Jump to content


Prováveis coligações na eleição presidencial de 2022


Henri
 Share

Recommended Posts

Considerando as articulações atuais e apenas os partidos acima da cláusula de barreira

 

Lula - PT, PSB, PCdoB, PSOL, SD, PV

Bolsonaro - PL, PP, Republicanos, PSC, PTB

Sérgio Moro - Podemos, União Brasil

Ciro Gomes - PDT

João Dória - PSDB, Cidadania

Simone Tebet - MDB

Rodrigo Pacheco - PSD

 

Indefinidos: PROS, Avante, Patriota

 

 

Link to comment
Share on other sites

2 horas atrás, Matheusbp disse:

Sérgio Moro tem tentado atrair o Republicanos e até o PSC.

 

Será que PV fica com o Lula/Alckmin mesmo? A depender da federação.

Pode ser que o Moro atraia o Patriota, né? Já que pode apoiar o Arthur do Val em SP. Não que seja grande coisa, é um partido pequeno, mas melhor do que nada hahahaha

 

O PV acredito que fique com o Lula, sim, já que está querendo a federação. Mesmo se não sair a federação, vão ter que dar um 360 pra justificar apoiar outro candidato, né?

 

As movimentações mais importantes que ainda podem acontecer, na minha opinião, virão justamente de eventuais retiradas de candidaturas, seja do Pacheco, da Simone, do Moro... 

  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

Só o Kassab que colocou o PSD numa encruzilhada. Ele não deve apoiar o Moro, porque é anti lava jato. Não deve apoiar o Dória, porque rompeu com ele e queria fazer o Alckmin governador justamente pra se vingar. Não deve apoiar o Bolsonaro porque vem o criticando constantemente há um bom tempo. Também não deve apoiar o Lula, porque vem insistindo muito na tecla de que não vai abrir mão da candidatura própria para indicar vice do Lula, porque tem o compromisso com os deputados do PSD de manter o partido no "centro" político e não pender nem pra esquerda (Lula), nem pra direita (Bolsonaro)

 

E o Pacheco é um candidato fraquíssimo. Ou seja, só restaria pro Kassab apoiar o Ciro ou a Simone

 

A não ser que ele insista no Pacheco pra ter 1% (não sei nem se o próprio vai querer esses desgaste) ou reverta alguma das situações do primeiro parágrafo para apoiar algum daqueles candidatos

Link to comment
Share on other sites

19 minutos atrás, Henri disse:

Só o Kassab que colocou o PSD numa encruzilhada. Ele não deve apoiar o Moro, porque é anti lava jato. Não deve apoiar o Dória, porque rompeu com ele e queria fazer o Alckmin governador justamente pra se vingar. Não deve apoiar o Bolsonaro porque vem o criticando constantemente há um bom tempo. Também não deve apoiar o Lula, porque vem insistindo muito na tecla de que não vai abrir mão da candidatura própria para indicar vice do Lula, porque tem o compromisso com os deputados do PSD de manter o partido no "centro" político e não pender nem pra esquerda (Lula), nem pra direita (Bolsonaro)

 

E o Pacheco é um candidato fraquíssimo. Ou seja, só restaria pro Kassab apoiar o Ciro ou a Simone

 

A não ser que ele insista no Pacheco pra ter 1% (não sei nem se o próprio vai querer esses desgaste) ou reverta alguma das situações do primeiro parágrafo para apoiar algum daqueles candidatos

O Kassab é um cara inteligente, acho que está costurando algum acordo com o PT por debaixo dos panos e pode acabar jogando um balde de água fria no PSB. Alckmin no PSD seria perfeito para vice do Lula.

Link to comment
Share on other sites

5 minutos atrás, Pinscher disse:

O Kassab é um cara inteligente, acho que está costurando algum acordo com o PT por debaixo dos panos e pode acabar jogando um balde de água fria no PSB. Alckmin no PSD seria perfeito para vice do Lula.

A questão é que recentemente já até saiu notícia dele próprio dizendo que seria uma desmoralização para ele abrir mão da candidatura própria para apoiar o Lula depois de insistir tanto. Para que daria esse tipo de declaração?


Fora que se ele tiver um compromisso com os deputados federais de não apoiar o Lula, ele não vai apoiar. Até porque para o partido o mais importante é ter uma bancada de federais grande. Ele garantindo isso, adere ao Lula depois que ele já estiver eleito em troca do apoio na câmara

  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

Eu acho que o povo tá contando muito com o ovo no ** da galinha. Acho que na hora H o povo vai dar uma guinada pra candidatos que representem o equilíbrio, tanto nas declarações quanto nas propostas de governo. É o que tenho ouvido, tem que votar no mais equilibrado, coisa que Lula, Bolsonaro, Ciro e Doria não são. Moro pode até ser mas tem o fator rejeição por ter colocado Lula na cadeia e ter saído do governo Bolsonaro, portanto os mais sensatos e equilibrados são Pacheco e Simone Tebet que por sinal possuem as menores rejeições e muitos ainda não os conhece. Podendo portanto ocorrer o mesmo fenômeno que em 2020 nas eleições municipais, onde os candidatos apoiados por Lula e Bolsonaro fiascaram e o povo quis alguém de centro. Isso pode perfeitamente se repetir em 2022, é uma tendência, e o melhor cenário para todos, um governo de convergência e equilíbrio. 

Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

 Share

  • Recently Browsing   0 members

    • No registered users viewing this page.
×
×
  • Create New...

Important Information

By using this site, you agree to our Terms of Use.