Jump to content


MauMau

Membro
  • Posts

    1,374
  • Joined

  • Last visited

  • Pontos

    955 [ Donate ]

1 Follower

About MauMau

  • Birthday 04/16/1995

Profile Information

  • Localização
    São Paulo

Recent Profile Visitors

1,380 profile views

MauMau's Achievements

Newbie

Newbie (1/14)

  • Conversation Starter
  • First post
  • Reacting Well
  • Dedicated
  • Week One Done

Recent Badges

415

Reputation

  1. Então, amigo. Concordo 100% contigo, o que achei estranho foi que quando a Conmebol resolveu fazer a Libertadores o ano todo, as associações filiadas a ela concordaram com essa mudança, sendo que 9 das 10 associações seguem o estilo apertura/clausura que é mais perto do calendário europeu e o futebol mexicano é no mesmo estilo, sendo que alegaram que o calendário deles ficaria apertado (?),achei muito estranho. Mas de qualquer maneira, a saída deles não impactou a Conmebol que de uns anos para cá, conseguiu arrecadar muito dinheiro graças a Libertadores que tem ganhado muita relevância desde que o Alejandro Dominguez assumiu a presidência da entidade e superando a gestão do Nicolas Leoz que esteve dentro de um caso de corrupção no futebol sul-americano na Fifa também. A atual gestão tem seus erros e acertos também, sendo que há muito a evoluir mas tem tratado muito bem os seus produtos vide a Libertadores que está entupido de patrocinador e deu uma sobrevida a Sul-americana do mesmo modo. E assim, a Conmebol não precisa do futebol mexicano para crescer com os seus ganhos pois Brasil, Argentina, Colômbia e Paraguai carregam entidade financeiramente ao contrário da Concacaf que precisa do México para fortificar seus ganhos. Todavia, eles deixaram a porta aberta para o futebol mexicano ir disputar a Libertadores e demais competições, mas a Concacaf tem medo de perder a sua fonte de renda direta, então fez mudanças no formato da Concachampions para impedir isso e assim o futebol mexicano e o da MLS vivem essa ilusão de crescimento por lá. A Libertadores cresceu muito nós últimos anos e tendo alcance em mais de 200 países, é a segunda competição continental de clubes mais relevante, pois só perde para a Champions. A premiação é 20x mais alta que a Concachampions em que o ganhador arrecada entre 1 milhão e 2 milhões de dólares por lá. Enfim, você vê o abismo de arrecadação da Conmebol com essa competição da Concacaf. Uma coisa que eu estou percebendo é que esse modelo de franquia que está sendo adotado no México consequentemente está afetando as categorias de base dos clubes de lá e impactando na revelação de novos jogadores mexicanos. Isso, já está causando efeito hoje em dia em que eles vão começar a naturalizar jogadores de outras nacionalidades para servir a seleção mexicana, principalmente os sul-americanos. Um exemplo recente disso, foi o jogador argentino Funes Mori, que foi naturalizado mexicano. E o presidente da FMF falou que isso poderá ser uma tendência e que acha isso normal para qualquer um que queira servir a seleção mexicana. Então voltando ao tema das entidades, a Conmebol pôde evoluir muito em comparação ao que era graças a aproximação com a UEFA, não atoa que a gestão está seguindo uns exemplos em que a entidade europeia já aplica como a final única de Libertadores, os sorteios e recentemente fizeram um intercâmbio de árbitros entre as duas entidades na Eurocopa e na Copa América. Enfim, se o México quiser vir para a Conmebol, as duas partes vão ficar felizes, se eles não quiserem vir a Conmebol não vai sentir falta. Mas, na minha opinião eles não querem peitar a Concacaf e criar uma indisposição na região e haver uma demandada com os EUA e a Costa Rica para a Conmebol. No México, pelo que eu pude apurar, quem transmite é o canal Marca Claro Sports ( parceria da Claro com o Jornal Marca da Espanha), parece que é um canal de esportes da Claro mexicana que exibe alguns eventos. Se a Fox mexicana era a dona, pode ser que eles repassaram para a Claro ou simplesmente desistiram, pois o sinal mexicano não transmite a Libertadores. A última vez que transmitiram foi em 2016 quando havia um time mexicano disputando a Libertadores. Sobre o Bein Sports, a versão deles nos EUA não é muitoooo forte, pois o mercado esportivo lá é encabeçado pela ESPN e a FOX que detém a maioria dos eventos, mas o canal possui alguns eventos interessantes além da Libertadores e da Sul-americana como o Campeonato Francês e a La Liga. As versões deste canal são mais fortes no Mundo Árabe, França e Norte da África. Porque este assunto para a FIFA é um vespeiro e qualquer movimento vai causar uma revolta dos cartolas das entidades. Eu também sou contra por haver duas entidades no continente e o presidente da Fifa relatou que não há a necessidade de haver duas entidades no continente mas o money fala mais alto no final. Depois vou até pesquisar mais a fundo como essas duas entidades surgiram e ver a causa disso, pois não há nem muita diferença cultural nas duas partes do continente para tal necessidade.
  2. Esse do Clodovil não já tinha reprisado? Jurava que vi em um desses últimos domingos.
  3. ATÉ A TV QUERIA A LIBERTADORES Há problemas que existem agora com a Concacaf, nisso se aplica o ditado que “outros tempos eram melhores”, e fica mais perceptível quando você lê histórias como as do meu compadre El Fantasma, que explicam como o México dominou a área, não só no campo, mas também nos escritórios. Falo de uma intenção de Doña Fede(Televisa) e da Liga MX, mas que a Conca (Concacaf) fechou a porta. Acontece, que da sede do Toluca (clube da Liga MX) saiu um grande projeto de reativar a participação das nossas equipes nos torneios da Conmebol, foi um dos grandes objetivos que haviam traçado, especialmente na questão dos direitos televisivos. Acontece, que uma das intenções que a Televisa tem em seu plano de negócios de médio prazo é poder comprar os direitos de transmissão da Copa Libertadores a partir do ano seguinte, já que pertencem à Fox Sports. Meu ouvido de Chapultepec me disse que a intenção não era apenas trazê-los para o México, mas comprá-los na íntegra e poder revendê-los nos países participantes, mais visão de negócio então. A única coisa pendente são os Estados Unidos, onde beIN Sports os possui até 2022. Isso ajudou a promover a ideia de Doña Fede. Porém, assim que a Conca soube das intenções do México em buscar participação, e com os calendários mais adequados para participar, teve a grande ideia de tornar o calendário da Concachampions maior, expandindo para 20 clubes participantes contando com os da Liga MX e os da MLS que concordou com a ampliação, tornando impossível pensar em Libertadores. Você vê que a inveja de um 'amigo' é pior do que o ódio de um inimigo. https://www.record.com.mx/columnistas-francotirador/yotun-sin-ofertas-para-salir-pero-sin-renovacion Para ficarmos de olho @Fadokimie @Jamaal
  4. Sim, mas não apareceu interessado, aí o CADE permitiu a fusão, todavia teriam que manter os canais até 2022 (salvo enganos). Eles só tem permissão de usar a marca Fox Sports só até esse período, aí teriam que devolver a Fox ou vender a marca por aqui para uma empresa interessada. Sim, vai ser igual nos EUA em que eles tem uns 6 canais.
  5. Acho que foi para o brejo eles quererem descontinuar os canais Fox aqui no Brasil. Estavam querendo acabar com pelo menos o Fox Sports 2, mas pelo jeito vão desistir, pois precisarão acomodar os eventos em seus canais. Provavelmente, vão no máximo trocar os nomes para a marca ESPN. Outra coisa que pode acontecer e que eu vejo necessidade será a contratação de mais alguns narradores ou quiçá uns novos comentaristas, pois acho que a equipe atual não vai dar conta de tanto evento, isso é bom para o mercado por um lado.
  6. Conmebol suspende árbitros de Cerro x Fluminense e Boca x Atlético-MG O árbitro Andrés Rojas, o árbitros do VAR Derlis Lopez, Cesar Deischeler e Eduardo Gamboa, e o assistente Julio Fernandez, que atuaram ontem nos jogos entre Boca Juniors 0 x 0 Atlético-MG e Cerro Porteño 0 x 2 Fluminense foram suspensos pela Conmebol pelos erros em lances da Libertadores. Rojas e Lopez, que trabalharam na partida em La Bombonera, viram falta antes do gol marcado pelo Boca Juniors aos 34 minutos, e ficarão suspensos por tempo indeterminado de competições organizadas pela entidade máxima do futebol Sul-americano. O mesmo vai acontecer com Deischeler, Gamboa e Fernandez, que invalidaram o gol do Cerro. Mais cedo, a entidade admitiu o erro ao divulgar um vídeo da cabine do VAR no momento da análise do lance, que aconteceu aos 42 minutos. "O VAR checou a jogada com um ângulo muito fechado, deixando de levar em conta um defensor que está na parte inferior da tela para a colocação de linhas virtuais. Esse defensor habilitaria todos os atacantes, caracterizando um erro na decisão final", confirma a gravação. https://www.uol.com.br/esporte/futebol/ultimas-noticias/2021/07/14/conmebol-suspende-arbitros-de-cerro-x-fluminense-e-boca-x-atletico-mg.htm
  7. O Dória falou quem Janeiro, é quase certo que haverá revacinação das população do Brasil, por causa das novas Cepas. Por isso, teremos uma grande quantidade de vacinas disponíveis para isso e controlar talvez essas novas cepas. A ver.
  8. Infelizmente, tem gente babaca em todo mundo e destila o ódio ou frustações em pessoas que são negras. Ontem, no twitter foi a mesma coisa com a vitória da Argentina, em que os torcedores argentinos apelaram para o racismo para zombar dos brasileiros. É dificil, o melhor a se fazer é denuncias estes comentários.
  9. Bem lembrado, essa edição foi lembrada por ser uma baita zebra do século. As Mick Jaggers da Tv brasileira.
  10. Agora são duas edições que os donos da casa perdem títulos sendo locais. Em 2016 foi a França para Portugal, agora a Inglaterra para Itália. Ontem tivemos uma "Maracanazo" e hoje tivemos um " Wemblemzaço".
  11. Tomara que seja isso amigo. Realmente a de 2014 no Brasil foi a que os americanos de maneira geral foram muito bem. A Costa Rica foi a maior surpresa e em um grupo junto com o Uruguai, despachou a Itália e a Inglaterra. Que copa foi essa! A Costa Rica foi mais longe que o México hahahha. Os americanos se sentiram em casa aqui.
  12. Olha, vou ser sincero com vocês. Acho essa seleção inferior a de 2018 em alguns aspectos. Se o Brasil quiser enfrentar alguma seleção gigante no Mundial do ano que vem, vai ter que melhorar MUUUUUUIIIIIIITTOOO, isso vale inclusive para a própria Argentina e as outras sul-americanas também. É só vermos essa Eurocopa, para vermos o nível das seleções e comparar com as da América todinha. Já externo a minha preocupação, pois a seleção não encontrou uma prova de fogo grande (exceto Argentina), digo algum amistoso com uma seleção europeia de primeiro escalão, para assim encontrar as dificuldades, trabalha-las e corrigi-las. Agora, para marcar amistoso com essas seleções vai ser muito difícil nos próximos anos, pois a UEFA criou a Nations League para acabar com esses amistosos na data FIFA e os europeus pelejarem entre eles. Então, a distância dos europeus com a gente tende a aumentar. Infelizmente, não vejo uma solução a longo prazo, pois Brasil, Argentina nadam de braçadas na América inteira. Sobre o técnico eu prefiro que continue o Tite até a copa do ano que vem para ver como se sai e se for preciso demiti-lo depois desse evento e talvez trazer o Guardiola que eu acho um ótimo nome. No Brasil, o mercado de técnicos é terrível e não vejo um bom nome por aqui para assumir uma seleção do porte do Brasil. Só que a CBF, vai ter que vencer essa cultura de contratar só técnico brasileiro para fazer este tipo de contratação e largar essa mentalidade de que só técnico brasileiro entende nosso futebol.
  13. Isso aí vai dar uma m.... mais para frente. Meu medo é chegar nesse ponto com 8 mil canais querendo transmitir igual os mexicanos. Tomara que dê certo aqui
×
×
  • Create New...

Important Information

By using this site, you agree to our Terms of Use.