Jump to content
×
×
  • Create New...


UOL: Pacientes com covid são amarrados em macas por falta de sedativo no AM


Recommended Posts

Inconscientes, pacientes passaram o fim de semana com gazes amarradas nos punhos e presas às camas - Reprodução/TV Globo

Inconscientes, pacientes passaram o fim de semana com gazes amarradas nos punhos e presas às camasImagem: Reprodução/TV Globo

 

Com sedativos em falta, pacientes graves de covid-19 estão sendo amarrados nas próprias macas no Hospital Regional Dr. Jofre Matos Cohen, em Parintins, no interior do Amazonas. A Secretaria de Saúde do estado nega ter recebido denúncias sobre a situação, mas o caso, divulgado hoje no "Jornal Nacional", da TV Globo, deve ser investigado pela Defensoria Pública.

 

Os pacientes — intubados e inconscientes — passaram o último fim de semana com gazes amarradas nos punhos e presas às camas, segundo a reportagem. Entrevistada pelo JN, a presidente da Associação Brasileira de Medicina Intensiva (AMIB), Suzana Lobo, explicou que o procedimento não é errado, acrescentando que intubar uma pessoa sem o uso de sedação é "desumano".

 

"[Sem sedativos] A primeira coisa que pode acontecer é uma autoextubação, ele [paciente] tira o tubo. Isso pode levar a uma parada cardíaca", disse Suzana. "É desumano a gente imaginar uma pessoa que vai ser mantida numa ventilação mecânica sem estar sob analgesia e uma boa sedação. Ela vai sentir desconforto, ela vai sentir ansiedade, ela vai sentir medo... E tudo isso vai levar a consequências muito graves."

 

Apesar de as imagens mostrarem vários pacientes amarrados, a prefeitura de Parintins disse à reportagem que foi um caso isolado que se deu por conta de um "surto psicótico" em um doente. A contenção foi feita, portanto, "para deixar o paciente em segurança", ainda de acordo com a administração municipal.

 

A Secretaria de Saúde de Parintins, por sua vez, negou que medicamentos para sedação de pacientes estejam em falta, apesar da alta demanda. Já a Secretaria Estadual de Saúde (SES-AM) confirmou ter recebido no sábado (20) um pedido por sedativos de Parintins, que, segundo órgão, foi cumprido no mesmo dia.

 

Ao "JN", a Defensoria Pública confirmou que vai notificar a prefeitura de Parintins e a direção do Hospital Jofre Cohen "para pedir esclarecimentos". "A depender dessa resposta, a gente vai, sim, analisar e considerar a propositura de ação judicial", informou o defensor público Rafael Barbosa.

 

Parintins é hoje o terceiro município amazonense mais atingido pela covid-19, com 8.269 casos confirmados desde o início da pandemia, segundo últimos dados divulgados pela Fundação de Vigilância em Saúde do estado (FVS-AM). Apenas a capital Manaus (142.386) e Coari (8.955) estão à frente.

 

Em número de mortes, Parintins também é o terceiro (260), atrás de Manaus (7.452) e Manacapuru (269).

 

https://noticias.uol.com.br/saude/ultimas-noticias/redacao/2021/02/22/am-pacientes-com-covid-19-sao-amarrados-em-macas-por-falta-de-sedativo.htm?utm_source=twitter&utm_medium=social-media&utm_content=geral&utm_campaign=noticias

 

Link to post
Share on other sites


Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

  • Recently Browsing   0 members

    No registered users viewing this page.






Important Information

By using this site, you agree to our Terms of Use.