Jump to content


LuizB

Banco Votorantim muda marca para banco BV

Recommended Posts

Quinto maior banco privado do País, com quatro milhões de clientes, muitos deles vindos pelo financiamento de veículos, o Banco Votorantim anuncia nesta 4ª-feira, 11, a criação de uma diretoria, assim como nova marca, posicionamento e agência de publicidade. A instituição, que pertence ao Grupo Votorantim e ao Banco do Brasil, passa a se chamar banco BV e sua comunicação, a partir de agora, será atendida pela Tribal, que há dois meses venceu um processo de concorrência do qual participaram três agências – a conta de varejo, no entanto, continua com a W3Haus.

 

O trabalho de inteligência para a definição da nova marca começou há alguns meses com a consultoria da Accenture Interactive e envolvimento pessoal do CEO para a América Latina, Eco Moliterno. Claudia Furini Superintendente de Marketing, UX e Sustentabilidade do banco, afirma que a mudança de marca e identidade visual reflete um movimento de diversificação e modernização dos negócios do BV, que já era chamado desta forma abreviada por muitos de seus clientes e parceiros. Na nova arquitetura de marca, o BV aparece acima das frentes de negócio em que o banco atua – varejo, corporate, private e asset management – conferindo unidade a todas. A instituição também passa a usar a assinatura “BancoBV.  Leve para a sua vida”, criada pela Tribal.

 

“O desafio era trazer os clientes para o centro do negócio. Fazer diferença na vida das pessoas e na forma como elas lidam com o dinheiro. A Accenture fez toda a parte de branding e agora iremos para o mercado contando essa nova história, com um trabalho da Tribal, que passa a ser nossa agência institucional”, explica Claudia. Além disso, a executiva acrescenta que o trabalho feito com a consultoria passou muito por entender a percepção de marca que já havia sido construída com os clientes atuais e, principalmente, traduzir a ambição que o banco tem como empresa daqui para frente.

 

O BV tem há algum tempo se aproximado de fintechs e startups e, segundo o trade de economia, prepara IPO para 2020, o que também seria uma forma de levantar recursos para acelerar processos de digitalização e inovação, seguindo diretrizes do presidente-executivo Gabriel Ferreira, que assumiu o cargo em setembro. Dois meses depois, também foi anunciada a chegada de Guilherme Horn como diretor de estratégia digital e inovação, para liderar o BVx, hub de inovação e venture capital da instituição, que também tem o BV Lab, uma incubadora interna de projetos.

 

Outra novidade no banco é a chegada de Adriana Gomes, egressa do Uber. Com sua contratação, o BV pretende trazer o cliente ainda mais para o centro de suas estratégias e ser reconhecido pela experiência de relacionamento que propicia. A executiva assumirá a nova diretoria de Clientes e Inteligência de Dados. “Atuo em marketing há 20 anos, nos últimos bastante focada em digital e e-commerce. O BV está tão orientado para o futuro, que foi justamente buscar alguém de uma empresa bem disruptiva”, comenta Adriana.

O objetivo é ter todas as áreas que tocam o cliente sob uma mesma diretoria, desde uma área de cobrança, passando pelo atendimento ao cliente em si e ouvidoria, o que fará o banco assumir a jornada do cliente inteira, da prospecção até atendimento e pós-venda. “Queremos tornar essa jornada mais encantadora, oferecendo o produto correto para a pessoa correta”, pontua a nova diretora do BV.

 

Embora as mudanças de marca do banco estejam sendo oficializadas agora, a primeira campanha da Tribal reapresentando o BV ao mercado deve começar a ser veiculada a partir de janeiro em mídias segmentadas e em digital – a relação, hoje, segundo Claudia Furini, já é de 80% para o digital contra 20% para outras mídias.

Na primeira fase, a ideia é conversar com o público com quem o banco já tem relacionamento. E, numa segunda etapa, lançar mão de alguns canais de mídia mais massiva.

 

https://www.meioemensagem.com.br/home/marketing/2019/12/11/banco-votorantim-muda-marca-para-banco-bv.html

Share this post


Link to post
Share on other sites

putz. gostei não.

me lembra a parte de varejo do banco a  BV financeira... 

 

talvez seja essa a ideia de ser mais popularesca... 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Faça login ou cadastre-se para visualizar

Xiii vão aumentar as coisas né?

Faça login ou cadastre-se para visualizar

Não são do mesmo grupo?

Share this post


Link to post
Share on other sites
Faça login ou cadastre-se para visualizar

São mas a BV financeira era vendida como popular e o Votorantim não. a imagem era mais vendida para corporações. 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Falta de criatividade define! Parece nome de mercearia de pobre. Conheço vários exemplos assim. JP construções que são as iniciais de João Paulo o dono da loja! E quem diabos tirando os amigos dele vai saber que significa isso? Até nomes de churrascarias tem mais identidade. Boi Forte, Boi na Brasa, A Arte da Carne etc.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now
Sign in to follow this  

  • Recently Browsing   0 members

    No registered users viewing this page.



×
×
  • Create New...

Important Information

By using this site, you agree to our Terms of Use.