Jump to content


Gael

Thiago Martins é criticado ao se posicionar contra cotas raciais e fala de personagem gay

Recommended Posts

Faça login ou cadastre-se para visualizar

 

Thiago Martins deu uma extensa entrevista para o canal Na Real, no YouTube, e exprimiu seus posicionamentos sobre assuntos polêmicos como cotas raciais e gays na teledramaturgia.

 

Iniciando o papo, o ator relacionou o termo “mimimi” com a onda de ataques nas redes sociais: “Hoje todo mundo tem voz. Todo mundo sempre teve voz, com internet e redes sociais, isso ficou muito mais fácil. Hoje você vê a quantidade de ataques que acontecem nas redes sociais, é quase todo dia“.

 

Na sequência, ele descreveu o que tem observado na internet e opinou: “Tem sempre alguma polêmica por alguém ser atacado, seja porque é negro, porque é branco, porque é pobre, porque é rico, porque apoia um partido e não apoia o outro… Liberdade de expressão é bem-vinda, desde que não atrapalhe o outro“.

 

A grande polêmica ficou para a parte que Thiago começou a falar sobre cotas raciais em instituições de ensino: “O negro não tem o espaço que nós brancos temos. Eu tenho muitos amigos negros e a gente conversa sobre isso. A cota me machuca, por exemplo. Isso dói porque a cor da pele não muda nossa inteligência e nosso caráter, nós somos iguais. A única coisa que muda é nossa pele“.

 

“Pra quê existe cota para os negros? Não! Universidade e escola tem que ser pra todo mundo. Emprego tem que ser pra todo mundo. A gente vê exemplos de negros bem sucedidos pelo país, tanto na música, quanto no futebol, quanto sendo empresário, sendo advogado… Por que ‘tiveram a chance’ e aproveitaram. Hoje eu aplaudo realmente os discursos“, continuou ele, explicando seu ponto de vista.

 

Finalizando o ponto, foi claro ao se dizer contra a tal iniciativa e justificou com a mestiçagem de culturas estrangeiras no Brasil: “Eu sou contra e dói em mim as cotas. A cota pra mim é vergonhoso no país, porque a gente tá sempre se misturando“.

 

No campo de comentários do YouTube, Thiago Martins foi duramente criticado pelas falas. “Eu podia jurar que esse Thiago era esclarecido. Nossa, como as aparências enganam. Pronto, já criei ranço“, disse uma seguidora do canal. Outro internauta complementou: “Cotas são reparação social. Negros bem sucedidos são minorias e fizeram um esforço bem maior que os brancos. Estude mais“.

 

Seguindo a conversa, o intérprete de Ryan em Amor de Mãe confirmou a vontade de fazer um personagem homossexual na televisão: “Eu queria muito! Eu pedi esses dias pra um autora amiga minha. Mas não quero ser gay contido não, quero ser ‘gay gay’“.

 

Temendo ser mal interpretado por esta última frase, Thiago se explicou ao fim: “Quero ser um gay espalhafatoso, eu quero rímel, quero ser louca, dar muita pinta… Eu quero muito fazer o gay engraçado, porque a maioria dos meus amigos gays são engraçados“.

 

Confira:

 

Faça login ou cadastre-se para visualizar

 

https://rd1.com.br/thiago-martins-e-criticado-ao-se-posicionar-contra-cotas-raciais-e-fala-de-personagem-gay/

 

Edited by Gael
  • Like 1
  • Putz 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Só falou a verdade, assino embaixo é realmente uma vergonha para o país precisar desse tipo de método, todos deveriam ser tratados iguais, o que infelizmente ainda não faz parte da nossa triste realidade pra sociedade.

 

Cota racial é apenas um mal necessário!

  • Putz 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
Faça login ou cadastre-se para visualizar

Meritocracia não existe.

As cotas são uma forma de reparo justamente pelas oportunidades serem diferentes.

  • Like 5

Share this post


Link to post
Share on other sites

“A cota me machuca, por exemplo. Isso dói porque a cor da pele não muda nossa inteligência e nosso caráter, nós somos iguais. A única coisa que muda é nossa pele.”

 

Parei aqui. Que falta de senso mínimo da realidade histórica e social do país.

  • Like 4

Share this post


Link to post
Share on other sites

Já pode matar esse personagem inútil, Manuela 

Edited by K.M

Share this post


Link to post
Share on other sites

Imagina como seve ser uma tortura atuar ao lado da Jéssica Ellen e da Érika Januza. É por isso que o núcleo dele em ADM é uma bomba.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu acho muito fácil pra alguém como ele ter essa opinião.. provavelmente não vai entrar numa faculdade e nem prestar um concurso.. tem gente, aliás, muita gente, que quando está alheia ao problema, não se solidariza com as vítimas dele

Share this post


Link to post
Share on other sites
Faça login ou cadastre-se para visualizar

 

Concordo e foi exatamente por isso que eu digo que é uma vergonha para o nosso país precisar desse tipo de sistema para que haja esse tipo de "igualdade"

 

Caráter nem competência se resume a cor da pele, deveriam ter todos os mesmos direitos e oportunidades, todo mundo é igual, todos nós quando morrermos vamos acabar da mesma forma, é um absurdo em pleno 2020 uma pessoa que nasceu perfeita com a cor de pele preta precisar de um tipo de cota como se fosse uma limitação, o mesmo sistema que é usado pra pessoas com deficiência.

 

Foi isso que eu interpretei que ele disse, e eu concordo plenamente, e vocês como sempre deturpam tudo interpretando da maneira que convém!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now

  • Recently Browsing   0 members

    No registered users viewing this page.



×
×
  • Create New...

Important Information

By using this site, you agree to our Terms of Use.