Jump to content


Freitas55

Membro
  • Posts

    681
  • Joined

  • Last visited

  • Pontos

    2,276 [ Donate ]

About Freitas55

  • Birthday 05/21/2002

Recent Profile Visitors

1,842 profile views

Freitas55's Achievements

Newbie

Newbie (1/14)

  • First post
  • Reacting Well
  • Conversation Starter
  • Dedicated
  • Week One Done

Recent Badges

136

Reputation

  1. Pesquisa do instituto Datafolha divulgada nesta sexta-feira (17) pelo site do jornal "Folha de S.Paulo" revela os índices de intenção de voto para a eleição presidencial de 2022. A corrida está estagnada, se comparada com o levantamento realizado pelo instituto em julho deste ano. Lula tinha 26% e agora tem 27% das intenções de voto na pesquisa espontânea. Jair Bolsonaro tinha 19% e agora tem 20%. No segundo turno, o ex-presidente tem 56% (58% no último relatório), contra 31% (os mesmos 31% na pesquisa anterior) de Bolsonaro. A pesquisa ouviu 3.667 pessoas entre os dias 13 e 15 de setembro em 190 cidades brasileiras. A margem de erro é de dois pontos para mais ou para menos, dentro do nível de confiança de 95%. Pesquisa espontânea de intenções de voto no 1º turno Lula (PT): 27% (26% na pesquisa anterior) Jair Bolsonaro (sem partido): 20% (19% na pesquisa anterior) Ciro Gomes (PDT): 2% (2% na pesquisa anterior) Outros: 3% (2% na pesquisa anterior) Em branco/nulo/nenhum: 10% (7% na pesquisa anterior) Não sabe: 38% (42% na pesquisa anterior) Foram pesquisados quatro cenários no 1º turno. Veja o resultado da pesquisa estimulada de intenção de voto: CENÁRIO A Lula (PT): 44% (46% na pesquisa anterior) Jair Bolsonaro (sem partido): 26% (25% na pesquisa anterior) Ciro Gomes (PDT): 9% (8% na pesquisa anterior) João Doria (PSDB): 4% (5% na pesquisa anterior) Luiz Henrique Mandetta (DEM): 3% (4% na pesquisa anterior) Em branco/nulo/nenhum: 11% (10% na pesquisa anterior) Não sabe: 2% (2% na pesquisa anterior) CENÁRIO B Lula (PT): 42 (46% na pesquisa anterior) Jair Bolsonaro (sem partido): 25% (25% na pesquisa anterior) Ciro Gomes (PDT): 12% (9% na pesquisa anterior) Eduardo Leite (PSDB): 4% (3% na pesquisa anterior) Luiz Henrique Mandetta (DEM): 2% (5% na pesquisa anterior) Em branco/nulo/nenhum: 11% (10% na pesquisa anterior) Não sabe: 2% (2% na pesquisa anterior) CENÁRIO C Lula (PT): 44% Jair Bolsonaro (sem partido): 26% Ciro Gomes (PDT): 11% João Doria (PSDB): 6% Em branco/nulo/nenhum: 11% Não sabe: 1% CENÁRIO D Lula (PT): 42% Jair Bolsonaro (sem partido): 24% Ciro Gomes (PDT): 10% João Doria (PSDB): 5% José Luiz Datena (PSL): 4% Simone Tebet (MDB): 2% Aldo Rebelo (sem partido): 1% Rodrigo Pacheco (DEM): 1% Alessandro Vieira (Cidadania): 0% Em branco/nulo/nenhum: 10% Não sabe: 2% Os cenários C e D não foram incluídos nas pesquisa anterior. Esta é a terceira pesquisa Datafolha para as eleições de 2022 desde que Lula recuperou os poderes políticos. Veja, abaixo, simulações de 2º turno: Intenção de voto no 2º turno em uma disputa entre Lula e Bolsonaro Lula (PT): 56% (58% na pesquisa anterior) Bolsonaro (sem partido): 31% (31% na pesquisa anterior) Em branco/nulo/nenhum: 13% (10% na pesquisa anterior) Não sabe: 1% (1% na pesquisa anterior) Intenção de voto no 2º turno em uma disputa entre Lula e Doria Lula (PT): 55% (56% na pesquisa anterior) Doria (PSDB): 22% (23% na pesquisa anterior) Em branco/nulo/nenhum: 22% (20% na pesquisa anterior) Não sabe: 1% (1% na pesquisa anterior) Intenção de voto no 2º turno em uma disputa entre Bolsonaro e Ciro Ciro (PDT): 52% (50% pesquisa anterior) Bolsonaro (sem partido): 33% (34% na pesquisa anterior) Em branco/nulo/nenhum: 15% (15% na pesquisa anterior) Não sabe: 1% (1% na pesquisa anterior) Intenção de voto no 2º turno em uma disputa entre Bolsonaro e Doria Doria (PSDB): 46% (46% na pesquisa anterior) Bolsonaro (sem partido): 34% (35% na pesquisa anterior) Em branco/nulo/nenhum: 19% (18% na pesquisa anterior) Não sabe: 1% (1% na pesquisa anterior) Intenção de voto no 2º turno em uma disputa entre Ciro Gomes e Lula Lula (PT): 51% Ciro gomes (PDT): 29% Em branco/nulo/nenhum: 19% Não sabe: 1% A pesquisa também apontou os índices de rejeição. Veja abaixo: Jair Bolsonaro: 59% (59% na pesquisa anterior) Lula: 38% (37% na pesquisa anterior) João Doria: 37% (37% na pesquisa anterior) Ciro gomes: 30% (31% na pesquisa anterior) José Luiz Datena: 19% (não incluído na pesquisa anterior) Eduardo Leite: 18% (21% na pesquisa anterior) Luiz Henrique Mandetta: 18% (23% na pesquisa anterior) Rodrigo Pacheco: 17% (não incluído na pesquisa anterior) Aldo Rebelo: 15% (não incluído na pesquisa anterior) Alessandro Vieira: 14% (não incluído na pesquisa anterior) Simone Tebet: 14% (não incluído na pesquisa anterior) Rejeita todos/não votaria em nenhum: 2% (2% na pesquisa anterior) Votaria em qualquer um/não rejeita nenhum: 1% (2% na pesquisa anterior) Não sabe: 1% (2% na pesquisa anterior) Nesse ponto, o entrevistado pode responder mais de um candidato, por isso a soma entre todos os índices não resulta em 100%. A pergunta do instituto é: "Em quais desses possíveis candidatos (o cartão é mostrado) você não votaria de jeito nenhum no primeiro turno da eleição para presidente da República em 2022? E qual mais?" Bolsonaro tem altos índices de rejeição entre estudantes (73%) e evangélicos (44%). Lula é mais rejeitado entre os preferem o PSDB (74%) e ente homossexuais/bissexuais (16%). Doria é tem altos índices de rejeição entre os que ganham mais de 10 salários mínimos (45%) e entre as donas de casa (26%. Ciro Gomes é mais rejeitado entre os que preferem outro partido que não seja PT, PSDB, MDB e PSol (36%) e entre moradores do Sul (22%) Entre aqueles que votaram em Bolsonaro em 2018, 26% dizem rejeitar seu nome para a disputa presidencial de 2022, e 68% não votariam de jeito nenhum em Lula. https://g1.globo.com/politica/noticia/2021/09/17/datafolha-lula-segue-a-frente-de-bolsonaro-e-no-2o-turno-tem-56percent-contra-31percent.ghtml
  2. A Rejeição da Delegada disparou Ainda acho que Marília pode virar e vencer um segundo turno contra o João
  3. Pesquisa Datafolha divulgada nesta quinta-feira (5) aponta os seguintes percentuais de intenção de voto para a Prefeitura do Rio de Janeiro nas Eleições 2020: Eduardo Paes (DEM): 31% Crivella (Republicanos): 15% Martha Rocha (PDT): 13% Benedita da Silva (PT): 8% Luiz Lima (PSL): 5% Renata Souza (PSOL): 3% Bandeira de Mello (Rede): 3% Paulo Messina (MDB): 1% Clarissa Garotinho (Pros): 1% Cyro Garcia (PSTU): 1% Fred Luz (Novo): 1% Nenhum/branco/nulo: 16% Não sabe/Não respondeu: 2% Glória Heloiza (PSC) e Suêd Haidar (PMB) tiveram menos de 1%, e Henrique Simonard (PCO) não foi citado. Em relação ao levantamento anterior do Datafolha, divulgado em 22 de outubro: Eduardo Paes foi de 28% para 31% Crivella foi de 13% para 15% Martha Rocha se manteve com 13% Benedita da Silva foi de 10% para 8% Luiz Lima foi de 4% para 5% Renata Souza foi de 5% para 3% Bandeira de Mello se manteve com 3% Paulo Messina foi de 0% para 1% Clarissa Garotinho se manteve com 1% Cyro Garcia se manteve com 1% Fred Luz se manteve com 1% Glória Heloiza foi de 1% para 0% Suêd Haidar se manteve com 0% Henrique Simonard não foi citado nas duas últimas pesquisas Os indecisos foram de 3% para 2%, e os brancos ou nulos foram de 17% para 16% Destaques por segmento Segundo a pesquisa, Paes obtém as maiores vantagens entre os mais velhos (40%, ante 14% de Crivella e 12% de Martha); entre os mais ricos (36%, contra 16% de Martha e 10% de Crivella); entre os católicos (41%, ante 12% de Martha e 10% de Crivella); aposentados (47%, contra 14% de Crivella e 10% de Martha); e entre os que reprovam o governo Jair Bolsonaro (sem partido) (34%, ante 3% de Crivella e 14% de Martha). Simulações de segundo turno O Datafolha também simulou três cenários de segundo turno. Veja os números: Eduardo Paes 53% x 25% Crivella (branco/nulo: 21%; não sabe: 1%) Martha Rocha 38% x 44% Eduardo Paes (branco/nulo: 16%; não sabe: 2%) Eduardo Paes 48% x 27% Benedita da Silva (branco/nulo: 24%; não sabe: 1%) Rejeição A pesquisa também perguntou em quem os eleitores não votariam de jeito nenhum. Os percentuais foram os seguintes: Crivella: 57% Eduardo Paes: 33% Benedita da Silva: 30% Clarissa Garotinho: 29% Cyro Garcia: 13% Delegada Martha Rocha: 11% Luiz Lima: 11% Paulo Messina: 8% Fred Luz: 7% Renata Souza: 6% Glória Heloiza: 6% Suêd Haidar: 6% Bandeira de Mello: 6% Henrique Simonard: 5% Rejeita todos/não votaria em nenhum: 4% Não sabe/não respondeu: 2% Poderia votar em todos: 1% Espontânea O Datafolha também tratou da intenção de votos espontânea, quando o eleitor diz em quem vai votar sem ter os nomes dos candidatos apresentados. Veja os resultados: Eduardo Paes: 22% Crivella: 11% Martha Rocha: 8% Benedita da Silva: 5% Luiz Lima: 3% Renata Souza: 2% Bandeira de Mello: 1% Fred Luz: 1% Outros: 3% Branco/nulo/nenhum: 16% Não sabe/não respondeu: 29% Não vota/não vai votar/vai justificar: 0% A pesquisa foi encomendada pela TV Globo e pelo jornal "Folha de S.Paulo". Sobre a pesquisa Margem de erro: 3 pontos percentuais para mais ou para menos Quem foi ouvido: 1.064 eleitores da cidade do Rio de Janeiro Quando a pesquisa foi feita: 3 e 4 de novembro Número de identificação na Justiça Eleitoral: RJ-02176/2020 O nível de confiança utilizado é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual momento eleitoral, considerando a margem de erro. https://g1.globo.com/rj/rio-de-janeiro/eleicoes/2020/noticia/2020/11/05/pesquisa-datafolha-no-rio-de-janeiro-paes-31percent-crivella-15percent-martha-13percent-benedita-8percent.ghtml
  4. Montagem com os candidatos à Prefeitura de São Paulo nas eleições 2020 — Foto: Divulgação/Montagem G1 Pesquisa Datafolha divulgada nesta quinta-feira (5) aponta os seguintes percentuais de intenção de voto para a Prefeitura de São Paulo nas Eleições 2020: Bruno Covas (PSDB): 28% Celso Russomanno (Republicanos): 16% Guilherme Boulos (PSOL): 14% Márcio França (PSB): 13% Jilmar Tatto (PT): 6% Arthur do Val - Mamãe Falei (Patriota): 4% Andrea Matarazzo (PSD): 3% Joice Hasselmann (PSL): 3% Levy Fidelix (PRTB): 1% Marina Helou (Rede): 1% Orlando Silva (PCdoB): 1% Nenhum/branco/nulo: 9% Não sabe: 3% Antônio Carlos Silva (PCO) e Vera Lúcia (PSTU) tiveram menos de 1%. Em relação aos levantamentos anteriores do Datafolha Pesquisas Datafolha para a Prefeitura de São Paulo — Foto: Arte/G1 Veja a pesquisa anterior do Datafolha, divulgada em 22 de outubro. Veja a pesquisa anterior do Datafolha, divulgada em 8 de outubro. Destaque por segmento A candidatura de Russomanno voltou a sofrer queda acentuada entre os mais jovens, desta vez de 20% para 9%. Na pesquisa do início de outubro, ele liderava com 35% na faixa de 16 a 24 anos, e desde então perdeu 26% das intenções de voto neste segmento, ficando agora atrás de Boulos (29%) e Covas (19%). Na parcela com renda familiar de 2 a 5 salários, em que tinha 28% na primeira semana de outubro e 17% na pesquisa realizada entre 21 e 22 do mesmo mês, Russomanno recuou para 11%. Fica atrás também de Covas, que tem 30%, e empatado com Boulos (16%) e França (14%). Entre os mais ricos, com renda familiar superior a 10 salários, apenas 5% votariam hoje em Russomanno (eram 9% na pesquisa anterior) e no eleitorado mais escolarizado esse índice é de 6% (eram 9%). Rejeição A pesquisa também perguntou em quem os eleitores não votariam de jeito nenhum. Os percentuais foram os seguintes: Celso Russomanno: 47% Joice Hasselmann: 30% Bruno Covas: 25% Jilmar Tatto: 23% Guilherme Boulos: 22% Levy Fidelix: 22% Orlando Silva: 17% Arthur do Val: 16% Márcio França: 14% Andrea Matarazzo: 13% Vera Lúcia: 12% Antônio Carlos: 10% Marina Helou: 10% Rejeita todos/não votaria em nenhum: 3% Votaria em qualquer um/não rejeita nenhum: 2% Não sabe: 4% Os entrevistados podiam apontar mais de uma resposta, por isso a soma dos fatores apontados é de mais de 100%. Pesquisa espontânea O Datafolha também tratou da intenção de votos espontânea, quando o eleitor diz em quem vai votar sem ter os nomes dos candidatos apresentados. Veja os resultados: Bruno Covas (PSDB): 19% Guilherme Boulos (PSOL): 12% Celso Russomanno (Republicanos): 8% Márcio França (PSB): 7% Jilmar Tatto (PT): 3% Arthur do Val (Patriota): 3% Andrea Matarazzo (PSD): 2% Joice Hasselmann (PSL): 1% Candidato do PT: 2% Outros: 4% Branco/nulo/nenhum: 10% Não sabe: 30% Grau de conhecimento do entrevistado sobre o número do candidato Bruno Covas (PSDB): 47% conhece (menção correta) e 53% não conhece (5% menção incorreta e 48% não sabe o número). Celso Russomanno (Republicanos): 21% conhece (menção correta) e 79% não conhece (11% menção incorreta e 68% não sabe o número). Guilherme Boulos (PSOL): 64% conhece (menção correta) e 36% não conhece (3% menção incorreta e 33% não sabe o número). Márcio França (PSB): 46% conhece (menção correta) e 53% não conhece (9% menção incorreta e 44% não sabe o número). Jilmar Tatto (PT): 71% conhece (menção correta) e 29% não conhece (1% menção incorreta e 28% não sabe o número). Voto ainda pode mudar Dentre os que declararam que ainda podem mudar o voto, o Datafolha também perguntou, caso os entrevistados não votem na primeira opção, qual outro candidato tem mais chance de receber seu voto. Bruno Covas: 20% Márcio França: 18% Celso Russomanno: 13% Guilherme Boulos: 6% Jilmar Tatto: 4% Veja a distribuição desses votos: Votariam em Bruno Covas 27% dos eleitores que declaram voto em Russomano; 18% entre os eleitores de Boulos; 32% entre os eleitores de França; 27% entre os eleitores de Tatto. Votariam em Márcio França 26% dos eleitores que declaram voto em Covas; 24% entre os eleitores de Russomanno; 30% entre os eleitores de Boulos; 27% entre os eleitores de Tatto. Votariam em Celso Russomanno 24% dos eleitores que declaram voto em Covas; 2% entre os eleitores de Boulos; 21% entre os eleitores de França; 11% entre os eleitores de Tatto. Votariam em Guilherme Boulos 8% dos eleitores que declaram voto em Covas; 1% entre os eleitores de Russomanno; 9% entre os eleitores de França; 25% entre os eleitores de Tatto. Votariam em Jilmar Tatto 6% dos eleitores que declaram voto em Covas; 3% entre os eleitores de Russomanno; 2% entre os eleitores de Boulos; 6% entre os eleitores de França. Simulações de segundo turno O Datafolha também questionou, se o segundo turno da eleição para prefeito fosse, em quem os eleitores votariam: Bruno Covas 57% x 27% Celso Russomanno (branco/nulo: 15%; não sabe: 1%) Bruno Covas 54% x 32% Guilherme Boulos (branco/nulo: 12%; não sabe: 1%) Bruno Covas 48% x 32% Márcio França (branco/nulo: 12%; não sabe: 2%) Guilherme Boulos 41% x 39% Celso Russomanno (branco/nulo: 19%; não sabe: 1%) Sobre a pesquisa A pesquisa foi encomendada pela TV Globo e pelo jornal “Folha de S. Paulo”. Margem de erro: 3 pontos percentuais para mais ou para menos Quem foi ouvido: 1.260 eleitores na cidade de São Paulo com 16 anos ou mais. Quando a pesquisa foi feita: nos dias 3 e 4 de novembro de 2020. Número de identificação na Justiça Eleitoral: SP-06709/2020. O nível de confiança utilizado é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual momento eleitoral, considerando a margem de erro. https://g1.globo.com/sp/sao-paulo/eleicoes/2020/noticia/2020/11/05/pesquisa-datafolha-em-sao-paulo-covas-28percent-russomanno-16percent-boulos-14percent-franca-13percent.ghtml
  5. Pesquisa do instituto RealTime Big Data/CNN Brasil aponta que o candidato Eduardo Paes (DEM) lidera a disputa para a Prefeitura do Rio de Janeiro, com 31%. Disputam o segundo lugar das intenções de voto Marcelo Crivella (Republicanos), atual prefeito da cidade, Delegada Martha Rocha (PDT), ambos com 13%, e Benedita da Silva (PT), com 9%. Como a margem de erro é de três pontos, para mais ou para menos, os três estão tecnicamente empatados. O levantamento foi registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com o número de identificação RJ06958/2020. Foram entrevistadas 1.200 pessoas, por telefone, entre os dias 31 de outubro e 2 de novembro. O nível de confiança é de 95%. Isto significa que se a mesma pesquisa fosse feita 100 vezes, o resultado seria o mesmo, dentro da margem de erro, em 95. Paes ficou estável em relação à pesquisa anterior do instituto, feita entre 14 e 17 de outubro. Marcelo Crivella e Benedita da Silva avançaram dois pontos porcentuais cada, oscilando positivamente dentro da margem de erro, enquanto a Delegada Martha Rocha avançou quatro pontos. Em seguida estão os candidatos Luiz Lima (PSL), que oscilou positivamente em três pontos porcentuais e tem 5%, Bandeira de Mello (Rede), com 3%, Renata Souza (PSOL), com 2%, Clarissa Garotinho (Pros), que oscilou positivamente em 1 ponto porcentual e ficou com 2%, Paulo Messina (MDB) e Fred Luz (Novo), ambos com 1%. Os candidatos Cyro Garcia (PSTU), Glória Heloiza (PSC), Henrique Simonard (PCO) e Suêd (PMB) não pontuaram. Nulos e brancos somam 11%, treze pontos percentuais a menos do que na pesquisa anterior. Outros 9% não souberam responder. Pesquisa Estimulada e variação de pontos percentuais (p.p.) em relação à pesquisa anterior: Eduardo Paes (DEM): 31% (sem variação) Crivella (Republicanos): 13% (+2 p.p.) Delegada Martha Rocha (PDT): 13% (+4 p.p.) Benedita da Silva (PT): 9% (+2 p.p.) Luiz Lima (PSL): 5% (+3 p.p.) Bandeira de Mello (Rede): 3% (sem variação) Renata Souza (PSOL): 2% (sem variação) Clarissa Garotinho (Pros): 2% (+1 p.p.) Paulo Messina (MDB): 1% (sem variação) Fred Luz (Novo): 1% (sem variação) Cyro Garcia (PSTU): 0% Gloria Heloiza (PSC): 0% Henrique Simonard (PCO): 0% Suêd (PMB): 0% Nulo/branco: 11% (-13 p.p.) Não sabe: 9% (+1 p.p.) A pesquisa, amostral, é representativa da população do município com 16 anos ou mais. Ou seja: os entrevistados seguem um padrão semelhante ao da população total, respeitando-se a proporção por idade, região geográfica e sexo. Esta é a segunda de uma série de rodadas de pesquisas divulgadas com exclusividade pela CNN em 11 capitais brasileiras (São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Porto Alegre, Salvador, Recife, Fortaleza, Curitiba, Belém, Palmas, Goiânia), além das cidades paulistas Campinas e Guarulhos. Juntas, essas cidades concentram 26,9 milhões de eleitores, que correspondem a 18,23% do eleitorado brasileiro. Pesquisa espontânea Na pesquisa espontânea, quando se pergunta o candidato favorito do entrevistado sem apresentar uma lista de opções, o candidato Eduardo Paes também lidera numericamente, com 25%. Em seguida aparecem empatados Marcelo Crivella (Republicanos), com 9%, Delegada Martha Rocha, com 9% e Benedita da Silva (PT), com 5%, seguidos por Luiz Lima (PSL), com 2%, Renata Souza (PSOL), com 2% e Bandeira de Mello (Rede), com 1%. Outros nomes foram citados por 1%; 18% responderam nulo/branco e 28% não souberam responder a pesquisa espontânea. Espontânea Eduardo Paes (DEM): 25% Crivella (Republicanos): 9% Delegada Martha Rocha: 9% Benedita da Silva (PT): 5% Luiz Lima (PSL): 2% Renata Souza (PSOL): 2% Bandeira de Mello (Rede): 1% Outros: 1% Nulo/branco: 18% Não sabe: 28% Rejeição O candidato Marcelo Crivella lidera a lista de rejeição, ou seja, de candidatos em que o entrevistado disse que não votaria. Nesta pergunta os entrevistados poderiam escolher quantas opções quisessem. Veja a lista completa e a variação de pontos porcentuais entre a pesquisa anterior e a atual: Marcelo Crivella (Republicanos): 57% (-1 p.p.) Clarissa Garotinho (Pros): 33% (+2 p.p.) Benedita da Silva (PT): 31% (+ 3 p.p.) Eduardo Paes (DEM): 31% (-2 p.p.) Fred Luz (Novo): 18% (-4 p.p.) Renata Souza (PSOL): 16% (+4 p.p.) Delegada Martha Rocha (PDT): 15% (+4 p.p.) Luiz Lima (PSL): 14% (+ 4 p.p.) Bandeira de Mello (Rede): 11% (+ 2 p.p.) Cyro Garcia (PSTU): 11% (+ 1 p.p.) Glória Heloiza (PSC): 11% (+1 p.p.) Henrique Simonard (PCO): 11% (+1 p.p.) Paulo Messina (MDB): 11% ( + 1 p.p.) Suêd (PMB): 11% (+ 1 p.p.) Maioria no Rio desaprova Bolsonaro, governador Cláudio Castro e prefeito Crivella A pesquisa também incluiu perguntas sobre aprovação no Rio de Janeiro do prefeito, do governador do presidente Jair Bolsonaro. A gestão do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) é desaprovada por 55% dos entrevistados e aprovada por 35%. O governador Cláudio Castro (PSC) foi reprovado por 45% e aprovado por 13%. Os outros não souberam responder. O prefeito Marcelo Crivella é rejeitado por 75% e aprovado por 20%. Veja os resultados: Avaliação do presidente Jair Bolsonaro na capital fluminense Aprova: 35% Desaprova: 55% Não sabe: 10% Avaliação do governador Cláudio Castro na capital fluminense Aprova: 13% Desaprova: 45% Não sabe: 42% Avaliação do prefeito Marcelo Crivella Aprova: 20% Desaprova: 75% Não sabe: 5% https://www.cnnbrasil.com.br/politica/2020/11/04/realtime-big-data-eduardo-paes-lidera-com-31-no-rio
  6. Pesquisa Ibope divulgada pela TV Verdes Mares nesta terça-feira (3) aponta os seguintes percentuais de intenção de voto para a Prefeitura de Fortaleza nas Eleições 2020: Sarto (PDT): 29% Capitão Wagner (Pros): 27% Luizianne Lins (PT): 24% Heitor Férrer (SD): 4% Célio Studart (PV): 2% Renato Roseno (Psol): 2% Heitor Freire (PSL): 2% Anízio Melo (PC do B): 0% Samuel Braga (Patriota): 0% José Loureto (PCO): 0% Paula Colares (UP): 0% Nenhum/branco/nulo: 6% Não sabe/Não respondeu: 3% Evolução Em relação ao levantamento anterior do Ibope, de 14 de outubro: Sarto (PDT) foi de 16% para 29% Capitão Wagner (Pros) foi de 28% para 27% Luizianne Lins (PT) foi de 23% para 24% Heitor Férrer (SD) foi de 6% para 4% Célio Studart (PV) foi de 4% para 2% Renato Roseno (Psol) foi de 3% para 2% Heitor Freire (PSL) foi de 1% para 2% Anízio Melo (PC do B) se manteve com 0% Samuel Braga (Patriota) se manteve com 0% José Loureto não foi citado na primeira pesquisa e passou a ter 0% Paula Colares não foi citada na primeira pesquisa e passou a ter 0% Branco/nulo: foi de 12% para 6% Não sabe/Não respondeu: foi de 7% para 3% Rejeição A pesquisa também perguntou em quem os eleitores não votariam de jeito nenhum. Os percentuais foram os seguintes: Luizianne Lins: 38% Capitão Wagner: 36% Heitor Férrer: 15% Sarto: 15% Renato Roseno: 12% Samuel Braga: 11% Anízio Melo: 10% Célio Studart: 10% José Loureto: 9% Paula Colares: 9% Heitor Freire: 9% Poderia votar em todos: 1% Não sabem ou preferem não opinar: 7% Os entrevistados podiam apontar mais de uma resposta, por isso a soma dos fatores apontados é de mais de 100%. A pesquisa foi encomendada pela TV Verdes Mares. Simulações de segundo turno O Ibope também questionou, caso haja segundo turno, em quem os entrevistados votariam: Sarto 46% X 36% Capitão Wagner (branco/nulo: 12%; não sabe: 6%) Sarto 46% X 33% Luizianne Lins (branco/nulo: 14%; não sabe: 7%) Capitão Wagner 41% X 41% Luizianne Lins (branco/nulo: 12%; não sabe: 2%) Sobre a pesquisa Margem de erro: 3 pontos percentuais para mais ou para menos Quem foi ouvido: 805 eleitores da cidade de Fortaleza Quando a pesquisa foi feita: 1º a 3 de novembro Número de identificação na Justiça Eleitoral: CE-08692/2020 O nível de confiança utilizado é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual momento eleitoral, considerando a margem de erro. https://g1.globo.com/ce/ceara/eleicoes/2020/noticia/2020/11/03/pesquisa-ibope-em-fortaleza-sarto-29percent-capitao-wagner-27percent-luizianne-24percent.ghtml
  7. Pesquisa Ibope encomendada pela TV Gazeta e divulgada nesta terça-feira (3) aponta os seguintes percentuais de intenção de voto para a Prefeitura de Vitória nas Eleições 2020: João Coser (PT): 26% Gandini (Cidadania): 24% Delegado Pazolini (Republicanos): 18% Capitão Assumção (Patriota): 5% Sérgio Sá (PSB): 5% Mazinho (PSD): 5% Neuzinha (PSDB): 4% Coronel Nylton (Novo): 1% Gilbertinho Campos (Psol): 1% Namy Chequer (PCdoB): 0% Eron Domingos (PRTB): 0% Fábio Louzada (MDB): 0% Raphael Furtado (PSTU): 0% Halpher Luiggi (PL) : 0% Branco/ Nulo: 5% Não sabe/ Não Respondeu: 5% Evolução Em relação ao levantamento anterior do Ibope, de 13 de outubro: João Coser (PT) foi de 22% para 26% Gandini (Cidadania) foi de 22% para 24% Delegado Pazolini (Republicanos) foi de 10% para 18% Capitão Assumção (Patriota) foi de 6% para 5% Sérgio Sá (PSB) se manteve com 5% Mazinho (PSD) foi de 3% para 5% Neuzinha (PSDB) foi de 7% para 4% Coronel Nylton (Novo) se manteve em 1% Gilbertinho Campos (Psol) se manteve em 1% Namy Chequer (PCdoB) passou de 2% para 0% Eron Domingos (PRTB) se manteve em 0% Fábio Louzada (MDB) se manteve em 0% Raphael Furtado (PSTU) se manteve em 0% Halpher Luiggi não foi citado na primeira pesquisa e passou a ter 0% Branco/ Nulo saiu de 11% e foi para 5% Não sabe/ Não Respondeu saiu de 9% e foi para 5% Rejeição A pesquisa também perguntou em quem os eleitores não votariam de jeito nenhum. Os percentuais foram os seguintes: Capitão Assumção (Patriota): 41% Coronel Nylton (Novo): 23% Delegado Pazolini (Republicanos): 19% Eron Domingos (PRTB): 12% Fabio Louzada (MDB): 14% Gandini (Cidadania): 21% Gilbertinho Campos (PSOL): 13% Halpher Luiggi (PL): 12% Joao Coser (PT): 35% Mazinho (PSD): 16% Namy Chequer (PCdoB): 19% Neuzinha (PSDB): 24% Raphael Furtado (PSTU): 12% Sergio Sá (PSB): 17% Poderia votar em todos (resposta espontânea): 2% Não sabem ou preferem não opinar: 8% Os entrevistados podem citar mais de um candidato, portanto os resultados somam mais de 100%. Simulações de segundo turno O Ibope também questionou, caso haja segundo turno em quem os entrevistados votariam: Gandini 46% X 37% João Coser (branco/ nulo: 13%; não sabem ou preferem não opinar: 3%) Delegado Pazolini 43% X 40% João Coser (branco/nulo: 13%; não sabem ou preferem não opinar: 3%) Gandini 42% X 37% Delegado Pazolini (branco/ nulo: 15%; não sabem ou preferem não opinar: 6%) A soma dos percentuais pode não totalizar 100% em decorrência de arredondamentos. Sobre a pesquisa Margem de erro: 4 pontos percentuais para mais ou para menos Quem foi ouvido: 602 eleitores Quando a pesquisa foi feita: entre 1º e 3 de novembro A pesquisa foi encomendada pela Rede Gazeta Número de identificação na Justiça Eleitoral: ES-05140/2020. O nível de confiança utilizado é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual momento eleitoral, considerando a margem de erro. https://g1.globo.com/es/espirito-santo/eleicoes/2020/noticia/2020/11/03/pesquisa-ibope-em-vitoria-joao-coser-26percent-gandini-24percent-delegado-pazolini-18percent.ghtml
  8. Mas mesmo assim é uma queda significativa, uma semana antes da eleição, ele tinha 37% dos válidos e na véspera 32%. http://g1.globo.com/rio-de-janeiro/eleicoes/2016/noticia/2016/10/datafolha-votos-validos-crivella-32-freixo-16-e-pedro-paulo-12.html
  9. Em 2016, ele teve bem menos votos do que as pesquisas indicavam no primeiro turno. As pesquisas mostravam que ele teria mais de 30%. Na apuração ele só teve 27,7%
  10. Intenção de Voto para Prefeito do Rio de Janeiro Eduardo Paes (DEM): 27,7% Crivella (Republicanos): 14,1% Delegada Martha Rocha (PDT): 14% Benedita da Silva (PT): 8,2% Luiz Lima (PSL): 4,2% Eduardo Bandeira de Mello (Rede): 3,2% Renata Souza (PSOL): 1,9% Clarissa Garotinho (PROS): 1,2% Fred Luz (NOVO): 1,2% Paulo Messina (MDB): 1,2% Cyro Garcia (PSTU): 0,7% Glória Heloiza (PSC): 0,4% Suêd Haidar (PMB): 0,2% Henrique Simonard (PCO): 0,1% Nenhum dos Candidatos/Branco ou Nulo: 15,4% Não Sabem ou Não Responderam: 6,4% Metodologia da Pesquisa A pesquisa do Instituto Paraná Pesquisas, contratada pelo próprio Instituto, do governo 910 eleitores do Rio entre os dias 29 de outubro e 1 de novembro de 2020. O levantamento tem nível de confiança de 95%, com margem de erro de 3,5 pontos percentuais para mais ou para menos. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob a identificação RJ-05250/2020. https://www.gazetadopovo.com.br/eleicoes/2020/pesquisa-eleitoral/prefeito-rio-de-janeiro-rj-parana-pesquisas-3-novembro-2020/
  11. Intenção de Voto para Prefeito de São Paulo Bruno Covas (PSDB): 25,6% Celso Russomanno (Republicanos): 19,5% Guilherme Boulos (Psol): 13,4% Márcio França (PSB): 10% Jilmar Tatto (PT): 5% Arthur do Val - Mamãe Falei (Patriota): 4,2% Joice Hasselmann (PSL): 2,4% Andrea Matarazzo (PSD): 2,1% Levy Fidelix (PRTB): 0,5% Marina Helou (Rede): 0,4% Orlando Silva (PCdoB): 0,3% Antônio Carlos (PCO): 0,2% Vera Lúcia (PSTU): 0,1% Não sabe/Não respondeu: 6,2% Nenhum dos candidatos, branco ou nulo: 10,1% Metodologia da Pesquisa A pesquisa do Instituto Paraná Pesquisas, contratada pelo próprio Instituto, ouviu 1.000 eleitores de São Paulo entre os dias 29 de outubro e 1 de novembro de 2020. O levantamento tem nível de confiança de 95%, com margem de erro de 3 pontos percentuais para mais ou para menos. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob a identificação SP-09440/2020. https://www.gazetadopovo.com.br/eleicoes/2020/pesquisa-eleitoral/prefeito-sao-paulo-sp-parana-pesquisas-3-novembro-2020/
  12. Pesquisa Ibope divulgada pela NSC TV nesta segunda-feira (2) aponta os seguintes percentuais de intenção de voto para a Prefeitura de Florianópolis nas Eleições 2020: Gean Loureiro (DEM): 58% Professor Elson (PSOL): 13% Angela Amin (PP): 9% Pedrão (PL): 6% Alexander Brasil (PRTB): 1% Gabriela Santetti (PSTU): 1% Helio Bairros (Patriota): 1% Orlando (Novo): 1% Dr. Ricardo (Solidariedade): 0% Jair Fernandes (PCO): 0% Branco/nulo: 6% Não sabe/não respondeu: 3% Evolução Em relação ao levantamento anterior do Ibope, de 5 de outubro: Gean Loureiro (DEM) foi de 44% para 58% Professor Elson (PSOL) foi de 7% para 13% Angela Amin (PP) foi de 15% para 9% Pedrão (PL) foi de 9% para 6% Alexander Brasil (PRTB) se manteve com 1% Gabriela Santetti (PSTU) se manteve com 1% Helio Bairros (Patriota) se manteve com 1% Orlando (Novo) se manteve com 1% Dr. Ricardo (Solidariedade) foi de 1% para 0% Jair Fernandes (PCO) foi de 1% para 0% Branco/nulo foi de 10% para 6% Não sabe/não respondeu saiu de 10% para 3% Rejeição A pesquisa também perguntou em quem os eleitores não votariam de jeito nenhum. Os percentuais foram os seguintes: Angela Amin: 40% Alexander Brasil: 12% Gean Loureiro: 12% Professor Elson: 12% Pedrão: 11% Helio Bairros: 9% Orlando: 9% Dr. Ricardo: 8% Gabriela Santetti: 7% Jair Fernandes: 7% Poderia votar em todos: 4% Não sabe/não respondeu: 18% Os entrevistados podiam apontar mais de uma resposta, por isso a soma dos fatores apontados é de mais de 100%. A pesquisa foi encomendada pela NSC Comunicação. Simulações de segundo turno O Ibope também simulou um cenário de segundo turno de Gean Loureiro com a candidata Angela Amin, com base nos dados da primeira pesquisa do instituto. A simulação não foi feita com o candidato Professor Elson porque ele não aparecia com dois dígitos de intenção de voto na pesquisa anterior. Veja os números: Gean Loureiro 69% X 16% Angela Amin (branco/nulo: 10%; não sabe: 5%) Sobre a pesquisa Margem de erro: 4 pontos percentuais para mais ou para menos Quem foi ouvido: 602 eleitores Quando a pesquisa foi feita: 31 de outubro a 2 de novembro A pesquisa foi encomendada pela NSC Comunicação Registrada no Tribunal Regional Eleitoral sob o protocolo Nº SC‐07120/2020 O nível de confiança utilizado é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual momento eleitoral, considerando a margem de erro. https://g1.globo.com/sc/santa-catarina/eleicoes/2020/noticia/2020/11/02/pesquisa-ibope-em-florianopolis-gean-loureiro-58percent-professor-elson-13percent-angela-amin-9percent-pedrao-6percent.ghtml
  13. Pesquisa Ibope divulgada nesta sexta-feira (30) aponta os seguintes percentuais de intenção de voto para a Prefeitura do Rio de Janeiro nas Eleições 2020: Eduardo Paes (DEM): 32% Crivella (Republicanos): 14% Delegada Martha Rocha (PDT): 14% Benedita da Silva (PT): 9% Luiz Lima (PSL): 4% Bandeira de Mello (Rede): 2% Renata Souza (PSOL): 2% Fred Luz (Novo): 1% Paulo Messina (MDB): 1% Cyro Garcia (PSTU): 0% Clarissa Garotinho (Pros): 0% Glória Heloiza (PSC): 0% Henrique Simonard (PCO): 0% Suêd Haidar (PMB): 0% Nenhum/branco/nulo: 15% Não sabe/Não respondeu: 5% Em relação ao levantamento anterior do Ibope, divulgado em 15 de outubro: Eduardo Paes foi de 30% para 32% Crivella foi de 12% para 14% Martha Rocha foi de 8% para 14% Benedita da Silva foi de 7% para 9% Luiz Lima foi de 3% para 4% Bandeira de Mello foi de 3% para 2% Renata Souza foi de 3% para 2% Fred Luz se manteve com 1% Paulo Messina se manteve com 1% Cyro Garcia foi de 2% para 0% Clarissa Garotinho foi de 1% para 0% Glória Heloiza se manteve com 0% Henrique Simonard se manteve com 0% Suêd Haidar não foi citada na pesquisa anterior e foi para 0% Os indecisos se mantiveram com 5%, e os brancos ou nulos foram de 23% para 15% Votos válidos O percentual de votos válidos de cada candidato corresponde à proporção de votos do candidato sobre o total de votos, excluídos os votos brancos, nulos e indecisos. Um candidato é eleito no 1º turno se obtiver 50% mais um dos votos válidos na apuração oficial. Eduardo Paes (DEM): 40% Martha Rocha (PDT): 18% Crivella (Republicanos): 17% Benedita da Silva (PT): 11% Luiz Lima (PSL): 5% Bandeira de Mello (Rede): 3% Renata Souza (PSOL): 3% Fred Luz (Novo): 1% Paulo Messina (MDB): 1% Cyro Garcia (PSTU): 0% Clarissa Garotinho (Pros): 0% Glória Heloiza (PSC): 0% Henrique Simonard (PCO): 0% Suêd Haidar (PMB): 0% Destaque por segmento Segundo o Ibope, as intenções de voto no ex-prefeito Paes são mais acentuadas entre os católicos (40%). Em relação à pesquisa anterior, houve variação significativa entre os que têm o ensino médio: de 24% para 31%. Ainda de acordo com a pesquisa, Martha Rocha teve variação em relação nos segmentos de 16 a 24 anos (3% para 10%), 45 a 54 anos (7% para 14%), 55 e mais (9% para 18%), outras religiões que não a católica ou evangélica (6% para 14%), renda de mais de 5 salários mínimos (9% para 18%), mais de 1 a 2 salários mínimos (7% para 15%) e entre os que avaliam a administração municipal como regular (10% para 18%) e ruim ou péssima (de 8% para 15%). O Ibope aponta também que Crivella apresenta crescimento na comparação com a rodada anterior nos segmentos: Ensino Fundamental (13% para 20%) e entre os que avaliam a administração municipal como ótima/ boa (61% para 69%). Rejeição A pesquisa também perguntou em quem os eleitores não votariam de jeito nenhum. Os percentuais foram os seguintes: Crivella: 55% Benedita da Silva: 29% Eduardo Paes: 28% Clarissa Garotinho: 27% Cyro Garcia: 13% Martha Rocha: 11% Luiz Lima: 10% Renata Souza: 9% Paulo Messina: 8% Fred Luz: 8% Bandeira de Mello: 8% Glória Heloiza: 7% Suêd Haidar: 7% Henrique Simonard: 7% Não sabe/não respondeu: 8% Poderia votar em todos: 1% Espontânea O Ibope também tratou da intenção de votos espontânea, quando o eleitor diz em quem vai votar sem ter os nomes dos candidatos apresentados. Veja os resultados: Eduardo Paes: 24% Crivella: 9% Martha Rocha: 7% Benedita da Silva: 3% Luiz Lima: 2% Renata Souza: 2% Bandeira de Mello: 1% Fred Luz: 1% Suêd Haidar: 0% Paulo Messina: 0% Outros: 1% Branco/nulo: 23% Não sabe/não respondeu: 27% Clarissa Garotinho, Cyro Garcia, Henrique Simonard, e Glória Heloiza não foram citados. Simulação de 2º turno Eduardo Paes 41% x 34% Delegada Martha Rocha (branco/nulo: 21%; não sabe: 3%) Eduardo Paes 51% x 19% Crivella (branco/nulo: 27%; não sabe: 2%) Benedita da Silva 23% x 46% Eduardo Paes (branco/nulo: 28%; não sabe: 3%) Delegada Martha Rocha 50% x 21% Crivella (branco/nulo: 26%; não sabe: 3%) Benedita da Silva 27% x 41% Delegada Martha Rocha (branco/nulo: 28%; não sabe: 4%) Benedita da Silva 37% x 26% Crivella (branco/nulo: 34%; não sabe: 3%) A pesquisa foi encomendada pela TV Globo. Sobre a pesquisa Margem de erro: 3 pontos percentuais para mais ou para menos Quem foi ouvido: 1.204 eleitores da cidade do Rio de Janeiro Quando a pesquisa foi feita: entre 28 e 30 de outubro Número de identificação na Justiça Eleitoral: RJ‐09598/2020 O nível de confiança utilizado é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual momento eleitoral, considerando a margem de erro. https://g1.globo.com/rj/rio-de-janeiro/eleicoes/2020/noticia/2020/10/30/pesquisa-ibope-no-rio-de-janeiro-paes-32percent-crivella-14percent-martha-14percent-benedita-9percent.ghtml
×
×
  • Create New...

Important Information

By using this site, you agree to our Terms of Use.