Jump to content
×
×
  • Create New...


RD1: O nome da vilã de Glória Pires em Olho por Olho + confirmada Pantanal em 2021


Recommended Posts

20201017-gloria-pires.png

Gloria Pires encabeça elenco da próxima novela de João Emanuel Carneiro, Olho Por Olho; estreia segue prevista para 2022 (Imagem: Ellen Soares / Globo)

 

A personagem de Gloria Pires em Olho Por Olho, próxima novela de João Emanuel Carneiro, vai atender por Zoé. Isso se o autor não mudar de ideia até o início das gravações, previsto para o segundo semestre de 2021; a estreia ficou para o ano seguinte, após o remake de Pantanal, conforme adiantado por esta coluna do RD1 e confirmado ontem (16) em entrevista de João Emanuel ao Conversa com Bial.

Zoé é mãe da deficiente visual Maíra, a cargo de Letícia Colin. A julgar pelas características já conhecidas da figura – que destrata a filha cega sem dó, nem piedade –, a Zoé de Gloria tem tudo para reluzir na galeria de vilãs de JEC.

 

O autor é “pai” de Bárbara (Giovanna Antonelli) de Da Cor do Pecado (2004), Leona (Carolina Dieckmann) em Cobras & Lagartos (2006), Flora (Patrícia Pillar) de A Favorita (2008), Carminha (Adriana Esteves) em Avenida Brasil (2012), Atena (Giovanna de novo) em A Regra do Jogo (2015) e a dupla Karola (Deborah Secco) e Laureta (Adriana outra vez) em Segundo Sol (2018).

Cabe lembrar que Olho Por Olho conta, até o momento, com Chay Suede, Dani Calabresa, Edson Celulari, Eliane Giardini, Humberto Carrão, Kelzy Ecard, Klebber Toledo, Lilia Cabral, Miguel Falabella, Sophie Charlotte, Suzy Rêgo, Tonico Pereira, Tony Ramos e Vera Fischer.

A direção artística cabe a Carlos Araújo, de Éramos Seis (2019). Gustavo Fernandez, de Órfãos da Terra (2019), responde pela direção geral. Carneiro, aliás, elogiou Fernandez no ‘Conversa’ exibido nesta sexta-feira (16). Foi ele o responsável pela sequência, sem falas, em que Carminha chora após sabotar o barco do amante Max (Marcello Novaes), em ‘Avenida’.

 

Falando nisso…

O burburinho sobre a suposta inversão de Pantanal e Olho Por Olho cheira à “queda de braço” entre Silvio de Abreu, diretor de dramaturgia da Globo, e Ricardo Waddington, diretor de produção da casa. A coluna está encafifada desde a matéria do Fantástico sobre a nova versão do clássico de Benedito Ruy Barbosa – que, anos atrás, tornou pública sua desavença com Silvio. No “show da vida”, apenas Ricardo se manifestou a respeito de um projeto que, pressupõe-se, está sob o guarda-chuva do departamento de Abreu.

Uma mudança na fila acarretaria problemas para Glória Perez. É que a autora faz questão de repetir, em sua próxima empreitada às 21h, a parceria de A Força do Querer (2017) com Rogério Gomes, escalado para a direção artística de sua próxima novela. E também para a produção da reedição do folhetim da Manchete. As filmagens in loco serão realizadas no período de seca, no meio do ano – assim como no extinto canal –; na década de 1980, a Globo desistiu do texto justamente pela inviabilidade de gravar durante a cheia, entre a primavera e o verão.

Vale a pena ver de novo 1

Disponível no Globoplay desde o último dia 28, Meu Bem, Meu Mal impressiona pela fragilidade do enredo. A impressão é que Cassiano Gabus Mendes não sabia para onde levar a trama, concebida às pressas para substituir Rainha da Sucata – em meio às mudanças que a Globo implantou, naquele 1990, por conta do êxito de Pantanal na concorrência. É, claramente, um produto de seu tempo, com achincalhe a homossexuais e desrespeito às mulheres. Apesar disso, vale espiar. Os diálogos de Cassiano, o elenco, a direção e a produção tornam o produto final quase irresistível; mesmo achando “tensa”, não consigo parar de ver, especialmente por valores como Jorge Dória (Emílio), Yoná Magalhães (Valentina) e Zilda Cardoso (Elza).

 

Fonte: 

https://rd1.com.br/exclusivo-vila-de-gloria-pires-na-proxima-novela-de-joao-emanuel-carneiro-ganha-nome/amp/?__twitter_impression=true

Edited by Julito
Link to post
Share on other sites
  • Julito changed the title to RD1: O nome da vilã de Glória Pires em Olho por Olho + confirmada Pantanal em 2021


  • Replies 43
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

Top Posters In This Topic

Popular Posts

Esperavam Olga, Cristina, Judith, Marcela, Minerva, Jezebel, Fanny e Me Chama de Jô.kkkkkkkkkk

Amo, nome inspirado na eterna Zoey 101

meu deus que nomes horríveis 

gente, olhem oq eu encontrei pesquisando o nome zoé no google, a história da até uma sinopse de novela, e bem o estilo do jec:

 

"A 11 de abril de 1034 Romano III foi encontrado morto no banho, e correram rumores de que fora ou envenenado ou afogado a mando de Zoé e de Miguel. Zoé casou-se com o seu amante nesse mesmo dia e este reinou como Miguel IV até à sua morte em 1041. Embora Miguel fosse um marido mais atencioso que Romano, Zoé continuou excluída da política pelo monopólio imposto pelo irmão de Miguel, João, o Eunuco. A imperatriz chegou mesmo a conspirar contra o cunhado em 1037 ou 1038"

 

"As irmãs depuseram Miguel V, cegaram-no e exilaram-no num mosteiro, onde aquele morreu nesse mesmo ano. Zoé partilhou o poder com Teodora durante dois meses até conseguir encontrar um novo marido, o terceiro e último de acordo com as regras da Igreja."

 

https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Zoé_Porfirogênita

 

Link to post
Share on other sites
32 minutos atrás, Julito disse:

Disponível no Globoplay desde o último dia 28, Meu Bem, Meu Mal impressiona pela fragilidade do enredo. A impressão é que Cassiano Gabus Mendes não sabia para onde levar a trama, concebida às pressas para substituir Rainha da Sucata – em meio às mudanças que a Globo implantou, naquele 1990, por conta do êxito de Pantanal na concorrência. É, claramente, um produto de seu tempo, com achincalhe a homossexuais e desrespeito às mulheres. Apesar disso, vale espiar. Os diálogos de Cassiano, o elenco, a direção e a produção tornam o produto final quase irresistível; mesmo achando “tensa”, não consigo parar de ver, especialmente por valores como Jorge Dória (Emílio), Yoná Magalhães (Valentina) e Zilda Cardoso (Elza).


Críticas da época disseram que MBMM foi uma novela brasileira mexicanizada. Tudo ali é over, folhetinesco e cheio de reações mexicanizadas.

Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

  • Recently Browsing   0 members

    No registered users viewing this page.






Important Information

By using this site, you agree to our Terms of Use.