Jump to content


Search the Community

Showing results for tags 'discussão'.



More search options

  • Search By Tags

    Type tags separated by commas.
  • Search By Author

Content Type


Forums

  • Entertainment
    • TV News
    • International TV
    • Series
    • On Air
  • Geral
    • General Area
    • Music
    • Movies
    • Politics
  • Feedback
    • Compra de pontos
    • Site Questions
    • Announcements and Updates
    • Archive

Blogs

There are no results to display.

There are no results to display.


Find results in...

Find results that contain...


Date Created

  • Start

    End


Last Updated

  • Start

    End


Filter by number of...

Joined

  • Start

    End


Group


AIM


MSN


Website URL


ICQ


Yahoo


Jabber


Skype


Localização


Interesses


Twitter


Last.fm


Spotify


Snapchat


Filmow


Banco de Séries


TVShow Time


Instagram

Found 720 results

  1. Não só os protagonistas ou o título da novela que eram estranhos, ela como um todo era. A mostra de que não é de hoje que a tentativa excessiva de revolucionar dá errado. Foi o caso dessa novela, partiu para uma premissa rara nas telenovelas e acabou, sem sucesso, tentando ser levada a séria. Quem sabe se o tom fosse outro... mas não acredito, é uma temática para seriado, e olha lá, é muito restrito. E a derrocada da faixa da Excelsior começou, mais culpa da emissora do que do fracasso da trama. Vamos relembrar também outras novelas que tentaram reinventar a fórmula, mas deram errado. @Moraes @MERCURY @J__ @Alencar @Fabricio @Marquinhos C. @Ocualg @Gil097 @Fafito o que acham dessa tentativa de revolução? Já vimos isso várias vezes, sem sucesso. Título: Os Estranhos Horário: 19h30 Emissora: Excelsior Exibição: 10/03 a 02/08/1969 Duração: 126 capítulos Reprises: não houveram Outras versões: não houveram De: Ivani Ribeiro Direção: Gonzaga Blota e Gianfrancesco Guarnieri SINOPSE Um salto no tempo e no espaço: quatrocentos anos e alguns milhares de quilômetros cobertos em apenas uma semana. Os misteriosos extraterrestres vem do desconhecido planeta Y 12, eles são: quatro estudantes (Rosamaria Murtinho, Regina Duarte, João José Pompeo e Roberto Maya) que se transformam em Sabedoria Geral no planeta Gama Y 12 e ganham uma viagem de estudos "a um ponto qualquer do cosmos". Eles preferem o planeta Terra. Mas são desaconcelhados pelo professores que consideram a Terra como "um planeta primitivo em processo de destruição". Os estudantes insistem e, acompanhados de um professor, descem (de um disco voador) na praia do Gonzaga, em Santos. Entra assim em contato com os "humanos" ou "terráquios", Eles possuem o poder de percepções extraordirários, começam a se preocupar com os personagen com quem convivem. Semtem os dramas e problemas pessoais dos homens: das doenças aos amores contrariados, passando por complexos de feiúra e crises de solidão, e a todos esses males fisicos e psíquicos , dão solução. Apesar dos conselhos do professor Radamés (Cláudio Correia de Castro) os quatro estudantes do planeta Gama Y 12 aumentam perigosamente suas ligações terrenas mas, ao contrário dos outros personagens principais da novela, nem amam nem são amados. Limita-se a testemunhar os dramas: o principal deles envolve o casal Arthur (Carlos Zara) e Norma (Fernanda Montenegro). Ele é medico e estudioso de problemas espaciais. Ela é "gravemente doente de ciúmes". Pelé faz papel de um "terráqueo", escritor de contos policiais , que pesquisa sobre discos voadores e entra em contato com "Os Estranhos" do planeta Gama Y 12. ELENCO 1- Pelé - Plínio Pompeu 2- Rosamaria Murtinho - Dionéia 3- Carlos Zara - Horácio Galvão 4- Cláudio Corrêa e Castro - Radamés 5- Márcia de Windsor - Walkíria Galvão 6- Regina Duarte - Melissa 7- Roberto Maya - Emanoel 8- João José Pompeo - Tibério 9- Márcia Real - Ofélia 10- Gianfrancesco Guarnieri - Bernardo 11- Vida Alves - Irene 12- Átila Iório - Calebe 13- Vera Nunes - Mimi 14- Stênio Garcia - Daniel 15- Lídia Costa - Madalena 16- Serafim Gonzalez - Baltazar 17- Lucy Meirelles - Judite 18- Sílvio de Abreu - Dr. Valentim 19- Osmar Prado - Tony 20- Cleyde Blota - Marta 21- Marcus Toledo - Décio Já falecidos: 1- Lucy Meirelles (1982) 2- Marcia de Windsor (1982) 3- João José Pompeo (1991) 4- Ivani Ribeiro (autora, 1995) 5- Carlos Zara (2002) 6- Átila Iório (2002) 7- Lidia Costa (2004) 8- Claudio Correa e Castro (2005) 8- Gianfrancesco Guarnieri (diretor, 2006) 9- Serafim Gonzalez (2007) 10- Vida Alves (2017) 11- Gonzaga Blota (diretor, 2017) CURIOSIDADES Mais uma vez a autora exibia seu estilo inquietante ao buscar seus temas. Na ocasião, o assunto espacial estava em voga com as viagens do projeto Apolo rumo à Lua. Pelé participou sem se comprometer muito: pouco texto e seu personagem não se apaixonou por ninguém, mais por questões da emissora do que de Pelé em si. Gianfrancesco Guarnieri comentou em depoimento ao livro Glória in Excelsior, de Álvaro de Moya: "A novela queria ser de ficção científica e não conseguia e era muito engraçado porque o Cláudio Corrêa e Castro, a Rosamaria Murtinho, a Regina Duarte eram amarelos, com uns brilhos no rosto, porque eram de outro planeta... tinha um disco voador... e o Pelé... era um escritor que vivia de seus direitos autorais e tinha uma ilha, comprada com a renda dos livros... Total absurdo... Para ter uma ilha ele deveria ter no mínimo 20 empregos e nem teria tempo para escrever... Mas tecnicamente era bem feita." Os extraterrestres tinham uma brilhosa pintura amarela. O tema diferenciado e a concorrência pesada com Nino, o Italianinho fizeram a novela sair perdendo. REGISTROS Reportagens da época sobre a novela: http://reginaduarteanamoradinhadobrasil.blogspot.com.br/2015/10/regina-duarte-pele-na-novela-os.html http://reginaduarteanamoradinhadobrasil.blogspot.com.br/2012/06/regina-duarte-era-extraterrestre.html ANÁLISE Ivani Ribeiro trouxe sua versatilidade para uma vertente exótica para o mundo das telenovelas. Sempre em busca de se manter atualizada, em um ano que a viagem para a Lua era o foco, procurou trazer ao ar uma novela espacial, de ficção científica. A iniciativa não deu certo por diversos fatores, seja pela peculiaridade do enredo, seja pela forte concorrência com a Tupi, que exibia Nino, o Italianinho, um de seus maiores sucessos, assim como a crise pela qual a Excelsior passava, que ganhava contornos mais severos. O problema inicial da novela foi tentar ser levada a sério, talvez se Ivani partisse para o lado da comédia voluntária ela fosse melhor aceita pelo público, que provavelmente compraria a história com mais facilidade. O tema que envolve ETs foi abordado em outras novelas, em grande parte sem sucesso, seja por não atrair o público, ser muito subjetivo ou não ganhar a conotação adequada. Foi o caso de Os Estranhos, ao tentar ser levada a sério, gerava o que hoje se chamaria de "vergonha alheia". Eu particularmente gostei da proposta de Ivani, achei o enredo bacana, mas se fosse para uma abordagem mais cômica, seria legal. Também vale ressaltar a falta de conflitos permeado predominantemente em personagens de bem, que não passavam por grandes obstáculos, era uma novela que vivia mais em clima de paz e de festa do que gerava alguma torcida. Eis que Os Estranhos é mais lembrada por sua peculiaridade e por ter Pelé no elenco (que não foi uma razão pelo seu insucesso) do que pelo seu fracasso ou conflitos. Também faltou um envolvimento afetivo entre os ETs e os humanos, por mais que fosse regra deles, essas limitações deixaram a novela sem grande acontecimentos e, mais uma vez, deixou o público sem ter para o que torcer. AUDIÊNCIA
  2. ANÁLISE Ainda não acompanhei, mas pretendo dar uma olhada, parece ser mais uma novela rosa e leve, uma típica novela mexicana romântica. Parece ser interessante de acompanhar. Título Original: Maria José Título Traduzido: Maria José Emissora: CNT Original: Televisa, 13/02 a 18/05/1995, 69 capítulos País de origem: México Exibição: 04/11 a 21/03/1998 Horário: 20h Duração: 120 capítulos Outras versões: Blanca Vidal (Televisa, 1982) Produção: Juan Osorio SINOPSE Maria José (Claudia Ramirez) é uma jovem humilde que trabalha de doméstica para ajudar no sustento da família, pois seu pai Serafin (Ernesto Gomez Cruz) está muito doente e sua mãe Rosario (Estela Barona) faleceu algum tempo atrás. Carlos Alberto (Arturo Peniche) é o único filho de Raúl Almazan (Rogélio Guerra) e Piedade (Saby Kamalich). Raul insistia para que Carlos trabalhasse em sua empresa, mas ele se torna professor para contrariar seu pai. Eles se conhecem na universidade, em que ele é professor e ela é aluna e começam a se odiar, e daí parte para uma paixão. O que não imaginam é que Maria José também é filha de Raul, o que desencadeia um grande conflito, e também Impéria (Ana Patricia Rojo) se aproveita da situação para seduzir Carlos. Mais tarde é revelado que Carlos não é filho de Raul e ele passa a lutar pelo amor de Maria José. ELENCO 1- Claudia Ramírez .... Maria José 2- Arturo Peniche .... Carlos Alberto Almazán 3- Ana Patricia Rojo .... Imperia Campuzano de la Cruz 4- María Victoria .... Pachita 5- Ernesto Gómez Cruz .... Serafín 6- Saby Kamalich .... Piedad Almazán 7- Rogelio Guerra .... Raúl Almazán 8- Beatriz Aguirre .... Teresa 9- Leonardo Daniel .... Octavio Campuzano 10- Anthony Álvarez .... El Tuercas 11- Leticia Perdigón .... Esther 12- Roberto Ballesteros .... Joel 13- Charly Valentino .... Vivales 14- Daniel Zamora.... Raúl 15- Óscar Morelli .... Mauro 16- Olivia Collins .... Dalila 17- Alejandro Aragón ... Vicente 18- Raquel Morell .... Natalia de la Cruz de Campuzano 19- Lili Blanco .... Felicia 20- Aurora Clavel .... Meche 21- Armando Araiza .... Mateo 22- Héctor Soberón .... Darío 23- Guillermo de Alvarado .... Condorito 24- Isabel Martínez "La Tarabilla" .... Cleta 25- Beatriz Monroy .... Zoila 26- Claudio Brook .... Rodrigo Almazán 27- Estela Barona .... Rosario 28- Guadalupe Bolaños .... Norma 29- Juan Cid .... Tobías 30- Monserrat Gallosa .... Rosa 31- Christel Klitbo .... Adelita 32- Adriana Lavat .... Susana Valtierra 33- Claudia Ortega .... Tina 34- Juan Verduzco .... Horacio 35- Esteban Franco .... Jacinto 36- Sergio Neach .... Rodrigo 37- Maty Huitrón .... Dra. Juárez 38- Eduardo Cáceres .... Saúl 39- Juan Antonio Gómez .... Dr. Gil 40- Marco de Carlo .... Dr. Rebolledo 41- Luis Guillermo Martell .... Felipe 42- Nelson Velázquez .... Ing. Ruiz 43- María José Cadenas .... La Bebé 44- Roberto Molina .... Dr. Molina 45- Maickol Segura .... El Lombriz 46- Janet Pineda .... Pilar 47- Luis Alberto Arteaga .... El Púas 48- Ramón Menéndez .... Justino 49- Alberto Díaz .... Juan 50- Mónica Pablos .... Luisa 51- Arturo Delgado .... Capitán Martínez 52- Carlos González .... Detective Esparza 53- Mónica Dossetti .... Carla 54- Mario Carballido .... Paco 55- Julio Casado .... Hugo 56- Sergio Morante .... Leopoldo 57- Germán Blando .... León 58- Juan Carlos Alcalá .... Fernando 59- Fernando Castro .... Teodoro 60- Yolanda Palacios .... Aída 61- Ramiro Ramírez .... El Araña 62- Julio Bracho .... Agente Ojeda 63- María Luisa Coronel .... Emma 64- Salvador González .... Benito José 65- Fabiola Campomanes .... Linda 66- Luisa Acosta .... Eugenia 67- Carmelina Encinas .... Lourdes 68- Olivares .... Romualdo 69- Germán Montalvo .... Montalvo Já falecidos: 1- Claudio Brook (1995) 2- Oscar Morelli (2005) 3- Marco de Carlo (2006) 4- Charly Valentino (2016) 5- Saby Kamalich (2017) CURIOSIDADES Mesmo caso de Canavial de Paixões, teve boa parte exibida legendada devido à greve dos dubladores. REGISTROS AUDIÊNCIA
  3. ANÁLISE Nada menos que um dos maiores clássicos das telenovelas no mundo, Betty conquistou o público ao redor do mundo com a sua simplicidade e a humanidade de seus personagens, aliado ao gosto do público por personagens que dão a volta por cima de seus percalços. Trata-se de uma novela simples como um todo, desde o seu enredo à sua produção, mas que traz uma empatia e emoção enormes ao público, que imediatamente se afeiçoa aos personagens e consegue se identificar com eles. Uma característica evidente da novela é a ausência de grandes vilões, em que os antagonistas são pessoas que até tem razão, em parte do tempo, assim como os próprios protagonistas traçam rumos e cometem erros que giram o conflito do enredo. Reafirma-se o grande êxito da novela, que transitou em seus momentos de comédia e drama, que no fim das contas, buscava sempre uma visão positiva, de perdão e remissão. Não tem como não destacar a atriz protagonista Ana Maria Orozco, que entrou para a história da TV mundial com sua personagem e ainda diversos outros personagens que pontuaram a história de forma brilhante, como Celmira Luzardo, que fez uma encantadora Catalina ao ajudar Betty em seus piores momentos, assim como participações especiais marcantes, como a de Taís Araújo. O interessante das diversas participações especiais da trama é que elas não foram superficiais, em sua grande maioria contribuindo para o desenrolar da história e no apoio à Betty, seja em seus bons ou maus momentos. Essas participações coroaram diversas etapas da novela, inclusive as grandes viradas, e deram um tempero especial para a novela. Sem dúvidas, uma novela marcante, emocionante e divertida, que para quem não assistiu, vale ser vista. A RedeTV devia reexibi-la, a Record com sua versão seria bem sucedida em uma reprise também. É um tipo de história que sempre cabe um remake, em qualquer emissora, mas ainda é muito precoce tratar do assunto. (não sabia que a Globo tinha comprado a novela e perdido a oportunidade de ouro de fazer um remake) @Moraes @Luccas @Fabricio @Alencar @Douglas Fernandes @J__ Título Original: Yo Soy Betty, la Fea Título Traduzido: Betty, a Feia Emissora: RedeTV Original: RCN, 25/10/1999 a 08/05/2001 (incluso segunda temporada) País de origem: Colômbia Exibição: 27/05 a 28/06/2003 Horário: 20h15 Duração: 342 capítulos Reprises: 01/12/2004 a 10/03/2006 (20h, 333 capítulos); 04/03 a 06/12/2013 (18h15/18h45, 192 capítulos) Outras Versões: La Fea Más Bella (Televisa, 2006-07); Bela, a Feia (Record, 2009-10), entre outras. SINOPSE A sonhadora Beatriz Pinzón Solano (Ana María Orozco) é uma competente economista de 26 anos, que sempre sofreu com sua aparência. A jovem que usava óculos de aros grossos, aparelho nos dentes e se vestia como uma mulher muito mais velha, ao buscar uma posição profissional, era sempre preterida por outras candidatas mais bonitas do que ela. Já cansada de buscar oportunidades na sua área de atuação, essa moça, conhecida como Betty, se candidata ao posto de secretária na Eco Moda, uma organização empresarial do mundo da moda. Escolhida por Armando Mendoza (Jorge Henrique Abello), um belo empresário que havia assumido há pouco tempo o cargo de presidente da empresa, Betty seria a secretária ideal, porque não causaria ciúmes à sua bela noiva Marcela (Natalia Ramirez), além de ser a pessoa adequada para acobertar suas aventuras amorosas com as modelos do casting da companhia. No dia a dia, com a convivência, Betty se apaixona perdidamente, em segredo, por seu chefe, e acoberta seus casos para que ele sempre se saia bem. Além disso, diante de uma crise financeira da empresa, maquia o balanço para proteger seu grande amor já que ele não estava atingindo as metas necessárias para manter seu posto. Não satisfeito só com o maquiar dos balanços, Armando, confiante na lealdade de Betty, a envolve em uma jogada, criando uma empresa em seu nome, para que ela pudesse embargar a Eco Moda em caso de uma emergência com seus credores. Para assegurar a total lealdade da secretária, Armando instigado por seu amigo Mário (Ricardo Vélez) decide, a contragosto, seduzi-la. Ela, frágil e desacostumada a ser amada, cai nas garras do patrão e passa a se encontrar com ele às escondidas. Para a surpresa de Armando, ele começa a se encantar de verdade por Betty, mesmo sem aceitar o fato, um amor genuíno cresce diariamente em seu coração, ainda que envolvido em uma complicada trama de mentiras e armações. Entretanto, antes de que Armando se dera conta e confessasse à Betty seu amor, ela descobre a armação dele com Mário e, magoada, entrega seu amor ao conselho da empresa. Betty parte pela porta dos fundos da Eco Moda, mas encontra na relações públicas Catalina (Celmira Luzardo) uma amiga que a levará como assistente para trabalhar em Cartagena, o que acarretará uma transformação na sua maneira de olhar o mundo e de mirar a si mesma. Decidida, viaja com a nova chefa, deixando Armando desesperado e sem notícias suas. Na Eco Moda, enquanto isso, tudo está em ruínas, as dívidas afloram, a família está em crise, Armando termina o noivado com Marcela e sofre com a falta de Betty por quem se descobriu perdidamente apaixonado. Mas uma grande reviravolta acontece na trama quando Betty, transformada, volta para salvar a empresa da bancarrota. Armando luta por ela, mas Betty teme que essa paixão não seja verdadeira. Trabalhando juntos outra vez, mas agora com ela no comando, eles descobrirão o valor do amor, do companheirismo e o valor de agir com ética, descobrindo que é preciso mais do que a simples beleza na construção de relações duradouras. ELENCO 1- Ana María Orozco - Beatriz Aurora "Betty" Pinzón Solano 2- Jorge Enrique Abello - Armando Mendoza Sáenz. 3- Natalia Ramírez - Marcela Valencia. 4- Lorna Paz - Patricia Fernández "la Peliteñida". 5- Luis Mesa - Daniel Valencia. 6- Julián Arango - Hugo Lombardi. 7- Ricardo Vélez - Mario Calderón. 8- Mario Duarte - Nicolás Mora. 9- Dora Cadavid - Inés "Inesita" Ramírez. 10- Paula Peña - Sofía López ex de Rodríguez. 11- Luces Velásquez - Bertha de González. 12- Stefanía Gómez - Aura María Fuentes. 13- Marcela Posada - Sandra Patiño. 14- María Eugenia Arboleda - Mariana Valdés . 15- Jorge Herrera - Hermes Pinzón Galarza. 16- Adriana Franco - Julia Solano de Pinzón. 17- Celmira Luzardo - Catalina Ángel. 18- Julio César Herrera - Freddy Stewart Contreras 19- Kepa Amuchastegui - Roberto Mendoza. 20- Talú Quintero - Margarita Sáenz de Mendoza. 21- Alberto León Jaramillo - Saúl Gutiérrez "Guti-Gut" 22- Martha Isabel Bolaños - Jennifer "Jenny" García (Pupuchurra) 23- David Ramírez - Wilson Sastoque 24- Patrick Delmas - Michel Doinel. 25- Diego Cadavid - Román. 26- Luis Enrique Roldán - Juan Manuel Santamaría 27- Pilar Uribe - María Beatriz Valencia 28- César Mora - Doctor Antonio Sánchez 29- Saúl Santa - Efraín Rodríguez "El Cheque" 30- Scarlet Ortiz - Alejandra Zing. 31- Angeline Moncayo - Karina Larson 32- Verónica Ocampo - Claudia Bosch 33- Rubén Óliver - Miguel Robles 34- Lorena de McAllister - Diana Medina' 35- Elías Rima Nassiff - Doctor Rosales 36- Carlos Serrato - Gustavo Olarte 37- Alberto Valdiri - Gordito González 38- Diego Vivanco - Rolando "el Chesito su mercé" 39- Claudia Becerra - Mónica Agudelo 40- Rosa Margarita Guerrero - María Claudia Botero 41- Paulo Sánchez Neira - Ingeniero Ortiz Participações especiais: 42- Adriana Arboleda: presentadora colombiana 43- Alberto José Linero: Sacerdote colombiano 44- Amada Rosa Pérez: modelo y actriz colombiana 45- Anasol: cantautora colombiana 46- Andrea Nocetti: Miss Colombia 2000 47- Andrea Serna: presentadora colombiana 48- Andrés Pastrana Arango: Ex Presidente de Colombia (en ese entonces Presidente). 49- Armando Manzanero: cantautor mexicano 50- Betina Spitz: diseñadora colombiana 51- Catalina Acosta: Miss Colombia 1999 52- Cecilia Bolocco: Miss Universo 1987, Presentadora Chilena y ex esposa de Carlos Menem 53- Charlie Zaa: cantante colombiano 54- Claudia Elena Vásquez: Miss Colombia 1996 y esposa de Carlos Vives 55- Claudia Gurisatti: Periodista y presentadora colombiana, actualmente directora del programa La Noche, del canal de noticias NTN24 y de Noticias RCN. 56- Eyla Adrian: presentadora venezolana 57- Fanny Kertzman: ex directora de la DIAN 58- Franco De Vita: cantautor venezolano 59- Gino Molinari: conductor ecuatoriano 60- Gisela Valcárcel: conductora peruana 61- Gloria Calzada: conductora mexicana 62- José Gabriel Ortiz: periodista y conductor colombiano 63- Karoll Márquez: actor y cantante colombiano 64- Kike Santander: compositor y productor discográfico colombiano 65- Laura Flores: actriz y conductora mexicana 66- Lina Marulanda: modelo y presentadora colombiana 67- María Rocío Stevenson: presentadora y virreina colombiana 68- Mario Duarte: cantante colombiano 69- Moris Rodríguez: cantante colombiano 70- Norma Nivia: modelo y actriz colombiana 71- Olga Tañón: cantante puertorriqueña 72- Patricia Vásquez: actriz y modelo colombiana 73- Paula Andrea Betancourt: Miss Colombia 1992 y Virreina Universal 74- Pilar Castaño: diseñadora colombiana 75- Raimundo Angulo: presidente del Concurso Nacional de Belleza de Colombia 76- Ricardo Montaner: cantautor argentino-venezolano 77- Santiago Cruz: cantante colombiano 78- Silvia Tcherassi: diseñadora colombiana 79- Scarlet Ortiz: actriz venezolana 80- Taís Araújo: actriz brasileña 81- Valeria Mazza: Ex modelo y empresaria argentina Já falecidos: 1- Maria Rocio Stevenson (2000) 2- Lina Marulanda (2010) 3- Celmira Luzardo (2014) 4- Alberto Valdiri (2014) CURIOSIDADES A novela colombiana chegou a ser adquirida pela Rede Globo, no final de 2000, com a finalidade de impedir a sua exibição no Brasil pela sua principal concorrente na época, o SBT. A emissora carioca desembolsou 100 mil dólares, o equivalente a produção de um capítulo da novela global, para comprar os direitos de Betty, A Feia. Em entrevista a revista ISTOÉ daquele ano, o diretor de vendas internacionais da Rede Globo, Luís Alberto Simonetti, chegou à cogitar a possibilidade de realizar uma adaptação da novela colombiana, fato este que não acontecia desde a década de 1960. O SBT poderia ter adquirido Betty, A Feia, através de um pacote de novelas colombianas e venezuelanas que adquiriu em 2000. Entre as novelas que a emissora de Silvio Santos comprou estavam: Kassandra (exibida em 2000), Café com Aroma de Mulher (exibida em 2001), além das novelas Mundo de Fieras (1991, produção da Venevisión) e Quirpa de Tres Mujeres (1996, produção da Venevisión), ainda inéditas no Brasil. Em 2002, quando o SBT decidiu entrar na briga pelos direitos de Betty, A Feia, teria sido impedida pela Televisa, já que na época mantinha um contrato de exclusividade com a emissora mexicana. Com isso, a RedeTV! conseguiu tirar da Rede Globo, os direitos autorais, mas para isso, teve que desembolsar 3 milhões de dólares entre direitos e tradução. No Brasil foi exibida na RedeTV! entre 27 de maio de 2002 a 28 de junho de 2003, era exibida em horário nobre. Foi reapresentada entre 1 de dezembro de 2004 e 10 de março de 2006, totalizando mais de um ano no ar. Foi reexibida de 4 de março a 6 de dezembro de 2013, em alta definição. A novela foi vendida para 100 países, dublada em 15 idiomas, sendo uma das novelas mais exibidas no mundo. Os direitos da novela foram para emissoras de todo o mundo que fizeram suas próprias versões. A versão mexicana A Feia Mais Bela (La Fea Más Bella), produzida pela Televisa foi exibida no Brasil pelo SBT. Nos Estados Unidos a telenovela tornou-se série com Ugly Betty, de grande sucesso que é exibida, originalmente pelo canal fechado Sony Entertainment Television, e também é exibida pelo SBT. Em 2009 a Record adaptou a novela Colombiana/Mexicana (La Fea Más Bella), intitulada de Bela, a feia, no princípio muitos criticaram, que a novela estava fugindo do seu texto original. Na vida real, Ana Maria Orozco é casada com Julián Arango, que interpretou o estilista afetado Hugo Lombardi. Taís Araújo participou de alguns capítulos da novela como ela mesma para promover Xica da Silva na Colômbia. REGISTROS https://www.youtube.com/watch?v=2bxnJGSDLtM https://www.youtube.com/watch?v=57RWTNAo50I (uma das cenas mais marcantes da novela, mas tem que clicar no link para ver, em que Betty descobre o plano de Armando e Mário) https://www.youtube.com/watch?v=Vv8XaoM1xVk (Betty apresenta o balanço real) https://www.youtube.com/watch?v=cm7NciUv4rI https://www.youtube.com/watch?v=fiDGPjSq6Hk (Final) AUDIÊNCIA
  4. A exibição era todo sábado depois da novela? Sempre recebia os 10 artistas mais tocados nas rádios durante a semana? O programa era ao vivo? Se sim, como faziam pra conciliar com as agendas dos artistas? Se não, como faziam pra saber quais seriam as músicas mais tocadas sendo que gravavam antes da semana de fato acabar?
  5. Estamos na antepenultima semana de Pega Pega, inegavelmente a novela é um verdadeiro sucesso se tratando de numeros de audiência, mas teoricamente a novela nao "pegou" com o perdão do trocadilho, a novela passou completamente despercebida e apagada com uma repercussao quase nula. Pra voce a Globo vai querer reprisar algum dia, sera que só audiência importa? sera que a novela tem chances de voltar algum dia ou sera que ela vai esquecida pra sempre nos arquivos e ser apagada pra sempre da memoria do publico?
  6. Mesmo com toda essa sacanagem e mijo pra cima dessa novela do autor e da emissora, ainda estou um pouco curioso em ver. Espero que eu goste, porque a Globo enaltecendo essa novela só me dá vontade de chama-lá de lixo sem nem ter visto.
  7. Não que eu a considere uma excelente atriz. Pelo contrário, acho que foi ficando muito artificial com o tempo. Se acomodou a um único tipo e fica no automático. Tipo a Susana Vieira, só que numa versão mais contida e classuda. Mas, de qualquer forma, ela ainda é uma atriz boa/razoável. E, principalmente, tem um nome bastante forte perante ao público. O suficiente para chamar atenção para uma novela ou para segurar um núcleo importante. Só que parece que poucos ou nenhum autor e diretor tem muito interesse por ela. Nos últimos 10 anos, mesmo reclamando com a direção da Globo por espaço, só fez 3 novelas e por enquanto não se cogita seu nome para nenhum folhetim dos próximos 2/3 anos. Qual será o problema? Uma profissional com tantos anos de casa não ter conseguido nem entrar pra alguma "panelinha"...
  8. De frente para a TV: O autismo de Benê em 'Malhação' faz história O telespectador de “Malhação” esperou 207 capítulos para Benê (Daphne Bozaski), finalmente, falar sobre a síndrome de Asperger, o que era esperado desde que a temporada começou, em maio. Considerado um transtorno do espectro autista, essa síndrome é um distúrbio comum, mas ainda pouco conhecido e nunca mostrado numa produção de TV. Cao Hamburger foi original e delicado ao trazer a questão à tona. Primeiro, o autor demonstrou coragem ao colocar uma de suas cinco protagonistas como a portadora da síndrome. Algumas das características mais marcantes de Benê são sua sinceridade extremada, a dificuldade em se relacionar com as pessoas e a interpretação ao pé da letra de tudo que é dito. A partir de sua amizade com Keyla (Gabriela Medvedovski), Lica (Manoela Aliperti), Ellen (Heslaine Vieira) e Tina (Ana Hikari) é que a novela se propôs a discutir esse tipo de transtorno. O mérito de Cao foi justamente falar da síndrome sem efetivamente falar da síndrome. Entendem? Através da novidade que as atitudes de Benê traziam ao grupo, as outras meninas refletiam e aí tentavam entender o que se passava com a amiga. Como a relação entre Benê e as outras Five aconteceu gradativamente (já que elas não se conheciam), as dificuldades dela também foram mostradas devagar e de forma natural. E aí o telespectador foi entendendo “qual era o problema” de Benê junto com os personagens. O serviço que essa trama fez a quem assiste à novela é maravilhoso, uma vez que tipos como Benê (em maior ou menor graus) não são raros. O autor ainda conseguiu encontrar espaço para investir numa relação amorosa dela com Guto (Bruno Gadiol) e todas as dúvidas que atormentariam Josefina (Aline Fanju). Uma das melhores temporadas de todos os tempos conseguiu juntar entretenimento, elenco afinado e serviço social. A novela vai fazer falta. E por falar nisso... Em 2014, “Amor à vida” teve uma personagem com um quadro grave de autismo: Linda (Bruna Linzmeyer). Extremamente protegida pelos pais, a jovem sensível, carinhosa e afetuosa vê sua vida mudar ao conhecer Rafael (Rainer Cadete). Contra tudo e contra todos, o advogado a fez se transformar numa grande artista, e ela conseguiu garantir seu final feliz na novela se casando com o rapaz. Destaque! Fernanda Nobre está muito bem como a Diana em “Deus salve o rei”. A atriz tem presença, circula à vontade entre os outros personagens e mostra com talento todas as facetas da feirante. Grazi está sendo subaproveitada Que Grazi Massafera é uma atriz talentosa, isso todo mundo já sabe. Mas está sendo subaproveitada em “O outro lado do paraíso”. Lívia teve boas cenas e importância na primeira fase apenas. Depois, ficou bem apagada. Lívia ganha um respiro Nos últimos capítulos, a trama de Lívia ganhou um respiro quando Sophia (Marieta Severo) descobriu que ela estava tendo um caso com Mariano (Juliano Cazarré) e resolveu revelar que a loura não é sua filha biológica. Brilho e bons embates em cena Grazi, como sempre, brilhou nas cenas em que foi exigida. Teve bons embates com Marieta e colocou Lívia novamente na linha de frente da novela. Mas só. A partir daí, a personagem entrou no limbo de novo. História que anda em círculos O grande problema de “O outro lado do paraíso”, aliás, é andar em círculos. Com raríssimas exceções, as tramas se repetem. E é isso que acomete Lívia. Pouca coisa aconteceu com ela. E olha que a personagem era bem promissora. Fonte: Extra (04/03/18) https://extra.globo.com/tv-e-lazer/telinha/de-frente-para-tv-autismo-de-bene-em-malhacao-faz-historia-22452724.html
  9. Estranhamente, a novela Terra Nostra, em 1999, não teve a direção de Luiz Fernando Carvalho. Ele que já tinha feito os fenômenos Renascer (1993) e O Rei do Gado (1996/1997) em parceria com Benedito Ruy Barbosa, não foi chamado para dirigir a novela dos imigrantes italianos. Luiz vinha desses dois sucessos gigantescos de audiência com o autor, uma dobradinha mais que vitoriosa........... Até hoje não entendo o motivo da Globo tê-lo descartado da direção de Terra Nostra e chamado o Jayme Monjardim. Vcs acham que com Luiz à frente de Terra Nostra, a novela seria melhor desenvolvida? Lembrando que o enredo teve uma senhora barriga do meio pro fim.... @Franklin @Rich @Helenaldo @Pric
  10. COMO A TAYLOR SWIFT CONSEGUE SER UMA PESSOA TÃO MESQUINHA? COM ESSA LADAINHA DE BOA MOÇA NÃO PASSA DE UMA IMITAÇÃO BARATA DA BRITNEY SPEARS, MAS AO CONTRÁRIO DA BRITNEY, ESSA DESGRAÇADA É MALVADA, PERVERSA, MERCENÁRIA, SEM DIGNIDADE. TAYLOR SWIFT NÃO PASSA DE UM PRODUTO ALIENATIVO DA CLASSE CONSERVADORA DOS USA, É UMA DESGRAÇADA CHEIA DE PRECONCEITOS COM MINORIAS, ESSA GAROTA É UM SER ASQUEROSO, CONSEGUE SER MAIS FÚTIL QUE A RIHANNA CHEIRANDO UM BECK. SEGUE A LISTA DE ALGUNS DEFEITOS DESSA ORDINÁRIA NEO NAZISTA XENOFOBICA http://www.puntoinformativo.mx/2015/10/taylor-swift-apoya-donald-trump-y-dice.html RACISTA http://hollywoodlife.com/2015/09/02/taylor-swift-racist-wildest-dreams-music-video-colonialism-critics/ http://www.theguardian.com/music/2015/sep/02/taylor-swift-accused-racism-african-colonial-fantasy-video-wildest-dreams FALSA FEMINISTA DECLARAÇÃO NO TWITTER: “Não fiz nada senão gostar de ti e apoiar-te. Nem parece teu, colocares as mulheres umas contra as outras. Talvez tenha sido um homem a ficar com o teu espaço” TRADUÇÃO DE BAD BLOOD: Pois querida, agora temos uma rixa Sabe, nós costumávamos ser loucas de amor Então olhe bem para o que você fez Porque querida, agora temos sangue ruim HOMOFÓBICA AINDA POR CIMA É CONSERVADORA DEPOIS DISSO TUDO SE AINDA EXISTIR ALGUM DESGRAÇADO QUE CONTINUE APOIANDO AS ATITUDES DESSA LAZARENTA, SÓ POSSO SENTIR DÓ DE COMO SE TORNOU UM SER BURRO E SEM DIGNIDADE ALGUMA, JÁ FOI ALIENADO POR ESSA DESGRAÇADA SEM CONTEÚDO.
  11. O que acham dela sair dos domingo e finalmente entrar no horário noturno? Talvez seja disso que ela precisa, uma grande mudança. Um novo dia, horário, outros concorrentes, um novo público. 20:30 Carinha De Anjo 21:15 Chiquititas 21:45 Eliana 00:45 The Noite Imagina então se fosse ao vivo...
  12. A Globo deveria fazer um rodízio de diretores pra autores, não tendo mais aquela coisa de que autor só trabalha com diretor X ou Y. Todos os diretores deveriam experimentar dirigir a novela de todos os autores. Por exemplo, Jorge Fernando poderia dirigir novela da Glória Perez, Denise Saraceni novela do Walcyr, Mauro Mendonça Filho do Aguinaldo, Rogério Gomes com Benedito Ruy Barbosa e assim por diante..... Assim quebraria a mesma panelinha de sempre. O que acham?
  13. Repararam? Os capítulos de O Outro Lado do Paraíso estão maiores, com 80 minutos entre arte e break, e deve trilhar o mesmo caminho de Amor à Vida, que na reta final tinha capítulos indo até 23h.......... Walcyra está sendo explorada ao máximo.kkkkkkkk
  14. Eles fizeram dois fenômenos na Globo já de cara nos anos 90, Renascer em que o casal José Inocêncio e Maria Santa viraram febre na primeira fase da trama e depois foram alçados a protagonistas de Sonho Meu às 18h como Lucas e Cláudia. Grande parte do sucesso gigantesco de Renascer, inclusive, deve-se ao carisma fortíssimo deles na primeira fase, que foi fundamental para impactar o público com muita emoção. Patrícia França e Leonardo Vieira tiveram caminhos parecidos na Globo, primeiro aquela explosão e sucesso sem precedentes, depois fizeram outras novelas, na referida década, o que se estendeu até primeira metade dos anos 2000. Ela fazendo novelas como A Padroeira e Chocolate com Pimenta e ele em Senhora do Destino. Depois, a Globo simplesmente não investiu mais neles, e por ironia do destino, foram para a Record. Patrícia ainda voltou à emissora pra fazer Malhação (muito aquém do que ela pode). A Globo que tanto reclama na falta de galãs maduros ou mocinhas idem, se deu ao luxo de desprezar esses dois atores, depois de tantas glórias que já deram à emissora no passado. Patrícia poderia ser o que Adriana Esteves (ambas com idades parecidas) é hoje na Poderosa assim como Leonardo poderia ser o que Murilo Benício ou Fábio Assunção (também quase da mesma faixa etária) representam para a dramaturgia da casa. Ambos poderiam estar em papeis de destaque ou até mesmo como protagonistas. Paloma Duarte, que também estreou em Renascer, é outra com caminho muito parecido. Foi sugada pela emissora nos anos 90 até meados de 2000, e depois tchau. Um desperdício! O que vcs acham? @[email protected] @Franklin @Helenaldo
  15. O recorde do Walcyr Carrasco na Globo é o último capítulo de Alma Gêmea em 2006, quando consolidou 53 de média e picos de 58 em SP em plena faixa das 18h. Vcs acham que ele ainda pode igualar ou superar esta marca? Ou é muito difícil? Opinem.
  16. Se vcs perceberem, o cenário não poderia ser melhor pra Globo, né? Vai estrear Segundo Sol no começo de Maio, pegando a audiência provavelmente com picos acima de 50 pontos. Portanto, 1 mês antes de Jesus da Cocó estrear, e pra facilitar ainda mais, vem Copa do Mundo em junho, ou seja, a novela da concorrente vai pegar toda a euforia do mês de Copa, a qual será exibida pela Globo e somente por ela. Não bastasse, o SBT deve estrear Poliana junto com a novela do JEC, o que com certeza fidelizará o público da infantil.
  17. Exagerado, diálogo de mãe e filha lembra novela mexicana exibida pelo SBT Chocada após flagrar a própria mãe beijando o seu namorado dentro da sua casa, Livia (Grazi Massafera) ficou desesperada. Ela primeiro expulsou Mariano (Juliano Cazarré) da mansão e, em seguida, dirigiu-se a Sophia (Marieta Severo). “Como é que você pode fazer uma coisa dessas? Você e o Mariano? Que situação mais horrível. Você nunca me disse nada! Minha mãe. Você é minha mãe! Como você pode fazer uma coisa dessas? Como você teve coragem de fazer uma coisa dessas?” E com o olhar gelado de vilã, Sophia respondeu fazendo uma pergunta: “Quem disse que eu sou tua mãe?” Ri muito desta conclusão da cena no final do capítulo desta sexta-feira (23). Sutileza é para os fracos. A frase da vilã, já dando início a um novo drama, é típica dos melodramas mais exagerados, daqueles que tentam nocautear o espectador a cada cena. Quem assiste a novelas mexicanas, exibidas pelo SBT, já viu coisas piores. “O Outro Lado do Paraíso” parece produção da Televisa. https://mauriciostycer.blogosfera.uol.com.br/2018/02/23/exagerado-dialogo-de-mae-e-filha-lembra-novela-mexicana-exibida-pelo-sbt/
  18. A partir de 12:55. Vocês já acreditaram nessa teoria da voz da Britney?
  19. Que mais teve que fazer malabarismos. Foi a de 86? @Dom @Moraes @Sam
  20. Off Globo SP.. As afiliadas da Record, SBT e Band tem vários programas e jornais locais de qualidade,a Record por exemplo em todo o Brasil tem os Praça Record nós temos que ficar com o lixo do Cidade Alerta até 19:45,e em breve não teremos mais o tradicional SP no Ar,SBT,no RJ tem SBT Rio,Sbt esporte,jornal local de manhã e nós temos q aguentar Dudu e Marcão do Povo,BDEcia até 15h e Roda a Roda a noite, gente isso é horrível,eles tentam fazer tudo por audiência e acabam colocando uma programação lixo pra SP, depois q a Globo da 10 as 6h e 15 ao meio-dia falam q é roubo,é muito triste isso
  21. Eu vejo algumas emissoras regionais que se esforçam muito e tem uma estrutura bacana (qualidade de imagem, cenografia, vinhetas). Na opinião de vocês, quais são as melhores?
  22. Jurava que a Globo nunca ficou com 1 digito, mas me falaram que já marcou 9,3 de média de dia. Alguém sabe qual é e quando foi?
  23. Qual O Melhor Papel da Meryil Streep?
  24. Eu vi muita gente falando que ontem teve um capítulo fantástico dessa novela e fui conferir, depois de assistir tudo me pergunto, cadê? Um capítulo extremamente chato, com uma duração enorme sendo que o principal plot da trama atualmente (ou até ontem) só durou menos de 20 minutos, o Walcyr realmente sabe criar plots interessantíssimos, não tem como negar, mas não tem competência pra mante-lo por muito tempo, se um plot desse caísse na mão de qualquer autor isso duraria um capítulo inteiro, e provavelmente um recorde de audiência bem maior que o de ontem, e acho que não precisamos citar o texto né? Aliás, só as perguntas feitas tanto pela defesa como acusação já respondem por si. É uma pena que mesmo com essas ruindades as novelas dele continuem dando ibope, pq se dessem menos com certeza ele se esforçaria pra trazer ao menos um pouco mais de "barriga" (se posso dizer) pros seus plots interessantes, mas ninguém pode ser bom em tudo né? Pena que o Walcyr só seja bom de dar ibope mesmo.
×
×
  • Create New...

Important Information

By using this site, you agree to our Terms of Use.