Jump to content


Search the Community

Showing results for tags 'novela'.



More search options

  • Search By Tags

    Type tags separated by commas.
  • Search By Author

Content Type


Forums

  • Entertainment
    • TV News
    • International TV
    • Series
    • On Air
    • A Fazenda 11
  • Geral
    • General Area
    • Music
    • Movies
    • Politics
  • Feedback
    • Compra de pontos
    • Site Questions
    • Announcements and Updates
    • Archive

Blogs

There are no results to display.

There are no results to display.


Find results in...

Find results that contain...


Date Created

  • Start

    End


Last Updated

  • Start

    End


Filter by number of...

Joined

  • Start

    End


Group


Website URL


Twitter


Instagram


Spotify


Snapchat


Last.fm


TVShow Time


Banco de Séries


Filmow


Skype


Localização


Interesses

Found 68 results

  1. Se llevó a cabo esta mañana el arranque de las grabaciones de la nueva producción de Rosy Ocampo, "La doble vida de Estela Carrillo". En entrevista telefónica con Flor Rubio, la productora indicó que este proyecto surgió de una manera diferente, cuando un grupo de escritores plantearon diversas temáticas, para concretar una historia original, basada en hechos reales. "La historia gira entorno a la vida de una maestra de música que labora en la Fundación Everwood, donde tiene lugar un tiroteo. El momento es grabado y el video se vuelve viral, convirtiéndose ella en una figura pública. Ella tendrá que testificar a favor de un asesino", explicó. Detalló que cada actor que participa en este melodrama corresponde a un perfil muy específico, que cumpliera con ciertos requerimientos para apegarse lo mejor posible a la trama. "Nos dimos cuenta que Ariadne Díaz si canta, ella está con algunos coaches vocales. Ya tenemos grabados varios temas, que muchos de ellos son compuestos por Joshua Vela, un joven que participó en ' Código Fama' ", expresó. Por otro lado, Ocampo explicó que durante el transcurso del día se decidirá quién será el protagonista masculino de dicha producción, luego de que Horacio Pancheri no cumpliera con el perfil que se necesitaba. "Tenemos un elenco de mucha trayectoria, entre ellos, Erika Buenfil y César Évora. Tenemos un actor salvadoreño y una actriz cubana también". Sobre su labor en Televisa, Rosy Ocampo comentó que tiene un contrato a largo plazo con la empresa y que tiene varios proyectos bajo la manga. "Estamos buscando fórmulas para renovar el género de la telenovela y creo que este es el primer producto de este tipo que existe, basado en una historia real", declaró. La productora concluyó que "La doble vida de Estela Carrillo" saldrá al aire a partir de febrero de 2017, cuando "La candidata" finalice su transmisión. http://www.radioformula.com.mx/notas.asp?Idn=639753&idFC=2016
  2. La actriz Ariadne Díaz protagonizará la telenovela "La doble vida de la Estela Carrillo", se informó en el programa Shanik en Fórmula. A través de su cuenta de Twitter, la productora Rosy Ocampo dio a conocer la noticia. Por ese mismo medio Ariadne le agradeció la invitación. "El honor es mio! Gracias por invitarme a ser parte de esta maravillosa historia @RosyOcampo", se puede leer. Cabe señalar que Díaz compartirá créditos con Danilo Carrera y David Zepeda, protagonistas masculinos. Esta es una historia corta que constará de 70 capítulos; en ésta Ariadne interpretará a una madre soltera que tiene que cruzar la frontera entre México y Estados Unidos como migrante indocumentada, tendrá que comprar un documento de identidad para poder trabajar y sacar a su hija adelante, esa identidad le traerá muchísimos problemas. De acuerdo con la emisión, la guapa actriz no sólo actuará en este melodrama, sino que tendrá que cantar; en YouTube ya circula un video en el que Ariadne demuestra su talento escondido. http://www.radioformula.com.mx/notas.asp?Idn=638614&idFC=2016
  3. Festa vai contar com elenco de novela da Record e mais de três horas de transmissão A novela Os Dez Mandamentos já é um dos maiores sucessos da TV Argentina. Por isso mesmo, a chegada da cena da abertura do Mar Vermelho vai ser recebida com um megaevento promovido pela Telefe. A emissora vai dedicar três horas do horário nobre para festa, que acontece em 17 de novembro. Atores da trama da Record já confirmaram presença, como Guilherme Winter (Moisés), Sérgio Marone (Ramses), Camila Rodrigues (Nefertari), Giselle Itié (Zípora) e Petrônio Gontijo (Aarão). Quem vai comandar a atração será Marley, o mais popular apresentador de TV da Argentina no momento. A festa acontece no histórico Luna Park, ginásio central de Buenos Aires, com capacidade para mais de 10 mil lugares. Sucesso de audiência, Os Dez Mandamentos colocou a Telefe na liderança de audiência do País latino, o que não acontecia desde maio. http://entretenimento.r7.com/famosos-e-tv/rede-de-tv-argentina-promove-megaevento-para-transmitir-abertura-do-mar-vermelho-em-os-dez-mandamentos-03112016
  4. Teodora ‘ressuscita’ em ‘Haja Coração’ em ação inédita da Globo Gabriel Perline 30 Setembro 2016 | 09h00 Foto: Divulgação/Globo Teodora (Grace Gianoukas) não morreu e está prestes a retornar a Haja Coração. E voltará viva, não como assombração. A justificativa para seu sumiço será apresentada em uma ação inédita da Globo. Grace começou a gravar ontem (29) um spin-off da novela, a ser lançado na Globo Play, dia 10. Diariamente, um capítulo será publicado na plataforma. O último entra no dia 17, mesma data em que ela retorna à novela. Na história paralela, Teodora passou os últimos meses na companhia de um macaco, de uma cabra, e de seu ‘Tarzan’ (Guilherme Chelucci), único morador de uma praia deserta, com quem vive uma intensa paixão. Ela retorna à civilização e retoma o comando da família Abdala. Notícia publicada na coluna Sem Intervalo, do Caderno 2, nesta sexta-feira (30).
  5. O que não falta na história de amor de Gui (Vladimir Brichta) e Diana (Alinne Moraes) é intensidade. Ele, um roqueiro charmoso e com personalidade forte. Ela, uma mulher controladora e que sabe o que quer – e faz tudo para conseguir. O temperamento explosivo de Gui, no entanto, começa a cansar Diana. Diretora artística da Som Discos, a gravadora de sua família, ela ama o marido, porém, está farta de perdoar suas escapadas durante o casamento e as incontáveis confusões nas quais ele se mete, indo parar nas capas dos jornais. Além de ter seu orgulho ferido, Diana se preocupa com o impacto que o comportamento de Gui causa em Chiara (Lara Cariello), filha do casal, e resolve sair de casa com a menina. Mas atenção: acostumada a manipular tudo e todos à sua volta, a herdeira da Som Discos está bem longe de ser a vítima que às vezes tenta parecer. Em meio ao conflito com Diana, Gui conhece Júlia, a delicadeza em pessoa. Formada em dança, a jovem dá aulas de balé para crianças, mas vê sua vida mudar de uma hora para outra quando o namorado, Alex (Caio Paduan), tenta usá-la para transportar drogas para os Estados Unidos. Ela consegue escapar da polícia e precisa provar sua inocência. É aí que seu destino e o de Gui se cruzam. No momento em que Júlia está numa nova fuga, agora tentando se esconder dos capangas de Alex, ela pede ajuda à primeira pessoa que aparece à sua frente: o roqueiro. A partir desse dia, começa uma grande amizade. Apesar de mal conhecer o músico, a jovem fica agradecida e confia seu segredo a ele. Júlia percebe que, atrás daquela imagem criada pela mídia, existe um homem bacana pelo qual vai, cada vez mais, se encantando. Gui, por sua vez, ainda confuso com seus sentimentos em relação a Diana, terá na professora um ombro amigo para ajudá-lo a enfrentar a avalanche de acontecimentos que atinge sua vida. http://boainformacao.com.br/2016/09/gui-diana-e-julia-os-diferentes-acordes-do-amor/
  6. La telenovela "Tres veces Ana" protagonizada por Angelique Boyer, Sebastián Rulli y David Zepeda se encuentra en primer lugar de audiencia en Las Estrellas, de Televisa. En el espacio de "Fórmula Espectacular" se detalló que en segundo lugar, otro de los proyectos que más funcionan en este momento es "Vino el amor" con Gabriel Soto e Irina Baeva; seguidos por "Mujeres de Negro" del productor Carlos Moreno.Sin embargo, la producción de "Yago" de Carmen Armendáriz no ha tenido una buena aceptación por parte del público. http://www.radioformula.com.mx/notas.asp?Idn=623963&idFC=2016
  7. Nessa entrevista ele fala ainda da Shirley, relação com o Silvio de Abreu, além de contar como é sua rotina. QUEM: Haja Coração vem alcançando números de audiência iguais aos de Cheias de Charme, um fenômeno no horário em 2013. A que atribui o sucesso? DANIEL ORTIZ: A novela tem uma mistura de todos os gêneros: comédia, romance, uma parte dramática. É vibrante e colorida, além de ter personagens bem construídos, que eu herdei do Silvio de Abreu. As três mulheres falidas agradam as donas de casa, temos um núcleo jovem... A trama atrai todo tipo de público. Essa mistura é uma espécie de guia para não errar? DO: Não existe fórmula para o sucesso, mas há ingredientes que dão certo. O melodrama sempre é algo seguro. Uma novela tem que ter um bom drama e humor. Alguns mistérios fazem com que o público se sinta intrigado. Se você souber dosar bem esses elementos, o trabalho tem chances de ir bem. Claro, também é preciso respeitar a situação que o público vive. É preciso entender o momento do país e saber que certas questões não serão bem aceitas. Que questões, por exemplo? DO: Vivemos um momento de tanta corrupção e violência, o povo está tão descrente, que a gente, como escritor, precisa tentar evitar que nas novelas as pessoas vejam essas mesmas coisas. Que outro sucesso você tem vontade de reescrever? DO: Na próxima novela quero fazer uma história original minha. Se tivesse de reescrever outra história, escolheria Jogo da Vida (1981), Cambalacho (1985) ou Brega e Chique (1987). Legal mesmo seria fazer uma mistura de várias novelas, como a Maria Adelaide Amaral fez em Ti-Ti-Ti (2010): ela misturou com Plumas e Paetês (1980) e Elas por Elas (1982). Sassaricando é uma história consagrada da teledramaturgia. Qual o maior desafio em reeditar um sucesso assim? DO: Não digo que houve uma grande dificuldade. Mas, quando você pega uma história da década de 80, é preciso criar uma roupagem atraente, não dá para seguir exatamente o que foi feito na obra original. Fiz atualizações. Lembro que, na época em que a novela foi exibida, a personagem Penélope (interpretada na versão original por Eva Wilma e, agora, por Carolina Ferraz) se envolvia com um sujeito mais novo que ela e aquilo era um tabu, era preciso ter cuidado. A Fedora, hoje, é uma menina ligada em redes sociais. Estou contando a história do meu jeito, a novela original era uma comédia total, eu tenho um lado mais romântico. Foi assim que surgiu a história da Camila (Agatha Moreira) e do Giovanni (Jayme Matarazzo), que não existia na primeira trama. Por que ressuscitou a Shirley (Sabrina Petraglia), personagem da novela Torre de Babel (1998)? DO: Eu gostava muito da personagem nessa novela. Quando o Silvio me autorizou a fazer essa reedição, eu quis substituir algumas coisas, porque, quando você pega a história de outra pessoa, você se identifica mais com um personagem ou outro. Como é a sua relação com o Silvio? DO: A gente é muito próximo. Trabalhamos desde 2009 juntos até o ano passado, com o final de Alto Astral (2014). Ele fala o que acha e o que pensa sem rodeios, mas é uma troca incrível, ele é um grande professor. Nós nos falamos toda semana. Como o conheceu? DO: Conheci o Silvio quando eu trabalhava no México, em um canal de TV de lá. Fomos apresentados por amigos em comum. Mantivemos contato durante anos. Um dos nossos pontos nesse contato foi o cinema mexicano dos anos 50, do qual ele é fã. Ele pedia para eu encontrar esses filmes por lá. Quando eu estava escrevendo uma novela para um canal do Oriente Médio, em Dubai, o Silvio me chamou para ser colaborador de Passione (2010). Ele é muito paternal com as pessoas que trabalham com ele. Não é à toa que ele está onde está hoje. Você faz parte de uma nova geração de autores. Já estava na hora de renovar? DO: Os autores que escrevem até hoje são maravilhosos, mas, ao mesmo tempo, existe um processo natural de renovação. Os profissionais que escrevem há 30 anos, em algum momento, vão querer se aposentar. A Globo está apostando em uma geração nova e isso está sendo muito bom, porque diversifica os estilos e já consigo identificar alguns. A gente sabe bem como é uma novela da Lícia Manzo, por exemplo. Há poucos autores de novela no país. Por quê? DO: Acho que existem muitos autores e colaboradores. O que não temos, talvez, seja uma escola que prepare essas pessoas para que elas possam virar autoras. Talentos existem e estão por aí. De onde tira as histórias? DO: Não me baseio em nada da minha vida. As histórias surgem quando começo a escrever. Assisto a filmes, leio livros para pegar inspiração, coloco uma música e as tramas vêm. Já passou por alguma turbulência em suas novelas? DO: Ainda não tive de mudar uma história inteira. Houve situações como a da Cleyde Yáconis e do Cauã Reymond, em Passione, que tiveram problemas médicos e precisamos alterar histórias. Em Alto Astral, houve um surto de conjuntivite no elenco e a Raquel Fabri ficou duas semanas afastada. Quando ela teve alta, tive de fazer um capítulo só para ela, porque a história dela era necessária para que a trama avançasse. Escrever novela é muito estressante? DO: Escrever novela dá muito trabalho, é muita ansiedade. É como colocar a seleção em campo todos os dias. Se o Brasil joga mal num dia, todo mundo tem um palpite. Se vai bem, todo mundo te exalta. É uma batalha diária. Tenho muita sorte com os elencos com os quais trabalhei, não tive problemas com ator ligando e exigindo cenas. Eu me protejo um pouco, não leio sites, a assessoria de imprensa faz chegar até mim só o que é relevante. Às vezes, é a opinião de uma pessoa e não corresponde à opinião do público. Como é sua rotina? DO: Acordo entre 8h e 9h, 10h30 começo. Num bom dia, termino na hora da novela, 19h30; em outros vou até 1h da manhã. Converso com o diretor, o Fred Mayrink, diariamente, sobre as cenas do capítulo exibido e questões de produção. Não paro um minuto. http://revistaquem.globo.com/Entrevista/noticia/2016/08/daniel-ortiz-autor-de-haja-coracao-quero-fazer-uma-historia-original-minha.html Tomara que não demore pro rei voltar. Do jeito que a fila está apertada...
  8. Angelli Nesma quer Ana Martín no remake de "La Usurpadora" Interpretaria o papel feito por Libertad Lamarque na versão de 98. Febre MX
  9. Ás 8pm, estreia Silvana Sin Lana, uma comédia romântica protagonizada por Marita Rodriguez e Carlos Ponce. Trata - se de um remake da famosa novela colombiana "Pituca Sin Lucas". Logo após, estreia no horário nobre "Sin Senos Si Hay Paraíso", a continuação da polêmica "Sin Senos No Hay Paraiso" (2008), protagonizada por Carolina Gaytán. Ás 10 pm, "Señora Acero 3: La Coyote", trás uma história completamente diferente das temporadas anteriores e estreia uma nova protagonista, Carolina Miranda.
  10. capitulo 1 capitulo 2 capitulo 3
  11. A novela "Liberdade, Liberdade", de Mário Teixeira, está cada vez mais apimentada. Um dos pontos que tem chamado a atenção do público é a história entre André (Caio Blat) e Tolentino (Ricardo Pereira). Ousado, Vinícius Coimbra, o diretor da novela, quer mais destaque para o casal. Ele defende que eles ultrapassem o romântico e "ressalte o carnal". Em entrevista ao jornal Extra, Coimbra ressalta que o público tem torcido por André e Tolentino. "Na cena em que ele tirou o lençol do peito do André e demonstrou seu desejo, eu quis que fosse o mais lento possível, para que as pessoas pudessem curtir ao máximo. Ricardo estava muito ansioso, dei um freio nele, aquela angústia do personagem tinha que ser mais sentida". Por isso, Vinícius não vê a hora de colocar seu plano em prática: uma transa dos dois. "Vou esperar o que o autor vai escrever e se houver chance, vai rolar, sim. Vou conversar com a direção, mas tenho essa liberdade. A questão da rejeição em 'Babilônia' foi porque o beijo foi logo no primeiro capítulo, o público ainda não conhecia aquele casal. Agora o telespectador já está curtindo andré e Tolentino, já há uma expectativa", diz o diretor. Fonte: http://natelinha.uol.com.br/novelas/2016/06/01/diretor-de-liberdade-liberdade-quer-primeira-cena-de-sexo-gay-na-tv-99452.php
  12. Tem vídeo novo no meu canal do Youtube, lá faç ouma análise dos problemas de Velho Chico. Confira lá. O link é:
  13. A novela mexicana ‘Meu Coração é Teu’ estreou nesta segunda nas tardes do SBT. A trama que mistura romance, comédia e um pouco de drama teve a maior média de uma estreia das novelas da tarde. Protagonizada por Silvia Navarro e Jorge Salinas, a trama marcou 9 pontos de média com picos de 11 pontos. A novela tem a missão de ficar no lugar de ‘A Dona’ que chega ao fim na próxima sexta. Esta é a maior estreia de uma novela das tardes do SBT, desde que a emissora retomou a faixa em 2010 com ‘As Tontas não vão ao céu’. Teresa até então é quem tinha batido esse recorde com 9 pontos. ENREDO Na história, Ana vai trabalhar numa boate como dançarina, para poder pagar as dívidas, mas só este emprego não é o suficiente, é então que consegue um emprego de babá na casa do milionário Fernando. Na mansão, Ana terá que cuidar de sete pestinhas que farão sua vida impossível, mas logo conquista o coração de todos, inclusive do pai. No seu caminho aparece a megera Isabela, que é apaixonada por Fernando e fará de tudo para ver a rival longe, ainda mais quando descobrir a vida dupla que a moça leva. SUCESSO Meu Coração é Teu foi um fenômeno no México, e sabendo disso o SBT comprou a novela ainda em 2015, quando a mesma estava em reta final por lá. A dublagem da trama começou ainda em março, ao mesmo tempo que Coração Indomável. Se depender dos números de estreia, a novela tem tudo para ser um grande sucesso. Os números surpreenderam os fãs da emissora, que esperavam índices baixos devido as comédias não irem tão bem, como foi o caso de POR ELA SOU EVA que se tornou um fracasso nas tardes. O SUCESSO CHEGA AO FIM Depois de 5 anos de espera, ‘A Dona’ finalmente estreou em agosto do ano passado e depois de quase 8 meses a novela protagonizada por Lucero, Fernando Colunga e Gabriela Spanic chega ao fim totalizando uma média geral de 7 pontos. Esta é a maior audiência de sua faixa junto com a reprise de ‘A Usurpadora’. A Missão de ‘Meu Coração é Teu’ agora é manter o sucesso e se depender da estreia, tem tudo para conseguir. Além dos excelentes números, a novela bombou nas redes sociais. Luna Martinez - Blastingnews


×
×
  • Create New...

Important Information

By using this site, you agree to our Terms of Use.