Jump to content


Ghostface

Membro
  • Posts

    2,070
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    1
  • Pontos

    6,531 [ Donate ]

Ghostface last won the day on January 7 2021

Ghostface had the most liked content!

About Ghostface

  • Birthday June 19

Recent Profile Visitors

2,632 profile views

Ghostface's Achievements

Explorer

Explorer (4/14)

  • First post
  • Conversation Starter
  • Reacting Well
  • Dedicated
  • Week One Done

Recent Badges

1.2k

Reputation

  1. BAKHMUT, Ucrânia — A Rússia teria traçado planos para instalar um ex-membro pró-Kremlin do parlamento para liderar a Ucrânia enquanto considera uma nova invasão do país e a derrubada do seu governo central, de acordo com uma avaliação britânica para o BuzzFeed News. A avaliação, fornecida pelo Escritório de Relações Exteriores do Reino Unido, alega que os oficiais de inteligência russa que estão atualmente envolvidos no planejamento de um ataque na Ucrânia, também estão colaborando com diversos ex-oficiais ucranianos que partiram para Moscou no inverno de 2014 e estão procurando meios para retomar as posições de poder em sua terra natal. "A informação estar sendo divulgada hoje joga luz sobre a extensão das atividades russas para subverter a Ucrânia, e esclarece o pensamento do Kremlin," disse Liz Truss, Secretária de Relações Exteriores, em uma declaração. A avaliação do Reino Unido chega quando a Rússia continua a agrupar tropas e armas pesadas ao redor da Ucrânia, incluindo em Belarus. E seguem outros avisos sinistros de governos ocidentais nos últimos dias, sobre a alta possibilidade de um ataque de larga escala. Da sua parte, a Rússia negou estar se preparando para invadir novamente a Ucrânia. O ministro de Relações Exteriores russo não retornou para comentar. Em uma entrevista exclusiva para o BuzzFeed News no Sábado, o Tenente-General Oleksandr Pavliuk, chefe da Operação Forças Unidas no leste da Ucrânia, expressou será preocupação em relação as movimentações do exército russo. Ele disse que a Rússia tem atualmente mais de 106 mil soldados posicionados ao redor da sua fronteira à oeste, que estão preparados para invadir sua terra natal — com mais tropas a caminho. Estimativas de outros oficiais ucranianos apontam pelo menos 127 mil soldados russos. "Vladimir Putin tem ambições imperialistas similares as de [Adolf] Hitler em 1936. Ele quer dominar esses países porque pensa que pertencem a ele", disse Pavliuk. "Se ele capturar a Ucrânia, você pode ter certeza de que ele não irá parar ali." Pavliuk disse que as forças ucranianas estão muito maiores e fortes que em 2014, quando eles foram dominados pelos soldados russos operando sem emblemas e proxies separatistas na Crimeia e a região oriental de Donbas. "Nós temos meio milhão de ucranianos que são agora soldados treinados e estarão prontos para combater o momento que [as forças russas] atravessarem as fronteiras, disse Pavliuk. O BuzzFeed News conversou com a próxima geração de soldados ucranianos que estão atualmente servindo na frente de batalha na quase guerra que já dura 8 anos contra as forças apoiadas pela Rússia em Donbas. E no último mês, conversamos com civis que estão se preparando para enfrentar a guerra contra as tropas russas, se eles entrarem em Kiev. Todos eles disseram que estão motivados a defender seu país a qualquer custo. O ex-legislador ucraniano que se acredita que seja o candidato favorito para liderar um governo instalado pelo Kremlin, é Yevhen Murayev, informou o escritório. Murayev, 45 anos, é de Kharkiv, uma cidade com mais de 1.2 milhões de pessoas que faz fronteira com a Rússia. Ele foi um aliado de Viktor Yanukovuch, um ex-presidente Ucraniano que foi derrubado por revolucionários pró-democracia durante o Euromaidan (onda de protestos) em fevereiro de 2014 e fugiu para a Rússia. Ele também era dono de uma empresa de mídia pró-russa, banida pelo governo do presidente Volodymyr Zelensky no ano passado, por estar alegadamente conspirando contra Kiev. Murayev não respondeu um pedido para comentar, mas postou no Facebook uma foto sua editada que se parece com o James Bond, dizendo aos seguidores para acompanhar mais "detalhes amanhã". Em dezembro, o presidente ucraniano Zelensky disse que a Rússia estava planejando um golpe contra ele. É desconhecido se o plano alegado está conectado com o atual, que o governo britânico diz ter descoberto. A avaliação britânica segue as fracassadas negociações diplomáticas de alto risco entre os EUA, OTAN e a Rússia, para de-escalar as tensões. E também acompanha um aviso sinistro do Presidente Joe Biden na última quarta-feira. "Meu palpite é que ele irá seguir em frente, ele tem que fazer alguma coisa," disse Biden em relação ao presidente russo Vladimir Putin. Uma invasão de larga escala na Ucrânia poderia vir a ser "a coisa mais consequencial que aconteceu no mundo em termos de guerra e paz, desde a Segunda Guerra Mundial," concluiu Biden, sinalizando o risco de o conflito se espalhar além das fronteiras ucranianas, onde "ficaria fora de controle". Fonte: https://www.buzzfeednews.com/article/christopherm51/the-uk-says-russia-is-planning-to-overthrow-ukraines
  2. "Jatos de guerra russos chegando em Belarus, norte da Ucrânia. Oficiais americanos estão preocupados que a capital ucraniana 'está agora na mira'". "Mísseis anti-tanque Javelin dos Bálticos, bem como estoques militares chegarão na Ucrânia no início da próxima semana."
  3. "URGENTE: Departamento de Estado ordena que familiares dos funcionários da embaixada americana na Ucrânia, comecem a evacuar o país o mais breve possível na segunda-feira, disseram oficiais americanos." Lucas Tomlinson é jornalista da Fox News, para coberturas do Pentágono. ATUALIZAÇÃO - 14h27: "Três fontes contaram à CBS News que a embaixada americana em Kiev pediu permissão para autorizar a retirada de funcionários não-essenciais e famílias. Não é uma ordem para se retirar... e o pedido ainda está em andamento."
  4. Puts, a Globo não aprende. E outra, duas novelas de época seguidas?
  5. Essa novela tem uma cara de sonífero (ritmo lento) e vai estrear em pleno verão. Será que flopa mais que NTDI?
  6. No buraco que o horário nobre da Globo se encontra, não sei se Pantanal vai dar conta. A novela da Larissa Manoela tem uma cara de ser sonífera e vai estrear em pleno verão, tem um cheirinho de flop maior que Imperador. Não duvido nada a Globo colocar o Walcyr depois de Pantanal mesmo.
  7. A novela da Larissa tem uma cara de sonífero e vai estrear em pleno verão, não duvido sentirmos falta dos números de NTDI.
  8. A Coreia do Sul está aumentando sua vigilância sobre a Coreia do Norte. O Conselho Nacional de Segurança da Coreia do Sul também está se preparando para a possibilidade da retomada dos testes de mísseis nucleares e de longo alcance na Coreia do Norte.
  9. A Romênia acaba de se manifestar sobre a demanda russa de que as tropas da OTAN saiam da Romênia. "É inaceitável" diz o Ministério das Relações Exteriores.
  10. A Rússia exigiu nesta sexta-feira (21) a retirada das tropas estrangeiras da Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte) de dois de seus países-membros — Bulgária e Romênia — como parte das medidas reivindicadas para reduzir a tensão na fronteira com a Ucrânia. "Não há ambiguidade", escreveu o Ministério das Relações Exteriores russo em resposta a uma pergunta de um veículo da imprensa. "Trata-se da retirada de forças estrangeiras, de material e de armamento, assim como outras medidas, para voltar à situação de 1997 nos países que não eram então membros da Otan. É o caso da Romênia e da Bulgária", afirmou a chancelaria russa. Em resposta, a Bulgária disse que decide sozinha sobre sua defesa, em coordenação com seus aliados da Otan. O primeiro-ministro búlgaro, Kiril Petkov, também pediu à Rússia que se engaje em conversar com países ocidentais para diminuir as tensões. A Otan é uma aliança político-militar dos Estados Unidos e do Canadá com países europeus, que serve principalmente para a defesa coletiva dos Estados-membros (veja mais abaixo). A declaração russa é dada no momento em que o país posicionou tropas na fronteira com a Ucrânia e tem realizado exercícios militares com Belarus, ampliando os temores dos Estados Unidos e da União Europeia de uma nova invasão russa ao país vizinho. Fonte: https://g1.globo.com/mundo/noticia/2022/01/21/russia-exige-retirada-das-tropas-da-otan-da-romenia-e-da-bulgaria.ghtml
×
×
  • Create New...

Important Information

By using this site, you agree to our Terms of Use.