Jump to content
×
×
  • Create New...


Recorde de vendas do iPhone 12 tem explicação científica


Recommended Posts

22155339858051.jpg

 

A procura pelo novo iPhone 12 parece ser superior à demanda pelo iPhone 11 nessa fase de pré-venda. Esta é a constatação do analista Mig-Chi Kuo, que é conhecido por acertar as previsões sobre a cadeia produtiva da Apple. De acordo com suas previsões, o novo celular já comercializou mais que o dobro de unidades do modelo anterior na fase de encomendas no ano passado.


No entanto, em um ano marcado pela pandemia e pela recessão econômica global, isso não parece impedir as pessoas de fazerem compras tão caras. Para se ter uma ideia, a expectativa é de que este aparelho no Brasil comece a ser vendido por R$ 14 mil.

 

Mais do que o marketing ostensivo da Apple, este recorde está relacionado a um estado de saúde mental da atualidade, como explica o neurocientista e psicólogo, Fabiano de Abreu*: “Com a ansiedade em alta, excesso de notícias ruins e incertezas, a necessidade de dopamina tornou-se um mecanismo de fuga para o estado psíquico atual”. A dopamina, ele explica, é “um hormônio neurotransmissor responsável pela sensação da recompensa e influência em nossas emoções, aprendizado, humor e atenção. Ela vincula-se a ansiedade já que esta promove a pendência a conquista que por sua vez libera dopamina”.

 

Segundo Fabiano, “quando estamos entediados, tristes, infelizes, buscamos mais liberação deste mensageiro químico para nos sentirmos melhores”, o que certamente explica tamanha procura por este novo modelo de celular. Mesmo diante de um cenário onde a recessão será global, isso não impede as pessoas de se endividarem para adquirir o lançamento da Apple. De acordo com Abreu, "a cultura da realidade abstrata promovida pela rede social, faz do iPhone um ótimo candidato para a ostentação onde só pode tê-lo quem tem dinheiro. Isso também faz liberar a dopamina pela conquista em acreditar que outras pessoas estão admiradas, assim como pelas imagens que proporcionam boas fotos para que tenha mais conquistas de likes e follows. A riqueza por ser vista como uma conquista, ameniza a insegurança".

 

Com vários materiais publicados sobre o assunto, o neurocientista Fabiano de Abreu assina um artigo científico sobre dopamina, fadiga e ansiedade e foi publicado na Emil Brunner World University, uma universidade que fica em Miami, nos Estados Unidos.

 

https://m.tecmundo.com.br/amp/dispositivos-moveis/205677-recorde-vendas-iphone-12-tem-explicacao-cientifica.htm

Link to post
Share on other sites


Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

  • Recently Browsing   0 members

    No registered users viewing this page.

Important Information

By using this site, you agree to our Terms of Use.