Jump to content



Ghostface

Membro
  • Posts

    2,240
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    1
  • Pontos

    7,136 [ Donate ]

Everything posted by Ghostface

  1. Alguém viu? O Meio-Dia PR (Praça TV 1) foi para o intervalo, mas ficaram com as câmeras do estúdio ligadas, enquanto passava o som dos comerciais.
  2. O Peacock está internacionalizando, chegou no início deste ano em parceria com a Sky (Comcast) na Europa, e expandirá para mais países em parceria com a SkyShowtime (joint da Comcast com a Paramount). No fim do ano passado, a NBCUniversal estava conversando com investidores da Faria Lima, sobre os seus planos para o Peacock no país. Se ela não trouxer o serviço independente, deve se associar a alguma operadora ou serviço de streaming já existente. https://www.terra.com.br/diversao/cinema/plataforma-peacock-revela-planos-de-expansao-internacional,fdd6d068fa376ba5eac6d188111eb0c8evh2kwts.html Se fosse para ser o Globoplay, acredito que ela já teria feito isso, dado que inúmeros originais do Peacock nunca chegaram aqui oficialmente. A situação do Telecine está ficando complicada.
  3. O HBO Max viu o maior crescimento no 1º trimestre, adicionando 2% em participação de mercado e superando o Disney+ e Hulu, tornando-se assim a terceira maior plataforma de streaming dos EUA. A Netflix permanece líder no mercado, mas tem sentido os efeitos da crescente competição do mercado, e caiu 2% no mesmo trimestre. Aliás, se você combinar os dois serviços de streaming da Disney, Hulu e Disney+. Ambos teriam 24% (quase um quarto) da participação de mercado, pouco acima da Netflix. Isso mostra como a fusão dos dois formaria um novo serviço de streaming muito mais poderoso, que é a forma como o Disney+ opera internacionalmente em diversos países. Ainda que os números de assinantes do Prime Video devem ser sempre analisados diferentemente, já que muitos assinantes usam apenas para fazer compras com frete grátis, ao invés de usar a assinatura para assistir filmes e séries, a Amazon nunca divulgou quantos membros do Prime na verdade usam o Prime Video. Desde janeiro, o HBO Max tem continuado a ganhar tração e adicionou 1% em participação de mercado, passando o estagnado Disney+. O crescimento de players de meio de campo, como Apple TV+ e Paramount+, afetaram os líderes de mercado, Netflix e Hulu, que viram perder 1% cada um desde o começo de 2022. O Disney+ tem estado praticamente parado na sua participação de mercado nos últimos meses, enquanto outros serviços de streaming crescem. O HBO Max deve crescer ainda mais, quando eventualmente se fundir com o Discovery+, após a finalização da fusão da Warner Bros Discovery. Fonte: https://whatsondisneyplus.com/hbo-max-overtakes-disney-to-become-the-third-largest-streaming-platform-in-the-us/
  4. Globo e NBCUniversal tem parceria apenas na TV paga, enquanto nos cinemas a NBCUniversal está com a Warner Bros. Resta saber com quem a NBCUniversal fará parceria no streaming, pois o Peacock está vindo por aí.
  5. Sim, está investindo, mas todas seguem com índices ruins, com exceção da Globo que está razoável.
  6. A nossa não vai muito longe não, olha o estado do SBT. Só a Globo que está se mantendo "bem". Realities e esportes já têm no streaming, só fica faltando o jornalismo. Vem aí Jornal Netflix -n
  7. Eu acho o cenário abaixo melhor: Praça TV > Novela das 19 > Novela das 20 > JN > Novela das 21 Não sabemos se a das 20 seria pesada com a das 21, ou mais leve como a das 19. A questão é que o JN serviria para evitar que uma terminasse com comédia e logo na sequência viesse uma com uma trama mais pesada. Dessa forma não adiantaria muito o horário do JN.
  8. Essa comparação não faz sentido. Game Pass é rival do PSNow, já o rival do PS Plus é o Xbox Live Gold, que sequer foi considerado aí.
  9. Imagina a Globo trocando o PLIM PLIM por dois rugidos de onça.
  10. Diversificação de abrangência. O Eplay mesmo é um caso, tem subfóruns de diversos assuntos, como: streaming, tecnologia, política, música, cinema etc.
  11. Sim. Outros autores masculinos também fracassaram em novelas específicas, mas tiveram novas chances. Por que elas não?
  12. A serialização também passa pelo processo de redução de capítulos, pois propicia a maratona, não estando vinculada a questão de temporada, linguagem e direção. Quanto a questão da barriga, de fato, é insuportável. Mas como eu disse, a Globo precisa ampliar sua capacidade de produção nos Estúdios Globo, e inflar o conteúdo do Globoplay, e a única forma será em investir em produções serializadas para TV e streaming.
  13. Duvido seriamente. A Globo agora está na onda de serializar as suas novelas em versões internacionais, vide Pantanal que já está sendo vendida com 100 capítulos de 1 hora, ou Avenida Brasil que tem três temporadas. Os estúdios da empresa precisam estar sendo utilizados constantemente, pra manter a máquina girando. Não dá pra segurar estúdios inteiros durante 6 meses do ano, logo acredito que vão serializar ainda mais.
  14. Aposto que quando a Globo fez piada com a Globe, muita gente aqui deu risada.
  15. A NBCUniversal está sondando a América Latina pra lançar o Peacock na região. Resta saber como isso impactará os acordos com a Globo.
  16. Em algum momento futuro, a Disney fundirá o Disney+ com o Hulu/Star+. Essa movimentação de eliminar a imagem do Disney+ ser family-friendly já está em plena desconstrução nos EUA.
  17. Eu acredito que esse primeiro cenário que tu desenhaste, em breve poderá virar realidade. A Claro mesmo já tem inserido serviços de streaming em seus set-top-boxes, pra evitar debandada.
  18. O outro user disse que acredita que ninguém mais ficará com contrato fixo na Globo, aí eu falei que quero ver a emissora mexer no contrato da Susana, o que eu duvido muito que façam.
×
×
  • Create New...

Important Information

By using this site, you agree to our Terms of Use.