Jump to content
×
×
  • Create New...


A gente discutia o aborto sob uma falácia


Recommended Posts

Se houver dolo, intenção de matar uma vida, sim.

 

A indústria que não vai gostar...

 

E sobre religião, nesse sentido que você usou, não sou o único a ter uma visão "tipicamente religiosa" no debate.

 

E como se faria a fiscalização disso? só por curiosidade mesmo

  • Like 2
Link to post
Share on other sites


  • Replies 168
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

Top Posters In This Topic

Popular Posts

Eu não estou discutindo com Hume, estou discutindo com você. Se você não tem argumentos pra rebater o que eu disse, não utilize a casca de um nome de credibilidade achando que ela põe em descrédito me

A melhor forma de debater um tema como o aborto é observar friamente o que a Ciência diz e, por uma questão de referência, o que 95% dos países desenvolvidos fazem.

Eu tinha essa mente retardada de achar uma coisa gravíssima, até que um dia eu presenciei uma situação de aborto de perto e vi que era algo natural - uma amiga falou que iria abortar no dia seguinte.

Se houver dolo, intenção de matar uma vida, sim.   A indústria que não vai gostar...

 

 

Triste. Ainda bem que nós já superamos esse estágio há um tempinho  :cha: Enfim começo a compreender o porquê da defesa de Trump e Bolsonaro. Sempre estranhei, confesso. 

 

 

não consigo acreditar que lançar mão de um argumento "tipicamente religioso" faça com que a argumentação seja fundamentada em dogmas religiosos, quaisquer que sejam. Coincidências de ideias/ideais, talvez.

 

Bom, é muuito difícil você ser contra a pílula do dia seguinte sem um fundo de pensamento profundamente religioso (ainda que enrustido pelo mantra da filosofia), seria um caso absolutamente excepcional. Mas impossível nada é, de fato.  

 

 

E como se faria a fiscalização disso? só por curiosidade mesmo

Será que na Coreia do Norte isso seria possível?  :cha:

  • Like 4
Link to post
Share on other sites

Triste. Ainda bem que nós já superamos esse estágio há um tempinho  :cha: Enfim começo a compreender o porquê da defesa de Trump e Bolsonaro. Sempre estranhei, confesso. 

 

 

 

 

Bom, é muuito difícil você ser contra a pílula do dia seguinte sem um fundo de pensamento profundamente religioso (ainda que enrustido pelo mantra da filosofia), seria um caso absolutamente excepcional. Mas impossível nada é, de fato.  

 

Eu sou contra a pílula do dia seguinte por questões alheias à religião. Isso é tudo derivado do que se entende por vida, oras. A questão-chave aqui é o entendimento particular de cada um do que é uma vida e quando ela se inicia.

 

Além do mais, apontar o dedo e chamar o argumento de religioso não é nada agradável e, pelo menos pra mim, não seria uma ofensa. Argumentar coberto pela manto da ciência como a mais pura verdade talvez seja tão complicado quanto argumentar a partir da religião. O fascínio pela ciência, assim como o fascínio pela religião, empobrece o discurso. Talvez seja por isso que o próprio Positivismo - com seu fetiche pelo Estado Positivo (desenvolvimento máximo da sociedade quando o Estado e a Ciência plenamente se unem) - apareça também como religião.

  • Like 1
Link to post
Share on other sites

Sinto muito, mas não consigo acreditar que lançar mão de um argumento "tipicamente religioso" faça com que a argumentação seja fundamentada em dogmas religiosos, quaisquer que sejam. Coincidências de ideias/ideais, talvez. No meu entender, o que está sendo discutido aqui é um conceito: vida.

 

 

 

Compreendo, mas ao propor sua argumentação você não está baseando-a apenas em uma dogma de uma religião a sua escolha. Ao menos, não percebi nenhum posicionamento do tipo "é assim porque Deus quer que seja" ou "a igreja tal diz isso..." ou "essa a verdade única da palavra -seja ela qual for-" ou coisas do tipo (ainda bem).

Pois é. Minhas interpretações são completamente independentes, apesar de poderem coincidir com as interpretações de alguns grupos religiosos, o que não é problema algum, já que não tenho preconceito com a religião dos outros e não desqualifico ninguém por suas crenças/opiniões, desde que não sejam sumariamente autoritárias.

 

O Viz, por exemplo, tem uma opinião parecida com a de várias igrejas protestantes sobre o tema. Isso o desqualifica ou o faz ser um "inquisidor" dessas igrejas? Não para mim, mas parece que ele não pensa o mesmo por o meu posicionamento coincidir com a da Igreja católica e de alguns grupos de budistas.

 

E como se faria a fiscalização disso? só por curiosidade mesmo

Aí já é com a polícia. Funcionaria como a proibição do crack e outras drogas ilícitas, por exemplo... Difícil acabar, mas pelo menos o Estado não daria suporte a isso.

Link to post
Share on other sites

Ah, que saudade desses debates sobre religião... 

 

Eu sou contra a pílula do dia seguinte por questões alheias à religião.

 

Quais seriam essas questões alheias à religião? Até hoje não vi nenhuma.    

 

Além do mais, apontar o dedo e chamar o argumento de religioso não é nada agradável e, pelo menos pra mim, não seria uma ofensa.

 

Mas evidente que não é uma ofensa, Matheus. O problema é querer impor esses argumentos à sociedade, chegando ao ponto de achar razoável a prisão de quem usa contraceptivos.

Link to post
Share on other sites

Será que na Coreia do Norte isso seria possível?  :cha:

 

Olha que mesmo na Coréia do Norte, eles tem 24 milhões de pessoas, então seria no mínimo curioso ver como fiscalizar tão de perto todas essas pessoas e com uma certa frequência né (não sei com quanto tempo ainda se pode encontrar resquícios de pílula do dia seguinte no organismo de alguém)

 

acho que só se fosse num futuro distópico onde a população vivesse com um chip ou alguma tecnologia do tipo pra conseguir saber tão bem da vida pessoal delas.

  • Like 2
Link to post
Share on other sites

Ah, que saudade desses debates sobre religião... 

 

Quais seriam essas questões?   

 

 

Mas evidente que não é uma ofensa, Matheus. O problema é querer impor esses argumentos à sociedade, chegando ao ponto de achar razoável a prisão de quem usa contraceptivos em algumas situações. 

 

Meu conceito de vida. Acredito na vida desde o encontro do espermatozoide com o óvulo. Logo, a pílula do dia seguinte é abortiva.

 

Até onde sei, nada está sendo imposto. O aborto não foi legalizado no Brasil porque a população assim o quer. Prendemos pessoas por diversos motivos, alguns Estados até as matam. O aborto é uma prática ilegal, deveria inclusive ser melhor combatida. Quanto aos contraceptivos, sou totalmente favorável (me afastando aqui das concepções de minha religião, já que não estou amarrado a elas).

  • Like 1
Link to post
Share on other sites
Acredito na vida desde o encontro do espermatozoide com o óvulo.

 

Por quê?

 

Até onde sei, nada está sendo imposto.

 

 

Querer proibir a pílula do dia seguinte é uma imposição. Querer impedir mulheres de tirarem um feto sem atividade cerebral do corpo delas é uma imposição. Querer que elas vão para a cadeia por uma crença SUA é uma imposição - extremamente arbitrária, no caso.

 

 

Quanto aos contraceptivos, sou totalmente favorável

 

A pílula do dia seguinte é um contraceptivo.  

Link to post
Share on other sites

Olha que mesmo na Coréia do Norte, eles tem 24 milhões de pessoas, então seria no mínimo curioso ver como fiscalizar tão de perto todas essas pessoas e com uma certa frequência né (não sei com quanto tempo ainda se pode encontrar resquícios de pílula do dia seguinte no organismo de alguém)

 

acho que só se fosse num futuro distópico onde a população vivesse com um chip ou alguma tecnologia do tipo pra conseguir saber tão bem da vida pessoal delas.

 

Você propõe, então, a legalização do crack e outras drogas ilícitas em todos os países do mundo, incluindo Europa e EUA, porque pessoas continuam usando essas drogas?

 

Você propõe também a legalização de homicídios e atentados terroristas no geral, porque nenhuma agência de inteligência no mundo consegue impedir que tais casos aconteça?

Link to post
Share on other sites

Você propõe, então, a legalização do crack e outras drogas ilícitas em todos os países do mundo, incluindo Europa e EUA, porque pessoas continuam usando essas drogas?

 

Você propõe também a legalização de homicídios e atentados terroristas no geral, porque nenhuma agência de inteligência no mundo consegue impedir que tais casos aconteça?

 

Acho que ele só está curioso em saber como funcionaria a fiscalização por parte do Estado.  

Link to post
Share on other sites

Você propõe, então, a legalização do crack e outras drogas ilícitas em todos os países do mundo, incluindo Europa e EUA, porque pessoas continuam usando essas drogas?

 

Você propõe também a legalização de homicídios e atentados terroristas no geral, porque nenhuma agência de inteligência no mundo consegue impedir que tais casos aconteça?

 

Isso, coloca pílula do dia seguinte e crack lado a lado mesmo.

 

Eu só queria saber como você faria pra controlar algo que você apoia com prisão nesse caso né, coisa que se eu andar com um cigarro de maconha pela rua, o MÁXIMO que vai acontecer é a polícia parar pra me revistar e mandar eu seguir em frente.

Link to post
Share on other sites

Por quê?

 

 

 

Querer proibir a pílula do dia seguinte é uma imposição. Querer impedir mulheres de tirarem um feto sem atividade cerebral do corpo delas é uma imposição. Querer que elas vão para a cadeia por uma crença SUA é uma imposição - extremamente arbitrária, no caso.

 

 

 

A pílula do dia seguinte é um contraceptivo.  

 

A partir da fecundação do óvulo, é uma outra vida. Outro material genético, inclusive.

 

Nossa, você então é um fiel seguidor do slogan de que a democracia é a "ditadura da maioria"? A sociedade impede por imposição que um mate o outro. Muitas coisas são impostas a nós, por escolha de outros e por motivos diversos. A lei é clara: homicidas vão para cadeia. O aborto é assassinato, os envolvidos deveriam ser punidos.

 

Para mim, a pílula do dia seguinte é abortiva e não contraceptiva como as camisinhas e o anticoncepcional (está na palavra, contra a concepção).

  • Like 1
Link to post
Share on other sites

Isso, coloca pílula do dia seguinte e crack lado a lado mesmo.

 

Eu só queria saber como você faria pra controlar algo que você apoia com prisão nesse caso né, coisa que se eu andar com um cigarro de maconha pela rua, o MÁXIMO que vai acontecer é a polícia parar pra me revistar e mandar eu seguir em frente.

 

Seria proibido o comércio das pílulas abortivas, é lógico. E se, por acaso, alguém for flagrado e comprovado usando tal medicamento proibido, seria acusado por intenção de matar... O que não pode é o Estado apoiar uma droga assassina, assassina para os fetos. Seria o mesmo princípio de proibir o crack, com o agravante do dolo feticida.

Link to post
Share on other sites

Seria proibido o comércio das pílulas abortivas, é lógico. E se, por acaso, alguém for flagrado e comprovado usando tal medicamento proibido, seria acusado por intenção de matar... 

 

É o tipo de lei que a gente vê no Oriente Médio.

 

Mas seria uma forma de fiscalizar, de fato. 

 

A partir da fecundação do óvulo, é uma outra vida. Outro material genético, inclusive.

 

Sim sim, mas o que te leva a acreditar nisso? Por que haveria aí uma pessoa?   

 

Muitas coisas são impostas a nós, por escolha de outros e por motivos diversos.

 

Vamos fazer uma brincadeira, considerando o Brasil:

 

1 - Eu mato um homem. No dia seguinte, confesso publicamente o que fiz. O que provavelmente vai acontecer? Serei preso.

2 - Uma mulher tira de seu corpo um feto sem atividade cerebral e confessa publicamente o que fez. Ela pode ser presa? Até pode, mas é improvável - e não faltam exemplos, sobretudo no meio artístico. 

 

No primeiro caso, há a certeza de que um ser humano foi assassinado. No segundo caso, embora por questões religiosas o aborto ainda seja ilegal, a lei muito dificilmente será cumprida, pois há consolidado no Brasil o entendimento (muitas vezes implícito) de que se trata de um país laico. E aplicar leis teocráticas em um país laico é muito, muito difícil. Por isso mesmo, na prática, o aborto é permitido no Brasil. Por isso, em várias circunstâncias, o Estado faz questão de fornecer os recursos necessários ao aborto. Sim, ciente de sua laicidade, o Estado não só afrouxa absurdamente a aplicação da lei contra o aborto como muitas vezes ainda faz absoluta questão de financiar a prática.

 

Em uma Arábia Saudita, por outro lado, a realidade certamente já seria diferente. Não é coincidência.  

 

Para mim, a pílula do dia seguinte é abortiva e não contraceptiva como as camisinhas e o anticoncepcional (está na palavra, contra a concepção).

 

É uma interpretação possível.  

  • Like 1
Link to post
Share on other sites

Nossa, você então é um fiel seguidor do slogan de que a democracia é a "ditadura da maioria"? A sociedade impede por imposição que um mate o outro. Muitas coisas são impostas a nós, por escolha de outros e por motivos diversos. A lei é clara: homicidas vão para cadeia. O aborto é assassinato, os envolvidos deveriam ser punidos.

 

Vocês tão consumindo umas drogas muito loucas no café da manhã pra dizer que matar um ao outro é uma imposição a você, isso é senso comum filho, seria imposição só pra quem é psicopata.

 

E outra, Liberdade Individual e Democracia não andam juntas e nunca andaram justamente pela maioria querer decidir o que a minoria faz da vida dela, o que é completamente retardado por que quem decide o que fazer com a sua vida é você é só

 

Esse argumento do feto ser considerado uma vida ou não é só desculpa pra ditar a vida dos outros, to falando isso pela milésima vez, atualmente não é legalizado por motivos religiosos sim e é isso.

 

Quando as pessoas pararem de se importar com esse pensamento difundido pela igreja católica como já aconteceu em diversos países, ninguém liga mais pro que o outro fulaninho faz da vida.

 

É simples.

  • Like 3
Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

  • Recently Browsing   0 members

    No registered users viewing this page.






Important Information

By using this site, you agree to our Terms of Use.