Jump to content


Marquinhos C.

Novas reprises mostram que Globo se preocupa mais com ibope do que com a web

Recommended Posts

Novas reprises mostram que Globo se preocupa mais com ibope do que com a web

Faça login ou cadastre-se para visualizar

 

Tão logo a Globo oficializou a próxima trinca a ser reprisada na pandemia, a gritaria na internet foi generalizada. Flor do Caribe (2013) ocupará a vaga de Novo Mundo (2017), mas os internautas torceram o nariz para a escolha da trama de Walther Negrão. De fato, a história passa longe de ser emblemática, mas tem duas coisas que, nesse momento, pesaram na decisão da emissora: qualidade técnica e audiência satisfatória.

 

Esquemática demais, Flor do Caribe foi mais uma das novelas de Negrão a beber na fonte de Tropicaliente (1994). Apesar de ensolarada e para cima, Flor do Caribe flertou com uma trama nazista incluída (e mal desenvolvida) na metade final da história. Ainda assim, é um folhetim que tende a fazer o público se esquecer um pouco do momento pesado causado pelo coronavírus.

 

Além disso, Flor do Caribe tem outro fator relevante: o protagonismo de Grazi Massafera, atriz em alta na Globo depois de brilhar em Bom Sucesso (2019). Como a mocinha Ester, ela já dava mostras de um amadurecimento em sua atuação, o que viria a se confirmar com Verdades Secretas (2015) e, posteriormente, no último fenômeno da faixa das sete.

 

Já a escolha de Haja Coração (2016) também obedeceu a critérios de audiência. A releitura de Sassaricando (1987) não fez feio no ibope, apesar de não ser uma novela aclamada pelos noveleiros, que torciam pela volta do remake de Ti Ti Ti (2010).

 

O único senão sobre Haja Coração é que a escolha pode significar mais trabalho para o autor Daniel Ortiz, que viu sua Salve-se Quem Puder ser interrompida no meio e agora terá de se esforçar para não reutilizar fórmulas prontas nem deixá-las evidentes no ar, como o par romântico vivido por Sabrina Petraglia e Marcos Pitombo, repetido nas duas novelas do autor.

 

Por fim, a mais óbvia das reprises, A Força do Querer (2017), embora ainda esteja fresca na memória do público, foi um acerto da emissora, principalmente quando comparada ao horror narrativo que é Fina Estampa (2011).

 

Sem o exótico de outras culturas, a história de Gloria Perez, uma das mais bem contadas de sua carreira, é extremamente brasileira, tocou em temas relevantes da atualidade de uma maneira sensível e ainda contou com um desempenho excepcional de Juliana Paes, eternizada como a traficante Bibi Perigosa.

 

Por mais gritaria que a internet fizesse, as escolhas mostram que a Globo não está muito preocupada com hashtags e memes, mas sim com números que satisfaçam o departamento comercial, que mais do que nunca precisa mostrar serviço.

 

Ironicamente, a emissora desperdiçou seus tesouros no Vale a Pena Ver de Novo. Avenida Brasil (2012) e Êta Mundo Bom! (2016) foram reprisadas na faixa vespertina, o que impossibilita a exibição dos grandes sucessos em seus horários originais. Por outro lado, os dois títulos se mostraram essenciais para aquecer a audiência da tarde e manter os telespectadores ligados na emissora.

 

Para o público saudosista de grandes clássicos da teledramaturgia, o recado é claro: ele não vai ficar órfão, mas não vai ser na tela da TV que terá a chance de matar a saudade. Se quiserem, que se satisfaçam com os relançamentos do Globoplay.

 

https://noticiasdatv.uol.com.br/noticia/televisao/novas-reprises-mostram-que-globo-se-preocupa-mais-com-ibope-do-que-com-web-40122

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

A escolha de Haja Coração mostra que nem com audiência a Globo está preocupada, mas sim com o ego da Velha de Abreu. Se quisesse audiência, tinha colocado Ti Ti Ti.

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

Faça login ou cadastre-se para visualizar

 

Tão logo a Globo oficializou a próxima trinca a ser reprisada na pandemia, a gritaria na internet foi generalizada. Flor do Caribe (2013) ocupará a vaga de Novo Mundo (2017), mas os internautas torceram o nariz para a escolha da trama de Walther Negrão. De fato, a história passa longe de ser emblemática, mas tem duas coisas que, nesse momento, pesaram na decisão da emissora: qualidade técnica e audiência satisfatória.

 

Esquemática demais, Flor do Caribe foi mais uma das novelas de Negrão a beber na fonte de Tropicaliente (1994). Apesar de ensolarada e para cima, Flor do Caribe flertou com uma trama nazista incluída (e mal desenvolvida) na metade final da história. Ainda assim, é um folhetim que tende a fazer o público se esquecer um pouco do momento pesado causado pelo coronavírus.

 

Além disso, Flor do Caribe tem outro fator relevante: o protagonismo de Grazi Massafera, atriz em alta na Globo depois de brilhar em Bom Sucesso (2019). Como a mocinha Ester, ela já dava mostras de um amadurecimento em sua atuação, o que viria a se confirmar com Verdades Secretas (2015) e, posteriormente, no último fenômeno da faixa das sete.

 

Já a escolha de Haja Coração (2016) também obedeceu a critérios de audiência. A releitura de Sassaricando (1987) não fez feio no ibope, apesar de não ser uma novela aclamada pelos noveleiros, que torciam pela volta do remake de Ti Ti Ti (2010).

 

O único senão sobre Haja Coração é que a escolha pode significar mais trabalho para o autor Daniel Ortiz, que viu sua Salve-se Quem Puder ser interrompida no meio e agora terá de se esforçar para não reutilizar fórmulas prontas nem deixá-las evidentes no ar, como o par romântico vivido por Sabrina Petraglia e Marcos Pitombo, repetido nas duas novelas do autor.

 

Por fim, a mais óbvia das reprises, A Força do Querer (2017), embora ainda esteja fresca na memória do público, foi um acerto da emissora, principalmente quando comparada ao horror narrativo que é Fina Estampa (2011).

 

Sem o exótico de outras culturas, a história de Gloria Perez, uma das mais bem contadas de sua carreira, é extremamente brasileira, tocou em temas relevantes da atualidade de uma maneira sensível e ainda contou com um desempenho excepcional de Juliana Paes, eternizada como a traficante Bibi Perigosa.

 

Por mais gritaria que a internet fizesse, as escolhas mostram que a Globo não está muito preocupada com hashtags e memes, mas sim com números que satisfaçam o departamento comercial, que mais do que nunca precisa mostrar serviço.

 

Ironicamente, a emissora desperdiçou seus tesouros no Vale a Pena Ver de Novo. Avenida Brasil (2012) e Êta Mundo Bom! (2016) foram reprisadas na faixa vespertina, o que impossibilita a exibição dos grandes sucessos em seus horários originais. Por outro lado, os dois títulos se mostraram essenciais para aquecer a audiência da tarde e manter os telespectadores ligados na emissora.

 

Para o público saudosista de grandes clássicos da teledramaturgia, o recado é claro: ele não vai ficar órfão, mas não vai ser na tela da TV que terá a chance de matar a saudade. Se quiserem, que se satisfaçam com os relançamentos do Globoplay.

 

https://noticiasdatv.uol.com.br/noticia/televisao/novas-reprises-mostram-que-globo-se-preocupa-mais-com-ibope-do-que-com-web-40122

Share this post


Link to post
Share on other sites

Se a Globo fosse dar ouvidos a bolha do Twitter a trinca de reprises seriam 

6h: Sete Vidas 

7h: O Beijo do Vampiro 

9h: Salve Jorge

Faça login ou cadastre-se para visualizar

Share this post


Link to post
Share on other sites

E quem liga pra “web” :kkkkk:

E web n se resume a Twitter né, o publico do sofá se quer esta nessa rede social e os que estão n perdem tempo falando sobre TV :aff:

Share this post


Link to post
Share on other sites

Em relação a Flor do Caribe e A Força do Querer, até que faz sentido.

 

Mas no caso de Haja Coração é ego do SDA mesmo.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Faça login ou cadastre-se para visualizar

E quem garante que Tititi daria audiência? Vocês viajam demais kkkk

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Faça login ou cadastre-se para visualizar

Tinha muito mais chance do que Haja Coração, que foi carregada por Eta Mundo Bom metade da exibição e mesmo assim o recorde foi de 4 pontos a menos :fafa6:

Share this post


Link to post
Share on other sites
Faça login ou cadastre-se para visualizar

Média geral de elevação em 2016: 1.x :fafa5:

 

Se isso é se preocupar com o ibope...

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


  • Recently Browsing   0 members

    No registered users viewing this page.



×
×
  • Create New...

Important Information

By using this site, you agree to our Terms of Use.