Jump to content
×
×
  • Create New...


Pedro M.

Membro
  • Content Count

    345
  • Joined

  • Last visited

  • Pontos

    164 [ Donate ]

Posts posted by Pedro M.

  1. 15 minutos atrás, Fadokimi disse:

    Tens Eta, Viver a Vida e Totalmente demais?

     

    Audiências. ‘Tempo de Amar’ estreia a liderar em horário nobre

     

    A nova novela da noite da SIC, a brasileira Tempo de Amar, protagonizada por Bruno Cabrerizo, já conhecido dos portugueses de êxitos da ficção nacional como A Única Mulher e Ouro Verde, estreou em primeiro lugar no horário das 23h.

    O folhetim, lançado em 2017 pela Globo, já foi transmitido pelo canal brasileiro em território português, mas tem agora a estreia em sinal aberto, substituindo a portuguesa Golpe de Sorte, já na sua última semana de emissão. A estreia de Tempo de Amar correu de feição, fixando 8,2% de audiência média e 24,5% de share, valores acima da concorrente Amar Demais (7,9% / 20,7%) e da média da antecessora.

    Golpe de Sorte foi transmitida mais tarde, já depois da meia-noite, e obteve o share mais alto do ano, de 25,7%, com uma audiência média de 6,7%. Em sequência, Totalmente Demais (4,7% / 22,8%) segurou também o primeiro lugar, frente a Big Brother: Extra (4,3% / 20,8%). Durante esta semana, com a chegada de Tempo de Amar, o canal de Paço de Arcos continuará a prolongar a emissão de novelas até perto da uma da manhã.

    A SIC, que liderou o dia com 19,6% de quota de mercado, frente a 17,4% da TVI, dominou todo o período noturno. Jornal da Noite (12,9% / 22,5%) bateu Telejornal (9,9% / 17,1%) e Jornal das 8 (9,7% / 16,9%) e as telenovelas Amor Amor (13,3% / 24,8%) e Terra Brava (12,1% / 26,9%) também superaram facilmente Bem Me Quer (10,9% / 20,7%), da TVI, e Joker (4,9% / 9,2%) e Artur Entre Paredes (1,5% / 3,9%), da RTP1.

     

    ‘Daytime’ da TVI domina

     

    Se a noite foi da SIC, o dia foi em grande parte da TVI. Dois às 10 (4% / 18,6%) começou a semana a bater Casa Feliz (3,8% / 17,2%), e à tarde as novelas A Única Mulher (4,5% / 16,5%) e Destinos Cruzados (4,1% / 15,4%) venceram Linha Aberta (4% / 15%), o que permitiu mudar o cenário habitual nos horários seguintes.

    Júlia (4,1% / 13,5%) cedeu, ao fim de semanas, a liderança a Goucha (4,6% / 15,4%), que esteve em primeiro lugar durante quase toda a emissão. Na RTP1, somaram-se mínimos. A Filha da Lei (1,9% / 6,7%), Os Nossos Dias (1,4% / 5,2%) e A Nossa Tarde (1,7% / 6,1%) ainda não tinham feito tão maus resultados em 2021. O programa da tarde viu mesmo o documentário Ano Novo Chinês, emitido pela RTP2, a aproximar-se, com 0,7% de audiência média e 2,7% de share.

    Ao final da tarde foi a ficção a recuperar a performance da SIC, com Viver a Vida (9,2% / 20,9%) a liderar frente a Portugal em Direto (4,3% / 11,3%), Big Brother: Última Hora (7,4% / 18%) e ainda contra os primeiros minutos de O Preço Certo (10,7% / 20,8%).

    Êta Mundo Bom! (11,1% / 21,1%) continua acima do milhão de espectadores, mas cedeu a liderança ao concurso da RTP1 quando em confronto direto, não conseguindo manter a vantagem que a SIC trazia. O diário do Big Brother (8,9% / 17,3%) continua em terceiro.

     

    Outros destaques

     

    1. Bom Dia Portugal (1,5% / 16,2%) parece ter voltado a estabilizar na liderança frente a Esta Manhã (1,4% / 12%). Edição da Manhã (0,5% / 10,1%) e Alô Portugal (1,4% / 10,4%) não descolam do terceiro lugar.
    2. Primeira Pessoa com José Roquette teve o melhor resultado deste ano: 7,1% de audiência média e 12,4% de share.
    3. Mektoub, Meu Amor: Canto Primeiro foi o filme emitido em Tudo Menos Hollywood, da RTP2, com 0,7% de audiência média e 2,5% de share. Na sua parte final chegou a ultrapassar a RTP1.

    https://espalhafactos.com/2021/02/16/audiencias-tempo-de-amar-estreia-a-liderar-em-horario-nobre/

    • Like 1
  2. 25 minutos atrás, ANDY disse:

    Mas gente.

    Portugal até então era um exemplo no combate à pandemia.

    O que aconteceu?

     

    18 minutos atrás, Fadokimi disse:

    Mas por que chegou a estes níveis?

     

    Acho que Portugal foi muito mais eficaz nas medidas de março, talvez porque a pandemia demorou mais a chegar do que em outros países da Europa, e Portugal teve algum tempo para se preparar e para se espelhar nas medidas dos outros países. E mesmo o povo respeitou muito as medidas e o confinamento.

    Agora o governo não se preparou. Acho que não esperavam que esta vaga aumentasse tanto. Demoram muito a tomar medidas (as escolas continuam abertas, por exemplo). Também porque têm medo da crise económica que poderá vir e não querem fechar mesmo tudo. Depois, por exemplo, no Natal o governo quis fazer bonito e teve menos restrições. Deixou inclusive as famílias viajar pelo país sem restrições e eu acho que isso prejudicou muito. E depois o próprio povo neste momento respeita muito menos. As restrições do governo têm imensas exceções e as pessoas aproveitam isso.

    • Like 1
  3. 4 minutos atrás, Johnny disse:

    219 mortes pra um país de 10 milhões de habitantes é uma tragédia imensa! Em proporção é uma situação pior que a do Brasil atualmente

    Sim. Portugal neste momento está mesmo a ser o pior país do mundo, em termos de proporção.

    https://expresso.pt/coronavirus/2021-01-20-Covid-19.-Portugal-e-o-pais-do-mundo-com-mais-casos-por-milhao-de-habitantes-e-o-2.-em-mortes--pior-so-o-Reino-Unido-

  4. 5 minutos atrás, Rafael M disse:

    Bixo mais de 300 capítulos, quem aguenta? A menor foi A Teia de 175

    Mas tem versão internacional mais curta, também. 

    Eu acho que Mar Salgado podia ir bem no Brasil. Tem uma história muito folhetinesca e tem uma família principal com segredos, mocinha determinada a enfrentar os vilões. É muito boa. 

    • Like 2
  5. ‘Amor à Vida’ bate máximo e é mais vista que todas as novelas da TVI

    A repetição da telenovela Amor à Vida, emitida às 18h15 na SIC, registou um recorde de audiência e foi mais vista que todas as telenovelas da concorrente TVI, mostram os dados da GfK/CAEM.

    A trama, que já está em exibição há mais de um ano, marcou 10,3% de audiência média e 25,5% de share, batendo um novo máximo pelo segundo dia consecutivo, com 979 mil espectadores. Da autoria de Walcyr Carrasco, a novela brasileira tem estado a repetir, ao final da tarde, os bons resultados que registou aquando da exibição original na SIC, em 2013.

    Estes valores permitiram Amor à Vida bater inclusivamente Amar Demais (10,3% de rating / 973,8 mil espectadores / 19,8% de share) e Quer o Destino (9,5% / 23,3%), transmitidas em horário nobre pelo canal de Queluz. À noite, o domínio continuou do lado da SIC, com Nazaré (13,3% / 25,2%) e Terra Brava (12,3% / 26,1%) a assumirem a despesa. Golpe de Sorte (7,5% / 20,9%) continua a vacilar ao fim da noite.

    Nos totais diários, a SIC dilatou a vantagem para 3,3 pontos percentuais: 19,6% contra 16,3% da TVI. A RTP1 marcou 12,3%.

    Nos primeiros 20 dias de outubro, a SIC recuou 1,2 pontos percentuais face à média de setembro, estando atualmente fixada nos 18,6%. A TVI marca 16,3% e vê a distância para a principal concorrente a encurtar-se. A RTP1 cresceu 1,2 pontos percentuais e está com uma média de 12,8% até ao momento.

    Outros destaques

    • Big Brother bateu novos máximos de audiência ao final da tarde com Última Hora (5,8% / 14%) e Diário (8,6% / 17,2%). Este último, apresentado por Teresa Guilherme, chegou mesmo a bater O Noivo É Que Sabe (8,6% / 17,2%) por alguns minutos.
    • O Preço Certo voltou a crescer e consolidou a liderança às 19h, com 11,7% de audiência média e 23,8% de share. O programa de Fernando Mendes teve mesmo o minuto mais visto do dia na televisão portuguesa, com um pico de 14,3% de audiência média e 28,4% de share, às 19h57.
    • O lead-in forte do concurso levou o Telejornal aos 10% de audiência média, com 19% de share. O informativo do canal público liderou mesmo durante os primeiros 10 minutos, mas acabou por ser ultrapassado pelo Jornal da Noite (11,9% / 22,5%). O Jornal das 8 (9,1% / 17,2%) foi terceiro.
    • Casa Feliz (4% / 18,7%) e Você na TV! (3,9% / 18,1%) continuam taco-a-taco, mas Praça da Alegria (2,9% / 13,7%) chegou-se à frente e liderou nos primeiros 20 minutos de exibição.
    • À tarde, Júlia (5,8% / 19,7%) liderou do início ao fim contra A Tarde É Sua (3,5% / 11,8%).
    • A nova temporada de #EstudoEmCasa tem estado com audiências muito reduzidas. Entre as 09h e as 16h29, altura em que foram emitidas as aulas, a RTP Memória marcou 0% de audiência média e 0,1% de share, o equivalente a uma média de 1.200 espectadores.

    https://espalhafactos.com/2020/10/21/amor-a-vida-bate-maximo-e-e-mais-vista-que-todas-as-novelas-da-tvi/

Important Information

By using this site, you agree to our Terms of Use.