Jump to content


Ricardo Viz

2018: Eduardo Jorge explica abolicionismo animal na Globo News

Recommended Posts

Faça login ou cadastre-se para visualizar

 

Concorde-se ou não, um dos momentos mais interessantes da eleição 2018, na minha opinião.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Esse formato da Central das Eleições foi histórico, um dos pontos altos da cobertura de 2018.

 

Rendeu diversos momentos icônicos, como esse do Eduardo Jorge. E reuniu um timaço de primeira linha.

 

Foi tão marcante que a base do formato permaneceu no ar na Central GloboNews.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Pisou na bancada.

 

Nem faz sentido essa pergunta do Gabeira, ele realmente não foi atrás de pesquisar antes de perguntar. 70% da produção de grãos é utilizada para abastecer a pecuária, então no fim a pecuária diminui a produção de alimentos da população. É uma questão de 2° lei da termodinâmica apenas: a energia é sempre degradada, ao consumirmos um alimento secundário a quantidade de alimento primário que necessitaríamos para suprir a mesma demanda energética é menor.

Se nós fossemos animais biologicamente carnívoros que só conseguem digerir alimentos secundários é uma coisa. Mas nós somos "onivoros", primos dos chimpanzes que a única fonte de alimento secundário é insetos. É impossível um ser humano viver se alimentando como um gato, a base apenas de carne, as suas toxinas e falta de fibras nos matariam. Agora viver sem produtos de origem animal é bem possível já que existm veganos como eu.

 

Não houvesse a pecuária do tamanho que é haveria mais comida, mais água potável, menos doenças.  Quem se preocupa de fato com o meio ambiente tem que rever seu consumo de carne, pelo menos diminui-lo. Não é a toa que a Greta é vegana e que as reuniões ambientais sempre martelam esse ponto.

 

Não é a primeira vez que os jornalistas nesse programa fazem as perguntas sem pesquisar a fundo antes. Ano passado entrevistando o presidente do INPE demitido pelo Bozo a Miriam tomou um pisão ao falar que a usina de Angra II era perigosa.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Faça login ou cadastre-se para visualizar

 

Penso que o Gabeira concorda com o Eduardo e perguntou já sabendo a resposta, mas considerou adequado o questionamento até para o público entender melhor a questão. Achei bom e pertinente, ajudou a render esse ótimo vídeo. 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Sign in to follow this  

  • Recently Browsing   0 members

    No registered users viewing this page.



×
×
  • Create New...

Important Information

By using this site, you agree to our Terms of Use.