Jump to content
×
×
  • Create New...


tv paga Canal Viva


Message added by Hess

Siga o tópico e ative notificações de novos comentários para não ficar de fora de tudo o que acontece no seu fixo favorito

Recommended Posts



Eu vou estrear nesse fórum pra dar uma corrigida em alguns mitos.

Tem um fã incondicional do Aguinaldo aqui que tem que entender que o que o Aguinaldo conta sobre Roque Santeiro não é exatamente o que aconteceu de verdade, até porque a outra parte da história já morreu e não pode rebater. E também tem que entender que o que o Aguinaldo fala sozinho no seu site e canal no Youtube não é o que ele mesmo já falou em outros lugares, quando existe gente que sabe a história e pode contestar...

Existe o documentário sobre Roque que foi exibido na Mostra de Cinema de SP de alguns anos atrás e no Canal Brasil, existem inúmeras matérias da época e dos anos seguintes contando a história real.

Então: Dias escreveu os capitulos iniciais de Roque em 1975 (e a peça que da origem a novela nos anos 60, claro) e esses capítulos são os 51 primeiros da versão que foi ao ar em 85. Claro que uma coisa ou outra foi atualizada, mas são os capitulos da novela original. São 51 e não 30 como hoje diz o Aguinaldo. A parte original do Dias termina quando a Marilda dá um tiro no personagem do Fabio Jr. Dias não "viajou por meses para a Europa" como diz Aguinaldo. Ele se reunia semanalmente com Aguinaldo e os colaboradores (Marcilio Moraes e Joaquim Assis). Os 4 davam o rumo da história embora Dias não escrevesse propriamente os capitulos. É notorio por exemplo que Aguinaldo foi voto vencido quando queria que o segredo que pairava sobre a cidade fosse revelado pelo Padre Albano por volta do Capitulo 90. Dias e os colaboradores foram contra. Aguinaldo se esquece dessa historia hoje, que ele já contou em outros tempos, para fingir que ele que decidia tudo...

Dias pede para assumir a novela sozinho a partir do Capítulo 162 para escrever os últimos 18 capítulos. A volta de Dias como titular acontece a partir do reencontro de Roque com os poderosos da cidade que julgavam que o plano para assassina-lo tinha dado certo. Dias tinha criado e começado a história e queria terminar. Aguinaldo surta e pede para sair. Dias assume sozinho e a novela que iria até o capítulo 180 é esticada e vai até o 209. Então façam as contas. Dias escreve do 1 ao 51 e do 162 até o 209 e Aguinaldo fica com o "meio", do 52 ao 161. Essa divisão inclusive é a usada pela Globo até hoje no pagamento de royalties. Aguinaldo hoje da a entender que Dias escreveu uns 40 capitulos. É mentira.

Dá pra ver muito bem as diferenças entre os dois periodos. A parte em que Aguinaldo é o titular tem humor mais escrachado, cenas menores, mais pastelão. Dias tinha muito humor mas mais contido, seu texto é mais político, e por vezes fica pesado e sombrio e a novela tem um ritmo mais lento, como nos anos 70.

Outra loucura do Aguinaldo é que ele diz agora que "esse é o meu universo ficcional, Tieta prova que Roque é minha novela". Na verdade, é Dias que inventa a "novela rural" no Brasil. Cidade pequena, realismo fantástico, histórias absurdas, personagens caricatos, subtexto político, retrato do país, etc. Isso com O Bem Amado. Depois a versão original de Roque que não foi ao ar e com Saramandaia. Aguinaldo depois de Roque, e hoje ele confirma que era para provar algo pra alguem (ele mesmo?), pega esse universo e o repete a exaustão por mais de 15 anos, numa sequencia de novelas bem sucedidas mas todas muito parecidas e que bebem na fonte de Roque e do universo de novelas de cidades pequenas criado pelo Dias nos anos 70.

Dias era mais versátil. Além de ter criado esse tipo de novela, fez outras sobre inúmeros temas. Dramas urbanos, tramas políticas, novelas ambientalistas quando isso ainda não era moda, tramas policiais, tramas que discutiam religião etc. Aguinaldo ficou girando em cima do seu remorso por não ter escrito o final de Roque até o inicio da decada passada, para só aí se jogar de cabeça em outro tipo de trama.

  • Like 13
Link to post
Share on other sites

Fora a loucura de dizer que Roque "só pegou" depois do capitulo 52, a fase do Aguinaldo. Isso é uma afirmacao estapafurdia, nao bate com os numeros da epoca, com a repercussao das primeiras semanas. Existem varias matérias na imprensa já nos primeiros dias da novela falando do sucesso que a história estava fazendo logo de cara. E a comoção causada no país com a volta do Roque a cidade e com ele tomando conhecimento da sua situação. E isso acontece entre os capítulos 26 e 35, é a parte mais emblemática da novela e faz parte dos capítulos escritos pelo Dias nos anos 70.

Link to post
Share on other sites
Agora, belkins disse:

No capítulo de hoje ainda a Tieta dá o ar da graça? 

Pelo que eu li em algum lugar, é o gancho de hoje,  e amanhã começa com ela retornando de vez. Mas não tenho certeza.

Link to post
Share on other sites
2 minutos atrás, Luiiz disse:

Pelo que eu li em algum lugar, é o gancho de hoje,  e amanhã começa com ela retornando de vez. Mas não tenho certeza.

Pelo jeito, acho q isso vai ser amanhã então, hoje não teve nada. 

Link to post
Share on other sites
12 horas atrás, HenriqueKe disse:

Eu vou estrear nesse fórum pra dar uma corrigida em alguns mitos.

Tem um fã incondicional do Aguinaldo aqui que tem que entender que o que o Aguinaldo conta sobre Roque Santeiro não é exatamente o que aconteceu de verdade, até porque a outra parte da história já morreu e não pode rebater. E também tem que entender que o que o Aguinaldo fala sozinho no seu site e canal no Youtube não é o que ele mesmo já falou em outros lugares, quando existe gente que sabe a história e pode contestar...

Existe o documentário sobre Roque que foi exibido na Mostra de Cinema de SP de alguns anos atrás e no Canal Brasil, existem inúmeras matérias da época e dos anos seguintes contando a história real.

Então: Dias escreveu os capitulos iniciais de Roque em 1975 (e a peça que da origem a novela nos anos 60, claro) e esses capítulos são os 51 primeiros da versão que foi ao ar em 85. Claro que uma coisa ou outra foi atualizada, mas são os capitulos da novela original. São 51 e não 30 como hoje diz o Aguinaldo. A parte original do Dias termina quando a Marilda dá um tiro no personagem do Fabio Jr. Dias não "viajou por meses para a Europa" como diz Aguinaldo. Ele se reunia semanalmente com Aguinaldo e os colaboradores (Marcilio Moraes e Joaquim Assis). Os 4 davam o rumo da história embora Dias não escrevesse propriamente os capitulos. É notorio por exemplo que Aguinaldo foi voto vencido quando queria que o segredo que pairava sobre a cidade fosse revelado pelo Padre Albano por volta do Capitulo 90. Dias e os colaboradores foram contra. Aguinaldo se esquece dessa historia hoje, que ele já contou em outros tempos, para fingir que ele que decidia tudo...

Dias pede para assumir a novela sozinho a partir do Capítulo 162 para escrever os últimos 18 capítulos. A volta de Dias como titular acontece a partir do reencontro de Roque com os poderosos da cidade que julgavam que o plano para assassina-lo tinha dado certo. Dias tinha criado e começado a história e queria terminar. Aguinaldo surta e pede para sair. Dias assume sozinho e a novela que iria até o capítulo 180 é esticada e vai até o 209. Então façam as contas. Dias escreve do 1 ao 51 e do 162 até o 209 e Aguinaldo fica com o "meio", do 52 ao 161. Essa divisão inclusive é a usada pela Globo até hoje no pagamento de royalties. Aguinaldo hoje da a entender que Dias escreveu uns 40 capitulos. É mentira.

Dá pra ver muito bem as diferenças entre os dois periodos. A parte em que Aguinaldo é o titular tem humor mais escrachado, cenas menores, mais pastelão. Dias tinha muito humor mas mais contido, seu texto é mais político, e por vezes fica pesado e sombrio e a novela tem um ritmo mais lento, como nos anos 70.

Outra loucura do Aguinaldo é que ele diz agora que "esse é o meu universo ficcional, Tieta prova que Roque é minha novela". Na verdade, é Dias que inventa a "novela rural" no Brasil. Cidade pequena, realismo fantástico, histórias absurdas, personagens caricatos, subtexto político, retrato do país, etc. Isso com O Bem Amado. Depois a versão original de Roque que não foi ao ar e com Saramandaia. Aguinaldo depois de Roque, e hoje ele confirma que era para provar algo pra alguem (ele mesmo?), pega esse universo e o repete a exaustão por mais de 15 anos, numa sequencia de novelas bem sucedidas mas todas muito parecidas e que bebem na fonte de Roque e do universo de novelas de cidades pequenas criado pelo Dias nos anos 70.

Dias era mais versátil. Além de ter criado esse tipo de novela, fez outras sobre inúmeros temas. Dramas urbanos, tramas políticas, novelas ambientalistas quando isso ainda não era moda, tramas policiais, tramas que discutiam religião etc. Aguinaldo ficou girando em cima do seu remorso por não ter escrito o final de Roque até o inicio da decada passada, para só aí se jogar de cabeça em outro tipo de trama.

Vc falou, falou, falou e não provou absolutamente nada. Porque este documentário é completamente parcial, da parte interessada em contar como ela queria que fosse........

Dias Gomes não inventou o gênero rural e Roque Santeiro chegou a 100 % de share quando Aguinaldo desenvolvia o enredo com muito humor e carisma. O senhor Dias estava lá na Europa porque nem ele acreditava no sucesso dessa novela.

Aposto todas as fichas que se não fosse Aguinaldo, Roque Santeiro teria feito sucesso, mas não mesmo nível que foi.

Os capítulos de maior audiência de Roque e consequentemente da história da tv brasileira foram escritos por Aguinaldo. Não basta vc apenas lançar o argumento do enredo, tem que saber desenvolver e Dias ficou com dor de cotovelo porque Aguinaldo o fez muitíssimo bem, muito além do que o próprio esperava.

Pegou o final da novela porque não queria que Aguinaldo ficasse com os méritos de praticamente todo o sucesso da trama.

Então, menos, colega, bem menos.

Quer tomar partido, ótimo, mas não queira saber mais que o próprio Aguinaldo que fez parte de toda esta trama.

Vai ver, vc sabe mais que ele e a própria família de Dias, que nunca negou este posicionamento do Aguinaldo........

Me poupe.

Link to post
Share on other sites

Aguinaldo Silva, Dias Gomes, colaboradores enfim... tanto faz quem escreveu mais, quem escreveu menos, uma coisa e certa roque santeiro e a novela mais super estimada que tem o final mais tosco da historia, ta pra nascer novela com o final mais ruim que o final original de roque santeiro.

Edited by Helenaldo
Link to post
Share on other sites
8 minutos atrás, Du Fernandes disse:

Estou dois capítulos atrasados com Tietao,  morto que a rainha já vai voltar, novela tá tão gostosa sem ela. 

Tieta é muito melhor que Roque Santeiro, o que mostra que Aguinaldo tem seu estilo próprio. Ela chega no capítulo de sexta se não me engano.

Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

  • Recently Browsing   1 member






Important Information

By using this site, you agree to our Terms of Use.