Jump to content
×
×
  • Create New...


CORONAVÍRUS | Cobertura sobre a pandemia no Brasil e no mundo


Recommended Posts

Peru supera 17.000 mortes por coronavírus após admitir sub-registro

 

O Peru superou as 17.000 mortes do coronavírus nesta quarta-feira, adicionando 188 novos casos e 3.688 mortes entre março e junho, que não haviam sido contadas oficialmente pelas autoridades de saúde, informou o governo.

 

O número de mortos chegou a 17.455, disse a nova ministra da Saúde, Pilar Mazzetti, que ofereceu um balanço da situação da pandemia no Peru que corrige a diferença entre as vítimas.

Mazzetti explicou que, de acordo com o saldo das últimas 24 horas, haveria “13.767 pessoas mortas e, a isso, se adicionariam 3.688 pessoas mortas que se integram, com isso, à defasagem que de informações que está sendo coberta até o mês de junho”.

Nas últimas 24 horas, se somaram 188 mortes, de acordo com o saldo.

As infecções aumentaram para 366.550, com 4.463 casos novos, o maior aumento diário desde 14 de junho, segundo o balanço, enquanto continua um processo de desconfinamento e reativação da economia.
 

Os contágios continuam aumentando três semanas após a suspensão da quarentena obrigatória em 18 das 25 regiões do país.

Na região andina de Arequipa, uma das que permanece em quarentena e a principal fonte de contágio no país, o governo interveio no sistema público de saúde.

 

A revisão dos números de mortes da COVID-19 começou em 4 de junho por um grupo de trabalho do Ministério da Saúde e um representante da Organização Pan-Americana da Saúde, disse Mazzetti, que assumiu o cargo há uma semana.

 

As autoridades peruanas alertaram desde março que os números poderiam ser maiores e que o número exato de vítimas só seria conhecido após a pandemia.

O número oficial de mortos tornou-se uma questão controversa nas últimas semanas, com expectativas de que estivesse abaixo do real. Estima-se que o número exceda 44.000 mortes se casos suspeitos forem incluídos, segundo a imprensa local.

 

De acordo com um estudo publicado pelo The New York Times no início deste mês, o Peru está no topo da lista de países nos quais os dados sub-representam o balanço da crise, com uma sobremortalidade de 136% entre abril e junho.

 

Com 33 milhões de habitantes, o Peru é o segundo país com mais casos de coronavírus na América Latina, atrás do Brasil, e o terceiro em mortes, depois da gigante sul-americana e do México.

 

:clo11:

https://istoe.com.br/peru-supera-17-000-mortes-por-coronavirus-apos-admitir-sub-registro/

Link to post
Share on other sites


  • Replies 11.9k
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

Top Posters In This Topic

Popular Posts

Paciente de 66 anos se curou do Covid, galera. Vamos também repercutir as coisas boas, não vamos transformar esse ambiente só na desgraceira psicológica. 

"Médicos e paciente de 95 anos comemoram a cura da senhora, em Modena, Itália. Ela, a quem os profissionais da saúde chamam carinhosamente de Nonna, foi a primeira pessoa curada da Covid-19 na re

Países com maior número de casos confirmados em 24h - quinta (23/07)

 

1. Estados Unidos 69.443

2. Brasil 58.080

3. Índia 48.446 (recorde)

4. África do Sul 13.104

5. Colômbia 7.945

6. México 6.019

7  Rússia 5.848

8. Argentina 6.127 (recorde)

9. Peru 4.546

10. Bangladesh 2.856

 

Países com maior número de óbitos confirmados em 24h - quinta (23/07)

 

1. Brasil 1.317

2. Estados Unidos 1.166

3. México 790

4. Índia 755

5. Colômbia 315 (recorde)

6. Irã 221

7. Peru 199

8. África do Sul 153

9. Rússia 147

10. Indonésia 117

 

Worldometers 

Link to post
Share on other sites

Pessoal, óbvio que a situação não está tranquila. O Brasil estacionou em cima do platô mais alto do mundo.

SP capital vive uma queda nas mortes e casos, mas o restante do estado, salvo algumas cidades do interior, estão subindo agora. É um exemplo daquilo que falamos há tempos: o Brasil vive diferentes epidemias. Situação tranquila p/ o país que não conseguiu, mesmo que minimamente, controlar a epidemia é ilusão! A gente tem chão nisso...

 

Até mesmo a Argentina, que fez uma das quarentenas mais rígidas da América do Sul, está vivendo uma explosão de casos. 

 

A epidemia parece querer ser seguir seu curso. Aliado a isso vivemos o período auge de doenças respiratórias, o que contribuí demais para o agravamento da situação. E não podemos esquecer que flexibilizamos as atividades econômicas muito cedo... Não dá para esperar que a situação esteja tranquila. 

 

Eu ainda estou com Mandetta, que a situação pode estar melhor a partir de meados de agosto\começo de setembro. 

 

PS: isso, que mesmo no completo descontrole da epidemia, escapos de 1 milhão de mortos projetada para agosto! 

Edited by MERCURY
  • Like 3
Link to post
Share on other sites

Evolução de casos e mortes no Brasil entre quinta e sexta


Brasil: 2.343.366 (+55.891)

1. São Paulo: 463.218 (+11.211)
2. Ceará: 158.824 (+2.582)

3. Rio de Janeiro: 154.879 (+3.330)

4. Pará: 146.252 (+1.785)
5. Bahia: 142.767 (+4.409)
6. Maranhão: 112.683 (+1.195)

7. Minas Gerais: 106.812 (+4.244)
8. Amazonas: 95.424 (+1.205)

9. Distrito Federal: 92.414 (+2.391)

10. Pernambuco: 85.042 (+1.802)

11. Espírito Santo: 75.854 (+1.246)
12. Paraíba: 74.550 (+1.446)

13. Santa Catarina: 65.017 (+2.735)

14. Paraná: 64.259 (+2.255)

15. Rio Grande do Sul: 57.007 (+2.166)

16. Alagoas: 53.713 (+1.184)

17. Goiás: 52.847 (+2.389)

18. Sergipe: 51.132 (+1.735)

19. Rio Grande do Norte: 46.683 (+627)

20. Piauí: 44.349 (+1.170)

21. Mato Grosso: 42.206 (+1.451)

22. Amapá: 35.026 (+188)
23. Rondônia: 34.873 (+793)
24. Roraima: 28.874 (+942)

25. Mato Grosso do Sul: 20.303 (+632)

26. Tocantins: 19.965 (+542)
27. Acre: 18.393 (+236)


Mortes do Brasil

Brasil: 
85.238 (+1.156)

1. São Paulo: 21.206 (+312)
2. Rio de Janeiro: 12.654 (+119)
3. Ceará: 7.426 (+52)
4. Pernambuco: 6.237 (+26)
5. Pará: 5.646 (+30)
6. Amazonas: 3.199 (+6)

7. Bahia: 3.096 (+52)
8. Maranhão: 2.871 (+31)
9. Espírito Santo: 2.373 (+32)

10. Minas Gerais: 2.315 (+77)
11. Rio Grande do Norte: 1.666 (+16)

12. Paraíba: 1.653 (+35)

13. Paraná: 1.598 (+53)

14. Mato Grosso: 1.501 (+10)

15. Rio Grande do Sul: 1.494 (+38)

16. Alagoas: 1.471 (+14)

17. Goiás: 1.332 (+70)

18. Sergipe: 1.284 (+37)

19. Distrito Federal: 1.244 (+26)

20. Piauí: 1.215 (+31)

21. Santa Catarina: 844 (+32)
22. Rondônia: 801 (+17)

23. Amapá: 552 (+4)

24. Acre: 480 (+6)
25. Roraima: 465 (+7)
26. Tocantins: 334 (+8)
27. Mato Grosso do Sul: 281 (+15)

Edited by Loiríssimo
  • Like 1
Link to post
Share on other sites
  • Luan pinned this topic

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.






Important Information

By using this site, you agree to our Terms of Use.