Jump to content


O'Connor

Tony Goes: Insubstituível, Silvio Santos deve encerrar era dos apresentadores de Tv.

Recommended Posts

 

Nesta quarta (7), completaram-se seis décadas desde que Silvio Santos apareceu pela primeira vez diante das câmeras, comandando o programa "Hit Parade” da antiga TV Paulista (hoje a Globo de São Paulo).

Silvio é o personagem mais importante da história da televisão brasileira. Comunicador de carisma ímpar, empresário de enorme sucesso, figura crucial para entendermos a cultura de massas do nosso país.

 

O dono do SBT ainda nem tinha 50 anos quando se começou a falar em seus "herdeiros". Quem seria o próximo Silvio Santos? Dentro de sua própria emissora surgiram dois nomes fortíssimos: Gugu Liberato e Celso Portiolli. A princípio imitando escancaradamente o “patrão”, ambos logo desenvolveram estilos próprios, engatando carreiras bem-sucedidas.

 

E, no entanto, nenhum deles tomou o trono de Silvio. Nem ninguém tomará. Não é por falta de talento dos pretendentes. É porque a TV mudou, e a importância dos apresentadores vem diminuindo drasticamente.

O formato do programa de auditório veio do rádio, mas floresceu na TV. O Brasil, talvez mais do que qualquer outro país, gerou um panteão de "animadores" (como se dizia em priscas eras). Além do próprio Silvio, gente do quilate de Hebe Camargo, Flávio Cavalcanti, Chacrinha.

Os apresentadores ainda são os profissionais mais bem pagos do nosso showbiz. Ganham salários astronômicos e ainda recebem fortunas por ações de merchandising, campanhas publicitárias e presenças VIP em eventos.

Mas alguma coisa está diferente. Nos últimos meses, o noticiário de entretenimento vem reportando as dificuldades que muitos deles vêm enfrentando para renovar seus contratos ou até mesmo permanecer no ar.

Gugu custou a se acertar novamente com a Record, que preferia que ele abrisse mão do programa próprio para apresentar algum formato internacional. Marcos Mion perdeu seu "Legionários" e também irá apresentar formatos comprados (se não for para a Band, que estaria interessada em seu passe). E Roberto Justus simplesmente deixou a emissora.

No SBT, o "Domingo Legal" de Celso Portiolli corre o risco de ser extinto. Silvia e Patrícia Abravanel revelaram-se autênticos talentos televisivos, mas é difícil imaginá-las carregando atrações com seus próprios nomes.

Na Globo, Fausto Silva continua imperando aos domingos, e comenta-se que o canal adoraria ter Rodrigo Faro como seu sucessor. Mas a nova leva de apresentadores surgida na casa --Fernanda Lima, Tiago Leifert, Fernanda Gentil-- tampouco parece destinada a comandar programas centrados neles mesmos, e sim a conduzir "realities' como o "BBB" ou o "Popstar".

Até o fato de Luciano Huck cogitar uma carreira política pode ser um sintoma de que a era de ouro dos apresentadores está mesmo chegando ao fim. Sem ter para onde crescer dentro da TV, Huck mira a presidência da república.

Silvio Santos veio aí e ainda está brilhando forte. Mas não vem ninguém depois dele. Pelo menos, ninguém de seu tamanho.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Faça login ou cadastre-se para visualizar

Concordo. Esses colunistas tem mania de falar como se a palavra deles fosse uma sentença, ou algo imutável. É fato que ninguém é igual e cada um possuí um carisma muito próprio. Mas outro grande apresentador um dia aparecerá e será tão marcante quanto Silvio no tempo em que viver. Isto pode acontecer daqui 1 anos, 10, ou daqui uns 50 anos. Porém, um dia acontecerá, porque a vida é assim, ela evoluí. 

O que eu vejo, Silvio Santos é um apresentador com características que hoje dizem mais respeito de sua época de surgimento do que dos tempos em que vivemos. Ele não conseguiu ser maior do que o tempo, mas se tornou "clássico" por ser o mais antigo no posto. Maiores que o tempo foram Chacrinha e Hebe, esses sim são atemporais. Silvio ficou ultrapassado, tudo que ele diz é meio manjado, um pouco tosco e carregado de um pensamento antigo de um jeito ruim. Enfim. Ainda assim é um mito, por sua longa trajetória e por seus feitos, mas hoje em dia não reluz mais. 

Edited by MERCURY
  • Like 4

Share this post


Link to post
Share on other sites
Faça login ou cadastre-se para visualizar

Sim, concordo com tudo o que você disse. Silvio ficou ultrapassado demais. Expor os convidados ao vexame com homofobia, machismo, gordofobia, dentre outras tantas coisas, realmente não condiz com os dias atuais. Mas mesmo com tudo isso, eu ainda o admiro. 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Faça login ou cadastre-se para visualizar

Eu não o admiro, amigo. Mas respeito sua trajetória na TV. Com certeza um dia vira filme. 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Faça login ou cadastre-se para visualizar

Admiro pela sua trajetória, e a gente tem um carinho especial por ter sido parte da nossa infância. E eu tento tolerar os preconceitos dos idosos acima de 80 anos.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Faça login ou cadastre-se para visualizar

Achei minha alma gêmea. Manda nudes por MP.

Faça login ou cadastre-se para visualizar

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu acho que o gênero do auditório é o mais próximo a entrar em extinção (ou quase isso) nos próximos anos.

Não só pela morte do legítimo formato desse tipo de conteúdo, hoje dominado por matérias de choro, mas também pelos apresentadores lançados cada vez mais robóticos, sem naturalidade: Faro, Ana Hickmann, Patrícia Abravanel...

Outros apresentadores como Eliana, Huck, Portiolli já não vão mais atingir um auge na carreira, chamar atenção, possuem o seu espaço e ali vão ficar até eles ou as emissoras em que estão não quiserem mais. E quando está última geração sair, o gênero morre de vez.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Já vai tarde, vai ser uma glória o dia que a TV Brasileira se livrar de vez desse homem. Não precisamos de um Sílvio Santos no século XXI.

  • Putz 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Faça login ou cadastre-se para visualizar

Mesmo com tudo isso, o Brasil ainda o admira, simplesmente porque sua história e contribuição pra a cultura do país é bem maior do que a atual fase dele. 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now
Sign in to follow this  

  • Recently Browsing   0 members

    No registered users viewing this page.



×
×
  • Create New...

Important Information

By using this site, you agree to our Terms of Use.