Jump to content
ūüďĘ Compra de Pontos e Assinatura agora s√£o via Mercado Pago √ó


rodrigodga

Membro
  • Posts

    3,206
  • Joined

  • Last visited

  • Pontos

    58,330 [ Donate ]

2 Followers

About rodrigodga

  • Birthday 02/16/1993

Recent Profile Visitors

The recent visitors block is disabled and is not being shown to other users.

rodrigodga's Achievements

Contributor

Contributor (5/14)

  • Dedicated
  • First post
  • Reacting Well
  • Conversation Starter
  • Week One Done

Recent Badges

1.4k

Reputation

  1. Isso daí é consequência de um governo eleito por um margem mínima, um governo que não foi eleito por uma maioria maciça da população. E que, em vez de tentar governar pra maioria das pessoas, prefere governar pros 20% da base que o elegeu. Ou seja, um governo fraco, que precisa se ajoelhar e comprar deputado por deputado.
  2. Oi? O desastre do atual governo é em boa parte devido a bagunça administrativa de um governo com 40 ministérios, com muita gente pra mandar, mas quem manda mais é a primeira-dama.
  3. O mais importante. Quanto tempo demorou pra Travessia derrubar a média do JN igual Terra e Paixão faz quase todo dia?
  4. População não pode pressionar deputado, mas governo tentar comprar deputado no atacarejo tá liberado:
  5. Atentar contra as institui√ß√Ķes √© alertar a popula√ß√£o para cobrar o posicionamento dos deputados eleitos pelo voto para que eles fa√ßam a sua fun√ß√£o que √© representar o povo. S√©rio? Que horror, hein. Absurdo. Antidemocr√°tico. √Č um crime a popula√ß√£o pressionar os deputados, seres celestiais enviados pela gra√ßa de Deus, a ouvirem as pessoas que o elegeram. Deputados n√£o devem se sujeitar a isso. Imagina. Ouvir seus eleitores?
  6. Se eu tenho um site, eu tenho direito (dentro da lei) de emitir minha opinião na sua página inicial. Isso não configura de forma alguma como "publicidade". Publicidade, no sentido que eu imagino que você esteja colocando, é uma publicidade paga, o que não foi o caso.
  7. Queria saber de onde voc√™ tirou que s√≥ "jornal" pode emitir opini√£o, que pessoas "normais" ou empresas n√£o podem se posicionar. √Č dever de toda a sociedade se posicionar em temas que acreditem que s√£o relevantes.
  8. Toda opini√£o √© feita para induzir, inclusive a sua. Faz parte da sociedade. Se √© mentira, existe uma coisa chamada JUSTI√áA. Siga o caminho do devido processo legal e impute a penalidade devida. O que n√£o d√° √© pra querer censurar todo mundo que n√£o concorda com voc√™. O Bolsonaro tentava fazer o mesmo que voc√™ quando dizia que a imprensa espalhava o "p√Ęnico" quando noticiava a Covid. "deveria ter, no m√≠nimo, um aviso antes. "Opini√£o de quem faz o Google: PL afeta...". Voc√™ entra no site do Google e a opini√£o exibida l√° vai ser de quem, do Arthur Lira? N√£o faz o menor sentido isso. Tudo para tentar disfar√ßar o fato de um governo estar tentando coagir a sociedade a n√£o criticar uma a√ß√£o do governo. O Bolsonaro fazia o MESMO quando culpava a imprensa pelo "p√Ęnico" da Covid. P√Ęnico esse que a imprensa "causava" por criticar o governo, o mesmo que esse governo est√° fazendo com o Google.
  9. Isso daí só está servindo para mostrar com perfeição os perigos de um governo querer regular e censurar a internet. O governo quer censurar algo que não é um discurso de ódio, não é uma informação falsa, é só uma opinião contra algo que o governo defende. Em qualquer país democrático, criticar o governo não deveria ser motivo de censura. Imagina se o governo Bolsonaro censurasse (igual querem fazer agora) cada um que criticou a atuação do governo contra a Covid.
  10. N√£o vou nem entrar no m√©rito em como a PL pode servir de censura por um governo autorit√°rio. O problema da PL √© j√° no seu texto e na sua dif√≠cil implementa√ß√£o, gerando uma burocracia absurda e afastando empresas de tecnologia de investir no Brasil. "Na pr√°tica, esse monitoramento proativo transforma as plataformas em uma ‚Äúpol√≠cia da Internet‚ÄĚ, criando um sistema de vigil√Ęncia permanente similar ao que existe em pa√≠ses de regimes antidemocr√°ticos. Tamb√©m estamos preocupados com a previs√£o na lei de ter diferentes √≥rg√£os do governo respons√°veis por definir regulamenta√ß√Ķes adicionais, o que pode ter implica√ß√Ķes na liberdade de express√£o na Internet. As pessoas podem descobrir conte√ļdo com mais chance de que sejam relevantes e interessantes para elas; criadores de conte√ļdo e empresas de todos os tamanhos podem encontrar aqueles que t√™m mais chance de ter interesse naquilo que est√£o oferecendo; e governos, sociedade civil, organiza√ß√Ķes n√£o-governamentais e pessoas em todo o mundo podem se conectar de forma mais efetiva."
  11. Como √© esquisito o presidente do BC ter que dar aula de economia B√ĀSICA para senadores, que deveriam ter o m√≠nimo de conhecimento sobre o assunto. Pior ainda, da Comiss√£o de Assuntos ECON√ĒMICOS. S√≥ pra exemplificar o que foi dito sobre a recupera√ß√£o de cr√©dito, tem a mat√©ria abaixo. Como se quer uma taxa de juros menor com apenas 40% dos inadimplentes quitando suas d√≠vidas? O juro serve justamente para remunerar o risco de inadimpl√™ncia. Empresas atingem menor n√≠vel de recupera√ß√£o de d√≠vidas em um ano, diz Serasa WWW.CNNBRASIL.COM.BR Levantamento aponta que apenas 40,2% dos d√©bitos foram quitados em novembro de 2021
  12. O modus operandi é o mesmo. Estou esperando há 12 anos a cidade inteligente e os 100 mil empregos que o Mercadante e a Dilma prometeram que o "iPhone brasileiro" iria criar.
  13. Olha os 100 mil empregos a√≠ de novo, gente. Sempre prometido no primeiro ano de governo. Haddad √© Mercadante, Mercadante √© Haddad. Foxconn no Brasil criaria 100 mil empregos, diz Mercadante De acordo com o projeto apresentado pelo ministro da Ci√™ncia e Tecnologia, implanta√ß√£o aconteceria em 2 fases e envolveria a constru√ß√£o de uma "cidade inteligente" Publicado em 14 de abril de 2011, 11h41 Foxconn no Brasil criaria 100 mil empregos, diz Mercadante | Exame EXAME.COM De acordo com o projeto apresentado pelo ministro da Ci√™ncia e Tecnologia, implanta√ß√£o aconteceria em 2 fases e envolveria a constru√ß√£o de uma "cidade inteligente" Investimento brasileiro em f√°brica da Apple √© um desastre 13 de abril de 2015 Quatro anos depois, e nada disso se tornou realidade. A Foxconn criou apenas uma pequena fra√ß√£o dos 100 mil empregos que o governo projetou, e quase todas as vagas s√£o de baixa qualifica√ß√£o. Al√©m disso, a presen√ßa da Foxconn foi absolutamente irrelevante para o crescimento do setor de tecnologia brasileiro. Investimento brasileiro em f√°brica da Apple √© um desastre WWW.TUDOCELULAR.COM Not√≠cias sobre o mundo m√≥vel, celulares, v√≠deos, fotos, reviews e os melhores pre√ßos da internet. Busque seu celular por fun√ß√Ķes como Wi-Fi, GPS, TV, c√Ęmera e outros.
  14. O nível de juros atual não é desejável, porém é um NECESSIDADE! Num país com inflação descontrolada e onde o governo se recusa a cortar gastos. Onde o governo implode o teto de gastos e apresenta um arremedo de projeto que permite que os gastos, e consequentemente a dívida, cresça acima da inflação. Não adianta querer "crescer" na marra sem fazer o básico, sem arrumar a casa primeiro. Isso não é crescimento de verdade e nem é sustentável. Tem que primeiro ajustar as contas pra que se possa baixar a taxa de juros. Mas é claro, se quiser ignorar o problema e diminuir a taxa de juros sempre há o caminho argentino a se tomar. Uma inflação de mais de 100% ao ano que acaba com o poder de compra da população e faz disparar a pobreza. A inflação arrasa o bolso dos argentinos - 17/04/2023 - Latinoamérica21 - Folha WWW1.FOLHA.UOL.COM.BR Com 102,5%, Argentina está em quarto lugar no ranking dos países com maior inflação
  15. Parabéns, você atingiu o mesmo nível de intelecto dos bolsonaristas que juravam de pé junto que o João Dória é comunista.
×
×
  • Create New...

Important Information

By using this site, you agree to our Terms of Use.