Jump to content


enrique_almeida

LEVANTAMENTO: Os filmes que a Globo tem a disposição em 2020

Recommended Posts

Globo deveria valorizar mais os contratos, ñ vale nem a pena assinar com esse tanto de produtora

Share this post


Link to post
Share on other sites

Alias acabei de lembrar que a Globo tambem tem contrato com a Liongaste.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Faça login ou cadastre-se para visualizar
 Maze Runner: A Cura Mortal (Fox, 2018)

Certeza que Resident Evil: O Capítulo Final (Sony, 2017) também já está disponível

Share this post


Link to post
Share on other sites
Faça login ou cadastre-se para visualizar

 

A janela da Fox tem sido de 3 anos.  E no caso dessa franquia, a janela dos 2 primeiros foi de 4 anos:

 

Maze Runner: Correr ou Morrer (2014) - Exibido na Tela Quente em 05/03/2018

Maze Runner: Prova de Fogo (2015) - Exibido na Tela Quente em 21/01/2019

Share this post


Link to post
Share on other sites
Faça login ou cadastre-se para visualizar

 

Na época, a Fox só manteve os direitos do Star Wars original de 1977 (Uma Nova Esperança) e perdeu todos os outros. Por questões contratuais definidas na época da produção do filme, ele era propriedade perpétua do estúdio. O original só pôde se juntar aos outros depois que a Fox toda passou a ser da Disney.

 

E com a Dreamworks realmente era diferente: a Fox tinha apenas um contrato de distribuição, sendo que a Dreamworks continuava tendo propriedade total dos filmes. A Universal já até relançou em DVD o material que tinha saído antes pela Fox (e, antes dela, pela Paramount).

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Faça login ou cadastre-se para visualizar

 

A maioria (Warner, Universal, Sony, Fox, Paramount) não funciona como contrato de exclusividade. A Globo pega o lhe é interessante no momento e o resto fica no limbo, a menos que outro canal se interesse. Até por isso tivemos filme inédito da Universal estreando no SBT e na Band recentemente.

 

Faça login ou cadastre-se para visualizar

 

Não diretamente, ela pega da distribuidora nacional que licencia material da Lionsgate. Em geral é a Paris Filmes, mas tem caso que vem pela Imagem Filmes (que também distribui filmes da MGM) ou outras menores.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Faça login ou cadastre-se para visualizar

Então eles não tem contrato com estas como MGM e Lionsgate e sim com distribuidoras brasileiras?

Share this post


Link to post
Share on other sites
Faça login ou cadastre-se para visualizar

 

Sim no caso da Lionsgate, não no caso da MGM - porque o caso da MGM é mais complexo e varia de filme para filme.

 

A MGM nos EUA só foi voltar a ter distribuidora própria no ano passado, ressuscitando a United Artists com a Annapurna (e mantendo o selo Orion para filmes de terror e produções de baixo orçamento).  Internacionalmente, ela só trabalha com direitos de TV, e deixa os de cinema e home video de filmes com outras empresas.

 

Maria e João: o Conto das Bruxas e o remake de Brinquedo Assassino que saiu ano passado, por exemplo, são da MGM pelo selo Orion, que ela faz sozinha e costuma licenciar no Brasil para a Imagem Filmes. Neste caso, acredito que os direitos sigam com a Imagem Filmes para televisão.

 

Mas tem também os casos de filmes grandes, blockbusters que ela co-financia com outras distribuidoras. Exemplos:

 

- 007 contra SPECTRE, Robocop do José Padilha, a série Vikings (Sony no cinema, Fox no home video)

- 007: Sem Tempo para Morrer, A Familia Addams (Universal)

- Creed: Nascido para Lutar, Tomb Raider: a Origem, a Trilogia Hobbit (Warner)

- Hércules, Ben-Hur, a série Teen Wolf (Paramount)

 

Todos estes filmes permanecem com os direitos de TV comercializados diretamente pela MGM, mas em cinema e home video quem cuida são as distribuidoras majors vinculadas.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Faça login ou cadastre-se para visualizar

Então por que a Globo citou a Lionsgate entre contratos de distribuição?

MGM faliu né?

Share this post


Link to post
Share on other sites
Faça login ou cadastre-se para visualizar

 

Para facilitar a identificação. Nos EUA, Lionsgate é uma distribuidora grande, seu nome é mais facilmente reconhecido para quem vê filmes e os títulos principais dela já estão geralmente concentrados na Paris Filmes mesmo. No entanto, não são todos os principais: o primeiro John Wick saiu aqui pela Imagem Filmes.

 

E a MGM fez essas parcerias todas exatamente para continuar operando depois da falência. Pela mesma razão, se concentrou por tanto tempo em remakes de material do seu acervo, numa tentativa de se manter relevante e facilitar o financiamento de seus projetos. As franquias Hobbit e 007 a ajudaram bastante a sair do buraco, e agora estão voltando a lançar projetos originais.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Faça login ou cadastre-se para visualizar

Mas por que a MGM faliu? Já que agora consta que são as 5 grandes e não as 6 grandes do cinema?

Share this post


Link to post
Share on other sites
Faça login ou cadastre-se para visualizar

Disso eu sabia, eu falei que a Globo deveria pegar filmes melhores.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Faça login ou cadastre-se para visualizar

A MGM sempre foi a pobre da turma, sempre viveu em crise, e agora no caso seriam 4 grandes ñ? Pois a Fox ta com a Disney então ela ñ é mais considerada um estudio principal, eu acho

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


  • Recently Browsing   0 members

    No registered users viewing this page.



×
×
  • Create New...

Important Information

By using this site, you agree to our Terms of Use.