Jump to content


Arquivo Rede Manchete


Heidy
 Share

Recommended Posts

Chegaram a postar 2h20 do show inaugural no YouTube em dois canais diferentes, mas deletaram! Que ódio! Eu tinha baixado no meu HD externo, mas na hora de formatar meu notebook, eu me f*di e perdi o arquivo por besteira.

O que está no YouTube hoje:

Never Gonna Let You Go - Sérgio Mendes (show inaugural) - participação de Joe Pizzulo e Gracinha Leporace (esposa de Sérgio Mendes e voz feminina nos temas de Renascer e A Indomada). Amo esse videoclipe pelos ângulos, edição e pela agradáveis feições de Gracinha. 
 


Sapato Velho (a capella!) e Anjo (playback) - Roupa Nova (show inaugural) - eu fiquei arrepiado com a afinação dos caras!
 

 

  • Like 1
Link to comment
Share on other sites



Média das novelas, minisséries e tapa buracos da Manchete em São Paulo na faixa das 21h30:

 

Marquesa de Santos (1984) - 4.5 (5)

Anna Karenina (1984) - 1.4

Viver a Vida (1984) - 1.7

Santa Marta Fabril S.A. (1984) - 2.1

Tudo em Cima (1985) - 1.4

Dona Beija (1986) - 5.7

Novo Amor (1986) - 3.2

Mania de Querer (1987) - 2.5 (2)

Corpo Santo (1987) - 3.0

Carmem (1987/88) - 3.4

Dona Beija: reprise (1988) - 2.7

Olho por Olho (1988/89) - 1.4

Helena: reprise (1989) - 1.4

Kananga do Japão (1989/90) - 4.1

Pantanal (1990) - 21.7

A História de Ana Raio e Zé Trovão (1990/91) - 15.6

O Fantasma da Ópera (1991) - 3.3

Amazônia (1991/92) - 3.1

Guerra sem Fim (1993/94) - 2.1

74.5: Uma Onda no Ar (1994) - 1.4

Tocaia Grande (1995/96) - 3.9

Xica da Silva (1996/97) - 9.3

Mandacaru (1997/98) - 6.2

Brida (1998) - 1.9

Pantanal: reprise (1998/99) - 2.8

  • Like 2
Link to comment
Share on other sites

39 minutos atrás, Junior Lins disse:

74.5 deu quanto de MG? Para quem não sabe, essa novela foi protagonizadas por Leticia Sabatella

 

Uma curiosidade é que 74.5 chegou a ser exportada e de quebra foi reprisada para toda a América Latina pelo extinto canal Teleuno (atual AXN).

 

59 minutos atrás, Dom disse:

TV MS, hoje filiada à Record, transmitiu a Manchete aqui entre 1987 e 1995. Tinham duas edições do MS em Manchete, e foi uma das maiores produtoras de Pantanal, fazia a ponte entre a sucursal no Rio de Janeiro e a fazenda do Sérgio Reis, onde era concentrada a produção. A afiliação azedou em outubro de 1995, quando a Record tava se expandindo e a Manchete já vinha em decadência. Nem retransmissora teve mais. Por isso a RedeTV nem pega aqui na TV aberta.

 

Curiosidade: a primeira vez que MS viu Xica da Silva foi no SBT em 2005, assim como Mandacaru na Band em 2006/2007. Ambas foram reprisadas com caráter de inéditas por aqui.

 

Situação parecida com a que viveu João Pessoa. Quem transmitiu a Manchete na capital paraibana foi a TV Tambaú entre 1991 e 1995 (antes disso havia uma retransmissora no canal 13, que deu origem à TV Correio). Aí, em 1 de julho de 1995, a TV Tambaú passou a transmitir o sinal do SBT e a TV O Norte, que era SBT, passou a transmitir o sinal da Rede Record para a surpresa de todos. A Manchete sequer fez um esforço de instalar uma retransmissora e ficamos sem o sinal dela até o finalzinho de 1997. A TV O Norte perdeu o sinal da Record no último dia de 1997 pra TV Correio e logo passou a transmitir o sinal da Manchete, que assim ficou até 18/02/98, quando abruptamente passaram a transmitir a Flopeirantes.

A RedeTV! só chegou por aqui em 03/06/08, quando a TV Arapuan canal 14 UHF entrou em caráter experimental. Xica da Silva era inédita em João Pessoa, mas Mandacaru não (por causa do curto período de exibição no comecinho de 98).

Link to comment
Share on other sites

3 horas atrás, Fadokimi disse:

Grade de Programação de jun/1997 (Segunda a Sexta)

 

07:00 Telemanhã - telejornal 
07:30 Religioso
08:00 Religioso

08:30 Espaço Renascer - Religioso 
09:30 Shurato
10:00 Gente Importante - entrevistas
11:00 Televendas- Grupo Imagem 
12:00 Cavaleiros do Zodíaco 
12:30 Edição da Tarde 
13:30 De Bem com a Vida - Religioso
14:00 Televendas Grupo Imagem

15:00 Mulher de Hoje - com Beth Russo
18:00 Clube da Criança- com Debby
18:30 Vila do Tiririca - infantil
19:00 Cavaleiros do Zodíaco
19:30 Na Rota do Crime - com Florestan Fernandes
20:00 Kanaga do Japão - Novela Reprise
20:40 Jornal da Manchete - com Marcia Peltier e Marcos Hummel
21:40 Xica da Silva - novela
22:40 
- seg: 24 Horas
- ter: Marcia Peltier Pesquisa
- qua: Câmera Manchete / Mistério
- qui: Business
- sex: Na Rota do Crime
00:00 Manchete Verdade - com Ronaldo Rosas
00:35 Religioso

 

Essa foi a melhor fase da Manchete em São Paulo graças à Xica da Silva, que ficava sempre nos dois dígitos. O Jornal da Manchete tinha mais audiência que o similar da Record (6 x 4). Mas a grade estava meio combalida: vejam que das 18 horas de programação (7am - 1am), 4 estão nas mãos de religiosos, alguns em horários razoavelmente competitivos como de 11am às 12pm e de 1:30pm às 3pm. 

Link to comment
Share on other sites

1 minuto atrás, PierreDumont disse:

 

Essa foi a melhor fase da Manchete em São Paulo graças à Xica da Silva, que ficava sempre nos dois dígitos. O Jornal da Manchete tinha mais audiência que o similar da Record (6 x 4). Mas a grade estava meio combalida: vejam que das 18 horas de programação (7am - 1am), 4 estão nas mãos de religiosos, alguns em horários razoavelmente competitivos como de 11am às 12pm e de 1:30pm às 3pm. 

Mas nada é diferente com a RedeTV.

Link to comment
Share on other sites

1 hora atrás, Dom disse:

Média das novelas, minisséries e tapa buracos da Manchete em São Paulo na faixa das 21h30:

 

Marquesa de Santos (1984) - 4.5 (5)

Anna Karenina (1984) - 1.4

Viver a Vida (1984) - 1.7

Santa Marta Fabril S.A. (1984) - 2.1

Tudo em Cima (1985) - 1.4

Dona Beija (1986) - 5.7

Novo Amor (1986) - 3.2

Mania de Querer (1987) - 2.5 (2)

Corpo Santo (1987) - 3.0

Carmem (1987/88) - 3.4

Dona Beija: reprise (1988) - 2.7

Olho por Olho (1988/89) - 1.4

Helena: reprise (1989) - 1.4

Kananga do Japão (1989/90) - 4.1

Pantanal (1990) - 21.7

A História de Ana Raio e Zé Trovão (1990/91) - 15.6

O Fantasma da Ópera (1991) - 3.3

Amazônia (1991/92) - 3.1

Guerra sem Fim (1993/94) - 2.1

74.5: Uma Onda no Ar (1994) - 1.4

Tocaia Grande (1995/96) - 3.9

Xica da Silva (1996/97) - 9.3

Mandacaru (1997/98) - 6.2

Brida (1998) - 1.9

Pantanal: reprise (1998/99) - 2.8

Pantanal foi reprisada um anos depois que acabou 

Link to comment
Share on other sites

1 hora atrás, PierreDumont disse:

 

Essa foi a melhor fase da Manchete em São Paulo graças à Xica da Silva, que ficava sempre nos dois dígitos. O Jornal da Manchete tinha mais audiência que o similar da Record (6 x 4). Mas a grade estava meio combalida: vejam que das 18 horas de programação (7am - 1am), 4 estão nas mãos de religiosos, alguns em horários razoavelmente competitivos como de 11am às 12pm e de 1:30pm às 3pm. 

E eles colocaram uma reprise antes do telejornal

Link to comment
Share on other sites

Aqui em Alagoas, a Manchete era retransmitida pela TV Alagoas (atual TV Ponta Verde), logo em seguida ela passou a ser afiliada da CNT e, posteriormente, afiliada do SBT (depois que a TV PAJUÇARA se filiou a RecordTV), por conta da crise financeira foi vendida ao Grupo Opinião e virou TV PONTA VERDE. Canal 5  VHF 

Link to comment
Share on other sites

Até onde eu lembro, aqui na Bahia a Manchete teve a TV Bahia como a primeira afiliada em 1985, dois anos depois, houve a polêmica troca de afiliações entre as TV's Bahia e Aratu (Caso NEC) e a Aratu passou a ser afiliada da rede dos Blochs em Salvador, juntamente com a TV Cabrália em Itabuna.

Em 1993, a Cabrália troca a emissora pelo SBT e em 1995 a Aratu abandona a rede por conta da crise e por ter sido arrendada pela CNT. Após isso, eles mantiveram uma RT em Salvador no canal 18 e contaram com a entrada da TV Sul Bahia de Teixeira de Freitas no ano seguinte (1996), mas ela só permaneceu na rede por um ano. Essa RT de Salvador acompanhou a transição para a RedeTV!

 

 

Espero que ajude e estou aberto a contribuir com mais detalhes da história da Manchete na Bahia (na medida do possível)

Edited by Matheus Santana
  • Like 4
Link to comment
Share on other sites

@Clô Hernandes apresentou Clô para os Íntimos, Clodovil Frente e Verso e Clodovil Abre o Jogo na Manchete. Foi lá que lançou o bordão "Olhe para a lente da verdade e me diz..." ao fazer perguntas inesperadas aos entrevistados. Chegou a ser demitido em 1988 após ter chamado a então Assembleia Constituinte de "Prostituinte", mas depois de muitos pedidos voltou em grande estilo em 1991 para apresentar o "Clodovil Abre o Jogo", programa icônico de entrevistas que ia ao ar no horário nobre da emissora.

 

 

Link to comment
Share on other sites

32 minutos atrás, Sonia disse:

@Clô Hernandes apresentou Clô para os Íntimos, Clodovil Frente e Verso e Clodovil Abre o Jogo na Manchete. Foi lá que lançou o bordão "Olhe para a lente da verdade e me diz..." ao fazer perguntas inesperadas aos entrevistados. Chegou a ser demitido em 1988 após ter chamado a então Assembleia Constituinte de "Prostituinte", mas depois de muitos pedidos voltou em grande estilo em 1991 para apresentar o "Clodovil Abre o Jogo", programa icônico de entrevistas que ia ao ar no horário nobre da emissora.

 

 

Ele revolucionou a história desse país :clo6:

Link to comment
Share on other sites

rPgWVNI.png

 

Essa é a primeira publicação do Arquivo Rede Manchete: Biografia, e para nossa primeira edição uma homenagem ao Jornalista e Dramaturgo Wilson Aguiar Filho que nos deixou precocemente em 1991 aos 39 anos de idade. 

 

WILSON AGUIAR FILHO

 

131-0.jpg

 

Carioca – filho do veterano ator Wilson Aguiar, primo-irmão da novelista Glória Perez – Wilson Aguiar Filho nasceu em 25 de dezembro de 1951 e faleceu em 23 de agosto de 1991, aos 39 anos, em um acidente de trânsito, no Rio de Janeiro. Formado em Jornalismo, foi repórter de jornais como O Globo e escreveu histórias em quadrinhos para a Rio Gráfica Editora antes de entrar para a televisão.

 

wilsonaguiarf_foto.jpg

 

 

Sua estreia na televisão aconteceu em 1978, no seriado Kika e Xuxu, junto de Juarez Machado. No ano seguinte, escreveu sua primeira telenovela: Memórias de Amor, adaptando O Ateneu de Raul Pompéia.

 

 

 

 

Em 1980, fez sua segunda telenovela, Marina, com direção geral de Herval Rossano, seguida por O amor é nosso, sua estreia no horário das 19h, em 1981.

 

 

 

No ano seguinte, foi contratado pela Rede Bandeirantes para terminar Os Imigrantes, que não pôde ser escrito pelo autor Benedito Ruy Barbosa. Ainda na Bandeirantes, escreveu a última produção da emissora por muitos anos: Maçã do Amor, de 1983.

 

 

Em 1984, foi contratado pela recém-inaugurada Rede Manchete e escreveu a primeira produção teledramatúrgica da emissora, a minissérie Marquesa de Santos, com Maitê Proença.

 

 

Dois anos depois, escreveu o primeiro grande sucesso da emissora, Dona Beija.

 

 

 

Em 1987 escreveria junto com Leila Míccolis os últimos capítulos de Corpo Santo, novela de José Louzeiro e Cláudio MacDowell.

 

 

Outro grande sucesso da Manchete assinado por Wilson foi Kananga do Japão (1989), protagonizada por Raul Gazzola e Christiane Torloni.

 

 

Neste ínterim, teve uma nova passagem pela Globo, escrevendo com Walter Avancini as minisséries comemorativas Abolição e República.

 

 

 

No ano de 2010, o Canal RCN Televisión da Colômbia produziu a novela 'Doña Bella', uma livre adaptação de Dona Beija, e seu nome é destacado na abertura como Wilson Almeida Aguiar Filho.

 

 

 

Wilson Aguiar Filho faleceu em um acidente de trânsito aos 39 anos, no Rio de Janeiro. Era primo-irmão da novelista Glória Pérez e filho do também ator Wilson Aguiar.

 

OBRAS

 

  • Kika e Xuxu (1978, Globo, seriado, co-autor)
  • Memórias de amor (1979, Globo)
  • Marina (1980, Globo)
  • O amor é nosso (1981, Globo, parcial com Roberto Freire)
  • Os imigrantes (1982, Bandeirantes, parcial com Benedito Ruy Barbosa)
  • Maçã do amor (1983, Bandeirantes)
  • Marquesa de Santos (1984, minissérie, TV Manchete)
  • Dona Beija (1986, TV Manchete)
  • A Rainha da Vida (1987, minissérie, TV Manchete)
  • Olho por olho (1988, TV Manchete, baseada no argumento de Wilson Aguiar Filho)
  • Abolição (1988, Globo, minissérie)
  • República (1989, Globo, minissérie)
  • Kananga do Japão (1989, TV Manchete)

 

 

FONTES DOS TEXTOS: SITE TELEDRAMATURGIA E WIKIPEDIA.

 

 

Edited by Heidy
  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

 Share

  • Recently Browsing   0 members

    • No registered users viewing this page.
×
×
  • Create New...

Important Information

By using this site, you agree to our Terms of Use.