Jump to content
×
×
  • Create New...


  • NOVELAS QUE FORAM INSPIRADAS EM FILMES

     

     

    Para compor suas tramas, alguns autores de novelas se inspiraram em clássicos da Sétima Arte. Seja no núcleo principal, parte da história ou o enredo completo, os filmes foram essenciais para a composição de várias novelas. Vamos conhecer algumas?

     

    ENCONTRO DE AMOR - Una Maid in Manhattan (2011)

    O longa “Encontro de Amor” protagonizado pela atriz e cantora Jennifer Lopez - coringa da Sessão da Tarde -, inspirou a novela “Una Maid en Manhattan”, produzida pela Telemundo em 2011. O título da novela, inclusive, faz referência ao título em inglês do filme protagonizado por Lopez “Maid in Manhattan”.

     

    UAUCUlc.png

    (Créditos: Divulgação)

     

    Na história, Marisa (Litzy Domingues) é uma moça pobre que se muda com seu filho para Manhattan em busca de novas oportunidades e uma vida melhor. Ela conhece um jovem chamado Cristóbal Parker (Eugenio Siller), filho de um senador e herdeiro de uma grande fortuna. É aí que sua vida muda completamente.

     

    AMOR DE MÃE - Erin Brockovich - Uma Mulher de Talento (2000)

    Na novela de Manuela Dias, a personagem Vitória (Taís Araújo) é uma renomada advogada e um dos seus trabalhos é defender pessoas que adoeceram ou perderam parentes por causa do envenenamento das águas de Guaporim. As cenas dela com os moradores imitaram as do filme Erin Brockovich - Uma Mulher de Talento (2000).

     

    Ez8C3sH.png

    (Créditos: Reprodução)

     

    A produção estrelada por Julia Roberts retratou a história real de Erin Brockovich. Mãe de três filhos, ela trabalhava em um escritório de advocacia quando descobriu que a água de uma cidade estava sendo contaminada e espalhando doenças. No Twitter, muitos usuários apontaram as semelhanças entre a novela e o longa-metragem.

     

    ÊTA MUNDO BOM - Candinho (1954)

    A trama de Walcyr Carrasco, reprisada com êxito no Vale a Pena Ver de Novo recentemente, é inspirada no filme “Candinho”, de Abílio Pereira de Almeida, com data do ano de 1954. Protagonizado pelo lendário Mazzaropi, o filme deu fama ao ator que assumiu o papel do “caipira”, tornando sua marca registrada.

     

    vLJ2FKS.png

    (Créditos: Divulgação)

     

    A estrutura do filme é basicamente a mesma da novela, com algumas alterações. No filme e na novela, a fazenda Dom Pedro II é o cenário onde o protagonista é encontrado. Ele cresce e se envolve com a filha do fazendeiro Quinzinho, Filoca (que na novela virou Filomena), mas logo é expulso de casa.

     

    Todos na fazenda são influenciados pela sabedoria do professor Pancrácio, hóspede de Quinzinho, que ensina a Candinho sua filosofia de vida: tudo que acontece de ruim é para melhorar a vida da gente, a qual ele sempre repete como um ditado.

     

    Uma das grandes diferenças entre as tramas é a ausência de Anastácia no filme. Por lá, a mãe de Candinho morreu após o nascimento dele e descobre-se que ele possui parentesco com Quinzinho, tornando-se herdeiro da fazenda. A cena final da novela é uma homenagem explícita ao filme de Mazzaropi.

     

    O OUTRO LADO DO PARAÍSO - Kill Bill (2003)

    Em entrevista ao O Globo antes da estreia da novela, o diretor Mauro Mendonça Filho afirmou que a novela de Walcyr Carrasco era inspirada no filme dirigido por Quentin Tarantino. “Essa vingança tem como inspiração ‘Kill Bill’ (de Quentin Tarantino). Eu fiz as contas: Clara vai querer dar o troco em sete pessoas, o que é meio cabalístico. Estamos num momento em que as mulheres têm dado um basta nos abusos, no machismo. O retorno é histórico”, disse Maurinho na época.

     

    KkGXzfl.png

    (Créditos: Divulgação)

     

    Na história, Clara (Bianca Bin) é uma moça que vive sobre uma mina de esmeraldas no interior do Tocantins. Ela se envolve com Gael (Sérgio Guizé) e desperta a fúria e ganância da mãe do rapaz, Sophia (Marieta Severo). Do decorrer da trama, Clara é vítima de uma armação e terá que se vingar de um grupo de pessoas que a mandaram para um manicômio.

     

    O OUTRO LADO DO PARAÍSO - Madame X (1966)

    Ainda em O Outro Lado Paraíso, outro filme serviu de inspiração para um dos núcleos da novela. A história de Elizabeth (Glória Pires) é baseada no longa Madame X, protagonizado por Lana Turner em 1966.

     

    Na novela de Walcyr Carrasco, Elizabeth (Gloria Pires) é uma mulher de origem humilde que se casou com um diplomata, Henrique (Emilio de Mello), com quem tem a filha Adriana (Julia Dalavia). Seu sogro, Natanael (Juca de Oliveira), julga que ela não está à altura do filho e da posição de embaixatriz. Por isso, arma uma armadilha para ela. Com a ajuda de Jô (Barbara Paz), Natanael consegue que Elizabeth se aproxime e se envolva com Renan (Marcello Novaes). O empresário, porém, morre acidentalmente diante dela. O sogro aproveita a situação para chantageá-la e a convence a forjar a própria morte para não ser presa.

     

    qsMapDZ.png

    (Créditos: Reprodução)

     

    Roteiro parecido com o filme Madame X. Holly (Lana Turner) casa-se com um milionário com aspirações políticas, despertando a fúria de sua sogra Estelle (Constance Bennett). Através de armações da sogra, Holly se envolve com um homem e ele acidentalmente morre. Chantageada, ela abandona o marido e filho e foge.

     

    Curiosamente, nas duas histórias um passeio de barco é usado para forjar a morte das personagens. Outro fator que as une é que ambas enfrentam problemas com álcool no decorrer de suas tramas. 

    Outro ponto ainda é semelhante nas tramas. No futuro elas serão defendidas por seus próprios filhos: Elizabeth - que agora é Duda, terá ajuda de Adriana, sua advogada que é na verdade sua filha. Holly, que muda de nome para Madame X, também é defendida por um advogado jovem e idealista que sente por ela um grande afeto. Ele é na verdade seu filho.

     

    E aí, lembra de outra novela que foi inspirada em algum filme?

    • Like 3

    User Feedback

    Recommended Comments

    "As Filhas da Mãe" também tem como premissa essa história de Madame X. A personagem da Fernanda Torres/Fernanda Montenegro é convidada para uma festa num antiquário, que na verdade é apenas um encontro com o dono, que a assedia, acabando por ter um acidente e morrendo. Aí o marido milionário da Fernanda a chantageia e ela forja a própria morte, virando diretora de Hollywood premiada com muitos óscares.

    • Like 1
    Link to comment
    Share on other sites

    OOLDP não chega nem aos pés de Kill Bill, porém concordo que a inspiração foi no filme, principalmente pela Clara ter sua lista de inimigos, assim como a Beatrix Kido tinha. Porém as vinganças da Clara foram extremamente xoxas perto das de Kill Bill.

    Link to comment
    Share on other sites


    Guest
    Add a comment...

    ×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

      Only 75 emoji are allowed.

    ×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

    ×   Your previous content has been restored.   Clear editor

    ×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


  • Recently Browsing   0 members

    No registered users viewing this page.





Important Information

By using this site, you agree to our Terms of Use.