Jump to content


mrhouse58

Membro
  • Posts

    2,533
  • Joined

  • Last visited

  • Pontos

    4,438 [ Donate ]

Everything posted by mrhouse58

  1. A irmã do Thardelly foi minha professora de História lá em Cajazeiras-PB. Uma pessoa ímpar, brilhante, maravilhosa.
  2. Eu nunca entendi como um país com tantos talentos na arte, especialmente NO CINEMA (sim, o cinema mexicano chegava a se igualar a muitos filmes americanos nos anos 70 e 80) e tão avançado na sétima arte pode ter uma produção televisiva tão RUIM. Péssima! Os atores e diretores de cinema mexicanos são os melhores da América Latina DE LONGE. E sim, muitos chegam a superar filmes independentes de Hollywood. Entretanto, a produção de novelas é SOFRÍVEL! Atuações porcas, direção preguiçosa e enredos clichês para dizer o mínimo. E a produção que não convence ninguém… O mais chocante: a Televisa por muitos anos teve CEM POR CENTO de toda a verba publicitária privada e pública do México (o segundo maior mercado da América Latina) e SÓ PRODUZIA PORCARIA. Por outro lado, países como Venezuela e Colômbia que tinham orçamentos publicitários bem menores produziram verdadeiros clássicos com bem menos refino em produções do que os enredos, atores e diretores mereciam justamente por estarem em países menores, que tinham menos dinheiro para investir. Resultado: temos atores, diretores e textos bons em várias novelas colombianas e venezuelanas, mas uma produção menor pela limitação de orçamento. Eu percebo muito isso nas obras do Gaitán e nas produções da RCTV.
  3. Kassandra é uma novela ótima. Tinha um enredo bem estruturado, atuações boas e uma produção boa para o orçamento limitado que a RCTV deveria ter. A história é consistente, interessante, cheia de reviravoltas, a mocinha não é uma pobre sofredora que sofre por macho a novela inteira e não tem barriga nos 150 capítulos. Para o horário, possui algumas sequências um pouco pesadas, mas nada fora do normal. Sem falar que é a novela mais exportada do mundo!
  4. Eu crítico (e muito!) os candidatos de esquerda, especialmente pela parcimônia com que tratam os regimes autoritários da América Latina que pertencem ao mesmo espectro político e por serem os causadores da recessão econômica de 2014, cujos efeitos são sentidos até hoje e foram gestados no governo Dilma I. Os governos de esquerda do Brasil também possuíam uma máquina de propaganda horrorosa e nefasta. Marina Silva foi sua vítima mais notável. Atribuíam culpa da recessão de 2014 na “grande crise mundial” que nunca existiu, o Brasil encolheu quase sozinho naquele ano. Baixaram preço de gasolina e energia na canetada e quebraram a PetroBras (que só não faliu por causa do Tesouro Nacional) e a própria EletroBras. Dilma foi vítima de um impeachment LEGAL por sua própria [e abundante] incompetência política. Quando percebeu que era hora de mudar os rumos econômicos do país, já era tarde… Joaquim Levy não fez milagre. Ela era a maior tragédia da política nacional até então. E também crítico o Bolsonaro que é a maior tragédia de todos os tempos. Trata os pobres como massa de manobra explicitamente e não tem programa de governo para absolutamente NADA, exceto gastar dinheiro do cartão corporativo, andar de moto, jet ski, desviar o foco dos reais problemas da nação e segurar os filhos fora da jaula. Uma praga, um infeliz, um desolado, um bobalhão do Vale do Ribeira que virou presidente, mas não serve nem para ser Subauxiliar de secretário municipal de Eldorado Paulista. Com o Bolsonaro, o alçapão das desgraças políticas nacionais foi aberto. Perto dele, até a Dilma e o Lula parecem sensatos. Infelizmente, ele pôs a esquerda que fabricou a crise econômica da última década como “boazinha”. Lula vai voltar sem autocrítica, sem retratação, sem nada. Tudo isso porque o desgoverno que sucedeu a gestão da chapa PT-MDB (Temer foi eleito junto com Dilma) foi a maior tragédia nacional já vista desde o Império.
  5. O cara está certíssimo. Ciro está longe de ser o melhor candidato. O programa de governo dele tem cara, cheiro e gosto de anos 80.
  6. Eu nunca tinha parado para pensar nisso. Realmente, as novelas da Glória Perez não possuem vilãs definidas, fazem sucesso e são marcantes.
  7. Vou ter que concordar com o Ric… um enlatado datado contra um programa de auditório super bem produzido vibrante e variado com um dos maiores comunicadores da televisão vivos.
  8. Um ótimo telejornal. Polido, político e econômico (literalmente falando).
  9. Surtou E MUITO. Na época de Belíssima, Espelho da Vida penava para dar 18, um fiasco homérico O Tempo Não Para sofria para dar 22 Por fim, tínhamos Bahia Branca do seu Jequinha que em plena reta final dava 35 de média semanal. E que derrubou a audiência do horário em 5 pontos. Depois dele, veio O Sétimo Guardião enterrar o horário de vez. Pantanal, elevou a audiência media em 8 pontos. Pelamor…
  10. E hoje um império do Mal ainda pior do que a URSS (mais autoritário e muito mais censurador) ascende e ameaça a paz mundial.
  11. Enquanto isso… os fãs do JECA (com um nome desses nem precisa de trocadilho) ficam forçando o fiasco de um verdadeiro novelão mesmo ele elevando OITO PONTOS do MEGA FIASCO que fez o horário das nove ter audiência de malhação ou de ano novo.
  12. E ainda há quem force esse fiasco como “novelão”. Na exibição original, já não foi essas coisas, imagine na reprise.
  13. Pois é. Muitas vezes, a faixa das 23 horas só começa depois de meia-noite e queima bons produtos que poderiam render mais se fossem exibidos mais cedo.
×
×
  • Create New...

Important Information

By using this site, you agree to our Terms of Use.