Jump to content


mateus15

Membro
  • Content Count

    3,509
  • Joined

  • Last visited

  • Pontos

    140 [ Donate ]

Community Reputation

268 Bom

About mateus15

  • Rank
    Intermediário

Recent Profile Visitors

3,126 profile views
  1. O Grupo Globo e o Conselho Nacional de Boxe foram condenados a indenizar em R$ 30 mil um lutador de boxe por danos morais. O nome do lutador, que está em segredo de Justiça, foi citado numa transmissão de forma pejorativa após o lutador ter uma luta marcada, mas ter sofrido uma lesão poucos dias antes e desistir da luta. A condenação foi feita pela 1ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça de São Paulo.Tanto o Grupo Globo, quanto o Conselho, já recorreram da decisão em segunda instância. No processo, o lutador afirma que o Conselho teria deixado de divulgar a substituição e seu nome apareceu como sendo o atleta que lutava no dia e que foi derrotado sem sequer ter entrado no ringue. No entanto, na transmissão feita pelo Grupo Globo, não houve correção alguma. O narrador e comentarista teriam feito comentários depreciativos sobre o desempenho e a técnica do lutador. Além disso, a perda da luta gerou uma pontuação que foi computada em seu nome, prejudicando-o no campeonato que estava sendo disputado. Relatora do caso, a desembargadora Christine Santini relatou que houve um dano irreparável a carreira do atleta. “Evidentemente, tratando-se de pugilista profissional, a divulgação da perda de uma luta prejudica a imagem profissional e do autor, em especial considerando-se os comentários depreciativos a ele atribuídos”, afirmou. Contudo, outros dois desembargadores, Augusto Rezende e Luiz Antônio de Godoy, seguiram a relatora e deram ganho de causa ao lutador. O Conselho e o Grupo Globo já recorreram da decisão e o processo correrá em segunda instância. https://observatoriodatelevisao.bol.uol.com.br/noticia-da-tv/2019/08/grupo-globo-e-conselho-nacional-de-boxe-sao-condenados-a-indenizar-lutador-em-r-30-mil?amp
  2. O Grupo Record acertou ao investir na exclusividade dos Jogos Pan-Americanos 2019, sediados em Lima, capital do Peru. Somente nos 12 primeiros dias de transmissão na televisão aberta, através da Record TVe Record News, a empresa atingiu 95 milhões de telespectadores em todo território nacional. De acordo com a Kantar Ibope Media, 76 milhões de pessoas consumiram as imagens do Pan pela Record TV em quase 40 horas de cobertura. No segundo canal, 19 milhões acompanharam as competições em mais de 135 horas de transmissão. Os números foram colhidos de 24 de julho a 04 de agosto – último domingo. Ao todo, neste período, já foram mais de 30 esportes espalhados em mais de 175 horas dedicadas à transmissão dos Jogos em ambos os canais. Além disso, vale destacar a ampla cobertura jornalística realizada por todos os telejornais de ambas as emissoras. O Grupo Record preparou uma operação multiplataforma para exibir as 61 modalidades esportivas, que reunião quase 7 mil atletas de 41 delegações durante 19 dias. https://observatoriodatelevisao.bol.uol.com.br/audiencia-da-tv/2019/08/canais-do-grupo-record-atingem-95-milhoes-de-telespectadores-com-jogos-pan-americanos
  3. Sob comando de Carol Tuttoilmondo, a divisão de negócios do R7 Multiplataforma do Grupo Record contrata Gian Marco Santamaria, como head de negócios com agências. O executivo integrará a equipe formada pelos heads de segmentos, Rodolpho Pera, Laita Laguna e Sue Ellen Duraes. Ao longo de seus 20 anos no mercado, Santamaria reúne passagens por companhias como Grupo RBS, Grupo Bandeirantes, Globosat, SBT e Grupo Abril (MTV Brasil). https://www.meioemensagem.com.br/home/gente/acontece_no_meio/2019/07/24/r7-multiplataforma-apresenta-head-de-negocios-com-agencias.html
  4. A produção original do PlayPlus, com a colaboração da ESPN, mostra histórias inspiradoras de mulheres no esporte.
  5. A fila do desemprego não deve durar muito para Ronnie Von. Poucas horas após ter sua demissão anunciada pela TV Gazeta, o cantor e apresentador que revelou que já está em negociação com outra emissora de televisão, que não tardou em demonstrar interesse em contratá-lo. Apenas duas horas após confirmar seu desligamento da rede da Fundação Cásper Líbero, Von revelou ao jornal Folha de São Paulo que recebeu uma proposta para comandar um novo programa, em moldes similares aos do recém-cancelado Todo Seu. Ele preferiu manter em sigilo o nome do canal com que está tratando. "Estou tranquilo, não vamos parar. Está difícil para todo mundo mesmo. Eu recebi uma hora atrás [por volta das 17h] uma proposta de um projeto. Estamos negociando. Não vou ficar muito tempo fora do ar. Pela competência em não fico sem emprego”, garantiu Ronnie ao jornalista Leonardo Volpato. https://observatoriodatelevisao.bol.uol.com.br/noticia-da-tv/2019/07/horas-apos-ser-demitido-da-gazeta-ronnie-von-ja-tem-proposta-de-outra-emissora-estamos-negociando
  6. A dupla sucesso do NBB na WEB foi convocada para a cobertura dos Jogos Pan-americanos de 2019 na Rede Record. O comentarista Ricardo Bulgarelli e o narrador Guilherme Maia serão os responsáveis pela cobertura da competição com início em 26 de julho. Desta vez, no entanto, Guilherme e Bulgarelli estarão juntos em diversas modalidades como tênis, beisebol, karatê e, principalmente, basquete. Inclusive, a Rede Record disponibilizará um canal exclusivo no R7.com para transmissões e conteúdo voltando ao basquete 3×3. FALA, COMANDANTE! Além do Pan 2019, Guilherme Maia também foi convidado a narrar jogos da International Champions Cup. O torneio amistoso entre clubes de futebol está em andamento desde o dia 17 de julho. O narrador usou o Instagram para o anúncio. Ricardo Bulgarelli é conhecido pelas transmissões da NBA na ESPN, mas já comentou futebol durante a Super Week do canal. Em entrevista ao sitedo NBB, o comentarista lembrou sua passagem pela Record. “Fiquei muito honrado pelo convite da Record. Poucos sabem, mas já trabalhei por mais de 10 anos lá, e isso ajudou. […] Minha exposição na ESPN também ajudou, é claro, mas pesou demais a minha experiência no NBB CAIXA. Como o Pan é um campeonato de seleções, fora do universo da NBA, eles acabaram optando por me contratar por conta de tudo que eu apresentei ao longo dos anos do NBB. Até porque tem atletas que jogam ou já jogaram no Brasil que estarão em ação nesse Pan”. Posteriormente, o comentarista fez questão de enaltecer a parceria com Guilherme, seu amigo e um dos principais nomes em torno do basquete brasileiro. “Mas, o mais legal de tudo é ter o Guilherme ao meu lado. Ele sim é um cara que surgiu junto com o projeto do #NBBnaWeb, é um precursor das transmissões via streaming no Brasil. O fato de ele ser chamado para ser o narrador do basquete no Play Plus (streaming da Record), é motivo de muito orgulho não só para ele e o pessoal da LNB, mas também para mim, que vejo de perto o quanto ele se entrega em cada narração desde o início. Será um prazer dividir a cabine com ele em um evento grandioso como o Pan, e ainda fazendo o que a gente mais gosta, que é narrar e comentar basquete”. AGENDA DO PAN: Jogos Pan-americanos de Lima, no Peru, terão início em 26 de julho e se encerarão em 11 de agosto. A primeira transmissão de basquete será já no sábado (27). Fique de olho! https://www.torcedores.com/noticias/2019/07/pan-record-ricardo-bulgarelli-guilherme-maia
  7. O esporte será a grande estrela da programação da Record TV: a partir de 24 de julho, todas as plataformas do grupo estarão focadas na cobertura dos preparativos e na transmissão dos Jogos Pan-Americanos Lima 2019, que já ocorrem antes mesmo da cerimônia de abertura, realizada no dia 26. Uma grande operação multiplataforma foi criada para a exibição de 61 modalidades esportivas que reunirão na capital do Peru quase 7 mil atletas de 41 delegações durante os 19 dias de competição. Até o final do evento, em 11 de agosto, a transmissão investe nas telas da televisão e também na força das plataformas digitais, consolidando o conceito transmídia da emissora. Detentora com exclusividade dos direitos em TV aberta, o Grupo Record irá exibir o evento nas telas da Record TV, da Record News e no Play Plus, somando mais de 1.000 horas de programação dedicadas às competições. O portal R7.comparticipará com uma ampla cobertura jornalística de Lima 2019. Há ainda estratégias de engajamento do telespectador por meio de redes sociais. “A Record TV detém a exclusividade na televisão aberta dos Jogos Pan-Americanos e isso representa uma enorme responsabilidade, a missão de levar ao público o melhor do evento, as melhores imagens, os grandes lances, as histórias por trás de cada acontecimento. Por isso preparamos para o público uma cobertura especial, multiplataforma, planejada ao longo de quase três anos”, afirma Antonio Guerreiro, vice-presidente de jornalismo da emissora. Um trabalho embasado pela longa tradição do grupo nas transmissões do Pan-Americano. A primeira experiência foi com o Rio-2007. E a partir dos Jogos de Guadalajara, em 2011, a emissora tornou-se a única emissora da TV aberta a levar ao ar com exclusividade o evento. Depois, foi pioneira ao exibir na TV aberta os Jogos de Inverno em 2010, experiência repetida em 2014. O ciclo olímpico inclui ainda as transmissões exclusivas de 2012, em Londres, e o histórico Jogos Olímpicos do Rio. Na tela da emissora, serão exibidas aproximadamente 50 horas de programação esportiva. As principais competições serão transmitidas em dois períodos, à tarde e à noite. Por volta da meia-noite, Cláudia Reis e Janice de Castro, irão se revezar na apresentação de um boletim com os fatos mais importantes do dia. Um total de 350 profissionais está envolvido na operação. Deste total, 50 trabalharão em Lima. Dentre eles, as apresentadoras do Jornal da Record e do Fala Brasil, Adriana Araújo e Carla Cecato, respectivamente; os repórteres Cleisla Garcia, Bruno Piccinato, Jean Brandão, Mauro Júnior e Rodrigo Vianna; e os narradores Lucas Pereira e Marcos Leandro; além das comentaristas especialmente contratadas para o evento, Fabíola Molina (natação), Luisa Parente (ginástica) e Virna Dias (vôlei). No Brasil, o apresentador do Balanço Geral SP, Reinaldo Gottino, se junta a Marcelo Gomes e Octávio Muniz no time de narradores. Marcelo Romano e Mayra Siqueira também comentam os Jogos na sede da emissora, na Barra Funda, em São Paulo. Na Record News, os narradores são Cadu Cortez, Maurício Bonato, Rafael Spinelli e Fernando Camargo. O canal transmitirá os Jogos diariamente por pelo menos 10 horas. Além disso, exibirá três vezes por dia "O Melhor do Pan", um telejornal criado especialmente para o evento, com duração de, no mínimo, 15 minutos. PAN 2019: 900 horas de transmissão de conteúdo e a maior cobertura digital no R7 Multiplataforma Com estratégia 360° em  multiplataforma, a tarefa é reforçar que digital é estar em todo lugar, levar o usuário a vivenciar o Pan e engajá-lo nesta grande torcida. E essa foi a missão do time comandado por Claudia Caliente, diretora do R7 Multiplataforma do Grupo Record. “O Pan digital é um grande evento para todo o time da área do R7 Multiplataforma. Nosso time está envolvido para levar conteúdo para todos os nossos espectadores em todas as nossas plataformas, com uma cobertura inovadora, interativa e engajada. Os atletas que nos representarão nos Jogos Pan-Americanos merecem nossa torcida, são modalidades que nem sempre têm protagonismo. Temos 8 sinais simultâneos e mais de 900 horas de produção de conteúdo. Somamos à nossa equipe 9 comentaristas e 8 colunistas que trarão um olhar de curador para o conteúdo esportivo. Para atender, abastecer e apoiar toda esta demanda, geramos cerca de 20 vagas temporárias”, conta a executiva. Uma estrutura especial foi montada para apoiar a produção de todo o conteúdo e ações de interatividade que serão veiculadas no HUB de vídeos do Portal R7, YouTube e PlayPlus, no portal, e, nas redes sociais do R7, Record TV, no PlayPlus e no SAC 2.0 do streaming. Com cobertura ampliada, o R7 e o PlayPlus terão 8 sinais ao vivo, transmitindo mais de 900h de conteúdo no digital. Um estúdio abriga as 8 cabines offtube para acomodar os narradores e comentaristas contratados exclusivamente para realizar a transmissão digital no site e PlayPlus. Dentre eles estão destaques na cobertura esportiva: Carlos Lima, Estevan Ciccone, Vinicius Rodrigues, Guilherme Maia, Ricardo Bulgarelli, Plínio Rocha e Silvio Lancellotti. Um time de apoio ficará à disposição dos colunistas e comentaristas da Record TV, em ações de interatividade na tela, e, do PlayPlus, fazendo a curadoria de conteúdo e gerando leads para redes sociais e colunas no hotsite do Pan no R7.com. Como produto exclusivo o PlayPlus, terá a íntegra de todos os esportes, além dos melhores momentos, disponíveis para assinantes do PlayPlus (R$ 12,90). No portal R7, um hotsite abriga as editorias segmentadas por esporte com matérias assinadas por colunistas comentando as competições, além de matérias especiais com impressões sobre a cidade de Lima, no Peru, sobre a gastronomia, a cultura e a repercussão dos jogos pela cidade. O R7 Multiplataforma terá ações transmídia com vídeos, ativação de conteúdo, interatividade na tela, e, entrega de um emoji especial do Pan para o uso da hashtag exclusiva #PanNaRecordTV. Nas redes sociais o Twitter terá redatores nas contas R7 e PlayPlus com padrão de tweets destacando a cobertura do Pan. O Instagram (Feed e Stories) terá ainda um filtro especial para unificar a cobertura, além de uma equipe de social antenada para gerar engajamento e repercutir os jogos. Posts padrões podem ser replicados por todas as contas, destacando quadro de medalhas, horários dos jogos, etc. No Facebook, um grupo fechado foi criado para discutir as competições, gerando espaço para os amantes dos esportes encontrarem nichos de pessoas que conversem com a mesma propriedade. O evento esportivo também contará com ações inéditas da área R7 Multiplataforma em parceria com o Google. Toda vez que o usuário procurar por conteúdos sobre o Pan no buscador será impactado pelo painel de informação do evento com conteúdo doGrupo Record, atualizado dentro das novas funções do Posts on Google, onde os usuários terão maior interatividade através de notícias, votações, fotos, vídeos e GIFs, este último em parceria com o Tenor, outra ferramenta utilizada. Os internautas terão acesso às principais notícias dos jogos através da sessão Pan 2019 dentro da edição do R7 no Google News e poderão, em primeira mão, conhecer uma ferramenta que esclarece dúvidas procuradas pelo serviço de busca, respondidas pela equipe de apresentadores da Record TV que cobrirão o evento, como Mylena Ciribelli e Adriana Araújo. Lucas Pereira será a voz do podcast exclusivo sobre os Jogos Pan-Americanos de Lima no Google Podcasts. As informações sobre o evento também poderão ser encontradas pelo Google Assistente, ativando o comando “Ok Google. Ouvir as notícias do R7 no Pan 2019” em seu celular ou dispositivos compatíveis com o serviço assistência por voz e sendo direcionado ao conteúdo sobre a competição produzido pela área do R7 Multiplataforma. O PlayPlus e o R7 começam as transmissões a partir do dia 24 com o Vôlei de Praia. O encerramento do evento é no dia 11 de agosto. Sobre o PlayPlus     É possível assistir aos Jogos Pan-Americanos de Lima online acessando o PlayPlus com o pacote exclusivo do Pan, no valor de R$ 12,90. A transmissão ao vivo pode ser acessada na web e pelo app para dispositivos iOS (iPhone e iPad) e Android. Para acessar o PlayPlus é necessário realizar um rápido cadastro com e-mail, conta do Facebook ou dados do Google. O PlayPlus, lançado pelo Grupo Record, é o primeiro marketplace de streaming e VoD do Brasil e oferece mais de 100 filmes em seu catálogo, além de conteúdo próprio, canais nacionais e internacionais. Além da programação e acervo da Record TV, incluindo os realities na íntegra, o PlayPlus conta com produções originais como a série “Terrores Urbanos”, canais como ESPN, Fish TV, podcasts, rádios como Transamérica, Nova Brasil, 89 Rádio Rock, entre outras.   A plataforma oferece conteúdo gratuito e vários modelos de assinaturas para até quatro perfis de usuários. O conteúdo é atualizado e transmitido em Full HD 1080p. O PlayPlus oferece pacotes que podem ser customizados pelos usuários, com conteúdo específico na modalidade de Add-On, com possibilidades de montar pacotes e programação de vídeos. O PlayPlus está disponível em www.playplus.com para smartphones dos sistemas operacionais iOS e Android.   https://recordtv.r7.com/grupo-record-tera-mais-de-mil-horas-de-transmissao-do-pan-americano-16072019
  8. A novela Jesus, produzida pela Record TV em 2018, continua sendo motivo de orgulho para a emissora meses após o seu término. Escrita por Paula Richard, a história se tornou líder absoluto de audiência em lugares como Estados Unidos, através do canal Univisión, alcançando cerca 1,9 milhões de domicílios. O sucesso da novela levou os protagonistas Day Mesquita e Dudu Azevedo a cumprir agenda de compromissos na Angola e acompanhar com alguns fãs o último capítulo que foi exibido em cinemas de todo o país e algumas das salas contou com a presença dos dois atores. Em seguida, Day foi para Portugal promover a novela que ainda está passando por lá. Day, que viveu Maria Madalena, vem sendo destacada por sua atuação pela imprensa do países africanos e portugueses. Jesus mostrou passagens que o público pouco conhece sobre Cristo e aprofundou as histórias dos personagens que conviveram com ele. https://observatoriodatelevisao.bol.uol.com.br/noticia-da-tv/2019/07/sucesso-de-jesus-leva-protagonistas-day-mesquita-e-dudu-azevedo-a-cumprir-agenda-no-exterior
  9. O Programa Raul Gil já há um tempo vem exibindo o quadro Funkeirinhos, atração que mostra crianças cantando e dançando os maiores sucessos do funk no país. Mas nem todo mundo está gostando da atração, já que muita gente nas redes sociais, acredita que exista uma espécie de sexualização infantil no quadro. A princípio, a maior reclamação dos internautas é porque além de se vestir como os cantores e cantoras do gênero, as crianças ainda acabam cantando músicas que tem duplo sentido. Por outro lado, também acham as danças um tanto sensuais demais. “Tem um guri de uns 5 anos no Programa do Raul Gil cantando ‘cai com suas amigas pra lá, cuidado pra elas não te dar perdido e VIR AQUI ME DAR.’ É o apocalipse da infância, cara”, comentou uma das internautas, falando sobre as músicas de duplo sentido cantada pelas crianças que participam do quadro. Mas não é recente a polêmica do quadro citado nas redes sociais, já que desde sua estreia ele não foi visto com bons olhos pelos telespectadores da atração, que sempre costuma ter crianças cantando no palco. Confira algumas das críticas dos internautas: https://observatoriodatelevisao.bol.uol.com.br/noticia-da-tv/2019/07/quadro-do-programa-raul-gil-e-criticado-apos-criancas-cantarem-musicas-com-duplo-sentido
  10. Férias de meio do ano da molecada chegando e o time da Record lembrou de tornar o mês de julho mais divertido com acesso liberado aos canais Disney Júnior e Disney XD e novos títulos chegando no PlayPlus, plataforma de streaming e VoD(video on demand) do Grupo Record. Entre as animações estão disponíveis os recentes Como Treinar Seu Dragão 3; Pé Pequeno; Shopkins; O Homem das Cavernas e O Grinch. Outros filmes também entraram para o catálogo como: Máquinas Mortais; Meu Malvado Favorito; Meu Malvado Favorito 2; Como Treinar Seu Dragão 2; Zumbilênio; Jurassic Word: O Reino Perdido; Jurassic Park: O Parque dos Dinossauros; Jurassic Park: O Mundo Perdido; Jurassic Park III; A Múmia; O Retorno da Múmia; A Múmia – Tumba do Imperador Dragão; Shrek 2; Shrek Terceiro; Shrek Para Sempre; Megamente; De Volta Para o Futuro I, II e III; Madagascar; Madagascar 2 e Madagascar: Os Procurados; Kung Fu Panda e Kung Fu Panda 2; George o Curioso: Uma Aventura na Primavera; O Espanta Tubarões; O Príncipe do Egito; O Pequeno Herói; Turbo; Os Croods; As Férias de Mr. Bean; King Kong; Lego: As Aventuras dos Clutch Powers; E.T. – O Extraterrestre; O Escorpião Rei; Twister; Apollo 13; Voando Para Casa; Branca de Neve e o Caçador. Quem acessa o PlayPlus pode alugar títulos a partir de R$ 5,90 e deixar o filme disponível dentro de sua biblioteca por até 14 dias. A partir do primeiro clique, o usuário pode assistir ao título quantas vezes quiser, dentro de 48 horas. O serviço de aluguel de filmes online está disponível em todos os pacotes do PlayPlus, inclusive no pacote gratuito, e pode ser visto dublado para o português ou legendado com áudio original. Não há anúncios durante a exibição dos filmes. https://www.sopacultural.com/playplus-disponibiliza-filmes-para-garantir-as-ferias-das-criancas-e-adoslescentes/
  11. Preocupada com alguns excessos que estão ocorrendo no Instagram, a Record TV discute internamente um guia interno para os seus jornalistas que fazem publicidade em suas contas no Instagram. O objetivo da emissora paulista é coibir os excessos que estão ocorrendo, principalmente, com apresentadores locais que tem grande popularidade. O Observatório da Televisão apurou que, nos últimos vinte dias, pelo menos duas reuniões sobre o assunto aconteceram no departamento de Jornalismo da rede de televisão. A rede de Edir Macedo não quer proibir seus contratados de fazerem publicidade, até porque entendem que é um bom atrativo para trazer contratados de outras emissoras. Entretanto, a direção de Jornalismo está levantando inúmeros casos de apresentadores que exageraram. A ponta do iceberg para a medida foi uma jornalista/apresentadora policial que usou o próprio filho para faturar. A apresentadora o incluiu em campanhas de promoção para uma marca de câmeras de segurança e um consultório dentário, expondo o garoto para mais de 500 mil seguidores. Após o caso chegar em São Paulo, a discussão para tal guia começou. As conversas ainda são preliminares e não se tem previsão de quando este guia será distribuído em toda a rede. Contudo, vale ressaltar que a intenção é dar alguns toques que não prejudiquem a credibilidade dos jornalistas e evitar que se perca a noção. Outra dica que será dada são o tipo de fotos que se pode postar, sem muitos decotes ou sexualizada demais. Procurada para falar sobre o assunto, a assessoria de imprensa da Record TV disse apenas que “atualmente não existe nenhum guia sobre o tema”. Record TV cresce em Ibope pelo Brasil Entretanto, a preocupação com as postagens de seus apresentadores locais tem fundamento. Atualmente, a emissora está em franco crescimento pelo Brasil, principalmente no horário da hora do almoço. Com o noticiário local, no último dia 13, a Record TV liderou o Ibope no Painel Nacional de Televisão (PNT) das 12h às 15h. Marcou 10,1 pontos contra 9,8 pontos de audiência. https://observatoriodatelevisao.bol.uol.com.br/noticia-da-tv/2019/06/record-tv-quer-regulamentar-publicidade-de-jornalistas-nas-redes-sociais
  12. Passadas 24 horas após a polêmica entre Luciano Hang, o dono da Havan, e a jornalista Rachel Sheherazade, do SBT, quase nenhum colega de Rachel deu apoio público para a âncora do SBT Brasil. Neste último sábado (22), Luciano pediu a demissão da jornalista do SBT. Revoltada, ela disse que iria processa-lo. Hang respondeu o fato com ironia. Até aqui, parte do público esperava que Rachel recebesse solidariedade de alguns nomes da emissora. Porém, não foi isso que aconteceu. Até o momento, apenas Cassius Zeillmann, colega de Rachel no Jornalismo do SBT, mostrou apoio em uma mensagem no Twitter. Entretanto, Cassius também começou a receber mensagens de ódio de alguns seguidores de Hang. “Não podemos nos calar diante disso. A briga não é minha, mas a causa é de todos os jornalistas. Sinta-se abraçada Rachel Sheherazade!”, afirmou Cassius. Vale ressaltar que Rachel recebeu apoio massivo de colegas jornalistas de outras emissoras. William Waack, da CNN Brasil, e Fábio Pannunzio, da Band, foram alguns que defenderam a liberdade de expressão de Rachel Sheherazade. https://observatoriodatelevisao.bol.uol.com.br/noticia-da-tv/2019/06/24-horas-apos-polemica-com-dono-da-havan-rachel-sheherazade-recebe-pouco-apoio-de-colegas-do-sbt
×
×
  • Create New...

Important Information

By using this site, you agree to our Terms of Use.