last Updated

  • Start

    End


Filter by number of...

Joined

  • Start

    End


Group


Website URL


Twitter


Instagram


Spotify


Snapchat


Last.fm


TVShow Time


Banco de Séries


Filmow


Skype


Localização


Interesses

  1. HORÁRIOS DE EXIBIÇÃO: seg a sex, 17h30 às 18h30 NOVELAS JÁ EXIBIDAS ANTERIORMENTE NO HORÁRIO: MARIA DO BAIRRO A MENTIRA A USURPADORA RUBI NO LIMITE DA PAIXÃO SORTILÉGIO CORAÇÃO INDOMÁVEL QUE POBRES TÃO RICOS TERESA A QUE NÃO PODIA AMAR MEU CORAÇÃO É TEU O QUE A VIDA ME ROUBOU TRIUNFO DO AMOR HORÁRIOS DE EXIBIÇÃO: seg a sex, 18h30 às 19h45 NOVELAS JÁ EXIBIDAS ANTERIORMENTE NO HORÁRIO: O PRIVILÉGIO DE AMAR POR TEU AMOR A FEIA MAIS BELA A USURPADORA A DONA MEU CORAÇÃO É TEU A GATA O QUE A VIDA ME ROUBOU UM CAMINHO PARA O DESTINO AMANHÃ É PARA SEMPRE CARROSSEL A DONA ABISMO DE PAIXÃO BETTY, A FEIA EM NOVA YORK QUANDO ME APAIXONO AMORES VERDADEIROS
  2. Criado em 23 de novembro de 2009, o TLN Network finalmente retornou ao Brasil em abril de 2019, pouco mais de 6 anos após ter deixado de transmitir sua programação pela OiTV. Agora, juntamente com o Las Estrellas, ele retorna através da GuigoTV, uma plataforma de IPTV paga e legalizada disponível no Google Play e App Store. Atualmente, o TLN Network exibe as seguintes telenovelas: HORÁRIOS DE EXIBIÇÃO: 02h00 - 06h35 - 11h10 - 15h45 - 20h20 NOVELAS JÁ EXIBIDAS ANTERIORMENTE NO HORÁRIO: CÚMPLICES DE UM RESGATE AMY, A MENINA DA MOCHILA AZUL LUZ CLARITA CARINHA DE ANJO GOTINHA DE AMOR VOVÔ E EU AMIGOS PARA SEMPRE ALEGRIFES E RABUJOS VIVA ÀS CRIANÇAS SONHOS E CARAMELOS POUCAS POUCAS PULGAS AMY, A MENINA DA MOCHILA AZUL (reprise) MARIA BELÉM CÚMPLICES DE UM RESGATE (reprise) CARINHA DE ANJO (reprise) O DIÁRIO DE DANIELA VOVÔ E EU (reprise) VIVA ÀS CRIANÇAS (reprise) AMY, A MENINA DA MOCHILA AZUL (rereprise) ALEGRIFES E RABUJOS (reprise) POUCAS POUCAS PULGAS (reprise) MARIA BELÉM (reprise) SONHOS E CARAMELOS (reprise) CÚMPLICES DE UM RESGATE (reprise) HORÁRIOS DE EXIBIÇÃO: 02h55 - 07h30 - 12h05 - 16h40 - 21h15 NOVELAS JÁ EXIBIDAS ANTERIORMENTE NO HORÁRIO: MARIA JOSÉ PRECIOSA A ALMA NÃO TEM COR MARIANA DA NOITE MUNDO DE FERAS NO LIMITE DA PAIXÃO POR TEU AMOR MARIMAR AMBIÇÃO ROSA SELVAGEM (reprise) GAROTAS BONITAS (reprise) FERIDAS DE AMOR (reprise) CAMALEÕES MAR DE AMOR REBELDE BRASIL REBELDE (reprise) PRIMEIRO AMOR: A MIL POR HORA CUIDADO COM O ANJO AMIGAS E RIVAIS (reprise) CACHITO DO CÉU HORÁRIOS DE EXIBIÇÃO: 03h50 - 08h25 - 13h00 - 17h35 - 22h10 - 01h00 NOVELAS JÁ EXIBIDAS ANTERIORMENTE NO HORÁRIO: MARIA DO BAIRRO ROSA SELVAGEM SIGO TE AMANDO MARIA ISABEL ESMERALDA A USURPADORA ROSALINDA O PRIVILÉGIO DE AMAR (reprise) A MENTIRA MANANCIAL RUBI (reprise) AMOR REAL MARIANA DA NOITE (reprise) SALOMÉ (reprise) A OUTRA (reprise) MENINA AMADA MINHA (reprise) PAIXÃO A MADRASTA (reprise) AMANHÃ É PARA SEMPRE (reprise) A QUE NÃO PODIA AMAR UM REFÚGIO PARA O AMOR AMORES VERDADEIROS A FORÇA DO DESTINO MARIANA DA NOITE (reprise) HORÁRIOS DE EXIBIÇÃO: 04h45 - 09h20 - 13h55 - 18h30 - 23h05 NOVELAS JÁ EXIBIDAS ANTERIORMENTE NO HORÁRIO: SALOMÉ AMIGAS E RIVAIS GAROTAS BONITAS CAMILA REBELDE A FEIA MAIS BELA A USURPADORA (reprise) PAIXÃO E PODER MARIA DO BAIRRO (reprise) MARIMAR (reprise) AMBIÇÃO (reprise) A MENTIRA (reprise) LAÇOS DE AMOR (reprise) ROSA SELVAGEM (rereprise) AMOR REAL (reprise) ABISMO DE PAIXÃO A DONA ABRAÇA-ME MUITO FORTE (reprise) CORAÇÃO INDOMÁVEL HORÁRIOS DE EXIBIÇÃO: 05h40 - 10h15 - 14h50 - 19h25 - 00h00 NOVELAS JÁ EXIBIDAS ANTERIORMENTE NO HORÁRIO: LAÇOS DE AMOR O PRIVILÉGIO DE AMAR RUBI FERIDAS DE AMOR A OUTRA A MADRASTA MENINA AMADA MINHA ABRAÇA-ME MUITO FORTE AMANHÃ É PARA SEMPRE MUNDO DE FERAS (reprise) TERESA AS TONTAS NÃO VÃO AO CÉU BELA A FEIA MANANCIAL (reprise) O PRIVILÉGIO DE AMAR (rereprise) NO LIMITE DA PAIXÃO (reprise) QUERO AMAR-TE O QUE A VIDA ME ROUBOU A COR DA PAIXÃO (incompleta) FERIDAS DE AMOR (rereprise) AMOR DE BAIRRO
  3. Escrita por Thereza Falcão e Alessandro Marson, com colaboração de Júlio Fischer, Duba Elia, Lalo Homrich, Mônica Sanches e Wendell Bendelack. Com direção de Alexandre Macedo, Caio Campos, Guto Arruda Botelho, Joana Antonaccio e Pablo Müller. A direção geral é de João Paulo Jabur, com direção artística de Vinícius Coimbra. Inicialmente Nos Tempos do Imperador estrearia em setembro de 2019, substituindo Órfãos da Terra. Em janeiro daquele ano, no entanto, foi anunciado que a produção havia trocado de lugar com Éramos Seis, que seria sua substituta, e transferida para o primeiro semestre de 2020, uma vez que a produção enfrentou dificuldades para adequar na trama os fatos históricos. Posteriormente a data de estreia foi anunciada para 30 de março de 2020 e o trailer foi liberado em 27 de fevereiro. Originalmente estrearia em 30 de março de 2020, substituindo Éramos Seis, porém foi adiada devido à pandemia de COVID-19. Será a 95.ª "novela das seis" transmitida pela Globo. Thereza Falcão e Alessandro Marson começaram a desenvolver a sinopse em setembro de 2017, quando ainda estavam finalizando Novo Mundo. As gravações começaram em janeiro de 2020, utilizando como cenários a Chapada Diamantina, na Bahia, e cidades do interior fluminense Barra do Piraí, Rio das Flores e Petrópolis – conhecida como "Cidade de Dom Pedro II" exatamente por ser uma das cidades onde o imperador tinha residência – incluindo o antigo Palácio Imperial. Entre os temas históricos escolhidos para abordar na nova trama, foram selecionados a luta abolicionista, os primeiros atos dos direitos da mulher e as causas que levaram a Guerra do Paraguai. Emilio Dantas foi o primeiro nome confirmado como o protagonista Dom Pedro II, porém foi trocado por Selton Mello, que aceitou o convite para integrar a trama – já que a emissora tentava convence-lo a voltar às novelas há duas décadas – sendo que Emílio foi realocado para o papel central da série Todas as Mulheres do Mundo. Andreia Horta interpretaria a imperatriz Teresa Cristina e chegou a dar detalhes sobre a personagem, porém, com o primeiro adiamento da novela em 2019, a atriz decidiu aceitar o convite para protagonizar a novela Um Lugar ao Sol – o qual também foi adiada – e foi substituída por Renata Gaspar. Renata, no entanto, foi considerada muito inexperiente na área do drama após as primeiras leituras do roteiro e transferida para o humorístico Fora de Hora, enquanto o papel passou para Letícia Sabatella. A ideia inicial era de que Nathalia Dill e Bruno Cabrerizo interpretassem Luísa e seu marido Eugênio, porém com o primeiro adiamento em 2019 ambos foram deslocados para outros trabalhos – ela para A Dona do Pedaço e ele para Órfãos da Terra – e os personagens foram assumidos por Mariana Ximenese Thierry Tremouroux, respectivamente. Matheus Nachtergaele interpretaria Tonico, porém abriu mão para focar na série Cine Holliúdy. Na sequência, Lúcio Mauro Filho foi convidado, mas preferiu o personagem de Bom Sucesso e Alexandre Nero ficou com o papel. Leopoldo Pacheco foi convidado para interpretar Coronel Eudoro, porém preferiu o papel em Salve-se Quem Puder e José Dumont foi escalado. Gabriela Medvedovski, Daphne Bozaski e Heslaine Vieira foram escaladas para papéis de destaque na trama após a boa repercussão de seus trabalhos em Malhação: Viva a Diferença. Devido a pandemia, Vera Holtz e Luís Melo, que já haviam gravado diversas cenas como Lota e Batista, deixaram o elenco, sendo substituídos por Paula Cohen e Ernani Moraes. O ator luso-angolano Hoji Fortuna, interpretaria Dom Olu, mais foi substituído sem explicações por Rogério Brito. Como Nos Tempos do Imperador é uma sequência de Novo Mundo, os autores aproveitaram para incorporar cinco personagens da trama anterior. Quinzinho e Vitória, que eram os bebês filhos do casal protagonista na primeira trama, passam a ser interpretados por Augusto Madeira e Maria Clara Gueiros, enquanto Lurdes, a governanta do palácio, que era interpretada por Bia Guedes, retorna agora aos 60 anos sendo interpretada por Lu Grimaldi. Já Vivianne Pasmantere Guilherme Piva, destaques cômicos da primeira parte retornam com seus personagens originais, porém, agora com 80 anos. Para que isso acontecesse, os dois receberam uma caracterização especial. A Princesa Maria Leopoldina e seu marido Dom Pedro I, nas interpretações de Letícia Colin e Caio Castro, também apareceram em cenas de flashback. O casal de indígenas, Piatã e Jacira que foram vividos por Giullia Buscacio e Rodrigo Simas, farão uma participação especial, agora com interpretação de Valéria Alencar e Clovys Torres. Em 16 de março de 2020 as gravações da novela foram suspensas e a estreia adiada, devido à pandemia de COVID-19. Em substituição no horário, após o término de Éramos Seis, foi exibida de 30 de março a 28 de agosto a edição especial de Novo Mundo. A reapresentação serviria de "ponto de partida" para a próxima novela das 18h, mas a ideia não foi levada adiante devido ao movimento de retomada das gravações das novelas interrompidas, uma vez que a Globo deu prioridade na volta das gravações de Amor de Mãe e Salve-se Quem Puder (que estavam no ar antes da suspensão). Por conta disso, Flor do Caribe foi escolhida como nova edição especial e passou a ser reapresentada a partir de 31 de agosto. Em 24 de novembro, Nos Tempos do Imperador teve suas gravações retomadas, sendo a última novela da Globo a retornar a sua produção devido a complexidade da trama de época aliada as medidas sanitárias adotadas pela emissora. Apenas os atores que não pertencem ao grupo de risco retornaram aos estúdios. Apesar da retomada, a trama tinha pouca frente de capítulos prontos e o ritmo de gravação passou a ser mais lento. Temendo que o agravamento da pandemia de COVID-19 pudesse interromper novamente os trabalhos com a novela em exibição, optou-se por escalar uma nova reprise na faixa das seis, sendo escolhida A Vida da Gente, que reestreou em 1.º de março de 2021. Em 23 de março, as gravações são novamente interrompidas por conta do agravamento da pandemia e por força do decreto municipal da Prefeitura do Rio de Janeiro. Inicialmente, o retorno das gravações aconteceria no dia 4 de abril, mas as gravações só foram reiniciadas no dia 19, com novos protocolos de segurança. Em 30 de junho, a Globo confirmou que a estreia da trama será em 9 de agosto de 2021.
  4. As novelas da Globo terão suas gravações paralisadas, o que vai comprometer suas exibições. Algumas terão seus finais antecipados e outras terão que ser interrompidas mesmo. Por que faremos isso? Porque evitar o contato físico é fundamental na estratégia da sociedade para conter a expansão do vírus. E não há novelas sem abraços, apertos de mãos, beijos, festas, cenas de briga, cenas de amor, cenas de carinho, tudo aquilo que reflete a vida real, mas que, hoje, não pode ser encenado em segurança. 23/03 - FINA ESTAMPA (21h30) ‘Amor de Mãe’, escrita por Manuela Dias, com direção artística de José Luiz Villamarim, será exibida até sábado, dia 21, quando sua primeira fase chega ao ápice. A segunda etapa da novela será temporariamente suspensa e, a partir de segunda-feira, dia 23, irá ao ar uma versão compacta de ‘Fina Estampa’, escrita por Aguinaldo Silva com direção de núcleo de Wolf Maia. 30/03 - TOTALMENTE DEMAIS (19h30) Já ‘Salve-se Quem Puder’, escrita por Daniel Ortiz, com direção artística de Fred Mayrink, ficará no ar até sábado, dia 28, quando será feita uma pausa em sua exibição. No dia 30 de março, estreará nesse horário uma versão compacta de ‘Totalmente Demais’, escrita por Rosane Svartman e Paulo Halm e que contou com a direção artística de Luiz Henrique Rios. 30/03 - NOVO MUNDO (18h30) A partir do dia 30, com o fim de ‘Éramos Seis’, escrita por Angela Chaves e com direção artística de Carlos Araujo, será exibido um compacto de ‘Novo Mundo’. Escrita por Thereza Falcão e Alessandro Marson e com direção artística de Vinicius Coimbra, a novela retrata a transformação do Brasil com a chegada da família real portuguesa. A trama é ambientada no período que antecede a história de ‘Nos Tempos do Imperador’, próxima novela das seis, dos mesmos criadores. 06/04 - MALHAÇÃO: VIVA A DIFERENÇA (18h) ‘Malhação: Toda Forma de Amar’, escrita por Emanuel Jacobina e com direção artística de Adriano Melo, terá seu final antecipado para o mês de abril. Após o encerramento da atual temporada, entrará no ar um compacto de ‘Malhação: Viva a Diferença’, que foi escrita por Cao Hamburger e teve direção artística de Paulo Silvestrini.
  5. Ben

    novela Gênesis

    “Gênesis” conta a origem de toda a humanidade segundo a Bíblia, passando por sete fases: Jardim do Éden Arca de Noé Torre de Babel Ur dos Caldeus Abraão Jacó José do Egito Origem do mundo em Gênesis A trama marcará o retorno da Record às produções inéditas do gênero bíblico. A última foi a macrossérie “Jezabel”, que chegou ao fim em agosto de 2019, sendo substituída pela reprise de “O Rico e Lázaro”, de 2017. Oscar Magrini como Noé Por conta das diversas fases, o elenco de “Gênesis” é um dos maiores da história da teledramaturgia brasileira, com mais de 200 nomes. Entre os quais estão Oscar Magrini, Igor Rickli, Flávio Galvão, Julianne Trevisol, Patrícia França, Maria Maya, André Bankoff, Carlo Porto, Isabel Wilker, Iran Malfitano, Antonia Morais, Francisca Queiroz, Eduardo Speroni, Caio Manhente, Juliana Boller, Fernando Pavão, Emilio Orciollo Netto, Sérgio Abreu e Esther Góes. Adão (Carlo Porto) e Eva (Juliana Boller) A trama é escrita por Emílio Boechat, Camilo Pellegrini, Raphaela Castro e Stephanie Ribeiro, com direção geral de Edgar Miranda. As gravações começaram em fevereiro e a novela terá locações no Rio de Janeiro e em Marrocos. Caim (Eduardo Speroni) e Abel (Caio Manhente) Trailer completo da sua nova superprodução, confira:
  6. Diogo O.

    novela Nazaré

    Uma produção SIC e SP Televisão; Escrita por Sandra Santos; Protagonizada por Carolina Loureiro, José Mata, Afonso Pimentel, Sandra Barata Belo e Albano Jerómino; Exibida na BAND, de segunda a sexta ás 20h25; Substitui "Floribella"; Sinopse: Nazaré (Carolina Loureiro) para salvar a mãe, é obrigada a trair Duarte (José Mata), um playboy, filho de um magnata da indústria de móveis. Sempre teve tudo o que quis e o melhor que o dinheiro pode comprar. Adora carros velozes, mulheres e nunca trabalhou. Nazaré é a única filha de Matilde (Custódia Gallego). O pai, Joaquim (Rogério Samora), deixou-as quando Nazaré ainda era pequena. Desse tempo ficaram as memórias das sucessivas depressões da mãe, que nunca se conformou. Anos depois, foi diagnosticado em Matilde um tumor no cérebro e Nazaré é a única que cuida dela. Só se têm uma à outra. A família mais pequena do mundo. A única coisa que sabe sobre o pai é que cometeu um homicídio, fugiu e deixou a mãe no desespero. Nazaré só pensa em fazer tudo o que for preciso para salvar a mãe. As suas muitas pesquisas levam-na a um médico-cirurgião londrino, que já teve sucesso em casos parecidos com o da mãe, um médico tão eficaz como caro. Glória (Luisa Cruz), é dona de um restaurante. Ela tem dois filhos, Matias (Pedro Sousa) e Toni (Afonso Pimentel). Ambos ajudam a mãe no negócio de família, mas dedicam-se também a assuntos obscuros. Matias namora com Patrícia (Aurea), mas é secretamente apaixonado por Nazaré. Ela está a assaltar a Quinta dos Blanco juntamente com o namorado, depois de ele a convencer de que o fogo anda longe. Mas o vento faz com que o incêndio mude bruscamente de direção e os encurrale. No meio do pânico, os dois separam-se, e é aí que Nazaré encontra Duarte e tira-o do inferno.
  7. Próxima novela das sete, Salve-se Quem Puder tem por premissa a vida de três mulheres que testemunham um assassinato, são obrigadas a fingir que estão mortas e assumir uma nova identidade. São elas: Alexia (Deborah Secco), Luna (Juliana Paiva) e Kyra (Vitória Strada). As três passam por bons momentos em suas vidas, quando são obrigadas a sair de cena. Alexia é uma atriz em ascensão prestes a viver a melhor fase da carreira. Luna, uma jovem estudante de fisioterapia, que está perto de conquistar o tão sonhado diploma. Já Kyra se prepara para o casamento planejado por anos. Elas presenciam a morte do juiz Vitorio (Ailton Graça) durante viagem a Cancún, no México, no momento em que ele investiga uma quadrilha Internacional altamente perigosa, chefiada por Dominique (Guilhermina Guinle). Logo em seguida, a cidade é atingida por um furacão, o que servirá como desculpa para o desaparecimento do trio. Passando a integrar um programa de proteção a testemunha, as três serão dadas como mortas e deixarão para trás a vida normal. Para sobreviver, elas mudam o nome, a aparência, o estilo de vida e vão morar na fictícia Judas do Norte, no interior de São Paulo. Alexia vira Josimara, Luna assume o nome de Fiona e Kyra é Cleyde, novas pessoas com um padrão de vida bem diferente. Elas serão acolhidas por uma família protetora - que não sabe nada sobre o passado delas - e vão precisar seguir regras rígidas para permanecerem no programa. A primeira delas é a interrupção imediata de qualquer tipo de contato com conhecidos, por isso, celulares e rede sociais são proibidos, assim como frequentar os mesmos lugares e cultivar hábitos do passado. O trio, no entanto, não vai conseguir permanecer na clandestinidade e isolado por tanto tempo, já que a sensação da perda da liberdade será um incômodo impossível de superar. Assim, elas decidem fugir para São Paulo para tentarem retomar suas vidas. Somente o tempo colocará à prova os sonhos que essas três mulheres perseguiram por toda a vida. Será que o que desejam é aquilo que realmente as fará felizes? Escrita por Daniel Ortiz e com direção artística de Fred Mayrink, Salve-se Quem Puder é a nova novela das sete da Globo, e tem estreia prevista para 27 de janeiro.
  8. Bruno Cabrerizo vai integrar a segunda temporada da novela “Amor, Amor”, da SIC, que já se encontra em gravações. O ator brasileiro está de volta a Portugal. Depois de ter integrado o elenco de novelas como “Única Mulher”, “Tempo de Amar”, “Ouro Verde” e o concurso “Dança com as Estrelas”, o intérprete regressou ao Brasil para continuar a trabalhar. Agora, o artista está de volta a Portugal. Segundo a revista “Nova Gente”, Bruno Cabrerizo vai fazer parte do elenco da segunda temporada da novela da SIC que já está em gravações. A mesma publicação avançou ainda que o ator terá como personagem um produtor brasileiro chamado “Nelson”, que troca de bilhete de avião com Romeu Santiago (Ricardo Pereira). Lembre-se que, nesta nova temporada, o público vai poder assistir à participação especial da cantora Romana. A artista partilhou, no perfil de Instagram, fotografias dos bastidores no dia de gravações. Até ao momento, sabe-se que os atores Paulo Rocha e Pedro Carvalho não vão fazer parte da nova temporada. https://www.n-tv.pt/acontece/bruno-cabrerizo-temporada-amor-amor-sic/766402/
  9. Audiências de segunda-feira (16 de junho de 2014) | 16:48 | Mundial 2014 | Fase de Grupos - 25,5%/72,3% | 19:01 | Mundial 2014 | Pós-Match - 14,3%/38,6% | 21:41 | Sol de Inverno - 14,1%/29,5% | 22:51 | Amor á Vida - 12,8%/30,8% | 21:40 | O Beijo do Escorpião - 11,3%/23,6% | 22:53 | Belmonte - 11,2%/27,1% | 19:59 | Telejornal - 10,4%/25,3% | 19:59 | Jornal das 8 - 9,1%/21,8% | 19:59 | Jornal da Noite - 8,7%/20,9% | 23:58 | Salve Jorge - 8,6%/30,2% Outras audiências: | 23:58 | Mulheres - 6,6%/22,8% | 18:45 | Em Família - 4,8%/12,8% | 18:13 | Feitiço de Amor - 4,2%/11,0% | 14:45 | A Outra - 5,1%/24,9% | 14:45 | Senhora do Destino - 3,8%/18,7%
  10. Mathis

    novela Floribella

    Floribella Estreia: 15/09/2020 Horário: 20h20 Band
  11. A reprise de "Viver a Vida" continua com altos índices de audiência reinando no horário em que é exibida, a trama já acumula 8,1 pontos de audiência e 19,4 pontos de share. Ultrapassando sempre a concorrente TVI, que já teve na faixa "Big Brother" e "Goucha". O alto desempenho da novela mesmo em horário de verão, faz com que esta possa ultrapassar o fenómeno que substituiu, "Amor á Vida", também uma reprise que fechou com 7,3 pontos de audiência média e 20,9 pontos de quota de mercado. Longe desta corrida, fica a reprise de "Avenida Brasil", exibida em 2019, que mesmo liderando durante praticamente toda a sua exibição, fez apenas 4,9 pontos de audiência média e 17,7 de share. A história de Candinho é um fenómeno acumulando já uma média de 9,4 pontos de audiência média e 20,7 pontos de quota de mercado. Com uma duração minúscula de 15 minutos e não sendo exibida em dias aleatórias, Policarpo vai dando altos coices na concorrência. A trama pode até ultrapassar o fenómeno da história da faixa das 7, exibida em 2012, Fina Estampa, que fechou com 9,7 pontos de audiência média. Ultrapassando assim todas as novelas que lá deram na década de 2010, concorrendo apenas com as novelas do mesmo autor, Chocolate com Pimenta e Alma Gémea. Com atores de grande calibri, como Tony Ramos, Tempo de Amar passa ás 23h30 na SIC. A história de Inácio, Maria Vitória e da inesquecível Madame Lucerne, passa por uma fase de reviravolta, numa altura em que Tereza casou com Fernão. A história fez na última sexta, 7 pontos de rating, porém foi exibida um pouco mais cedo. Exibida, também, com capítulos menores de 25 a 30 minutos, a novela acumula uma média de 6,3 pontos de audiência média e 22,6 pontos de quota de mercado. Resta agora saber se a trama consegue subir e ultrapassar "Amor de Mãe" (ainda não finalizada, por conta da interrupção da primeira temporada) , que fechou com 6,5 pontos de audiência média e 20,2 pontos de share. Existe essa possibilidade, já que no horário de verão as novelas do horário das 23h sobem a sua audiência, normalmente.
  12. Luc

    novela Amor de Mãe

    O amor de mãe é um sentimento que move o mundo, transforma as relações, une as pessoas. Cada mãe é única, cada família é uma. Porém, as mães se reconhecem quando o assunto é o que sentem pelos filhos. E é isso que acontece com Lurdes (Regina Casé), Thelma (Adriana Esteves) e Vitória (Taís Araujo), mulheres que exercem a maternidade em toda sua plenitude, cada uma à sua maneira. Lurdes (Lucy Alves/Regina Casé), há 26 anos, saiu do vilarejo onde morava no Rio Grande do Norte rumo ao Rio de Janeiro com os filhos pequenos Magno (João Guilherme Fonseca), Ryan (Pietro Buonnafina) e a recém-nascida Érica. No caminho, ela encontrou um bebê abandonado na estrada e o levou consigo. Foi assim que Camila se juntou à família. O que moveu Lurdes a sair de sua cidade natal a acompanha até hoje: encontrar Domênico (Eros Lazari quando criança), um de seus quatro filhos biológicos, que foi vendido pelo pai aos dois anos de idade. Todos os filhos de Lurdes a admiram muito. Magno (Juliano Cazarré), o mais velho, é casado com Leila (Arieta Corrêa), que está em coma há anos, e cuida sozinho da filha Brenda (Clara Galinari). É no hospital onde Leila está internada que ele conhece Betina (Isis Valverde) e os dois se aproximam. Ryan (Thiago Martins) é músico, dá aulas para bebês e toca em churrascarias, enquanto Camila (Jéssica Ellen) se dedica aos estudos. Ela é a única formada da família e transformar o mundo através da educação é o objetivo central em sua vida. Érica (Nanda Costa) não quer mudar o mundo como sua irmã, ela quer conquistá-lo. É uma jovem autêntica e exuberante que cativa o rico empresário Raul (Murilo Benício), que vai conhecer um mundo muito distante do seu ao se envolver com a filha de Lurdes. Thelma (Adriana Esteves) ficou viúva há mais de 20 anos e vive para o filho Danilo (Chay Suede). O jovem sobreviveu ao incêndio que matou seu pai graças ao amor incondicional da mãe, que se arriscou entre as chamas para salvá-lo. A vida de Thelma muda quando, durante um exame de rotina, descobre um aneurisma cerebral inoperável e começa uma corrida contra o tempo para conseguir realizar seus sonhos. Mas todos os desejos da sua lista envolvem Danilo, que não sabe da doença e vive um momento de se emancipar da mãe superprotetora. Ele decide sair debaixo das asas da mãe, que não se conforma com a independência do filho e fará o que tiver ao seu alcance para mudar essa realidade. Vitória (Taís Araújo) é uma advogada que ganha muito dinheiro defendendo políticos e empresários corruptos. Seu principal foco é o trabalho, e sua maior frustração é não conseguir engravidar. A busca incessante pela gravidez acaba destruindo o seu casamento com Paulo (Fabrício Boliveira). Após a separação, ela segue com o projeto de adotar uma criança e, enquanto espera a chegada do filho, conhece Davi (Vladimir Brichta). A atração entre os dois é forte e depois de uma noite juntos ela se surpreende ao descobrir estar grávida, o que faz com que o contato com o pai da criança precise ir muito além de um encontro casual. Amor de Mãe marca a estreia de Manuela Dias, autora das minisséries Justiça e Ligações Perigosas, na faixa das 21h. A trama é dirigida por José Luiz Villamarim e estreia no dia 25 de novembro, substituindo A Dona do Pedaço.
  13. (reprise) Novela de: Manuel Carlos Horário: 18h Rating Meta: 7 pontos Média Geral (até agora): 8,2 pontos Média de Novembro 2020: 7,8 pontos Média de Dezembro 2020: 7,8 pontos Média de Janeiro 2021: 7,8 pontos Média de Fevereiro 2021: 9,3 pontos Média de Março 2021: 8,1 pontos Share Meta: 17% Média Geral (até agora): 18,6% Média de Novembro 2020: 18,7% Média de Dezembro 2020: 18,2% Média de Janeiro 2021: 17,4% Média de Fevereiro 2021: 20,2% Média de Março 2021: 20,4% (exibida pela segunda vez em Portugal, sendo a primeira em canal de cabo) Novela de: Walcry Carrasco Horário: 19h10/18h50/19h30 Média Geral (até agora): 9,4 pontos e 20,7% 19h10 Rating Meta: 8 pontos Média de Julho 2020: 8,4 pontos Média de Agosto 2020: 8,0 pontos Média de Novembro 2020: 9,2 pontos Média de Dezembro 2020: 9,5 pontos Share Meta: 19% Média de Julho 2020: 22,5% Média de Agosto 2020: 21,9% Média de Novembro 2020: 18,8% Média de Dezembro 2020: 18,9% 18h50 Rating Meta: 7,5 pontos Média de Setembro 2020: 7,8 pontos Média de Outubro 2020: 8,6 pontos Share Meta: 19% Média de Setembro 2020: 21,9% Média de Outubro 2020: 20,9% 19h20/19h30 Rating Meta: 9 pontos Média de Janeiro 2021: 10,3 pontos Média de Fevereiro 2021: 11,7 pontos Média de Março 2021: 11,2 pontos Share Meta: 18% Média de Janeiro 2021: 19,2% Média de Fevereiro 2021: 21,2% Média de Março 2021: 21,9% Novela de: Ana Casaca Horário: 21h40 Rating Meta: 13 pontos Média Geral (até agora): 13,6 pontos Média de Janeiro 2021: 13,8 pontos Média de Fevereiro 2021: 14 pontos Média de Março 2021: 13,3 pontos Share Meta: 24% Média Geral (até agora): 24,6% Média de Janeiro 2021: 25,1% Média de Fevereiro 2021: 24,9% Média de Março 2021: 24.1% Novela de: Inês Gomes Horário: 22h15, 22h30 Rating Meta: 11 pontos Média Geral (até agora): 14,4 pontos Média de Fevereiro 2021: 14,4 pontos Média de Março 2021: 11,8 pontos Share Meta: 25% Média Geral (até agora): 26,7% Média de Fevereiro 2021: 27,3% Média de Março 2021: 26,6% Novela de: Alcides Nogueira Horário: 23h15, 23h30, 23h45 Rating Meta: 6/7 pontos Média Geral (até agora): 6,3 pontos Média de Fevereiro 2021: 7,3 pontos Média de Março 2020: 5,8 pontos Share Meta: 22% Média Geral (até agora): 22,6% Média de Fevereiro de 2021: 22,1% Média de Março 2021: 22,8% NOVELAS FINALIZADAS em Março Novela de: Inês Gomes Horário: 22h15, 22h30 Rating Meta: 10 pontos Média Final: 12,6 pontos Share Meta: 25% Média Final: 27,9% (exibida pela segunda vez em Portugal, sendo a primeira em canal de cabo) Novela de: Rosane Svartman e Paulo Halm Horário: 23h15, 23h30, 00h00, 00h10, 00h30, 00h40 Média Final: 4,5 pontos e 20,4%
  14. Origem: Brasil Canal: TV Globo Autores: Rosane Svartman e Paulo Halm Estreia: 24 de Agosto de 2020 Final: 21 de Março de 2021 Episódios Contabilizados na Média: 144 (100%) Episódios Emitidos: 144 Episódios Originais: 130 Horário: 23:15h, 23:30h, 23:45h; 00:00h; 00:10h; 00:30h; 00:20h; 00h40 AUDIÊNCIA DETALHADA DE Totalmente Demais RATING Meta (23h15/23h30): 07/06 pontos Semana 01: 24/08 a 30/08/2020 = 08.5 | 08.6 | 08.7 | 07.4 | 09.5 | $$.$ | $$.$ = 08.5 Semana 02: 31/08 a 06/09/2020 = 06.5 | 06.7 | 06.4 | 05.8 | 07.4 | $$.$ | $$.$ = 06.6 Semana 03: 07/09 a 13/09/2020 = 06.4 | 06.4 | 07.0 | 06.8 | 06.1 | $$.$ | $$.$ = 06.5 Meta (23h45): 05,5 pontos Semana 04: 14/09 a 20/09/2020 = 05.5 | 05.9 | 06.2 | 05.7 | 06.9 | $$.$ | $$.$ = 06.0 Semana 05: 21/09 a 27/09/2020 = 05.7 | 05.8 | 03.4 | 05.9 | 05.6 | $$.$ | $$.$ = 05.3 Semana 06: 28/09 a 04/10/2020 = 04.1 | 04.3 | 04.5 | 04.8 | 05.4 | $$.$ | $$.$ = 04.6 Semana 07: 05/10 a 11/10/2020 = 04.5 | 04.4 | 04.1 | 04.7 | 04.7 | $$.$ | $$.$ = 04.5 Semana 08: 12/10 a 18/10/2020 = 04.2 | 04.7 | 04.6 | 04.3 | 04.7 | $$.$ | $$.$ = 04.5 Semana 10: 19/10 a 25/10/2020 = 04.7 | 04.6 | 04.1 | 04.7 | 05.5 | $$.$ | $$.$ = 04.7 Meta (00h10): 04 pontos Semana 10: 26/10 a 01/11/2020 = 03.5 | 03.6 | 04.5 | 03.9 | 04.6 | $$.$ | $$.$ = 04.0 Semana 11: 02/11 a 08/11/2020 = 03.7 | 04.1 | 03.1 | 03.8 | 03.9 | $$.$ | $$.$ = 03.7 Semana 12: 09/11 a 15/11/2020 = 03.2 | 03.2 | 02.7 | 03.6 | 03.8 | $$.$ | $$.$ = 03.3 Semana 13: 16/11 a 22/11/2020 = 04.0 | 03.5 | 03.6 | 03.3 | 03.8 | $$.$ | $$.$ = 03.6 Semana 14: 23/11 a 29/11/2020 = 03.7 | 03.6 | 03.7 | 03.4 | 04.6 | $$.$ | $$.$ = 03.8 Semana 15: 30/11 a 06/12/2020 = 04.5 | 03.2 | 03.5 | 03.3 | 04.2 | $$.$ | $$.$ = 03.7 Semana 16: 07/12 a 13/12/2020 = 03.7 | 03.3 | 04.0 | 03.2 | 04.3 | $$.$ | $$.$ = 03.7 Semana 17: 14/12 a 20/12/2020 = 03.6 | 03.7 | 04.2 | 03.7 | 05.6 | $$.$ | $$.$ = 04.3 Semana 22: 18/01 a 24/01/2021 = 03.7 | 04.0 | 04.7 | 04.0 | 05.6 | $$.$ | $$.$ = 04.4 Semana 23: 25/01 a 31/01/2021 = 04.8 | 04.5 | 04.8 | 05.1 | 04.4 | $$.$ | $$.$ = 04.7 Semana 24: 01/02 a 07/02/2021 = 04.5 | 04.2 | 03.9 | 04.3 | 04.3 | $$.$ | $$.$ = 04.2 Semana 25: 08/02 a 14/02/2021 = 04.9 | 05.4 | 05.8 | 05.3 | 05.4 | $$.$ | $$.$ = 04.9 Meta (00h00): 04,5 pontos Semana 18: 21/12 a 27/12/2020 = 04.2 | 03.9 | $$.$ | $$.$| $$.$ | $$.$ | $$.$ = 04.0 Semana 19: 28/12 a 03/01/2021 = 04.2 | 04.4 | $$.$ | $$.$ | $$.$ | $$.$ | $$.$ = 04.3 Meta (00h30): 03 pontos Semana 20: 04/01 a 10/01/2021 = 02.9 | 02.8 | 03.1 | 03.0 | 03.8 | $$.$ | $$.$ = 03.0 Semana 21: 11/01 a 17/01/2021 = 03.8 | 03.3 | 04.0 | 04.7 | 04.0 | $$.$ | $$.$ = 04.0 Meta (00h10): 04 pontos Semana 22: 18/01 a 24/01/2021 = 03.7 | 04.0 | 04.7 | 04.0 | 05.6 | $$.$ | $$.$ = 04.4 Semana 23: 25/01 a 31/01/2021 = 04.8 | 04.5 | 04.8 | 05.1 | 04.4 | $$.$ | $$.$ = 04.7 Semana 24: 01/02 a 07/02/2021 = 04.5 | 04.2 | 03.9 | 04.3 | 04.3 | $$.$ | $$.$ = 04.2 Semana 25: 08/02 a 14/02/2021 = 04.9 | 05.4 | 05.8 | 05.3 | 05.4 | $$.$ | $$.$ = 04.9 Meta (00h20/00h30): 03,5 pontos Semana 26: 15/02 a 21/02/2021 = 04.7 | 03.5 | 04.4 | 04.6 | 05.0 | $$.$ | $$.$ = 04.4 Semana 27: 22/02 a 28/02/2021 = 03.7 | 04.0 | 04.6 | 04.3 | 04.8 | $$.$ | $$.$ = 04.3 Semana 28: 01/03 a 07/03/2021 = 03.5 | 03.9 | 03.5 | 03.7 | 04.7 | $$.$ | $$.$ = 03.9 Semana 29: 08/03 a 14/03/2021 = 03.0 | 03.5 | 03.3 | 03.6 | 04.0 | $$.$ | $$.$ = 03.5 Semana 30: 15/03 a 21/03/2021 = $$.$ | 03.2 | 03.5 | 03.4 | 00.0 | $$.$ | $$.$ = 00.0 SHARE Meta (23h15/23h30): 22% Semana 01: 24/08 a 30/08/2020 = 24.2 | 25.0 | 24.5 | 21.4 | 25.2 | $$.$ | $$.$ = 24.1 Semana 02: 31/08 a 06/09/2020 = 23.3 | 25.9 | 24.0 | 22.2 | 26.6 | $$.$ | $$.$ = 24.4 Semana 03: 07/09 a 13/09/2020 = 24.0 | 22.7 | 25.4 | 23.9 | 19.6 | $$.$ | $$.$ = 23.1 Meta (23h45): 20% Semana 04: 14/09 a 20/09/2020 = 23.4 | 25.3 | 27.2 | 23.6 | 25.9 | $$.$ | $$.$ = 25.1 Semana 05: 21/09 a 27/09/2020 = 25.2 | 25.8 | 19.2 | 18.5 | 21.7 | $$.$ | $$.$ = 21.4 Semana 06: 28/09 a 04/10/2020 = 20.0 | 22.8 | 23.3 | 24.1 | 21.5 | $$.$ | $$.$ = 22.3 Semana 07: 05/10 a 11/10/2020 = 20.5 | 21.4 | 19.7 | 21.1 | 18.4 | $$.$ | $$.$ = 20.2 Semana 08: 12/10 a 18/10/2020 = 21.2 | 22.5 | 21.7 | 20.4 | 19.6 | $$.$ | $$.$ = 21.1 Semana 10: 19/10 a 25/10/2020 = 21.1 | 20.9 | 20.7 | 20.8 | 20.6 | $$.$ | $$.$ = 20.8 Meta (00h10): 20% Semana 10: 26/10 a 01/11/2020 = 20.0 | 21.5 | 21.4 | 19.4 | 17.7 | $$.$ | $$.$ = 20.0 Semana 11: 02/11 a 08/11/2020 = 19.9 | 22.3 | 18.0 | 20.0 | 18.5 | $$.$ | $$.$ = 19.7 Semana 12: 09/11 a 15/11/2020 = 17.5 | 17.3 | 14.8 | 18.4 | 15.6 | $$.$ | $$.$ = 16.7 Semana 13: 16/11 a 22/11/2020 = 22.0 | 19.6 | 18.1 | 18.1 | 17.2 | $$.$ | $$.$ = 19.0 Semana 14: 23/11 a 29/11/2020 = 21.3 | 20.2 | 20.0 | 16.9 | 19.6 | $$.$ | $$.$ = 19.6 Semana 15: 30/11 a 06/12/2020 = 17.8 | 17.2 | 19.3 | 18.8 | 17.9 | $$.$ | $$.$ = 18.2 Semana 16: 07/12 a 13/12/2020 = 15.5 | 16.6 | 20.8 | 17.6 | 18.7 | $$.$ | $$.$ = 17.8 Semana 17: 14/12 a 20/12/2020 = 19.0 | 20.2 | 20.3 | 18.9 | 23.7 | $$.$ | $$.$ = 20.8 Semana 22: 18/01 a 24/01/2021 = 19.0 | 19.6 | 21.3 | 21.0 | 20.9 | $$.$ | $$.$ = 20.4 Semana 23: 25/01 a 31/01/2021 = 21.9 | 18.4 | 20.9 | 20.1 | 17.2 | $$.$ | $$.$ = 19.7 Semana 24: 01/02 a 07/02/2021 = 19.0 | 17.9 | 17.2 | 18.8 | 16.6 | $$.$ | $$.$ = 17,9 Semana 25: 08/02 a 14/02/2021 = 19.3 | 21.7 | 21.5 | 22.6 | 18.4 | $$.$ | $$.$ = 22.1 Meta (00h00): 20% Semana 18: 21/12 a 27/12/2020 = 17.9 | 16.2 | $$.$ | $$.$| $$.$ | $$.$ | $$.$ = 17.1 Semana 19: 28/12 a 03/01/2021 = 16.9 | 18.0 | $$.$ | $$.$ | $$.$ | $$.$ | $$.$ = 17.5 Meta (00h30): 20% Semana 20: 04/01 a 10/01/2021 = 19.8 | 18.6 | 19.6 | 21.1 | 18.6 | $$.$ | $$.$ = 19.8 Semana 21: 11/01 a 17/01/2021 = 23.4 | 20.5 | 23.6 | 25.4 | 17.8 | $$.$ | $$.$ = 22.1 Meta (00h20/00h30): 20% Semana 26: 15/02 a 21/02/2021 = 22.8 | 18.5 | 20.1 | 21.2 | 19.8 | $$.$ | $$.$ = 20.5 Semana 27: 22/02 a 28/02/2021 = 18.5 | 18.8 | 22.7 | 17.8 | 19.5 | $$.$ | $$.$ = 19.8 Semana 28: 01/03 a 07/03/2021 = 22.0 | 21.6 | 20.9 | 21.9 | 23.0 | $$.$ | $$.$ = 21.9 Semana 29: 08/03 a 14/03/2021 = 17.0 | 20.2 | 19.0 | 20.8 | 18.2 | $$.$ | $$.$ = 19.0 Semana 30: 15/03 a 21/03/2021 = $$.$ | 19.4 | 19.2 | 18.4 | 00.0 | $$.$ | $$.$ = 00.0 MÉDIA (23H15/23H30) RATING: 7.2 SHARE: 23.9 MÉDIA (23H45) RATING: 4.4 SHARE: 21.8 MÉDIA (00H10) RATING: 4.0 SHARE: 19.0 MÉDIA (00H00) RATING: 4.2 SHARE: 17.3 MÉDIA (00H30) RATING: 3.5 SHARE: 21.0 MÉDIA (00H20/00H35) RATING: 3.9 SHARE: 20.1
  15. Totalmente Demais chega ao fim este domingo na SIC! Após 143 capítulos exibidos, Totalmente Demais está a chegar ao fim na emissora portuguesa, veja a chamada do capítulo final exibido após o "Hell's Kitchen":
  16. A HISTÓRIA Dono da Brás Sports – empresa que descobre, lapida e exporta jovens jogadores de futebol – Ramiro (Juan Alba) é um homem milionário e poderoso, que está doente e precisa de transplante de medula para viver, embora os filhos, Tobias (Thiago Rodrigues) e Fernanda (Bárbara França), sejam incompatíveis. Ele revela que teve uma filha ilegítima e que irá procura-la na esperança dela ser compatível, o que irrita Tobias, que gerencia sozinho a empresa e deseja ser o único herdeiro, contando com a ajuda de Bernardo (Heitor Martinez) para encontrar antes a nova irmã e dar um fim nela para garantir a morte do pai. A tal filha é Angélica (Day Mesquita), moça humilde e sofrida, que adotou o nome de Poderosa e se tornou prostituta ao lado da amiga Furacão (Dani Moreno) para sobreviver. Após quase ser morta, ela é salva por Miguel (Rafael Sardão), um agricultor honesto e bondoso, despertando uma grande paixão proibida entre os dois, uma vez que ele é um rapaz de família tradicional, enquanto ela evita se envolver com alguém pela vida que tem. Para garantir sua segurança, Angélica passa a trabalhar no Privê Sampa Clube, se tornando rival de Ioná (Malu Falangola), que inveja seu sucesso com os clientes. Miguel é filho dos nordestinos Oxente (Ernani Moraes) e Zenaide (Andréa Avancini) e tem como irmãos Maria Antônia (Michelle Batista), José Antônio (César Cardadeiro), Júnior (Miguel Coelho) e Pedro (Guilherme Dellorto) – que se apaixona por Fernanda, mas tem que enfrentar a arrogância de Ramiro e as armações de Leandro (Gabriel Gracindo), namorado da inocente Fabiana (Manuela do Monte), que tenta conquistar também a herdeira pelo dinheiro. Ainda há outras histórias, como a de Donatella (Sthefany Brito), uma estudante de enfermagem que se prostitui vestida de médica a noite, realizando fetiches de clientes ricos. Ajudante de Miguel na plantação, Hugo (José Victor Pires) vê a oportunidade de se tornar futebol ao ser recrutado pela Brás Sports. Amor Sem Igual é uma novela de Cristianne Fridmann, com direção de Rudi Lagemann e tem estreia prevista para 10 de dezembro, às 20h30, na RecordTV. Confira abaixo a primeira chamada da trama:
  17. Poliana (Sophia Valverde) tem 11 anos e é uma rapariga feliz, extrovertida, com gosto pelas artes. Porém, a sua vida sofre uma súbita mudança quando fica órfã de mãe, e mais tarde perde também o pai adotivo. A nova realidade impõe que vá morar para outra cidade, para junto da tia Luísa (Milena Toscano). Sem os pais, Lorenzo (Lázaro Menezes) e Alice (Kiara Sasso), e a viver numa nova cidade, a jovem apercebe-se que a tia é uma mulher fria e severa, que se vê na obrigação de tomar conta da sobrinha. Poliana tem de adaptar-se, rapidamente, à nova vida e encontra na empregada Nancy (Rafaela Ferreira) e no jardineiro Antonio (Jitman Vibranovski) dois amigos e confidentes. Na trama, o misterioso sr. Pendleton (Dalton Vigh) e a rabugenta Branca (Lilian Blanc) também passam a fazer parte do dia a dia da menina. A frequentar um novo colégio, Poliana fica amiga de Luigi (Enzo Krieger) e Kessya (Duda Pimenta), mas terá de lutar contras as maldades de vários colegas. Baseada no livro bestseller ‘Pollyanna, a novela ‘As Aventuras de Poliana’, produzida pelo canal SBT, vai estrear em breve na Record TV. https://recordeuropa.com/noticias/planeta-record/as-aventuras-de-poliana-brevemente-na-record-tv-05-11-2020/ --- Baseada no clássico da literatura infantil ‘Pollyanna’, a produção bem conhecida do público brasileiro vai estrear na Record TV Europa, a 21 de dezembro. A trama baseia-se nas aventuras de Poliana (Sophia Valverde), uma menina desafiada com uma grande mudança na sua vida. Com 11 anos, ela é feliz, extrovertida e tem grande gosto pelas artes. Porém, a sua realidade sofre uma súbita mudança quando perde os pais, Lorenzo (Lázaro Menezes) e Alice (Kiara Sasso). Neste contexto, vai ter de mudar para outra cidade e morar com a tia Luísa (Milena Toscano). Entretanto, a jovem apercebe-se que a tia é uma mulher fria e severa, que se vê na obrigação de tomar conta dela. Poliana tem de adaptar-se, rapidamente, à nova vida e encontra na empregada Nancy (Rafaela Ferreira) e no jardineiro Antonio (Jitman Vibranovski) dois amigos e confidentes. Na trama, o misterioso Sr. Pendleton (Dalton Vigh) e a rabugenta Branca (Lilian Blanc) também passam a fazer parte do dia a dia das aventuras da jovem órfã. No novo colégio, Poliana fica amiga de Luigi (Enzo Krieger) e Kessya (Duda Pimenta), mas terá de lutar contra as maldades de vários colegas. Não perca, a estreia de ‘As Aventuras de Poliana’, dia 21 de dezembro, às 18:15. https://recordeuropa.com/noticias/planeta-record/as-aventuras-de-poliana-estao-quase-a-chegar-a-record-tv-27-11-2020/ Chamada/trailer: https://www.instagram.com/p/CIBTtANKYEb/
  18. Exibida originalmente pelo SBT entre os dias 3 de agosto de 2015 e 13 de dezembro de 2016, em 357 capítulos Substituiu Chiquititas e deu lugar à Carinha de Anjo Escrita por Íris Abravanel, com supervisão de Rita Valente e dirigida por Reynaldo Boury Larissa Manoela interpreta as personagens principais Manuela e Isabela Juliana Baroni, Duda Nagle e Maria Pinna foram os protagonistas adultos Reprisada pelo SBT desde o dia 7 de janeiro, no lugar de Chiquititas
  19. Os bastidores de Andando Nas Nuvens; trama de sucesso às 19h estreou há 19 anos - No primeiro capítulo deAndando Nas Nuvens, exibido em 22 de março de 1999, uma pane no sistema de energia do hospital em que Otávio Montana (Marco Nanini) está internado o faz despertar após 18 anos dormindo! Otávio fora acometido por uma encefalite letárgica, conhecida como a doença do sono, desde a queda que sofreu, do alto de uma varanda, ao presenciar o assassinato de seu pai, Gregório Montana (Ary Coslov, diretor da trama, em participação especial). - A encefalite letárgica também foi tema do filme Tempo de Despertar (1990), no qual um jovem médico (Robin Williams) estudava o tratamento mais adequado para vítimas da moléstia (dentre elas, o personagem de Robert de Niro). O autor de Andando Nas Nuvens, Euclydes Marinho, conferiu o longa, por sugestão de Daniel Filho. E optou então pela abordagem da encefalite letárgica ao invés de um coma causado, como exemplo, por um acidente vascular encefálico (AVE) - o popular derrame cerebral - que deixaria sequelas em Otávio. - O projeto estava engavetado na Globo desde 1997, quando fora cogitado para substituir Zazá, também às 19h, e recusado por José Bonifácio de Oliveira Sobrinho, o Boni. Na época, Euclydes já contava com time de colaboradores escalados - Ângela Carneiro, Denise Bandeira e Maria Helena Nascimento (recentemente promovida ao horário das 21h). - A ideia surgiu quando um amigo de Marinho entrou em coma. O autor começou a imaginar o que aconteceria com o camarada após a retomada de consciência, ao se deparar com as mudanças ocorridas em sua vida, alheias à sua vontade. - Na ocasião, Andando Nas Nuvens ainda atendia por 'A Última Noite do Século'; provavelmente, uma referência ao fato de Otávio "dormir" em 1981, século XX, e despertar já na eminência do século XXI. - Batizar o folhetim não foi tarefa fácil. Além de 'Última Noite', foram cogitados os títulos 'A Volta por Cima', 'Alto Astral', 'As Cinco Fases do Amor', 'Feliz por um Triz', 'Folhetim', 'Louco Varrido', 'Maluco Beleza', 'Na Crista da Onda' e 'Quebra-Cabeça'. - Foi a primeira novela de Euclydes Marinho. Em Brilhante (1981), atuou apenas como colaborador de Gilberto Braga. Em Mico Preto (1990), dividiu os roteiros com Leonor Bassères e Marcílio Moraes. Sobre esta última, ele declarou ao Estado de São Paulo, na época da estreia de 'Andando': "Mico Preto não era de ninguém; ninguém sabia o que era aquilo". - O desenvolvimento do enredo estava atrelado ao convite feito a Marco Nanini. Caso o ator - afastado das novelas desde Pedra Sobre Pedra (1992) - recusasse, Euclydes optaria por um "plano B": Otávio Montana morreria no capítulo 15 e a trama se debruçaria sobre o famigerado "quem matou?". - Nestes sete anos, Nanini se manteve no vídeo em projetos menores, como episódios de A Comédia da Vida Privada (1995) e a minissérie O Auto da Compadecida, exibida em janeiro de 1999. Da substituta de 'Compadecida', Chiquinha Gonzaga, a produção de Andando Nas Nuvens recrutou Caio Blat (Thiago), Carla Regina (Ana Paula), Marcello Novaes (Raul), Susana Vieira (Gonçala) e Taumaturgo Ferreira (Atila) - todos com apenas dias de descanso entre o término de uma e o início de outra. Marcos Palmeira também emendou, praticamente, o tímido Alexandre Toledo, de Torre de Babel (finalizada em janeiro) e o atrapalhado Chico Mota. - Isadora Ribeiro chegou a gravar como Oneide, esposa de Alex (Otávio Augusto), amigo de Otávio que o acolhe após o despertar. A atriz, contudo, acabou substituída por Isabela Garcia - numa das personagens mais inexpressivas de sua carreira. - Após despertar, Otávio se depara com toda sorte de dispositivos dos quais nunca tinha sequer ouvido falar: videocassete, CD, celular, computador, notebook, internet... E também com as três filhas, já crescidas. A primogênita Júlia (Débora Bloch), intrépida jornalista, com mais idade do que o pai tinha - e ainda acredita ter - quando despencou da varanda. Ainda, Beth (Vivianne Pasmanter), no encalço de um bom partido após o casamento falido com Nicolau (Carlos Evelyn, irmão de Deborah Evelyn e então cunhado do diretor Dennis Carvalho). E Celi (Mariana Ximenes), com vocação para noviça. - Malu Mader foi o primeiro nome pensado para Júlia Montana, formando par com Marcos Palmeira - o que ocorreria anos depois, em Celebridade (2003). A atriz, contudo, acabou remanejada para Força de um Desejo, produção das 18h. Em 1997, Cláudia Raia foi cotada para o papel. - Diretor-geral de criação da Globo na época, Daniel Filho exigiu a presença de Fernanda Souza no elenco. A atriz, que estava no auge da popularidade graças a Mili, sua personagem em Chiquititas (1997), do SBT, atendeu ao chamado, respondendo por Joana, a retraída filha da extrovertida Janete (Eliane Giardini), irmã de Chico Mota. - Mariana Ximenes também veio do SBT. Mais precisamente de Fascinação, exibida no ano anterior, na qual também se envolvia com o personagem de Caio Blat. Os tipos, contudo, foram invertidos: em 'Andando', a noviça Celi foge das investidas de Thiago, que, decidido a perder a virgindade com seu primeiro amor, desperta a desconfiança do pai sobre sua sexualidade. Em Fascinação, era Emília (Ximenes) quem corria atrás de Gustavo. - No primeiro tratamento da sinopse, Janete era chamada Anair. E Chico Mota atendia por Chico Vargas. 'Vargas' passou a ser o nome do falecido marido de Janete. - Numa homenagem ao clássico de 1978, dirigido por Daniel Filho, a academia de dança de Janete foi batizada Dancin' Days. Para a personagem, Eliane Giardini fez aulas com Jayme Arôxa, hoje jurado do Dancing Brasil - atração de Xuxa Meneghel na Record TV. - Outras "referências novelísticas" marcaram as locações. O bairro da Urca, famoso por conta de A Gata Comeu (1985), abrigava boa parte das gravações. A casa no Cosme Velho que servia de sobrado para a família Montana também hospedou o casal Zuleika e Rômulo (Eva Wilma e Cláudio Corrêa e Castro), de História de Amor (1995). Também de 'História', a construção que serviu de locação para a clínica do Dr. Carlos Moretti (José Mayer), vista também em Roda de Fogo (1986), Zazá (1997), Brida (1998) e, posteriormente, Como Uma Onda (2004). Nos cenários, fotos de Vivianne Pasmanter como Laura, de Por Amor (1997), então seu último trabalho. - O Rio de Janeiro foi reverenciado a todo momento. Segundo o diretor Dennis Carvalho, a novela possuía um clima "bossa nova", que resgatava o charme da Cidade Maravilhosa. - Paisagens cariocas davam o tom da abertura, que trazia cartões postais, como o Pão de Açúcar, em movimento. Lembrava, de leve, a vinheta de Estúpido Cupido (1976). - O tom da novela remetia aos sitcoms de sucesso da TV americana. Marinho também admitiu a inspiração em comédias românticas dos anos 1940 e 1950. - Outra referência: o colunista social do Correio Carioca, Jacques Delon (Antônio Pedro), tomou como base o perfil do folclórico Ibrahim Sued, que ocupava a mesma função na redação do jornal O Globo. - Cerca de R$ 90 mil foram gastos em cada capítulo da produção. - O lançamento contou com um making-of, exibido pelo canal Multishow, da Globosat, no domingo anterior à estreia (21), 19h. - Cláudio Marzo emprestou seu charme ao vilão Antônio San Marino, responsável pela morte de Gregório. Empresário do ramo da comunicação - desde que assumiu a redação do jornal da família Montana, Correio Carioca -, San Marino almejava seguir carreira na política, contando com o auxílio do marqueteiro Bob Lacerda (Felipe Camargo). - Enquanto Cláudio Marzo revivia o par de Cambalacho (1986) e Bambolê (1987) com Susana Vieira, Felipe Camargo reeditava o romance com Lúcia Veríssimo, aqui como a terapeuta Flora, já visto em Mandala (1987). - Dentre as polêmicas de bastidores, destaque para a campanha antitabagismo, liderada por Daniel Filho, em meio ao empenho do Ministério da Saúde em advertir o consumidor sobre os malefícios do cigarro. Chico Mota, fumante inveterado, enfrenta diversas situações, hilárias, na tentativa de largar o vício. Na mesma época, Nana, personagem de Nívea Maria em Suave Veneno, às 20h, também deixou o tabagismo de lado. - Ainda, críticas - por parte da imprensa especializada em TV - ao núcleo jovem. Diferente de outras produções, nas quais os adolescentes estão sempre em ebulição, Celi, Joana e Thiago prezavam pela castidade. Surgiu então Valéria (Isabel Guéron), que "desvirginou" o rapaz. Em contrapartida, Mariana Ximenes, Fernanda Souza e Caio Blat ocupavam todas as revistas destinadas ao público infanto-juvenil, tamanho sucesso! - Susana Vieira queixou-se, educadamente, do perfil de Gonçala. "O público reclama que apareço pouco. É um desperdício para mim e para a TV. Fico muito parada, gravo pouco. Estou acostumada a "ralar" mais. Mas sou obediente ao autor. Estou no barco e vou com ele", em entrevista a O Globo, de 23 de maio de 1999. De fato, Gonçala San Marino era um pouquinho "de menos" para quem acabara de interpretar Branca Letícia de Barros Mota, em Por Amor. - Otávio Augusto também se aborreceu com Alex, conforme relatado pelo próprio, também ao jornal O Globo (26 de setembro de 1999): "Ele é um quinto coadjuvante. Nesta trama, os atores superaram os personagens e a própria história". - Segundo Otávio, o ciúme da mulher Oneide prejudicaria o casamento de Alex. A dona de casa então se envolveria com Tião Alemão (Tony Tornado), dono do bar Berlim, vizinho à redação do Correio Carioca. Nada disso aconteceu. - Já Judite (Nicette Bruno) e Lúcia Helena (Júlia Lemmertz) cresceram - e muito! - ao longo da narrativa. A mãe e a ex-mulher de Chico Mota viviam às turras, até o envolvimento do jornalista com Júlia. Unidas, elas fizeram um verdadeiro inferno na vida da primogênita dos Montana. Obcecada por intervenções cirúrgicas, Lúcia Helena chegou a operar os seios para deixá-los maiores do que os de sua rival. E também forçou a filha, a pré-adolescente Constância (Gabriela Martins), a aporrinhar a madrasta. - Júlia Lemmertz atuou grávida durante boa parte da trama. Já na reta final, a atriz passou a usar de objetos de cena para esconder a barriga. A direção também passou a privilegiar closes e enquadramentos que escondessem a gestação. - A produção apostou em participações especiais. Atores iam e vinham, conforme as necessidades do enredo, movimentando a narrativa. Neste contexto, destaque para Bruna Lombardi como Frida, cientista que pesquisava a fórmula do amor, entrevistada por Chico e Júlia; Milton Gonçalves como um delegado; Regina Maria Dourado como Ieda, mãe de Raul; e Zezé Polessa como Bonitona, motoqueira que ajuda Otávio a fugir da clínica psiquiátrica. - Andando Nas Nuvens demorou a decolar! A novela se aproximou de índices considerados alarmantes pela Globo, na ocasião - abaixo dos 30 pontos. Segundo publicações da época, Marinho chegou a "trocar ideias" a respeito da condução com autores tarimbados, como Gilberto Braga, Manoel Carlos, Ricardo Linhares, Silvio de Abreu e Walther Negrão. - A novela já estava estabilizada, indo de 35 a 40 pontos, quando entrou em sua "segunda fase". Foi quando San Marino conseguiu dispensar Gonçala, deixando-a sem um tostão. Também enviou Otávio para uma clínica psiquiátrica; este tiro, porém, saiu pela culatra já que o "desmemoriado" se lembrou do que acontecera na noite da morte de seu pai, após tomar outro choque elétrico. - Neste momento, 'Andando' apostou numa narrativa mais folhetinesca: Beth casou-se com o primogênito de San Marino, Arnaldinho (Márcio Garcia), alegando esperar um filho dele - na verdade, herdeiro de Raul; já Júlia, cuja semelhança com a mãe, Eva, impressionava, tornou-se alvo das investidas de San Marino, seu verdadeiro pai - também genitor de Joana, a quem Janete pede auxílio após perder a academia, por conta das dívidas do namorado Atila, não podendo mais sustentar a filha. - Com a volta de Eva, vivendo sob a identidade da Condessa Astrid Von Brandenburg, estabeleceu-se um imbróglio: um retrato da personagem fora pintado tomando por base os traços de Débora Bloch, já que Júlia era muito parecida com a mãe. Logo, era preciso encontrar uma atriz que guardasse as devidas semelhanças com Bloch. Renata Sorrah fora escolhida para o papel. A mudança física de Eva foi justificada com uma cirurgia plástica, na intenção de fugir de San Marino. Testemunha da morte de Gregório, Eva fugiu com o dinheiro do sogro, temendo ser o próximo alvo do vilão, seu amante. - Nos capítulos finais, Ary Coslov voltou à cena, então como um garçom. Ao vê-lo, Otávio exclama: "Que garçom estranho, parece meu pai!". O caco, inserido pelo ator, acabou mantido na edição final. Dennis Carvalho também participou da trama, em off: era voz do comissário que anunciou a chegada de Júlia ao Brasil, no primeiro capítulo. - Karla Karenina, reverenciada como Dita, a empregada de Silvana (Lilia Cabral) em A Força do Querer (2017), participou de Andando Nas Nuvens como Iracema, arrumadeira na casa dos San Marino. Karla já era conhecida do público, por conta de sua presença na Escolinha do Professor Raimundo (1990). - O Casseta & Planeta, Urgente! transformou Andando Nas Nuvens em 'Fernando Nas Nuvens', uma referência ao então presidente Fernando Henrique Cardoso, parodiado por Hubert. FHC surgiu na mesma situação de Otávio Montana: despertando de um sono profundo e se deparando com o Brasil que não conhecia. - A trilha sonora popularizou o grupo Fat Family, responsável pelo tema de abertura, 'Gulosa'. Para a vinheta, os integrantes regravaram a canção, substituindo o trecho "quero ser a dona do seu prazer" por "quero andar nas nuvens com você". Também Maurício Manieri, alçado ao estrelato com 'Minha menina', tema de Beth e das vinhetas de intervalo. - Outro êxito: a mochila de couro transpassada que Júlia usava para transportar seu notebook. A peça, da Zoomp, custava uma pequena fortuna: R$ 259,00. http://www.tvhistoria.com.br/NoticiasTexto.aspx?idNoticia=5252
×
×
  • Create New...

Important Information

By using this site, you agree to our Terms of Use.