Jump to content


brasiltv1

Membro
  • Content Count

    150
  • Joined

  • Last visited

  • Pontos

    2 [ Donate ]

Community Reputation

12 Neutro

1 Follower

About brasiltv1

  • Rank
    Calouro
  • Birthday 06/26/1999

Recent Profile Visitors

1,197 profile views
  1. CRISTINA SOBE NO PRIMEIRO PROGRAMA SEM CLÁUDIO O primeiro dia sem Cláudio Ramos foi de subida para O Programa da Cristina. A chegada do apresentador em direto ao canal concorrente não teve impacto nos números do Você na TV!, que voltou a baixar depois de ter batido um máximo na segunda-feira. Cristina Ferreira cativou 4,7% de audiência média e 33,6% de share, com um pico de 8,8% de audiência média nos últimos minutos, às 12h57. Precisamente quando afirmava que no programa não há despedidas. O Você na TV! ficou-se por 2,2% de audiência média e 15,6% de share, descendo dois pontos percentuais face ao recorde de quota de mercado registado no dia anterior. Durante os dois minutos em que Cláudio Ramos entrou em estúdio com o diretor Nuno Santos, o programa chegou a 2,2% de audiência e um share superior a 18,5%. À mesma hora, a SIC tinha uma vantagem de mais de 12 pontos. A Praça da Alegria voltou a ressentir-se do crescimento das privadas e baixou ao pior share de 2020: 11,1%, com uma audiência média de 1,5%. Nos totais diários, a Taça de Portugal levou a RTP1 (18,3%) a consolidar o segundo lugar, contra 20% da líder SIC. A TVI ficou-se pelos 13,3% de share. Outros Destaques: O jogo Famalicão x Benfica, da Taça de Portugal, foi o mais visto do dia: 16,6% de audiência média e 32,5% de share. Pelo caminho, também o Telejornal (10,5% / 21,8%) bateu o Jornal da Noite (10,3% / 20,6%). Nazaré (13% / 24,5%) teve o pior share do ano, desceu ao segundo lugar do dia e viu aproximar-se na tabela… O Preço Certo. O veterano concurso marcou 11% de audiência média e 26% de share, chegando ao número 3 do top diário. Terra Brava (10,6% / 22,9%), que ainda competiu com o jogo, ainda não tinha tido um resultado tão baixo este ano. Prisioneira, na TVI, também baixou a audiência para os 4,2%, com um share de 16%.
  2. ‘VOCÊ NA TV!’ REGISTA MELHOR SHARE DO ANO A edição desta segunda-feira (10) do programa Você na TV! foi aquela que registou a melhor quota de mercado desde o início de 2020, embora o líder Programa da Cristina não se tenha ressentido da subida do concorrente. Manuel Luís Goucha e Maria Cerqueira Gomes cativaram 2,6% de audiência média e 17,8% de share, com os melhores momentos da emissão do Você na TV! a registarem-se durante a Crónica Criminal e na entrevista ao apresentador Eládio Clímaco. Apesar da subida do formato, Cristina Ferreira manteve-se no primeiro lugar. No último programa com a participação de Cláudio Ramos conquistou 4,5% de audiência média e 30,4% de share. A RTP1, com Praça da Alegria, distanciou-se do pelotão da frente e marcou 1,8% de rating e 12,2% de quota de mercado. As manhãs refletiram a distribuição de forças que se manteve ao longo do dia. A SIC marcou 21,6% na média dia, deixando a TVI a mais de sete pontos de distância, com 14,3%. A RTP1 ficou em terceiro com 13,6% do bolo. Outros destaques O Prós e Contras dedicado ao Brexit teve o pior resultado de 2020: 2,7% de audiência média e 6,3% de share; Uma Escolha Imperfeita estreou na RTP2 com 1% de audiência média e 2,1% de share; Nazaré (14,8% / 29,5%) e Terra Brava (12,6% / 29,2%) continuam com os primeiros dois lugares da tabela cativos, enquanto Na Corda Bamba (7,1% / 14,7%) e Prisioneira (5,1% / 14,5%) não conseguem subir acima dos 15% de quota de mercado. A Dona do Pedaço (6,7% / 24,4%) recuperou terreno e deu bom lead-in a Passadeira Vermelha (2,6% / 18%). Nos primeiros minutos, durante a despedida de Cláudio Ramos da SIC, o programa de comentário social manteve-se acima dos 20% de share. Fonte: Espalha Factos
  3. ‘PESADELO’ PERDE MEIO MILHÃO DE ESPECTADORES EM DUAS SEMANAS COM ESPECIAIS Após o fim da terceira temporada de Pesadelo na Cozinha, a TVI quis fazer render o peixe e apostou em dois episódios especiais com uma retrospetiva dos restaurantes visitados por Ljubomir Stanisic, mas o público não mostrou o mesmo interesse. Depois de na semana passada ter caído do primeiro para o terceiro lugar no horário, o especial Pesadelo do Chef voltou a cair e perdeu cerca de 150 mil espectadores face ao domingo anterior. O programa foi visto em média por 751 mil pessoas, o correspondente a 7,9% de audiência e 16,5% de share, e ficou sempre atrás da RTP1 e da SIC. A queda é ainda mais notória quando se compara com o último episódio da terceira temporada de Pesadelo na Cozinha, que foi visto em média por 1 milhão e 281 mil espectadores no dia 26 de janeiro. A TVI perdeu cerca de 530 mil espectadores ao domingo à noite no espaço de duas semanas. A Máscara viu a sua liderança reforçada neste domingo, com 13,3% de audiência e 26,8% de share. O programa de João Manzarra foi o mais visto do dia, com 1 milhão e 258 mil espectadores. O Got Talent Portugal teve um ligeiro recuo face à semana anterior mas consolidou o segundo lugar no horário, com 10,2% de audiência e 21,1% de share. O programa de Sílvia Alberto foi visto em média por 964 mil espectadores, tendo superado a SIC no intervalo de A Máscara e no início do Levanta-te e Ri. Com o horário nobre reforçado, a SIC distanciou-se da TVI também aos domingos. A estação da Impresa teve uma média diária de 19,6%, contra 16% da Quatro e 11,8% da RTP1. A nova temporada de Dança com as Estrelas é a carta na manga da TVI para recuperar os domingos, com estreia marcada para dia 16. 59 mil ficaram acordados para ver os Óscares À semelhança do ano passado, os Óscares voltaram a ser transmitidos em exclusivo na Fox e no Fox Movies. A emissão começou às 23h30, com a transmissão da passadeira vermelha, seguida pela cerimónia a partir da 1h. A red carpet foi vista em média por 87 mil espectadores nos dois canais, somando 0,9% de audiência e 3,8% de share. Cerca de 58 mil (0,6% / 2,5%) estiveram sintonizados na Fox, enquanto 29 mil (0,3% / 1,3%) preferiram a versão original sem comentários em português na Fox Movies. Às 23h44 registou-se um pico de 119 mil espectadores a ver os dois canais. A partir da 1h, foram menos os resistentes que ficaram à frente da televisão para ver a cerimónia, mas a quota de mercado foi subindo ao longo da noite. Na média até às 2h30, a hora que marca o fim do dia na medição de audiências, os Óscares tiveram uma média de 59 mil espectadores, com 0,6% de audiência e 6,3% de share. Perto de 39 mil espectadores (0,4% / 4,2%) viram na Fox, enquanto 20 mil (0,2% / 2,1%) optaram pela Fox Movies. Na média de todo o dia, a Fox registou 1,8% de share e o Fox Movies obteve 1%. Os dados referentes ao resto da gala, após as 2h30, só serão divulgados pela GfK nesta terça-feira. OUTROS DESTAQUES DO DIA O Telejornal caiu para o pior resultado do ano, com apenas 553 mil espectadores (5,8% de audiência) e 11,2% de share. Em sentido inverso, o Jornal da Noite (13,0% / 24,7%) teve um dos melhores resultados do ano e foi o segundo programa mais visto do dia. O Jornal das 8 (10,1% / 19,1%) foi o melhor programa da TVI, ocupando o segundo lugar no horário. O Levanta-te e Ri, transmitido em direto de Tomar, liderou em média no final de noite deste domingo, com 330 mil espectadores (3,5% / 16,3%). Somos Portugal (7,5% / 20,0%) voltou a ser líder durante quase toda a tarde, perdendo apenas para o Fama Show (7,7% / 22,9%). Ao final da tarde, o Não há Crise! (9,3% / 18,8%) aproximou-se da TVI e teve a melhor audiência do ano. O dérbi entre Sporting e Benfica melhorou os valores da Liga Placard de futsal na RTP1. O jogo foi visto por 344 mil espectadores (3,6% / 11,4%) e teve o melhor registo do ano.
  4. O especial Amor Sem Fim do programa Alexandra Borges chegou ao fim esta quinta (6) e cumpriu a tendência de subida constante desde que estreou, na segunda. Terminou num máximo superior a um milhão e cem mil espectadores. O último episódio marcou 11,7% de audiência média e 22% de share, sendo mesmo o programa mais visto do dia no target dos espectadores jovens, com 15 a 24 anos, no qual chegou a um share de 27,2%. No top diário, Amor Sem Fim foi o terceiro programa mais visto, apenas atrás de Nazaré(14,4% / 28%) e do Jornal da Noite (12,2% / 23,8%), que não se ressentiu da subida do programa da concorrência. O programa Linha da Frente, da RTP1, acabou por ser o mais afetado pelo ressurgimento da TVI no horário, perdendo 150 mil espectadores face à semana passada – marcou 7,1% de audiência média e 13,5% de share. O bom resultado do programa de informação do canal de Queluz ajudou a que garantisse, por uma vantagem de cinco décimas, o segundo lugar no dia: 14,7% de share contra 14,2% da RTP1, que foi terceira. A SIC marcou 22%. Outros destaques do dia O 5 para a meia-noite recebeu Maria Cerqueira Gomes mas, mesmo assim, teve a audiência média mais baixa da temporada: 2,8%, com um share de 9%. Júlia (4,4% / 21,9%) marcou o melhor sharedeste ano e abriu bem para Amor à Vida(6,8% / 20,5%), que fez o mesmo. A Tarde É Sua (3,2% / 13,6%) não se aproximou. A série italiana Irmãs, em exibição nas manhãs da RTP2, teve 0,0% de audiência média e 0,3% de share. A aposta da estação pública na emissão de séries estrangeiras às 11h continua a revelar-se frustrada. EF
  5. AUDIÊNCIAS: ‘PESADELO’ NADA DE ESPECIAL VÊ ‘A MÁSCARA’ E ‘GOT TALENT’ À FRENTE O regresso de Ljubomir Stanisic para um especial intitulado Pesadelo do Chef não correu de feição em audiências e a TVI passou do primeiro para o terceiro lugar ao domingo à noite, em perda para A Máscara e Got Talent Portugal. O programa do canal de Queluz cativou 9,5% de audiência média e 18,8% de share, enquanto A Máscara foi líder com 12,2% de rating e 24,6% de quota de mercado. O programa de talentos da RTP1 subiu pela terceira semana consecutiva e marcou 10,6% de audiência média e 22% de share, valores superiores ao do antecessor, The Voice Portugal. Com a descida face às emissões regulares de Pesadelo na Cozinha, a TVI acabou assim por perder a habitual vantagem nos números de domingo, ficando com 15,7% de quota de mercado e a quase quatro pontos de distância da SIC (19,2%). A RTP1 marcou 12,1%. Outros destaques Somos Portugal (6,2% / 18,2%) liderou durante a tarde, só tendo perdido a liderança para o Fama Show (6,4% / 19,4%). A SIC programou ainda NCIS: Los Angeles (5,5% / 17,9%), os filmes Operação Zodíaco (4,5% / 16%) Overdrive – Os Profissionais (6,7% / 17,8%) e Não Há Crise (9,1% / 19,3%), que chegou a ultrapassar o programa da TVI nos últimos 20 minutos de emissão. A tarde de domingo continua a ser uma dor de cabeça para a RTP1. Nenhum dos programas emitidos ultrapassou os 10% de share. Faz Faísca (2,5% / 8,3%), Domingo à Tarde (2,1% / 7,2%) e Jogo de Todos Os Jogos (2,9% / 6,9%) foram as escolhas da antena estatal. Mesa Nacional (4,9% / 15,3%) marcou o melhor resultado desde que começou a ser emitido antes do Jornal da Uma de domingo. Nos noticiários da hora de almoço, o Primeiro Jornal (8% / 22,8%) ganhou, seguido pelo da TVI (6,1% / 17,4%) e pelo Jornal da Tarde (4,7% / 13,6%). Fonte:Espalha Factos
  6. ‘O PROGRAMA DA CRISTINA’ MARCA MÍNIMO E PERDE TERRENO EM DIA DE GREVE O Programa da Cristina ficou com o share mais baixo de janeiro no último programa do mês, mas isso não se deveu à subida dos concorrentes diretos, Praça da Alegria e Você na TV!, que também desceram. A greve da função pública trouxe mais consumo televisivo às manhãs e a SIC perdeu espaço para os Canais Cabo esta sexta (31). No período entre as 10h e as 13h, a estação de Paço de Arcos marcou 23,9% de share, contra 36,2% do conjunto de canais da televisão paga. A semana passada, sem a greve, o placard foi de 30,7% para a SIC e apenas 29,6% para os Canais Cabo. O Programa da Cristina, que entrou no ar às 10h15, marcou 4,4% de audiência média e 24,7% de share, enquanto Praça da Alegria (2,2% / 12,1%) e Você na TV! (2,1% / 11,5%) também desceram em relação à média do mês. No caso do programa de Goucha e Maria, o share também foi o mais baixo de janeiro. Nos totais diários, e com o crescimento do Cabo nos totais diários, a SIC desceu dos 20%, para 19,6% de quota de mercado, à frente da RTP1 com 13,7% e da TVI com 12,9%. O conjunto de canais emitidos na televisão paga conquistou 38,4% de quota de mercado, subindo quase três pontos percentuais (p.p.) face ao mesmo dia da semana passada. Os Outros (visionamento em diferido, uso de apps na televisão, etc.) conquistaram 12%, 0,8 p.p. a mais que na última sexta. Outros destaques Governo Sombra registou o menor número de espectadores desde que estreou na SIC generalista. O Jornal 2 (1,1% / 2,2%) marcou o melhor resultado deste ano, ultrapassando Gigantes (1% / 2,3%) como o programa mais visto da RTP2 esta sexta (31). Nazaré (12,9% / 26,4%) marcou a pior audiência de 2020, mas a concorrente Na Corda Bamba (6,9% / 15,6%), que teve um episódio de 80 minutos, também. Terra Brava (11,4% / 26,8%) e Prisioneira (4,9% / 17,7%) perderam audiência, mas não tanta. A Dona do Pedaço (5,5% / 20,3%) teve emissão prolongada até às 00h40. Auga Seca (2% / 5%) marcou o pior resultado desde que estreou, há duas semanas, na RTP1. Amigos Improváveis (7,6% / 17,5%) arrancou mais cedo que O Preço Certo (10,5% / 23,9%) mas nem assim conseguiu ganhar vantagem face ao concurso da RTP1. Ver p’ra Crer (5,4% / 12,1%) não dá sinais de recuperação. O Diário da Manhã (0,7% / 8%) marcou o pior share do ano. No pior minuto, às 09h27, o informativo não ia além de 0,3% de audiência média e 2,7% de share. No mesmo horário, a liderança foi do Bom Dia Portugal (1,6% / 21,7%). A Edição da Manhã (0,5% / 9,3%) da SIC também continua distante do primeiro lugar. Fonte:Espalha Factos
  7. AUDIÊNCIAS. RTP1 ULTRAPASSA 15% COM QUATRO PROGRAMAS A BATER MÁXIMOS A RTP1 assegurou o segundo lugar esta quinta (30), com 15,5% de quota de mercado. A contribuir para o valor diário, acima da média habitual da estação, estiveram quatro programas que registaram novos máximos. Logo de manhã, Praça da Alegria (2,3% / 14,9%) chegou ao melhor registo desde o início de janeiro. Não foi suficiente para ultrapassar nenhum dos concorrentes diretos, com o Você na TV! (2,5% / 15,4%) em segundo lugar e O Programa da Cristina (5,2% / 32,2%) em primeiro, mas bastou para subir a média do canal durante aquelas três horas. A seguir, veio o Jornal da Tarde (5% / 20,3%) com um novo máximo de share, 10 pontos percentuais atrás do Primeiro Jornal (7,3% / 30,4%), mas à frente do Jornal da Uma (4,1% / 17,2%) da TVI. Sem bater máximos, mas a superar a TVI durante grande parte da emissão, Bem-vindos a Beirais (2,7% / 13,6%) chegou à liderança por momentos e ganhou embalo para que A Nossa Tarde (3% / 14,9%), de Tânia Ribas de Oliveira chegasse ao melhor score desde o início de 2020. O programa liderou também durante vários momentos, relegando a TVI para o terceiro lugar. Júlia (4,8% / 20,3%) manteve-se dentro dos valores habituais, mas A Tarde É Sua(3,7% / 13,9%) voltou a ressentir-se do crescimento do canal público. A tarde continuou de feição para a antena estatal. Portugal em Direto (5,5% / 17,5%) liderou e ultrapassou a repetição de Amor à Vida (6,2% / 17,3%), na SIC. O Preço Certo (10,9% / 24,1%) também manteve a prestação e liderança habitual contra Amigos Improváveis (9,2% / 20,1%) e Ver p’ra Crer (5,8% / 12,8%). À noite, depois de não haver grande diferença no ritmo do duelo entre Telejornal(10,8% / 21,2%), Jornal da Noite (12,4% / 24,3%) e Jornal das 8 (7,9% / 15,5%), foi o programa Linha da Frente que marcou novo máximo de share: 8,7% de audiência média e 16,9% de quota de mercado, quase sempre à frente da TVI. Fechado o dia, a SIC liderou com 22,3% de quota, contra os 15,5% da RTP1 e 14,2% da TVI. A subida do canal público não faz especial mossa nos números mensais, que até ao dia 30 estão estabilizados em 20,4% para a SIC, 13,9% para a TVI e 13,4% para a RTP1. Outros destaques O horário nobre de quinta é mais forte para a RTP1, com Joker (7,2% / 14,3%) e 5 para a meia-noite (2,9% / 8,9%) a segurarem espectadores até mais tarde. No entanto, a SIC manteve-se relativamente imperturbável na frente com Nazaré(14,8% / 29%), Terra Brava (12,6% / 28,4%) e A Dona do Pedaço (6,3% / 22,4%). Na Corda Bamba (7,6% / 16,1%) e Prisioneira (4,9% / 16,1%), da TVI, também com valores em linha com o habitual. Gigantes, da RTP2, mantém exatamente a mesma audiência e share nos três episódios transmitidos até agora: 1,1% de audiência e 2,3% de share. No horário nobre da Dois, A Verdadeira Guerra dos Tronos (0,9% / 2,7%) e Cinemax Curtas (0,2% / 1,3%) bateram novos máximos. Passadeira Vermelha, ao final da noite na SIC, também marcou novo recorde: 2,9% de audiência e 21% de share. Fonte:Espalha Factos
  8. FICÇÃO SIC EM ALTA: AGORA FOI ‘TERRA BRAVA’ A BATER MÁXIMOS DE AUDIÊNCIA Na segunda (27) Nazaré bateu um novo máximo em 2020, e na terça (28) foi Terra Brava que conseguiu superar os números que tinha registado até agora, mostram os dados da GfK/CAEM. A telenovela protagonizada por Mariana Monteiro e João Catarré cativou 13,1% de audiência média e 29,7% de share, naquele que foi o melhor score de 2020. Este ano, Terra Brava só tinha alcançado uma vez a marca dos 13% de rating. A líder Nazaré manteve-se com resultados semelhantes aos da véspera, marcando 15,5% de audiência média e 29,5% de share. À mesma hora, a TVI passava Na Corda Bamba II (7,5% / 15,8%) e o início do episódio de Prisioneira (4,6% / 16,2%). A SIC fechou o dia com 22,4% de quota de mercado e a quase nove pontos percentuais de diferença para a TVI (13,6%) e RTP1 (13,1%). Outros destaques Praça da Alegria (2,3% / 14,4%) marcou a melhor audiência média desde o início de janeiro e empatou com o Você na TV (2,3% / 14,4%). O Programa da Cristina (4,5% / 28%) marcou quase o mesmo que os dois concorrentes somados. Gigantes estreou na RTP2 com 1,1% de audiência média e 2,3% de share, valores em linha com os da antecessora Patrick Melrose, que terminou com uma média de audiência de 1% e 2,2% de share. Novo máximo para Linha Aberta, o programa de informação criminal conduzido por Hernâni Carvalho, esta terça dedicado ao Caso Rosa Grilo – 5,4% de audiência média e 26,7% de share. Prova Oral derrapou para o pior resultado do ano: 0,6% de audiência média e 2,7% de share para o talk-show de Fernando Alvim. O lead-in da série Novo Mundo Digital não ajudou – foram emitidos três episódios seguidos e a audiência não parou de cair. O primeiro teve 6% de share, o segundo apenas 4% e o terceiro já só chegou aos 2,6%. Fonte:Espalha Factos
  9. NAZARÉ’ NA MELHOR MARCA DE 2020 EM EPISÓDIO ESPECIAL Nazaré teve episódio especial esta segunda (27) e registou a melhor marca de 2020, bastante próxima dos resultados mais altos de 2019. A trama conquistou 15,5% de audiência média e 30,3% de share, ocupando mais uma vez o lugar de programa mais visto do dia. Uma subida de mais de 100 mil espectadores face à média dos 18 episódios de Nazaré já transmitidos este ano. Na concorrência, Joker (8,3% / 15,1%) e Na Corda Bamba (7,2% / 15,2%) ficavam a larga distância. No caso do canal público, a diferença para a SIC aumentou ainda mais quando entrou no ar o programa Prós e Contras, que baixou os números para 2,9% de audiência média e 6,8% de share. A ocupar o restante top5 do dia estiveram o Jornal da Noite (12,5% / 23,1%), a novela Terra Brava (12,4% / 28,5%), O Preço Certo (10,8% / 23,4%) e o Telejornal (9,9% / 18,5%), estes dois últimos transmitidos pela RTP1. Apesar da vantagem nos primeiros cinco programas, o canal estatal não foi além do terceiro lugar na média diária, com 13,6% de quota de mercado. A TVI marcou 14,2% e a SIC liderou com 21,4%. Outros destaques O documentário O Museu de Auschwitz, transmitido pela RTP1 às 23h49, teve menos de 100 mil espectadores: 0,9% de audiência média e 4,4% de share. À mesma hora, a CMTV ultrapassava a antena pública com Pé Em Riste (1,5% / 5,5%). As duas telenovelas da hora de almoço da TVI bateram novos máximos de audiência média: Belmonte (3,2% / 15,6%) e Doce Tentação (2,6% / 13%) conseguiram aproximar-se de Amor Maior (3,1% / 15,5%), da SIC. Um velho duelo da televisão portuguesa repetiu-se nas madrugadas: Malucos do Riso (0,4% / 12,9%) contra Os Batanetes (0,1% / 2,3%). Este foi o pior resultado da repetição madrugadora do programa humorístico da TVI. O Zig Zag, da RTP2, lutou taco-a-taco com a SIC ao início da manhã, quando transmitia as animações No País dos Ozie Boo (0,5% / 9,1%) e Twirlywoos (0,4% / 7,1%). Fonte:Espalha Factos


×
×
  • Create New...

Important Information

By using this site, you agree to our Terms of Use.