Jump to content
×
×
  • Create New...


Claro atinge maior velocidade de banda larga móvel em teste do 4,5G com Qualcomm e Ericsson


Recommended Posts

A tecnologia 5G ainda está em fase de testes. E, apesar de a Samsung acreditar ser possível implantar a nova velocidade de conexão à internet móvel até 2018, além de existir a chance de o Galaxy S9 e o LG G7 já saírem de fábrica com a tecnologia, a Nokia não acredita que ela chegue ao mercado antes de 2020.

Porém, antes mesmo do 5G, há espaço para evolução do 4G. Já há testes no Brasil em andamento para conexão ainda mais rápida na banda larga móvel, inclusive com parceria da Vivo, Qualcomm e Ericsson para torná-la realidade.

Live Tim prega peça de Halloween e zoa rivais por banda larga limitada13

Planos 01 Nov

Menos de 15% dos brasileiros têm acesso a banda larga fixa 0

Planos 16 Set

Mas foi outra operadora, a Claro, que conseguiu o melhor resultado em testes até agora. Também em parceria com as duas empresas de tecnologia, um teste na cidade de Araras, interior de São Paulo, registrou velocidade máxima de 682Mbps, com média de 652Mbps. A operadora chama a conexão de 4,5G.

Em dezembro do ano passado, testes realizados em Rio Verde utilizaram uma banda das frequências de 2.600, 1.800 e 700Mhz. Agora, em Araras, foram utilizadas as faixas de 2.600 e 1.800Mhz, sendo que a primeira já opera com duas bandas liberadas, o que amplia a capacidade da frequência utilizada.

Segundo a Claro, a experiência é “próxima ao conceito 5G”. Os testes realizados pela Vivo conseguiram alcançar a velocidade de download de 530Mbps. “Este é um importante passo para a evolução das redes de telefonia celular no Brasil”, celebrou o diretor de engenharia da Claro, André Sarcinelli.

Os testes

Para atingir tal velocidade, além das frequências agregadas, foram realizadas melhorias de software para as redes LTE disponíveis hoje, além de um terminal de testes com o modem Qualcomm Snapdragon X16 LTE.

As características combinadas incluem a utilização das tecnologias 4X4 MIMO, que dobra a capacidade de transferência de dados transmitidos para o smartphone do usuário, e LTE 256 QAM, que amplia a modulação no espectro disponível e melhora a eficiência da rede, multiplicando a taxa de transferência por 1,33 para os terminais móveis.

A operadora não informou quando pretende disponibilizar a nova tecnologia para o consumidor, ou se continuará a realizar testes, e por quanto tempo. No entanto, ainda há muitas áreas para receber a tecnologia 4G no Brasil para nos preocuparmos com o próximo passo

TudoCelular

Link to post
Share on other sites


Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

  • Recently Browsing   0 members

    No registered users viewing this page.

Important Information

By using this site, you agree to our Terms of Use.